sexta-feira, novembro 30, 2007

Salada de tomate, manjericão e queijo de cabra crocante

English version

Crispy goat’s cheese, tomato and basil salad

Mais uma receita da Donna Hay – da revista #35, pra ser mais exata.

Sou uma grande admiradora de seu trabalho e quem lê o blog há um tempo já sabe disso – eu e a Joey poderíamos fundar um fã clube pra ela. :)

Experimentei queijo de cabra pela primeira vez nas férias e realmente não sei por que esperei tanto. Eu o comi em saladas, quiche, sanduíches, massas... E adorei tudinho. “Preciso começar a cozinhar com esse queijo”, pensei.

O João comprou o queijo no Pão de Açúcar perto de casa (eu nem sabia que pudesse encontrar o produto por lá, na nossa cidadezinha minúscula, já tinha tentado umas vezes e nada) e não titubeei: já fui logo pegando meus livros e revistas DH para procurar por uma receita.

Que delícia de salada! Sei que isso não soa muito modesto, mas é um dos pratos mais gostosos que já fiz. O queijo ficou ótimo à milanesa: bem crocante por fora, derretidinho por dentro; a combinação tomate + manjericão é sempre um sucesso e o molho combinou de maneira perfeita com todos os ingredientes – tudo ficou extremamente saboroso junto.

Não gosto de repetir receitas – tem tanta coisa nova bacana pra provar, né? – mas essa é uma salada que me vejo fazendo de novo, e de novo, e de novo...

aaWeekendHerbBlogging

Este é o meu post para o Weekend Herb Blogging e a host da vez é a Simona, do blog Briciole.

Crispy goat’s cheese, tomato and basil salad

Salada de tomate, manjericão e queijo de cabra crocante
da Donna Hay magazine

- medidas métricas e em xícaras obtidas na revista

farinha de trigo para polvilhar
1 xícara (110g) de farinha de rosca
240g de queijo de cabra, em fatias
2 ovos, ligeiramente batidos
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 tomates grandes e maduros, fatiados
1 xícara de folhas de manjericão – usei o manjericão anão
1 maço (100g) de rúcula – remova os talos mais grossos

Molho balsâmico:
¼ xícara de azeite de oliva
1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (chá) de açúcar refinado

Comece pelo molho: misture bem todos os ingredientes em uma tigelinha; reserve.

Coloque a farinha de trigo e a de rosca em pratos separados. Passe as fatias de queijo pela farinha de trigo, depois pelos ovos batidos e finalmente pela farinha de rosca.
Aqueça o azeite numa frigideira anti-aderente em fogo alto. Frite as fatias de queijo no azeite por 1 ou 2 minutos de cada lado – o suficiente para que fiquem douradas e crocantes. Escorra sobre papel toalha.
Divida o queijo, as fatias de tomate, o manjericão e a rúcula em 4 pratos e regue com o molho. Sirva a seguir.

Rend.: 4 porções

terça-feira, novembro 27, 2007

Chocolate pots de crème

English version

Chocolate pots de crème

A Peabody se mudou recentemente para uma linda casa nova e para comemorar ela está dando uma festa: a Housewarming Party, no estilo pot luck – cada um dos convidados leva um prato. Mais ou menos como fazíamos nas festinhas da escola, lembram? Aquela história de levar um prato de doce ou salgado...
Ela é uma super querida, tão talentosa e generosa, e uma das minhas cozinheiras favoritas – por isso, quis muito participar do evento!

Pensei em vários pratos para “levar” e decidi que uma sobremesa seria algo bacana; raramente comemos sobremesa em casa. Também estava planejando usar as fantásticas barras de chocolate Green & Black’s que a Valentina me deu de presente quando esteve no Brasil. Então, aqui está: uma espécie de pudim de chocolate, sedoso e delicioso! Ótimo para as ocasiões em que recebemos os amigos, pois pode ser feito de véspera.

Decorei os potinhos com chantilly e tirinhas de casca de limão siciliano, mas sinta-se à vontade para usar a imaginação: minha primeira idéia foi usar framboesas, mas não encontrei. Acabei comprando umas amoras lindas e brilhantes, bem pretinhas, mas estavam tão azedas que fiquei com os olhos cheios d’água depois de provar uma.

Pea, espero que goste da minha contribuição para a sua festa. Que você tenha momentos maravilhosos e muito amor na sua nova casinha!

Chocolate pots de crème

Chocolate pots de crème
do The Williams-Sonoma Collection: Dessert

1 1/3 xícaras (340ml) de creme de leite fresco
1 1/3 xícaras (340ml) de leite integral
185g de chocolate amargo, bem picadinho
1 colher (sopa) de pó para café expresso ou café solúvel – usei o último
6 gemas grandes
¼ xícara (50g) de açúcar

Pré-aqueça o forno a 150ºC. Separe seis tigelinhas ou xícaras com capacidade para 180ml e uma assadeira rasa.

Coloque o creme de leite, o leite, o chocolate e o café numa panela e leve ao fogo médio-alto, mexendo sempre até o chocolate derreter e o líquido esquentar – não deixe ferver. Retire do fogo e reserve.

Em uma tigela, misture as gemas e o açúcar e mexa bem com um fuê. Continue mexendo constantemente e vá despejando, aos poucos, o líquido da panela – faça isso com cuidado para que o calor do líquido não cozinhe as gemas. Misture bem.
Passe a mistura por uma peneira fina e despeje-a numa vasilha com capacidade para 1 litro. Usando uma colher grande, remova quaisquer bolhas ou espuma que se formem na superfície do líquido*.
Divida a mistura entre os potinhos e coloque-os na assadeira. Despeje água fervente na assadeira – você vai assar a sobremesa em banho-maria. Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno por 55-60 minutos – para ver se os pots de crème estão no ponto, segure um potinho (com cuidado, pois estará super quente!) e sacuda-o gentilmente – o centro da sobremesa deve balançar bem de leve.
Retire a assadeira do forno e deixe esfriar completamente. Leve os potinhos à geladeira, ainda cobertos com papel alumínio, por no mínimo 2 horas (ou faça de véspera).
Sirva bem geladinhos.

* esqueci completamente tais etapas. :S

Rend.: 6 porções

Chocolate pots de crème

segunda-feira, novembro 26, 2007

Doce de abóbora

English version

Butternut squash compote – doce de abóbora

Mais uma receitinha feita a pedido do João – nunca tinha feito doce de abóbora e corri pro Santo Google em busca de ajuda. Entre tantos resultados, vi um post da Clarice e é claro que foi lá que cliquei!
Ela, por sua vez, pegou a receita no blog da Si – mais um motivo para eu testá-la. E que surpresa boa foi: o doce ficou maravilhoso!
Enquanto a abóbora cozinhava, o João me dizia da sala “hum, já está com cheiro de doce de abóbora!”.
Havia muitos anos que eu não comia doce de abóbora e honestamente não me lembro de ter comigo um tão gostoso – que me desculpe a minha vó Luiza!


aaWeekendHerbBlogging

Este é o meu post para o Weekend Herb Blogging, desta vez hosted pela criadora do evento, a adorável Kalyn, do blog Kalyn’s Kitchen.

Butternut squash compote – doce de abóbora

Doce de abóbora

- xícara medidora de 240ml

500g de abóbora pescoço, descascada, sem sementes e cortada em cubos de 2cm
250g de açúcar refinado
5-6 cravos da índia
½ xícara de coco ralado – usei de pacotinho

Coloque a abóbora, o açúcar e os cravos numa panela de fundo grosso e misture bem. Leve ao fogo médio e cozinhe até a abóbora ficar bem macia – vá mexendo de vez em quando.
Quando a abóbora estiver bem cozidinha, amasse-a com um amassador de batatas ou algo parecido até obter uma pasta.
Continue cozinhando até a água sumir e continue mexendo de vez em quando, para não grudar – leva um tempo para ficar pronto, mas o resultado compensa, e muito!
Retire do fogo, misture o coco e deixe esfriar. Guarde num recipiente hermético, na geladeira, por até 4 dias.

É uma delícia puro e também com queijos de sabor suave, como o minas frescal.

quinta-feira, novembro 22, 2007

Cookies de limão da Nic

English version

Nic's lime cookies

Não é curioso como nosso gosto muda com o passar dos anos?

Estava pensando nisso outro dia, enquanto assistia a “Friends”. Eu amava o seriado, não perdia por nada no mundo. Agora, não o acho mais engraçado. Vi dois episódios, um depois do outro, e nenhuma risadinha sequer.

Quando era pequena, meu sabor preferido era chocolate. Amava bolo de chocolate, biscoito de chocolate, sorvete de chocolate... Um tempo depois, na adolescência, começou o meu amor pelos cítricos – amor esse que dura até hoje.

Esses cookies ficaram na minha lista por séculos e que bom que finalmente os fiz – são irresistíveis! Acredite, você não vai conseguir comer um só, por mais que tente.

Usei uma receita da Nicole e substituí o limão siciliano por limão taiti – o resultado foi ótimo. Quero fazer os cookies novamente, usando limão siciliano como ela fez.

Nic, querida, obrigada por uma receita tão bacana!

Nic's lime cookies

Cookies de limão da Nic

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (400g) de açúcar
raspas da casca de dois limões grandes
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
2 ovos grandes, em temperatura ambiente
1 colher (chá) de baunilha
1 colher (sopa) de sumo de limão
2 ¾ xícaras (385g) de farinha
¼ colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de cremor tártaro
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio

Prepare o açúcar aromatizado com limão: em um mini processador, coloque ½ xícara (100g) de açúcar com 1 colher (chá) de raspas de limão. Pulse várias vezes até que as raspas se misturem bem ao açúcar. Coloque o açúcar numa tigelinha e misture bem com um garfo, para desmanchar qualquer “pedrinha” que possa ter se formado. Reserve.

Faça a massa dos biscoitinhos: em uma tigela média, peneire a farinha, o sal, o cremor tártaro e o bicarbonato. Reserve.

Na tigela grande da batedeira – tem que ser grande mesmo – bata a manteiga e o açúcar restante (1 ½ xícaras/300g). Adicione os ovos, um a um, batendo bem. Em seguida junte a baunilha, o sumo de limão e as raspinhas de casca restantes. Acrescente os ingredientes secos, 1 xícara por vez, batendo bem a cada adição.

Leve a massa à geladeira por 1 hora.

Pré-aqueça o forno a 175ºC e forre duas assadeiras grandes com papel manteiga.

Usando 1 colher (sopa) de massa por vez*, faça bollinhas e passe-as pelo açúcar aromatizado. Coloque as bolinhas na assadeira e pressione-as com o fundo de um copo de vidro até que fiquem com 1,25cm de altura (os meus fiz mais fininhos) – passe o fundo do copo no açúcar para não grudar na massa.

Asse os cookies por 10-12 minutos a 175ºC – assei os meus por 14.

Rend.: 55 biscoitos grandes

* a Nicole fez cookies gigantes, usando 2 colheres (sopa) de massa por bolinha e conseguiu 24 unidades.

quarta-feira, novembro 21, 2007

Macarrão com molho de limão siciliano

English version

Lemon pasta

Obrigada a todos pelos queridos comentários no meu post anterior – vocês realmente sabem como tornar o dia de uma garota especial!

Houve dois feriados emendados aqui em São Paulo e tive 6 dias de folga do trabalho – maravilha!! :)

Tivemos dias ótimos em casa, recebemos amigos, minha irmã passou um dia inteiro comigo (jogamos Super Mario umas mil vezes). Também cuidei das minhas plantinhas e fiz receitas novas.

aaWeekendHerbBlogging

Sei que este molho é bem fácil e conhecido por quase todo mundo, mas como foi a primeira vez que o provei e ficou bem gostosinho (sem a adição de creme de leite) decidi postar. E vai ser também o meu post para o Weekend Herb Blogging, desta vez hosted pela querida Truffle, do What’s on my Plate.

Macarrão com molho de limão siciliano
do Kitchen: The Best of the Best

400g de espaguete
3 limões sicilianos
1 punhado de salsinha picada
10 folhas de manjericão gigante, rasgadas – se quiser, use o manjericão anão (aumente a quantidade de folhinhas)
100g (1 xícara) de parmesão ralado
3-4 colheres (sopa) de azeite de oliva extra virgem
sal e pimenta do reino moída na hora

Raspe as cascas dos limões e coloque numa tigela. Adicione o suco de dois dos limões à tigela; acrescente o suco do terceiro limão à água de cozimento do macarrão. Cozinhe o espaguete até ficar al dente.
Junte a salsinha, o manjericão, o parmesão, o azeite, o sal e a pimenta à tigela com o suco/raspas de limão e misture bem.
Escorra o espaguete e imediatamente misture-o ao molho. Sirva em seguida.

Rend.: 4 porções

sábado, novembro 17, 2007

Meu outro blog faz 1 ano!

English version

Technicolor Kitchen cake

Este blog fez aniversário em julho, mas eu estava numa época chata, longe da cozinha, que nem pude fazer um bolo para comemorar. :(
Hoje é aniversário do outro Technicolor Kitchen, o escrito em inglês, e estou contente por desta vez não deixar passar em branco.

É um bolo simples, com receitas que já fiz várias vezes, mas que são tão boas que não resisto a repeti-las, e repeti-las...

Aproveito o ensejo para agradecer a todos vocês que visitam o blog, que comentam as receitas, que mandam emails – obrigada por serem fontes constantes de inspiração e pelo apoio durante todo esse tempo! Vocês não imaginam o quanto isso tudo significa para mim!

Technicolor Kitchen cake

Bolo Technicolor Kitchen
receita do bolo branco daqui;
receita da cobertura daqui


Massa:
120ml de leite, em temperatura ambiente
3 claras
½ colher (chá) de extrato de amêndoa - usei essência
½ colher (chá) de extrato de baunilha
158g de farinha de trigo
175g de açúcar
2 colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
85g de manteiga, amolecida

Recheio:
¼ xícara de doce de leite

Cobertura:
58g de manteiga
140g de chocolate amargo ou meio-amargo picado – usei chocolate com 60% de cacau

Comece preparando o bolo: Pré-aqueça o forno a 175ºC.
Unte duas formas redondas de 15cm, forre o fundo com papel manteiga e unte o papel. Polvilhe tudo com farinha de trigo.
Misture levemente o leite, as claras (sem bater, mesmo) e as essências usando um garfo. Reserve.
Coloque a farinha, o açúcar, o fermento e o sal numa tigela de batedeira com o batedor em forma de pá (já fiz com os batedores comuns e dá certo também), junte a manteiga e bata até obter uma textura parecida com areia úmida.
Adicione a mistura de leite, reservando um pouquinho (cerca de ¼ xícara) e bata em velocidade média por 1 minuto e meio. Acrescente o restante da mistura de leite e bata em velocidade alta por 30 segundos - não bata demais.
Divida a massa entre as assadeiras e asse por 30-35 minutos (faça o teste do palito). Os bolos ficam bem amarelinhos por cima e mais branquinhos por dentro.
Deixe esfriar por 15 minutos nas formas e depois coloque em grelhas para esfriar completamente antes de confeitar.

Monte o bolo antes de preparar a cobertura: coloque um dos bolos em um prato ou bandeja e espalhe o recheio. Coloque o outro bolo por cima.
Deixar o bolo na geladeira por um algumas horas vai facilitar na hora de confeitar, pois menos farelinhos se soltarão.

Faça a cobertura: Junte os ingredientes em uma tigela e derreta em banho-maria.
Misture bem para incorporá-los e utilize em seguida, pois a cobertura endurece rapidamente.

Rend.: 8-10 porções

Technicolor Kitchen cake

segunda-feira, novembro 12, 2007

Risoto de forno de espinafre, queijo e nozes

English version

Spinach, cheese and walnut baked risotto

Tenho visto tantas receitas gostosas com espinafre pelos blogs que senti vontade de fazer algo com a verdura, também.

Desta vez, usei uma receita da revista Donna Hay #33 mas fiz várias alterações. Foi o meu segundo risoto de forno e que comidinha fácil de preparar! Sem contar que enquanto o risoto está forno você pode relaxar no sofá e ver TV – como eu fiz, assistindo à minha mais nova mania.

aaWeekendHerbBlogging

Esta é o meu post para este Weekend Herb Blogging, desta vez hosted pela Vanessa do What Geeks Eat.

Spinach, cheese and walnut baked risotto

Risoto de forno de espinafre, queijo e nozes
adaptado da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras de arroz Arborio ou próprio para risoto
4 ½ xícaras de caldo de legumes
1 xícara de parmesão finamente ralado
40g de manteiga sem sal
sal
pimenta do reino moída na hora
50g de folhas de espinafre – descarte os talos e depois meça
100g de mozarela ralada no ralo grosso
1/3 xícara de nozes picadas e levemente tostadas

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Coloque o arroz e o caldo numa travessa refratária de 22x30cm - com capacidade para 2,5 litros* - e misture bem. Cubra firmemente com papel alumínio e leve ao forno por 40 minutos ou até que a maior parte do caldo tenha sido absorvida e o arroz esteja al dente.
Retire do forno, acrescente todos os ingredientes restantes e misture até a manteiga derreter. Sirva imediatamente.

* usei uma tigela tipo bowl, funda – achei que ficaria mais fácil misturar os ingredientes nela do que numa tigela retangular.

Rend.: 4 porções

quinta-feira, novembro 08, 2007

Fudge delicioso de cinco minutos

English version

Fabulous Five-Minute Fudge

A Renata fez um post há uns meses contando que a mãe dela gosta de presentear com comida – ela faz um empadão tão famoso para dar às pessoas que se eu morasse por perto ia querer ganhá-lo, também. :)

Acho que muitos de vocês, assim como eu, adoram fazer mimos comestíveis para os amigos ou o pessoal do trabalho. Estou sempre pensando em preparar uns cookies para um, uns docinhos para outro...

Fabulous Five-Minute Fudge

Queria fazer uma surpresa para uma colega e mandar um presentinho. Contei com a ajuda da adorável Lynn, que me sugeriu fazer brownies ou fudge (eu enviaria a caixinha pelo correio ou motoboy, então não poderia ser algo muito delicado para não quebrar ou esfarelar). Usei esta receita – aliás, recomendo muito o site: é tanta receita bacana com foto linda que fica difícil escolher uma para fazer...

Ju, querida, foi ótimo saber que gostou do presente!

Fabulous Five-Minute Fudge

Fudge delicioso de cinco minutos

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (336g) de chocolate meio amargo picado ou em gotinhas
2/3 xícara (meia lata) de leite condensado
1 colher (sopa) de água
¾ xícara (90g) de nozes picadas (tostadas se preferir)
1 colher (chá) de baunilha

Forre uma assadeira com papel manteiga e unte levemente (se usar aquele papel com aspecto encerado, não precisa untar). Reserve.
Em uma tigela média refratária, misture o chocolate, o leite condensado e a água.

Leve ao microondas na potência alta (100%) por 1 minuto; mexa. Volte ao microondas por mais 1 minuto, mexendo a cada 30 segundos, ou pelo tempo suficiente para o chocolate derreter completamente e a mistura se tornar brilhante. Adicione as nozes e a baunilha.
Espalhe a mistura na forma preparada, espalhando bem até obter um retângulo de 22x15cm*, ou coloque o fudge às colheradas – 1 colher (chá) - sobre o papel manteiga.

Deixe esfriar e depois leve à geladeira por 30 minutos (ou até que esteja firme). Corte em quadradinhos de cerca de 3,5cm.

Rend.: 24 unidades

* usei a assadeira do forninho elétrico, que tem 27x15cm, espalhando bem o fudge – consegui 28 quadradinhos de cerca de 3cm

Fabulous Five-Minute Fudge

quarta-feira, novembro 07, 2007

Macarrão ao pesto (e mais um presente)

English version

Pasta al pesto

Sim, sou uma blogueira de sorte. Vocês me mimam muito! :)
Já recebi tantos presentes de diferentes partes do mundo e isso é realmente fantástico.
O jogo americano lindo que vocês vêem na foto foi presente da queridíssima Luna – amiga, obrigada por tornar a minha mesa mais bonita!

Algumas pessoas são tão versáteis. O Mark Ruffalo (um dos meus favoritos), por exemplo, consegue ser fofo e adorável, ou super sexy.

Algumas coisas são tão versáteis quanto Mark – descobri que o pesto é uma delas. Já o vi como molho para massa, cobertura de canapé e até usado em pizza.

Demorei séculos para provar – a Karin havia me dito que eu iria adorar – e decidi fazê-lo em Roma. E fiz isso – estava OK, mas quando olhei pro prato fiquei um tanto decepcionada. Queria meu molho verde, e não mais ou menos verde.

Determinada a mudar aquela primeira (e meio esquisita) impressão, fiz meu próprio pesto. E tudo o que posso dizer é que assim que o macarrão acabou me apressei pra pegar um pedaço de pão – não sobrou nenhuma gotinha de molho no prato pra contar história.

aaWeekendHerbBlogging

Este é o meu post para este Weekend Herb Blogging, criado pela querida Kalyn e hosted por The Expatriate Chef, do blog The Expatriate's Kitchen.

Pasta al pesto

Macarrão ao pesto
adaptado daqui

- xícara medidora de 240ml

400g de fettuccine – ou use a massa de sua preferência

Molho:
2 colheres (sopa) de nozes picadas*
¾ xícara (180ml) de azeite de oliva extra virgem
3 dentes de alho
1 ½ xícaras de folhas de manjericão – meça apertando as folhas para um pesto verdinho
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
sal e pimenta do reino moída na hora

Cozinhe o macarrão em bastante água salgada até ficar al dente.
Enquanto isso, prepare o molho: bata todos os ingredientes no processador – usei liqüidificador – até obter um molho homogêneo e grosso. Reserve.
Escorra o macarrão e reserve ¼ xícara (60ml) da água do cozimento; junte essa água ao molho e misture bem.
Transfira o macarrão para uma tigela, junte o pesto e misture.
Sirva imediatamente.

* para um pesto mais tradicional, use pignoli em vez de nozes

Rend.: 4 porções

sexta-feira, novembro 02, 2007

Cookies com cobertura de chocolate. E um presente

English version

Chocolate coated cookies

Conheci tantas pessoas bacanas por meio do blog que se começasse a listá-las demoraria séculos!
Uma das amigas que fiz foi uma mocinha muito talentosa, que além de preparar delícias em sua cozinha também é uma artista – Hannah, do lindo blog BitterSweet.

Sempre trocamos emails e gostei muito de tê-la conhecido.

O patinho fofo foi um presente que ela me enviou pelo correio – não é adorável? Faz um tempão que quero mostrá-lo aqui, mas queria fotografá-lo com uma comidinha bacana.

Esses cookies são deliciosos e a única coisa negativa da receita é a cobertura não ter firmado de jeito nenhum. Comer os biscoitinhos não foi uma tarefa muito refinada, mas ninguém reclamou dos dedos melados! :)

Sobrarão 2-3 colheres (sopa) de cobertura – sirva-a sobre sorvetes ou brownies.

Hannah, querida, obrigada pelo presente, eu amei!

Chocolate coated cookies

Cookies com cobertura de chocolate
do Big Fat Cookies

- xícara medidora de 240ml

Cookies:
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
½ xícara (45g) de cacau em pó (sem adição de açúcar)
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 xícara (200g) de açúcar
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Cobertura:
182g de chocolate amargo – usei um com 60% de cacau
1 ½ colheres (sopa) de óleo de canola ou milho – o importante aqui é usar um óleo neutro, que não dê sabor ao chocolate

Faça os cookies: peneire a farinha, o cacau, o bicarbonato e o sal em uma tigela média e reserve. Em uma tigela grande, usando a batedeira em velocidade baixa, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro (cerca de 2 minutos). Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela com uma espátula. Adicione o ovo e a baunilha e bata até misturar bem (cerca de 1 minuto). Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos reservados, misturando até que a massa fique homogênea. Cubra e leve à geladeira por 20 minutos para firmar levemente.

Pré-aqueça o forno a 165ºC e forre duas assadeiras grandes com papel pardo ou papel manteiga – você vai assar apenas 1 assadeira por vez, no centro do forno.

Separe porções equivalentes a 1 colher (sopa) de massa e faça bolinhas*; em seguida, achate-as entre as palmas de suas mãos e coloque-as na assadeira, deixando 5m de distância entre uma e outra.

Asse os cookies até que a superfície deles esteja firme e fosca ao invés de brilhante – cerca de 15 minutos. Deixe-os esfriar nas assadeiras por 5 minutos; remova-os com uma espátula grande de metal e coloque-os em uma grade para que esfriem completamente.

Prepare a cobertura: coloque o chocolate e o óleo numa tigela refratária e leve ao banho-maria, sem deixar que a tigela toque a água. Mexa até que o chocolate derreta e fique brilhante. Retire do fogo e deixe esfriar por 20 minutos – a cobertura se tornará um pouquinho mais espessa.

Com a ajuda de uma colher, espalhe a cobertura sobre cada cookie. Coloque os cookies sobre papel manteiga e deixe-os em temperatura ambiente até a cobertura firmar – se desejar, leve-os à geladeira para acelerar o processo.

Rend.: 52 unidades

* se preferir fazer cookies gigantes, faça bolinhas usando 3 colheres (sopa) de massa – o rendimento será de 18-20 unidades.

Chocolate coated cookies

Related Posts with Thumbnails