Thursday, April 13, 2017

Clafoutis de chocolate e banana para comemorar a Páscoa

English version

Banana and chocolate clafoutis / Clafoutis de banana e chocolate

Faltam poucos dias para a Páscoa e para comemorá-la lhes trago hoje uma sobremesa deliciosa que criei meses atrás, então para o livro – eu amo, amo, amo clafoutis e queria dar um toque tropical à sobremesa francesa. Pensei em maracujá e chocolate branco – é uma combinação de sabores deliciosa –, mas como a polpa é muito úmida não daria certo. Então troquei o maracujá pela banana – tropical do mesmo jeito – e o chocolate branco pelo meio-amargo, para evitar que a sobremesa ficasse doce demais.

Ficou uma delícia! Já repeti a receita muitas outras vezes desde então, pois é fácil de fazer, eu geralmente tenho bananas em casa e o resultado é ótimo.

Deixo aqui o clafoutis e o meu desejo de uma Páscoa maravilhosa a todos. xx

Clafoutis de chocolate e banana
criação minha

2 ovos grandes
¼ xícara (50g) de açúcar cristal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
1 pitada de canela em pó
1 pitada de sal
¼ xícara (60ml) de leite integral, temperatura ambiente
¼ xícara (60ml) de creme de leite fresco
2 bananas (aprox. 250g no total), em rodelas
¼ xícara (42g) de gotas de chocolate meio amargo – usei um com 53% de cacau
1 colher (sopa) de açúcar demerara

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga um refratário raso com capacidade para 1 litro – o da foto tem 20cm de diâmetro e 3,5cm de altura.

Em uma tigela média, misture os ovos, o açúcar cristal e a baunilha com um batedor de arame até obter um creme homogêneo. Junte a farinha, o cacau, a canela e o sal e misture bem até que não haja nenhum grumo. Incorpore o leite e o creme de leite – a mistura deve ser lisa. Despeje no refratário preparado. Espalhe as fatias de banana e o chocolate sobre a massa e salpique tudo com o açúcar demerara.

Leve ao forno por 25-30 minutos ou até que a mistura infle, firme ligeiramente e uma crosta se forme. Retire do forno e sirva imediatamente.

Rend.: 4-5 porções

Thursday, April 06, 2017

Biscoitos de laranja, centeio e noz-moscada

English version

Orange, rye and nutmeg slice and bake cookies / Biscoitos de laranja, centeio e noz-moscada

O post de hoje é sobre o quanto eu adoro a Internet e é provavelmente a décima quinta vez que lhes digo isso. :)

Tempos atrás eu estava testando receitas usando farinha de centeio, mas não estava satisfeita com os resultados: os pães ficaram gostosos, mas a textura dos biscoitos, bolos e muffins não estava tão leve quanto eu gostaria – a farinha era grossa demais. Acabei decidindo deixar as receitas com farinha de centeio de lado.

Meses depois, quando estava passeando pelo Instagram da Lis Cereja – um dos meus preferidos – vi que ela comprava farinha espelta online. Na mesma loja encontrei uma farinha de centeio classificada como “fina” e resolvi experimentar. Comprei e retestei todas as receitas encostadas e os resultados foram incríveis!

Uma das receitas que testei foram estes biscoitos: práticos no preparo, perfumados de laranja e noz-moscada – deliciosos! A farinha de centeio lhes dá uma cor dourada e um sabor amendoado bem interessante.

Biscoitos de laranja, centeio e noz-moscada
adaptados da receita da Deb

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
½ xícara (70g) de farinha de centeio fina – comprei online aqui
½ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1 pitada de sal
2/3 xícara (93g) de açúcar de confeiteiro, peneirado – meça, depois peneire
raspas da casca de 2 laranjas
200g de manteiga sem sal, temperatura ambiente
2 gemas, temperatura ambiente
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Em uma tigela media, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, a farinha de centeio, a noz-moscada e o sal. Reserve.

Na tigela da batedeira, junte o açúcar de confeiteiro e as raspas de laranja, misturando-os bem até que o açúcar fique aromatizado. Junte a manteiga e bata com a batedeira até obter um creme claro – raspe as laterais da tigela algumas vezes durante todo o preparo da receita. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, incorpore os ingredientes secos batendo somente até que uma massa se forme – não bata em excesso.

Divida a massa em duas partes iguais e coloque cada metade em um pedaço grande de papel manteiga; forme um cilindro de aproximadamente 3,5cm de diâmetro com a massa, fechando-a dentro do papel manteiga usando uma régua – como a Martha faz aqui. Feche as pontas e leve à geladeira até firmar bem, cerca de 4 horas ou de um dia para o outro.

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes com papel manteiga. Desembrulhe um dos cilindros de massa (mantenha o outro na geladeira). Corte em fatias de 5mm e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando um espaço de 2,5cm entre uma e outra. Asse por 12-14 minutos ou até que os biscoitos dourem nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras sobre gradinhas por 5 minutos e então deslize o papel com os biscoitos para a gradinha e deixe esfriar completamente. Repita o processo com o outro cilindro de massa.

Rend.: cerca de 50 unidades

Thursday, March 30, 2017

Brownies com castanha de caju para mais uma Páscoa econômica

English version

Chocolate cashew brownies / Brownies com castanha de caju

Junto com pagar contas e levantar cedo para ir ao trabalho, nada faz com que eu me sinta adulta como perceber que o tempo voa mesmo – e dizer isso em voz alta praticamente me transforma na minha avó. :D

Dias atrás estava pensando na Páscoa e no que faria para comemorá-la este ano quando me lembrei destes biscoitos – quando procurei a receita no blog levei um susto, pois o post é de dois anos atrás!
Li o post e bem, continuo me recusando a gastar uma fortuna com ovos de Páscoa – então além de mais velha também estou mais pão-dura. :D

Brownies são sucesso com todo mundo que conheço, sem contar o quão fáceis de fazer são: de uma forma quadrada de 20cm dá pra conseguir 16 brownies e embrulhando-os de maneira bem bonita 3 ou 4 lembrancinhas já estão garantidas. Usei castanha de caju, pois queria que os meus brownies tivessem um toque brasileiro, mas você pode usar as oleaginosas de que mais gostar.

Brownies com castanha de caju
criação minha

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida e picada
100g de chocolate meio amargo, picadinho – usei um com 53% de cacau
¾ xícara (130g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1/3 xícara (67g) de açúcar cristal
2 ovos grandes, temperatura ambiente
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara (140g) de farinha de trigo
1/8 colher (chá) de sal
¾ xícara (105g) de castanhas de caju sem sal, tostadas e frias

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma quadrada de 20cm, forre-a com papel alumínio deixando sobrar um pouco em dois lados opostos, formando “alças” que depois vão lhe ajudar a desenformar os brownies. Unte o papel também.

Em uma panela grande, junte a manteiga e o chocolate e leve ao fogo baixinho, mexendo sempre, até que os ingredientes derretam. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Com um batedor de arame, incorpore os dois açúcares. Faça o mesmo com os ovos, um por um, mexendo até obter uma massa homogênea. Com uma espátula de silicone, misture a baunilha, a farinha e o sal, mexendo somente até incorporar. Incorpore as castanhas de caju.

Espalhe a massa na forma preparada e alise a superfície. Asse por cerca de 20 minutos ou até o brownie firmar na superfície – faça o teste do palito: ele deve sair com migalhas bem úmidas. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Corte em quadrados para servir.

Rend.: 16 unidades

Tuesday, March 28, 2017

Frango assado marinado em maionese

English version

Mayo marinated roast chicken / Frango assado marinado em maionese

Já lhes contei que sou bastante visual e que fotos bonitas de comida me pegam de jeito instantaneamente, e uns tempos atrás descobri que meu marido é igualzinho. :)
Agora, toda vez que encontro uma receita gostosa em uma revista ou livro já mostro logo a foto para ele – isso facilitou demais a minha vida. :)

Estava lendo a revista Bon Appétit outro dia e vi uma foto de frango assado bem dourado – chamou a minha atenção na hora. Quando li que a marinada era à base de maionese fiquei ainda mais curiosa com a receita, então levantei o tablet e disse para o João (talvez eu tenha gritado, não lembro bem): “OLHA esse franguinho!”, e ele respondeu: “faz para o almoço no final de semana, por favor?” :D

Então em questão de segundos o cardápio estava decidido e eu ainda aprendi que marinar frango em maionese deixa a carne extremamente macia, soltando do osso, e também dá uma cor dourada linda – além disso, as especiarias combinadas à cebola e ao alho deixaram o frango pra lá de saboroso.

Frango assado marinado em maionese
adaptado da revista Bon Appétit

- xícara medidora de 240ml

1 cebola grande, descascada e cortada em 4 partes
3 dentes de alho
raspas da casca e o suco de 1 limão taiti
1 colher (chá) de páprica defumada
½ colher (chá) de cominho em pó
1 pitada de pimenta caiena
sal e pimenta do reino moída na hora
½ xícara de maionese
4 sobrecoxas de frango, com osso e pele
1 ½ colheres (sopa) de azeite de oliva

Prepare a marinada: em um processador de alimentos, processe a cebola, o alho, as raspas e o suco de limão, a páprica, o cominho e a pimenta caiena até obter uma pasta. Transfira para um refratário grande, junte o sal, a pimenta do reino e a maionese e misture bem. Junte o frango e envolva-o bem na marinada. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 4 horas (de um dia para o outro é melhor ainda).

Preaqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira grande e rasa com uma camada dupla de papel alumínio. Pincele com azeite para evitar que o frango grude. Retire o excesso de marinada do frango e arrume os pedaços na assadeira preparada, com a pele virada para cima. Regue com o azeite e asse por 60-70 minutos ou até que doure bem e esteja assado por dentro.

Sirva imediatamente – eu servi com salada de agrião, como a revista sugeria, e ficou bem gostoso.

Rend.: 2 porções


Friday, March 24, 2017

Bolo de fubá da tia Angélica - a primeira receita que fiz na vida

English version

Bolo de fubá da tia Angélica / Brazilian corn flour cake

Muitos de vocês sabem que comecei a cozinhar ainda criança – foi por pura necessidade, mas acabou se tornando uma paixão. Também já contei aqui sobre o bolo de fubá da minha tia-avó Angélica e até fiz outros bolos de fubá tentando emular a receita dela, sem muito sucesso.

Felizmente, depois de quase destruir a casa inteira, encontrei a danada da receita em um caderno velho, caindo aos pedaços (que eu, sinceramente, nem lembrava que ainda existia) e pude matar a vontade de tantos anos. O bolo era exatamente como eu me lembrava dele: delicioso, com uma textura levíssima, parecendo uma espuminha.

Os bolos de fubá que fiz nos últimos anos eram gostosos, tanto que os publiquei aqui no TK, porém este foi o primeiro bolo da minha vida, a receita que me colocou na cozinha e me mostrou o quão mágico e maravilhoso cozinhar pode ser – se não fosse por este bolo, o blog provavelmente não existiria, e isso torna a receita ainda mais especial para mim.

Bolo de fubá da tia Angélica
um nadinha adaptado para usar medidas-padrão

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (140g) de farinha de trigo
1 xícara (120g) de fubá
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
4 ovos grandes
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 224g - de açúcar cristal
¾ xícara (180ml) de óleo de canola
1 xícara (240ml) de leite integral bem quente

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma retangular de 20x30cm.

Em uma tigela media, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, o fubá, o fermento e o sal. Reserve.
Na tigela da batedeira, bata os ovos em velocidade média até que comecem a formar uma espuma. Vá acrescentando o açúcar aos poucos, batendo sempre, e quando terminar de adicionar o açúcar aumente para a velocidade alta, batendo até obter um creme espesso e bem clarinho – raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone algumas vezes durante todo o preparo da receita. Volte a batedeira para a velocidade média e vá acrescentando o óleo aos poucos, despejando pelas laterais da tigela para não espirrar. Agora, em velocidade baixa, junte os ingredientes secos e bata somente até incorporar – se bater demais o ar incorporado à massa vai se perder. Com a espátula de silicone incorpore o leite delicadamente. Despeje a massa na forma e alise a superfície. Asse por 35-40 minutos ou até o bolo crescer e dourar (faça o teste do palito). Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha.

O bolo pode ser guardado em um recipiente hermético em temperatura ambiente por até 3 dias.

Rend.: 20 porções


Related Posts with Thumbnails