Thursday, October 17, 2019

Biscoitinhos de pecã e nibs de cacau

Biscoitinhos de pecã e nibs de cacau

Na minha busca por uma alimentação mais balanceada incorporei mais alimentos integrais às minhas refeições, troquei os lanchinhos à base de biscoitos prontos e outras porcarias por iogurte, granola, mais frutas – quem me acompanha por aqui sabe. O meu pão 100% integral anda fazendo sucesso com algumas de vocês, o que me deixa muito feliz.

Mas nem tudo são flores, e em um passado longínquo eu comprei nibs de cacau para colocar na minha granola de chocolate, mas confesso que não sou tão fã assim do ingrediente: não gostei dele na granola e o pacotinho ficou rodando no meu armário. A solução foi usar em receitas de biscoitos, algo que eu já tinha feito e que havia dado super certo. Os biscoitinhos de hoje são deliciosos, desmancham na boca e deram um fim digno aos nibs de cacau esquecidos na minha despensa.

Biscoitinhos de pecã e nibs de cacau
receita minha, inspirada em muitas outras aqui do blog

- xícara medidora de 240ml

2 ¼ xícaras (315g) de farinha de trigo
1 pitada de noz-moscada ralada na hora
1/8 colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¾ xícara (105g) de açúcar cristal ou refinado
2 gemas
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¾ xícara (82g) de pecãs, picadas – meça, depois pique
¼ xícara (30g) de nibs de cacau

Em uma tigela média, misture a farinha, a noz-moscada e o sal com um batedor de arame. Reserve.
Na tigela da batedeira bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro – raspe as laterais da tigela algumas vezes durante todo o preparo da receita. Adicione as gemas, uma a uma, batendo a cada adição. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, junte os ingredientes secos reservados e bata somente apenas uma massa se formar. Incorpore as pecãs e os nibs de cacau.

Divida a massa em duas partes iguais. Coloque cada metade em um pedaço grande de papel manteiga; forme um cilindro de aproximadamente 3,5cm de diâmetro com a massa, fechando-a dentro do papel manteiga usando uma régua – aperte bem para compactar a massa dentro do papel – como a Marta faz aqui. Feche as pontas e leve à geladeira até firmar bem, cerca de 4 horas ou de um dia para o outro.

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes com papel manteiga. Desembrulhe um dos cilindros de massa (mantenha o outro na geladeira). Corte em fatias de 5mm e coloque-as nas assadeiras preparadas deixando um espaço de 2,5cm entre uma e outra. Asse por 10-12 minutos ou até que os biscoitos estejam dourados nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras sobre gradinhas por 5 minutos e então deslize o papel com os biscoitos para a gradinha e deixe esfriar completamente. Repita o processo com o outro cilindro de massa.

Os biscoitos podem ser guardados em um recipiente hermético em temperatura ambiente por até 4 dias. Se não quiser assar todos os biscoitos de uma vez, embrulhe o cilindro de massa com papel alumínio e mantenha-o no freezer por até 1 mês.

Rend.: cerca de 50 unidades

Wednesday, October 09, 2019

Bolo formigueiro com farinha integral

Bolo formigueiro com farinha integral

Eu lhes contei outro dia que a visita mais ilustre da Maison Scarpin, meu pequeno Pingo, ama fazer bolo com a Dedé e que quando ele vem aos sábados já vai logo dizendo que quer fazer bolo – e dependendo de quanto tempo ele fica aqui em casa pede para fazermos pizza também. :D Semana passada não foi diferente: estávamos jogando Super Mario quando ele parou do nada e soltou: “Dedé, eu tive uma ideia. Vamos fazer um bolo?” <3

O pequenino conhece bem a Dedé que ele tem. :D

De uns tempos para cá ele só quer saber de bolo formigueiro e por isso acabei comprando um granulado um pouquinho melhor, que parece mais com chocolate do que com gordura hidrogenada. Como não fiquei muito satisfeita com o resultado do bolo formigueiro que tem aqui no blog (casa de ferreiro...), resolvi dar uma adaptada em outra receita que sempre me rendeu resultados deliciosos – não tem como errar com receita da Alice Medrich, né, gente? Por isso, o bolo de noz-moscada e uísque virou bolo formigueiro com um pouquinho de farinha integral e fez o maior sucesso com o pequeno. E ele ainda me ajudou a produzir a foto - só não deixei chegar perto da faca. <3 <3 <3


Bolo formigueiro com farinha integral
adaptado deste bolo maravilhoso da Alice Medrich

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (sopa) de leite integral, temperatura ambiente
3 ovos grandes, temperatura ambiente
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
¾ xícara (105g) de farinha de trigo comum
1/3 xícara + 1 colher (sopa) - 55g - de farinha de trigo integral, de preferência fina, como a Mãe Terra
1 ½ colheres (sopa) de amido de milho
¾ xícara (150g) de açúcar cristal ou refinado
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de canela em pó
1/8 colher (chá) de sal
¼ xícara de chocolate granulado
180g de manteiga sem sal, amolecida e em pedacinhos

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma de bolo inglês com capacidade para 5 xícaras de massa, forre-a com papel manteiga e unte o papel também.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame o leite, os ovos e a baunilha.

Na tigela da batedeira, misture com um batedor de arame as farinhas, o amido de milho, o açúcar, o fermento, a canela e o sal. Junte o granulado e misture bem. Acrescente a manteiga e metade da mistura de ovos e bata com a batedeira em velocidade baixa apenas até os ingredientes secos umedecerem. Aumente para a velocidade média e bata por 1 minuto. Raspe as laterais e o fundo da tigela. Adicione metade da mistura de ovos restante e bata por 20 segundos. Junte o restante da mistura e bata por mais 20 segundos. Raspe as laterais e o fundo da tigela.
Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície. Asse até que o bolo cresça e doure, 55-60 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma por 20 minutos, desenforme com cuidado e transfira para uma gradinha. Deixe esfriar completamente e remova o papel.

Rend.: 8-10 porções

Tuesday, October 01, 2019

Pão de forma de centeio

Pão de forma de centeio

Acho muito legal quem consegue variar a alimentação no café da manhã: admiro quem opta por tapioca, waffle, panqueca, crepioca, ovos... Eu sou mais básica nesta refeição e fico com o combo café com leite (vegetal) e pão (de uns tempos para cá tenho incluído uma porção de fruta também). Se eu não como meu pãozinho de manhã viro um poço de mau humor. :D

O meu pão 100% integral é a minha escolha para o dia a dia, mas de vez em quando, para variar, faço este pão, que resolvi chamar de pão de forma de centeio: ele fica lindo e em um formato ótimo para fazer sanduíches – fica delicioso no queijo quente e um sucesso com o meu patê de atum. Este, aliás, era o pão que eu fazia antes de descobrir a receita do pão 100% integral e vem da mesma fonte maravilhosa, o site da King Arthur Flour.

Pão de forma de centeio

Pão de forma de centeio
receita adaptada do Country Loaf do ótimo site da King Arthur Flour

- xícara medidora de 240ml

Esponja:
1 ¼ xícaras (300ml) de água morna
1 ½ colheres (chá) de fermento biológico seco
1 colher (chá) de açúcar cristal ou refinado
½ xícara (70g) de farinha de centeio fina – eu compro aqui

Massa:
½ xícara (70g) de farinha de centeio fina
2 xícaras (280g) de farinha de trigo comum – gosto da Mirella
1 ½ colheres (chá) de sal
2 colheres (sopa) de azeite de oliva

Prepare a esponja: coloque a água, o fermento, o açúcar e a farinha de centeio na tigela da batedeira (ou em uma tigela grande se for sovar na mão) e misture bem. Espere espumar, cerca de 5 minutos. Adicione todos os ingredientes restantes, misture com uma espátula ou colher de pau, e então bata na batedeira com o gancho para massas pesadas por 10 minutos, ou na mão por 15-17 minutos, ou até obter uma massa homogênea, lisa e sedosa, que descola nas laterais da tigela/das mãos. Cubra com filme plástico e deixe crescer por 1 ½ horas a 2 (se estiver muito frio a massa demora mais para crescer).

Unte muito levemente com óleo uma forma de bolo inglês com capacidade para 6 xícaras de massa.
Dê um soquinho no centro da massa para retirar o excesso de ar. Em uma superfície levemente enfarinhada, abra a massa até obter um retângulo de aproximadamente 30x20cm. Enrole-o como um rocambole, formando um cilindro, e ajeite com as mãos para que ele caiba na forma, deixando a emenda virada para baixo. Cubra com filme plástico ou um pano de prato limpo e seco e deixe crescer novamente por 40 minutos. Enquanto isso, preaqueça o forno a 200°C.
Asse o pão por 30-35 minutos ou até dourar bem – para verificar se o pão está pronto dê batidinhas na superfície com os nós dos dedos: o som deve ser de algo oco. Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então desenforme com cuidado sobre a gradinha. Deixe esfriar completamente.

Rend.: 10-12 fatias, dependendo da espessura (já consegui até 14)

Related Posts with Thumbnails