sexta-feira, agosto 04, 2006

Almôndegas à minha moda

Evito ao máximo fazer frituras em casa. Porque o cheiro e a fumaça tomam conta do apartamento inteiro, é um horror. Não há Liza que resolva.
Como agora também estou evitando comer coisas muito calóricas (não é sempre que consigo, a carne é fraca...), o forno se torna um ótimo aliado.
Em vez de fritar, opto por assar. Sempre que possível, faço a troca.

A receita que usei como base dizia para cozinhar as almôndegas no vapor. Por mais que eu esteja interessada em comidinhas light, carne moída no vapor é um pouco demais. :P
Vamos ser honestos: esse negócio de contar calorias é uma chatice. Não é à toa que as pessoas começam as dietas na segunda e na quarta já desistiram.
E, para piorar, entro aqui e aqui e fico babando nos doces das meninas... hum...
Cuidado ao entrar, porque elas são sádicas mesmo - a cada dia postam uma receita mais deliciosa do que a outra. Aviso que são altamente viciadoras ("viciantes" o Houaiss não permite).

Enfim... Vamos às almôndegas.
Formei bolinhas grandes com a massa, coloquei um pedacinho de bacon no meio, como recheio (a pedido do marido) e levei ao forno alto.
Depois de assadas, arrumei as almôndegas num refratário, cobri com molho de tomate e deixei no forno, desligado mesmo, só para manter o prato aquecido.
Está muito frio aqui por estes dias e os alimentos esfriam rápido demais.
Outra alteração que fiz foi passar as bolinhas na farinha de rosca antes de assar, pra tentar formar uma casquinha. Funcionou bem.
Se quiser, varie o recheio das almôndegas. Da próxima vez quero colocar um pedacinho de queijo e um de azeitona.

Almôndegas à minha moda

500g de carne moída (use a de sua preferência)
2 colheres (sopa) cheias de cebolinha picada
1 cebola média picada
2 dentes de alho amassados
1 ovo
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
sal a gosto
molho de tomate

Coloque todos os ingrendientes no processador e bata por 2 minutos, ou até obter uma pasta homogênea - o meu processador é pequenininho, então fiz uma pasta com a cebola, o azeite, o alho e o sal e misturei à carne numa tigela, juntando a farinha e o ovo. Misturei bem com as mãos (usei luvas plásticas, mania minha).
Não se assuste com a consistência da massa. A cebola que usei tinha bastante suco, então achei que a massa estava mole demais e que nunca ficaria no formato que eu queria. Ficou, sim.
Molde as bolinhas do tamanho que preferir. Se quiser, recheie as almôndegas.
Tentei fazer um tamanho médio, porque achei que muito pequenas iam ressecar no forno e muito grandes demorariam muito para assar, correndo o risco de não ficarem bem cozidinhas por dentro.
Coloque as almôndegas numa assadeira levemente untada (eu uso anti-aderente) e leve ao forno por cerca de 30 minutos.
Retire do forno, arrume-as numa travessa bonita e cubra com o molho de tomate. Se quiser, polvilhe queijo ralado. Mantenha-as aquecidas até a hora de servir.

Rend.: 10 almôndegas (as minhas tinham cerca de 5cm de diâmetro de 4cm de altura).

10 comentários:

valentina disse...

Patricia, gosto muito de almondegas.confesso que as vezes sogro aqui pois o sabor da carne nao me agrada muito.As vezes nao tem tempero que ajude. A opcao e por a mao fundo no bolso e comprar um corte mais caro.gosto muito de acrescentar breadcrumbs e parmesao ralado a minha mistura. Ta uma crocancia e sabor especial. como voce tambem nao gosto de fritar. A aparencia deste prato esta muito boa.Ah, btw, se prepare pois la vem mais tortura.Visite-me amanha.rss

Patricia Scarpin disse...

Oi, querida!!

This is not fair... Tô de dieta and you're making my life miserable!!! :D
Vou preparar algo no final de semana para me vingar de você.
Hum, Val, amo queijo - parmesão fica gostoso em tudo, né?

Akemi disse...

Patricia, não pude deixar de rir com seu comentário sobre eu e a Valentina sermos sádicas! rsss
Gostei da sua receita! Vou testar pq gosto de evitar frituras tbm.
Apesar de adorar doces, no dia-a-dia minha comida é bem light, muitos refogados e saladas, afinal tem que compensar, senão o ponteiro da balança dispara.
Estaremos aguardando sua vingança! ;)

Patricia Scarpin disse...

Akemi,

A sua tática é muito boa. Economizar calorias de um lado para poder gastar de outro.
Só fazendo assim, né? Com aqueles bolos maravilhosos que vc faz. :D

Anônimo disse...

Oi Paty tudo bem, adoro almondegas, já usei essa receita pra fazer rocambole de carne recheado (presunto e queijo ou legumes com queijo)e pra fazer "hamburgão" recheado os dois ficam uma delicia, imagino q as almondegas tb vou experimentar bjs

Marcia da Paz disse...

Oi Paty o comentario acima foi eu q postei bjs Marcinha

Cláudia disse...

Oi! Eu cozinhos as almondegas direto no molho de tomate. Fica muito bom também. Não asso antes não, coloco elas cruas mesmo no molho, e se for tomate com manjericão, o sabor ficar entranhado nas bolinhas. Tente e me fale.

Anônimo disse...

como devo fritar almondegas sem q elas fiquem cruas por dentro

Ana Amorim disse...

Olá Patricia, esse é o primeiro Blog que participo "achei" vc no Blog "ARTE NA COZINHA II" e simplesmente adorei... pelo menos pra isso serviu minha insônia :). Espero poder aprender muito com vc, pois vc coloca tudo de maneira bem didatica e eu adoro cozinhar!!! Um abraço e obrigada

Patricia Scarpin disse...

Oi, Ana! Tudo bem?
Que bom que vc esta gostando do blog, fico super feliz! Volte mais vezes!
Beijo!

Related Posts with Thumbnails