Friday, July 18, 2014

Chilli con carne, guacamole e sendo metida

English version

Chilli con carne + guacamole

Creio que quando começamos a cozinhar e os anos vão passando é meio que inevitável nos tornarmos meio convencidos: eu tento exercitar a modéstia todos os dias, mas há vezes em que estou comendo algo – doce ou salgado – e penso: “eu conseguiria fazer isso aqui e bem mais gostoso” (e aposto que alguns de vocês me lendo agora balançaram a cabeça em acordo, pensando em si mesmos). :D

Sem contar que podemos fazer a comida melhor e com muito menos dinheiro.

Já consegui diminuir bastante a quantidade de carne que consumimos em casa (o que é ótimo), mas temos as nossas recaídas e elas incluem chilli con carne no restaurante tex-mex – meu marido adora o prato, enquanto eu vou mais para o lado do guacamole. Falei para ele que tentaria fazer o chilli con carne em casa e ele gostou bastante da ideia.

Fui direto ao ótimo livro de Dean Edwards e o resultado foi um chilli con carne fantástico: muito saboroso, apimentado na medida e facílimo de fazer. Preparei a receita de véspera e peço que façam o mesmo se tiverem tempo, pois no dia em que o fiz já estava gostoso, mas no dia seguinte estava ainda mais divino. A receita abaixo rende bem e o que sobrar fica bom com arroz ou como molho de macarrão.

Para o guacamole, usei uma das receitas da Martha e depois de misturar os ingredientes reguei tudo com bastante suco de limão taiti, o que não só dá uma incrementada no sabor como também evita que o abacate escureça. Ficou delicioso e combinou perfeitamente com a parte carnívora da refeição.

Chilli con carne
um nadinha adaptado do delicioso Mincespiration!

1 ½ colheres (sopa) de azeite de oliva
500g de carne bovina moída
1 cebola grande, bem picadinha
4 dentes de alho, bem picadinhos
1 pimentão vermelho pequeno, bem picadinho
3 fatias de bacon, picadinhas
1 colher (chá) de cominho em pó
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de pimenta caiena, ou a gosto
1 colher (chá) de orégano seco
2 latas (400g cada) de tomates pelados picados
1 lata (400g) de feijão vermelho, escorrida – usei 150g de feijão carioca cozido em casa
200ml de caldo de carne
sal e pimenta do reino moída na hora
1 colher (chá) de açúcar
20g de chocolate amargo (70% de cacau), ralado
2 colheres (sopa) de coentro fresco, picado, para servir

Aqueça metade do azeite em uma panela grande em fogo alto. Junte a carne e vá fritando até dourar – faça isso em etapas se for necessário. Retire a carne da panela e reserve. Coloque o azeite restante na panela, junte a cebola, o alho, o pimentão e o bacon e refogue por cerca de 5 minutos ou até dourar e perfumar. Junte o cominho, a canela, a pimenta caiena e o orégano e cozinhe por mais 1-2 minutos. Volte a carne à panela, adicione os tomates e o caldo e misture. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por uma hora, mexendo de vez em quando para que a mistura não grude no fundo. Junte o feijão (e mais água se a mistura estiver muito seca) e cozinhe por mais 30 minutos. Tempere com sal e pimenta, junte o açúcar e o chocolate e misture. Salpique com o coentro e sirva. Se fizer de véspera, deixe esfriar completamente antes de levar à geladeira, tampado.

Rend.: 5-6 porções

Guacamole
um nadinha adaptado da Martha Stewart

1/3 xícara de cebola roxa, bem picadinha (pique, depois meça)
1 pimenta vermelha grande, bem picadinha (retire as sementes se não quiser que o guacamole fique ardido)
3 colheres (sopa) de coentro picado
½ colher (chá) sal, ou a gosto
pimenta do reino moída na hora
2 avocados (aqueles abacatinhos pequenos, quando maduros a casca fica preta)
1 tomate pequeno picado
suco de 1 limão taiti grande

Em uma tigela grande, misture a cebola, a pimenta, 2 colheres (sopa) do coentro, sal e pimenta. Acrescente os abacates e misture com um garfo, amassando-os levemente, mas ainda deixando a mistura pedaçuda. Adicione os tomates, regue com o suco de limão e misture gentilmente.
Salpique com o coentro restante e sirva.

Rend.: 2-3 porções

11 comments:

Luciana Leal said...

Que coincidência, vou fazer pro jantar hoje guacamole que eu amo (mas não com avocato, eu gosto daquele abacate grande normal)vou fazer umas tortillas e uma carninha de poco apimentada e creme azedo. Amo, amo, amo. Nunca fiz chilli, se tivesse visto essa receita antes... fica pra próxima!! Beijos Patrícia

Anonymous said...

Mil coisas pra comentar:
1. Também tenho sempre a sensação de que posso fazer melhor. Quando você olha uma comida na vitrine/restaurante e prova e tem aquele gosto de congelado ou muita farinha ou muita gordura. Sim, posso fazer melhor e isso não é falta de modéstia.
2. Guacamole é vida.
3. Chocolate? Sério? Essa sou eu sendo preconceituosa com comida. Acho café e chocolate sabores tão intensos que acho perigosíssimo misturar com a comida. Mas vou tentar.
4. Sei que você adorou Árvore da vida. amo esse filme e quase ninguém gosta, chorei do começo ao fim. Nada a ver mas fiquei apaixonada pela jessica chastain já viu o trailer de the disappearance of eleanor rigby? Não tem nada a ver com Tree of life mas lembrei de você.
Beijos, Ana.

Patricia Scarpin said...

Lu Leal, tomara que vc faça o chilli, acho que vai gostar, querida!
Beijo!

Ana, adorei o seu comentário! Quando eu preparei o chilli quase não coloquei o chocolate pois pensei exatamente a mesma coisa que você. Só que decidi ser "corajosa" e coloquei e na verdade não fica sabor algum, mas a consistência do chili fica mais cremosa. Pode confiar.
"A Árvore da Vida" me fez chorar feito criança, também, identificações mis, e como não amar Jessica? Só acho que ela não foi tudo isso em "Zero Dark Thirty", mas vi sim o trailer ao qual vc se refere e não vejo a hora de ver o filme.
Beijo!

Hagar said...

Fiz e ficou D+, o pessoal aqui de casa aprovou. Só não gostei muito do perfume de canela que ficou u pouco mais forte do que gostaria (acho que tenho preconceito de canela em receitas salgadas - fora algumas árabes, claro). Acho que diminuirei a proporção da próxima vez.
Parabéns por esse blog sempre inspirador.

Patricia Scarpin said...

Hagar, adorei saber que o chilli fez sucesso aí na sua casa! Que notícia ótima!
Espero que a canela fique do seu gosto da próxima vez, vá ajustando, sim.
Beijo!

Patricia Luck said...

Nossa! Comida mexicana bate ponto aqui em casa sempre! Faço o chili com carne, feijões refritos e guacamole todo mês...meus aniversários já são esperados pelos amigos com esse menu..enfim...dá pra ver que meus filhos e maridão amam um tempero forte, né!
Agora vendo suas fotos, acho que vou reaproveitar o feijãozinho do almoço de ontem para um mexicano amanhã à noite.
Bjs

Renata de Oliveira said...

Menina!
Já comentei no Facebook, mas preciso vir aqui agradecer!
Foi um sucesso, todos adoraram e nem teve sobra, o que por um lado me deixa feliz, prova de que agradou, mas por outro me deixa saudosamente gulosa do sabor.
A canela e o chocolate dão um "tchan" e olha, não tem igual.
O guacamole (a guacamole?) também agradou, e olha que os comensais não conheciam a iguaria e meu cunhado olhou ressabiado, antes da primeira provada.
Te falei que o cardápio ontem foi todo do TK e foi todo SUCESSO!
Beijos!

Patricia Scarpin said...

Rê, querida, eu adorei saber do almoço TK aí na sua casa! Que bom que todo mundo gostou! Obrigada por me contar, adoro saber dessas coisas!
Beijo!

Anonymous said...

Olá, Patricia

Nunca comentei no seu blog, mas entro QUASE TODO DIA :D
e adoro! parabéns!
minha dúvida é em relação ao nacho da foto. Tem algum pra indicar? (alguma marca/lugar).

bjj!

Cris

Patricia Scarpin said...

Oi, Cris! Os da foto são de uma marca importada que comprei no St. Marché, não lembro o nome (a embalagem é vermelha). Quando não encontro compro Doritos (mas não gosto pq o milho é transgênico e é menos saboroso do que a outra).
Bj!

Renata Lima said...

Pat, minha mãe. Tudo que comemos fora, ou quase tudo, ela diz que faria melhor.
E na maioria das vezes realmente faz.
😙

Related Posts with Thumbnails