Friday, May 02, 2014

Batatas hasselback com crostinha de limão siciliano e orégano, uma canção linda e coisas simples

English version

Hasselback potatoes with oregano and lemon crumbs / Batatas hasselback com crostinha de limão siciliano e orégano

Algumas canções tem sido favoritas minhas há tanto tempo que nem lembro mais e nunca me canso de ouvi-las.

Ouvia “Sweet Sixteen” ontem e fiquei pensando na beleza do arranjo da canção e do quão simples é, com poucos instrumentos. Ouvi a música, então, mais quatro ou cinco vezes seguidas, saboreando os acordes. É realmente linda (apesar da história triste por trás dela), uma canção que ouvi pela primeira vez quando ainda era menina e que tenho certeza de que ainda ouvirei quando for velhinha.

De tempos em tempos escrevo aqui sobre coisas simples e do quanto gosto delas. Acho que não é preciso muito para criar algo bonito como a canção do Billy Idol, e isso pode se aplicar à comida. Assim como bolos, adoro pratos salgados simples e os quero todos os dias, e acredito que dar um toque diferente a eles não altera sua essência – apenas os torna ainda mais gostosos.

Na receita de hoje a humilde batata, esse tubérculo que amo (o sangue alemão em minhas veias provavelmente tem alguma culpa por isso) é transformada em uma flor, com pétalas cheias de sabor. As batatas já ficariam uma delícia apenas assadas com azeite, sal e pimenta, mas a farofinha cítrica as deixa ainda mais especiais e irresistíveis.

Batatas hasselback com crostinha de limão siciliano e orégano
um nadinha adaptadas da sempre deliciosa revista Olive

8 batatas pequenas
azeite de oliva
1 colher (sopa) de orégano fresco, picadinho
2 colheres de (sopa) de farelo de pão – não use farinha de rosca; moa ou rale pão amanhecido
raspas da casca de 1 limão siciliano

Pré-aqueça o forno a 200°C.
Coloque cada batata dentro de uma colher de pau (por isso elas precisam ser pequenas) e corte fatias fininhas, parando quando a faca tocar a colher (não corte até o fim para não separar as pétalas de batata).
Coloque as batatas em uma assadeira e pincele com azeite – certifique-se de que o azeite escorra por entre as pétalas – e tempere com sal e pimenta do reino. Asse por 50 minutos.
Misture o orégano, o farelo de pão e as raspas de casca de limão e tempere com sal e pimenta do reino. Espalhe a farofinha sobre as batatas e volte-as ao forno por mais 10 minutos ou até que estejam macias e a crostinha doure.

Rend.: 4 porções

10 comments:

Quéroul said...

deus do céu quanta lindeza num post só. comecei olhando a crosta de limão e tô aqui só no amor pelo Billy... quanto tempo não ouvia esse som!

ai, bonitona, que bonito. obrigada por esse post! <3

Silvia said...

A mi hijo, Octavio, le encanta la combinación papas/batatas y limón. Me encanta tu foto, Patri. Buen fin de semana.

D Augusto said...

Sou louco para faerz estas batatinhas. Esse temperinho com limão siciliano deve ter feito um baaita sucesso hein rsrs.

Beijos

Mônica Becker said...

Essa modificação está de parabéns... Normalmente eu apenas adicionava alecrim e já achava "uau". A simplicidade sempre me seduz também, esse ar meio clean, tanto na comida quanto na música.

thatiana Bandeira said...

Amei! Simples e parece ser divina. Sou apaixonada por batata.
Beijos

Cintya Maria Pedroso Ferrari said...

Patricia, que coincidência!
Fiz essa batata essa semana também, só que, obviamente, não desse jeito inusitado. Adorei a crostinha cítrica! Na próxima vez que eu fizer, vou testar a sua, pois, como sempre, parece sensacional! Delícia!!!!!
O post nostálgico me levou para a adolescência... ô tempo bom! Eyes without a face é a minha predileta! Obrigada por me fazer viajar no tempo!

Bjs

PS: me desculpe pela ausência nos comentários, mas tô numa correria só! Quem sabe o "Billy" não me ajuda a desacelerar? I hope so! Ai os meus 16...

Teresa Newman Medeiros said...

Patricia, além de delicia que sei que ficou com feito com tanto carinho, dá para perceber...
Boa semana

Patricia Scarpin said...

Quéroul, querida! <3 Que delícia esse seu comentário! <3

Silvia, querida, muchas gracias!

D Augusto, tudo com limão fica bom, não? :D

Mônica, com alecrim tb fica muito boa, né? Adoro tomilho tb nessa batatinha!
Bj!

Cin, querida, gosto de todos os sucessos do Billy! <3
Beijo!

Teresa, obrigada!

clarice said...

Hummm! Que maravilha! Quero fazer em uma festinha pequena para os amigos, com belisquetes, pensei em um chutney para acompanhar, mas não consegui imaginar como ainda... Alguma sugestão?
Bjo!

Patricia Scarpin said...

Clarice, não sei se chutney combinaria com essas batatas - elas já tem o sabores da farofinha, acho suficientes. Elas ficam boas mesmo para acompanhar carnes, acho que para beliscar não são ideiais.
Beijos!

Related Posts with Thumbnails