segunda-feira, fevereiro 21, 2011

Pastel vasco com geléia de amora

English version

Pastel vasco with blackberry compote / Pastel vasco com geléia de amora

Tenho usado bastante os meus livros de receita ultimamente e a “culpa” é da minha baking buddy, a querida Susan. :)
Usar mais os meus livrinhos é uma das minhas resoluções de Ano Novo e fico contente por ter conseguido mantê-la.

Este bolo se tornou um dos meus favoritos: ele já sai recheado do forno e o cheirinho do rum é maravilhoso; a massa não é muito doce – e acho que por isso mesmo combina perfeitamente com a geléia. Não tostei as fatias de bolo como a receita pede simplesmente porque ele acabou antes que eu pudesse fazer isso. :)

Agora quero ver se a Susan gostou deste bolo tanto quanto eu - dei uma espiadela no lindo bolo dela e fiquei salivando aqui. :)

Pastel vasco com geléia de amora
do Sunday Suppers at Lucques

- xícara medidora de 240ml

Geléia de amora:
½ xícara (100g) de açúcar granulado
1 fava de baunilha
1/3 xícara (80ml) de água
1 colher (sopa) de amido de milho
2 xícaras cheias (300g) de amoras – usei congeladas, deixando descongelar um pouquinho só antes de usar
2 colheres (sopa) de conhaque

Pastel vasco (bolo):
2 ¼ xícaras + 1 colher (sopa) - 325g - de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
4 ovos grandes
1 xícara + 1 colher (sopa) - 212g - de açúcar granulado + um pouquinho extra para polvilhar o bolo
14 colheres (sopa) - 196g - de manteiga sem sal, derretida + 3 colheres (sopa) - 42g - sem derreter
2 colheres (sopa) de rum escuro
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ xícara (60ml) de suco de laranja fresco
1 xícara de creme de leite fresco, para servir

Comece preparando a geléia: despeje o açúcar numa panela média. Corte a fava de baunilha ao meio no sentido do comprimento e use as costas da faca para removas as sementinhas, juntando-as ao açúcar. Junte a água e leve ao fogo médio até ferver, sem mexer. Cozinhe por cerca de 10 minutos, apenas girando o caramelo dentro da panela algumas vezes, até a mistura caramelizar e ficar bem dourada.
Enquanto o açúcar carameliza, coloque o amido de milho numa tigelinha e acrescente 2 colheres (sopa) de água fria, misturando bem. Reserve.
Quando o caramelo estiver dourado, adicione metade das amoras e o conhaque à panela – cuidado pois a mistura vai espirrar. O açúcar vai endurecer – continue cozinhando por mais 3-5 minutos, sem mexer, em fogo médio-baixo, até que as amoras soltem suco e o açúcar dissolva. Passe a mistura por uma peneira sobre uma tigela média. Transfira o líquido de volta para a panela e o conteúdo da peneira para dentro da tigela. Junte à tigela as amoras restantes (as que não foram cozidas). Volte a panela ao fogo médio até que o líquido ferva e, mexendo sempre, vá acrescentando a mistura de amido de milho, aos poucos. Continue mexendo e cozinhando até que o líquido engrosse. Despeje-o sobre as amoras e misture para incorporar. Deixe esfriar completamente.

Agora, o bolo: peneire a farinha e o fermento juntos numa tigelinha. Reserve.
Numa tigela grande, bata 3 ovos. Junte o açúcar, a manteiga derretida, o rum, a baunilha e o suco de laranja. Misture bem. Acrescente os ingredientes secos e misture delicadamente com uma espátula de silicone. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 200°C; unte generosamente com manteiga uma forma de bolo inglês*.
Despeje ¾ da massa na forma preparada e cubra com ¾ xícara da geléia de amora. Cubra com o restante da massa, deixando algumas amorinhas aparecer.
Bata o ovo restante num potinho e pincele o topo da massa com uma parte dele. Salpique com um punhado de açúcar granulado e leve ao forno por 1 hora, ou até que cresça e doure (faça o teste do palito – para isso usei uma faca bem fina e comprida, para que ela chegasse ao fundo da forma).
Deixe o bolo esfriar completamente dentro da forma, sobre uma gradinha. Desenforme e corte o bolo em fatias de pouco menos de 2cm. Passe manteiga em ambos os lados de cada fatia.
Aqueça a geléia restante em fogo baixo.
Aqueça também uma frigideira ou grelha em fogo médio-alto. Toste cada fatia de bolo por 1-2 minutos de cada lado, até que fiquem douradas e crocantes. Arrume as fatias em um prato, regue com a geléia e sirva com uma jarrinha com o creme de leite.

* como a receita não menciona o tamanho da forma, fiz ¾ da receita acima e usei uma forma de bolo inglês de 20x8cm

Rend.: 6-8 porções

21 comentários:

Ana E.G. Granziera disse...

Uh, eu sou louca pra fazer esse bolo! Que bom que você está gostando desse livro! :D No inverno, faça o pan d'épice com a manteiga de quincan. MUITO BOM! Agora, fui ver sua biblioteca... e eu achando que tinha problemas com livros de culinária! hehehe... ;)

Bjs

Cantinho da Jana!!! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cantinho da Jana!!! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cantinho da Jana!!! disse...

Como não tenho taaaaaantos livros assim e como tb não tinha receita achei maravilhoso vc dividí-la conosco já que é uma receita especial...
adorei


bjim

thecookieshop disse...

Um bolinho que depois de tudo ainda é tostado na manteiga????????? Criminosa essa receita. Criminosa.

Luna disse...

Não conhecia pastel vasco, parece delicioso! ;-)
Postei hoje uma receitinha que me lembrou de ti! Beijão! :D

Ivaneide passos disse...

Amo seu BLOG!

Marmita disse...

Espectacular.. adorei a receita e o bolo ficou mesmo divinal! parabêns!

Richie disse...

Pat, que lindo que fica! Acho q vou aproveitar para dar fim em um dos potes de geleia de cereja do natal!
Ah, adoro vir aqui ver as novidades!

bjo

MJ disse...

que bolinho mais gostoso Patricia :)
assim não vale, fico com vontade de experimentar todas a tuas receitas :))

Raquel Barbosa disse...

É, tá difícil fazer alguma dieta...rs. Parece delicioso, abraços, Raquel
www.bomsensoemformadegente.blogspot.com

Saam! disse...

Pat que bolo mais liiindo!!! Nunca tinha visto pastel basco, mas definitivamente entrará para a lista de 'delícias para fazer'!! Assim como o Richie disse, também vou aproveitar uns potes de geléia que tenho, a minha é de blueberry, acredito que ficará uma delícia!! Depois te conto!
Parabéns pelo bolo, lindo lindo como sempre!

Hoje logo mais a tarde terei post fresquinho, quando der, dê uma passadinha por lá

Beijos

Alessandra disse...

Hummm, parece muito bom, mas admito que sou preguiçosa demais para fazer minha própria geléia. Imagino que poderia substituir por geléia pronta (de boa qualidade, claro), né? Quanta geléia rende essa receita?

flanzie disse...

Ai, que vontade!

Vai já pra listinha!

Andréa Potsch disse...

Huummm! Muito prático e lindo esse Bolo já recheado! Acho que posso fazer com doce de leite já que não sou muito fã de geleia.
bjs

moranguita disse...

bem mas que bolo, esta um sonho mesmo. mesmo sem ter sido tostado ficou ebm bonito
beijinhos

tatiane disse...

Não conhecia pastel vasco, mas bolo que já vai recheado para o forno é tudo na vida!
beijos, querida

Maria Beatrix disse...

Pena que é Vasco, se fosse Flamengo seria ainda melhor!(brincadeirinha)

Lindo bolo. Tem cara de coisa gostosa. Foi p/ lista!
Parabéns

Patricia Scarpin disse...

Ana, faça esse bolo, é a sua cara! Tenho certeza de que você vai adorar - e dá pra usar amora congelada. :)
Ah, a sua sugestão foi direto pro topo da minha lista, salivei aqui só de imaginar.
Beijo, querida!


Jana, que bom que vc gostou!

Paula, hahaha, criminosa pra cintura, tb.
xx

Luna, fui lá ver - que lindo o bolo! Amo bolo de laranja.
Beijo!

Ivaneide, obrigada!

Marmita, muito obrigada!

Richie, obriada, querido! Que bom que vc gosta, isso me deixa muito feliz!
xx

MJ, oba! Experimenta, sim! :)

Raquel, obrigada!

Saam, hum, acho que vai ficar uma delícia com a sua geléia, sim!
Beijo e obrigada!

Alessandra, acho que dá certo, sim - se vc puder misturar sementes de baunilha na geléia vai ficar melhor ainda. Não sei quanto rende a geléia.

Flanzie, oba! :)

Andréa, será que dá certo? Me conta depois?
Beijo!

Moranguita, obrigada!

Tati, querida, eu tb não conhecia e amei. :)
Beijo!

Maria, morri de rir de ti. Eu também prefiro o Flamengo ao Vasco - sou corinthiana, adoro time de maloqueiros. :)
Beijo e obrigada pela visita!

Anônimo disse...

Oi Patrícia!
Fiz ontem, e ficou uma delícia!!!
Muito obrigada por compartilhar essas receitas conosco!
bjs
Flávia

Patricia Scarpin disse...

Flávia, que bom que vc gostou! Um beijo e obrigada por vir aqui me contar!

Related Posts with Thumbnails