Monday, December 15, 2014

Fudge de chocolate e especiarias

English version

Spiced chocolate fudge / Fudge de chocolate e especiarias

Para mim, é sempre uma alegria fazer a série de Natal aqui no blog: os docinhos são deliciosos, o feedback de vocês é incrível e o meu apartamento fica com um cheirinho maravilhoso, também. :)

Há, entretanto, um problema: são tantas receitas ótimas que tenho certo trabalho para escolher quais preparar. Além dos livros, as revistas especiais de Natal começam a chegar, cheias de sugestões lindas para essa época do ano e fica ainda mais difícil decidir quais receitas entram na seleção – não nos esqueçamos da vez em que guardei uma receita por quase um ano para prepará-la na série de Natal seguinte (sim, eu bato pino, gente). :D

A minha lista de receitas deste ano já estava pronta e eu não planejava alterá-la, mas quando a edição de Natal da revista Donna Hay chegou eu tive de adicionar este fudge à série: todo mundo ama chocolate e o ingrediente combina tão bem com especiarias – sem falar que a receita rende um monte, o que é ótimo para quando se tem bastante gente para alimentar.

A receita da Donna é meio chatinha, por isso peguei emprestado dela a ideia de adicionar especarias ao fudge e usei uma receita bem mais simples, com um resultado excelente.

Fudge de chocolate e especiarias
adaptado daqui e da revista Donna Hay

- xícara medidora de 240ml

335g de chocolate meio-amargo picadinho – usei um com 53% de cacau
2/3 xícara de leite condensado
1 colher (sopa) de água
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher (chá) de pimenta-da-jamaica moída na hora
½ colher (chá) de canela em pó
as sementes de 4 bagas de cardamomo, moídas até virar pó
¼ colher (chá) de cravo em pó
1 pitada de sal

Forre uma forma quadrada de 20cm com papel manteiga. Coloque o chocolate, o leite condensado e a água em uma panela pequena e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até derreter.

Retire do fogo e adicione a baunilha, as especiarias e o sal. Espalhe na forma preparada e alise a superfície. Leve à geladeira por 30 minutos ou até firmar. Corte em quadrados pequeninos.

Rend.: 64 unidades

9 comments:

Tertúlia da Susy said...

Que bom deve ser...

Teresa Newman said...

Bom de ver, vontade comer!

Glenda said...

Patricia, leio seu blog há anos, embora nunca tenha comentado antes (se bem que ontem tentei fazê-lo duas vezes, mas creio que meu celular tenha encontrado dificuldades com isso, hehe :P).

Bom, mas insisto em deixar meu comentário hoje: primeiro, parabéns pelo blog - não só pelas receitas ótimas e belamente ilustradas (que nunca decepcionam quando as preparo aqui em casa), mas também pelos textos que sempre trazem um pedacinho do seu cotidiano, alguma experiência pessoal, ou preferência sua. Sempre gostei de ler o que escreve.


Agora uma pergunta em relação a esta receita: tem alguma dica de qual deve ser o "ponto" do fudge? Fiz um há muito tempo (tirado de um blog americano), mas ficou tão "chewy" e "puxento", que era impossível cortá-lo direitinho, sabe? Como nas suas instruções diz apenas para "mexer até derreter", queria saber se teria algo mais específico para ajudar a atingir a consistência perfeita! Não queria outro fudge-desastre, hehe.

Agora acerca da receita anterior: há algo por que possa substituir a farinha de painço? Não creio que vá encontrar algo assim no Rio, mas achei tão bonitos e apetitosos os seus biscoitos, que fiquei tentada a fazer com alguma outra farinha. Tem algo a indicar, pode ser a de trigo normal mesmo?

Bem, é isso. Parabéns pelo trabalho excelente, que permaneça sempre assim! ;)

Patricia Scarpin said...

Glenda, que coisa mais gostosa ler esse seu comentário - obrigada pelo carinho, fiquei super feliz! <3

Esse fudge é mais simples porque o chocolate derretido com o leite condensado é uma mistura fácil de fazer e quando ela endurece o fudge já fica no ponto. Já fiz outros tipos de fudge, em que é necessário usar termômetro culinário, e eles são mais difíceis de dar ponto, sim - por isso optei por esse aqui para a série de Natal, achei que mais gente conseguiria fazer.

A farinha de painço pode ser substituída por farinha de trigo - espero que vc goste das receita.
Beijos!

Roberta said...

Oi Patrícia! Fiz seu fudge ontem e ficou uma delícia. Pena que errei a mão na pimenta. Na verdade, como não tinha pimenta da jamaica, usei cayenne, e acho que descobri qual á a mais forte... Já comprei mais chocolate para fazer novamente.
P.S.: Eu sou o unknown do post sobre bolinho de chocolate e pixie. :)

Roberta said...

Oi Patrícia! Fiz seu fudge ontem e ficou uma delícia. Pena que errei a mão na pimenta. Na verdade, como não tinha pimenta da jamaica, usei cayenne, e acho que descobri qual á a mais forte... Já comprei mais chocolate para fazer novamente.
P.S.: Eu sou o unknown do post sobre bolinho de chocolate e pixie. :)

Patricia Scarpin said...

Oi, Roberta! Pois bem, a pimenta-da-jamaica, apesar do nome, não é uma pimenta e sim uma especiaria e que de ardida não tem nada! Que pena o que aconteceu com o seu fudge, mas fico feliz por você não ter desistido da receita!
Beijo!

Mariana Zapella said...

Pat, fiz agora para dar de presente num pote bonito amanhã. Misturei chocolate 85% e 43%. Adorei o sabor, super obrigada ;)
Beijo

Patricia Scarpin said...

Mari, querida, eu é que agradeço pelo feedback tão positivo! Beijão!

Related Posts with Thumbnails