segunda-feira, março 30, 2009

O poder das refeições



Cozinhar faz parte da minha vida desde que preparei meu primeiro bolo, aos 11 anos. Mas bem antes disso eu já sabia a importância das refeições e dos alimentos, graças à influência de minha mãe. A hora do jantar era o momento de dividir com meus pais o que havia acontecido na escola, as coisas novas que aprendera... Era o momento de saber também sobre o dia deles, o que acontecera no trabalho do meu pai e o que minha mãe havia feito. Trago isso comigo e na minha casa o mesmo acontece – na hora do jantar, eu e meu marido falamos sobre o nosso dia, rimos, dividimos as alegrias e conversamos sobre os problemas. É algo nosso e sem essa troca o dia parece incompleto.



Por isso, estou participando da nova campanha da Knorr, "O poder das refeições", com o vídeo acima. E agora os convido a participar também – vocês podem fazê-lo usando um vídeo, foto ou texto. E sabem o que poder acontecer? Vocês podem ir parar na TV! :)

Saibam mais sobre o regulamento e os prêmios no site.

Este post é um publieditorial da Knorr.

sexta-feira, março 27, 2009

Cookies marmorizados

English version

Butterscotch marble blondie drops

Assistindo a “Zodíaco” esta semana encontrei alguém tão aficionado por cookies quanto eu.

O Inspetor David Toschi certamente iria adorar estes biscoitinhos, mas eu preferiria prepará-los para o Detetive Malloy. :D

Butterscotch marble blondie drops

Cookies marmorizados
do Big Fat Cookies

- xícara medidora de 240ml

112g de chocolate meio amargo picado
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
2 xícaras (350g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
2 colheres (chá) de baunilha
3 ovos grandes

Pré-aqueça o forno a 180ºC – você vai assar os cookies no centro do forno. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Derreta o chocolate em banho-maria, sem deixar que o fundo da tigela com o ingrediente toque a água. Misture o chocolate para deixá-lo homogêneo. Retire da água e reserve.

Peneire a farinha, o fermento em pó e o sal numa tigela média e reserve. Na tigela da batedeira, bata a manteiga, o açúcar mascavo e a baunilha em velocidade média por cerca de 1 minuto, ou até homogeneizar. Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela com uma espátula de borracha/silicone. Junte os ovos e bata para misturar, cerca de 1 minuto. Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos, misturando só até incorporar.

Coloque porções de massa – 3 colheres (sopa) niveladas de massa por cookie - nas assadeiras preparadas, deixando 7,5cm entre uma e outra. Regue o topo de cada porção de massa com cerca de ½ colher (chá) do chocolate derretido e, em seguida e cuidadosamente, faça um “redemoinho” com uma faquinha afiada para dar um efeito marmorizado.

Asse uma forma por vez até os topos dos cookies ficarem firmes (os cookies ainda estarão macios) e levemente dourados, cerca de 11 minutos. Deixe esfriar nas assadeiras por 10 minutos e então transfira os cookies para uma gradinha usando uma espátula larga de metal.

Os cookies podem ser guardados num recipiente hermético em temperatura ambiente por até 4 dias.

Rend.: 24 unidades – fiz meia receita, usei 1 ½ colheres (sopa) por cookie e consegui 18

Butterscotch marble blondie drops

quarta-feira, março 25, 2009

Fudge de limão com macadâmia

English version

Lime fudge with macadamia nuts

Objetos de cozinha – quem aqui for louco por eles levante a mão, por favor. :D

Bons aparelhos e panelas podem realmente nos ajudar a conseguir melhores resultados na hora de preparar receitas – não consigo imaginar a minha cozinha sem a minha maravilhosa batedeira Kitchen Aid; para os fãs de cítricos como eu, um Microplane é um sonho.

E para tornar tudo perfeito, louças lindas para servir a comida preparada com amor – até mesmo quem não sabe cozinhar ou não gosta de fazê-lo fica feliz ao se sentar a uma mesa bonita.

Falando em cítricos, ainda estou numa febre de limão. E nunca teria imaginado que ele combinaria tão bem com macadâmia.

Lime fudge with macadamia nuts

Fudge de limão com macadâmia
ligeiramente adaptado daqui

- xícara medidora de 240ml

3 xícaras (465g) de chocolate branco bem picadinho
1 lata (395g) de leite condensado
3 colheres (chá) de raspas de casca de limão
3 colheres (sopa) de suco de limão espremido na hora
1 xícara de macadâmias picadas (torradas se desejar)

Forre uma forma quadrada de 20cm com papel alumínio, deixando sobrar para fora da forma, formando “alças”. Unte o papel com manteiga e reserve.

Junte o chocolate branco e o leite condensado numa panela de fundo grosso e leve ao fogo baixo, mexendo, até que o chocolate derreta e a mistura fique homogênea. Retire do fogo, adicione as raspas e o suco de limão e misture bem. Acrescente as macadâmias, misture, e despeje o creme na forma preparada.

Cubra e leve à geladeira por 2 horas ou até firmar. Com a ajuda das “alças” de papel alumínio, levante o fudge e retire-o da forma. Remova todo o papel alumínio e corte o doce em quadradinhos.
Guarde em recipiente hermético, em temperatura ambiente, por até 1 semana, ou no freezer por até 2 meses.

Rend.: 64 unidades pequeninas

Lime fudge with macadamia nuts

segunda-feira, março 23, 2009

Suspiros de água de rosas em formato de coração

English version

Rose water meringue hearts

Vocês conseguiriam resistir a comidinhas com formato de coração? Imaginei – eu também não. É como ficar impassível frente a uma criança tomando sorvete ou comendo um cupcake de chocolate cheio de cobertura. :D

A receita é da revista Donna Hay #36 – minha única alteração foi usar água de rosas em vez de água de flor de laranjeira.

Rose water meringue hearts

Suspiros de água de rosas em formato de coração
adaptados da Donna Hay magazine

150ml de claras de ovo (4-5 claras)
220g de açúcar refinado
1 colher (chá) de vinagre branco
½ colher (chá) de água de rosas

Pré-aqueça o forno a 120ºC. Coloque as claras na tigela da batedeira e bata até picos firmes se formarem. Aos poucos junte o açúcar, o vinagre e a água de rosas e continue batendo até obter uma mistura sedosa e espessa – esfregue um pouquinho da mistura entre as pontas dos dedos; ela estará pronta ao não se sentir mais os grânulos de açúcar.
Coloque um cortador de biscoitos em formato de coração de 6cm, ligeiramente untado com óleo, sobre uma assadeira forrada com papel manteiga também untado com óleo. Preencha o cortador com o merengue, alisando a superfície. Remova o cortador cuidadosamente, limpe-o, unte-o novamente e repita o processo.
Asse por 25 minutos ou até ficarem crocantes, desligue o forno e deixe que esfriem dentro dele por 30 minutos.

Rend.: 10 unidades – fiz meia receita, usei um cortador de 5cm e ainda consegui 10

Rose water meringue hearts

sexta-feira, março 20, 2009

Bolinhos de arroz com sementes de nigela

English version

Rice fritters with nigella seeds

Da mesma forma que não se precisa ter uma voz aveludada para fazer músicas lindas – Dave Faulkner está aí para provar – comida não precisa ser chique e complicada para ser boa. Uma simples salada, preparada com ingredientes frescos, pode ser uma refeição maravilhosa. E estes bolinhos, feitos de sobras de arroz, são petiscos deliciosos.

A receita original pede sementes de papoula – como não as temos aqui por enquanto (até quando será?) troquei por sementes de nigela, que acrescentaram um toque crocante e diferente a algo que eu comia muito quando criança.

Rice fritters with nigella seeds

Bolinhos de arroz com sementes de nigela
adaptado do livro Claudia Cozinha

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras de arroz cozido
2 ovos
¼ xícara de queijo parmesão ralado
1 colher (sopa) de salsinha picada
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
sal e pimenta do reino moída na hora

Para empanar:
2 ovos
1 xícara de farinha de rosca ou farelo de pão
¼ xícara de sementinhas de nigela
óleo para fritar

Coloque o arroz, os ovos, o parmesão, a salsinha, a farinha, o sal e a pimenta numa tigela. Amasse com a ajuda de um garfo ou amassador de batata até misturar bem os ingredientes.
Faça bolinhas com uma porção 1 colher (sopa) cheia de massa. Reserve.
Coloque a farinha de rosca numa tigelinha rasa e junte as sementinhas de nigela. Em outra tigela, coloque os ovos e bata-os ligeiramente.
Passe cada bolinha de arroz pelos ovos e em seguida pela mistura de farinha de rosca.
Aqueça o óleo numa panelinha funda em fogo médio-alto e frite os bolinhos, 3 a cada vez, até dourarem por igual.
Retire do óleo com uma escumadeira e deixe escorrer sobre papel toalha.
Sirva quente.

Rend.: aprox. 20 bolinhos

Rice fritters with nigella seeds

quarta-feira, março 18, 2009

Nuvenzinhas de cacau com gotas de chocolate

English version

Cocoa-chocolate chip pillows

A noite passada foi um pesadelo – houve uma tempestade aqui em SP e vários lugares foram inundados. Saí do trabalho às seis e cheguei em casa por volta das 11 da noite – geralmente faço o mesmo percurso em 1 hora. Estava tão exausta que, depois de um banho, adormeci em menos de 5 minutos.

Ficar dentro de um carro praticamente estacionado por 5 horas não é nada divertido, mas pelo menos pude contar com um pouco de música. Eu definitivamente queria algo alegre – amo Smiths e Silverchair, mas não é o tipo de música de que alguém precisa em momentos de desespero; nessas horas, nada melhor do que a mini Diva Australiana.

Além de boa música, há algo que sempre desejo em momentos de tensão: doce. Vocês não imaginam o quanto pensei nestes biscoitinhos ontem. :D

Cocoa-chocolate chip pillows

Nuvenzinhas de cacau com gotas de chocolate
ligeiramente adaptado do Baking by Flavor

- xícara medidora de 240ml

Massa:
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
¼ xícara + 1 colher (sopa) - 30g - de cacau em pó, sem adição de açúcar
1 colher (chá) de fermento em pó
1/8 colher (chá) de cremor tártaro
1/8 colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, derretida e fria
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro, sem peneirar
2 ½ colheres (chá) de baunilha
¼ xícara + 1 colher (sopa) de farinha de amêndoa (amêndoas moídas)
2/3 xícara (115g) de gotas de chocolate meio amargo

Misturinha de cacau*:
1 ¾ xícaras (245g) de açúcar de confeiteiro
1 colher (chá) de cacau em pó, sem adição de açúcar

Pré-aqueça o forno a 175ºC; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga (caso as formas sejam finas, sobreponha duas para evitar que a parte inferior dos cookies queime).

Prepare a massa: peneire a farinha, o cacau, o fermento, o cremor tártaro e o sal numa tigela e reserve.

Coloque a manteiga numa tigela grande. Peneire o açúcar de confeiteiro sobre ela e misture com uma colher de pau – não ligue para os gruminhos de açúcar que aparecerão. Acrescente a baunilha e a amêndoa moída, misture, e em seguida junte metade dos ingredientes peneirados e todas as gotinhas de chocolate. Misture bem, junte metade dos ingredientes secos restantes, misture, e então junte todo o restante. A massa ficará firme e fácil de ser trabalhada (não gruda nas mãos).

Faça bolinhas gorduchas com 1 colher (sopa) rasa de massa e coloque-as nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Leve ao forno por 13-15 minutos ou até que firmem – a superfície dos cookies pode rachar levemente. Deixe-os esfriar nas formas por 1 minuto e então remova com cuidado, usando uma espátula de metal. Deixe esfriar por mais 5-8 minutos.

Prepare a misturinha de cacau: peneire o açúcar de confeiteiro e o cacau numa tigela. Enquanto os cookies ainda estiverem quentes, passe-os pela mistura cuidadosamente, poucos a cada vez, e cubra-os por completo. Transfira para uma folha de papel manteiga e deixe esfriar completamente. Passe-os pela mistura mais uma vez, se desejar – os cookies ficarão mais bonitinhos.
Guarde em recipiente hermeticamente fechado por até 5 dias.

* sobrou bastante mistura, creio que apenas metade seja suficiente para cobrir todos os cookies de uma receita inteira

Rend.: 3 dúzias – fiz meia receita e consegui 19

Cocoa-chocolate chip pillows

segunda-feira, março 16, 2009

Bolo de maçã com casquinha de caramelo

English version

Apple cake with toffee crust

Algumas revistas de comida têm sites fantásticos, mas nunca havia considerado o da Food & Wine um deles. Depois de ler em algum blog (uma pena eu não lembrar qual) que o site fora reformulado, fiquei curiosa. Uma visita rápida, alguns cliques e soube que voltaria mais vezes. E o fiz, para pegar esta ótima receita.

A palavra “caramelo” já seria motivo suficiente para provar este bolo, mas combiná-lo a maçãs – das verdes, que amo tanto – tornou tudo perfeito.

Acho que vocês adicionarão o site da Food & Wine à lista de favoritos, também.

Apple cake with toffee crust

Bolo de maçã com casquinha de caramelo
da Food & Wine magazine

- xícara medidora de 240ml

3 xícaras (420g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 ¼ xícaras (300ml) de óleo
2 xícaras (400g) de açúcar granulado
3 ovos grandes
2 maçãs verdes (do tipo Granny Smith), descascadas, sementes e cabos removidos, picadas em cubinhos de 1cm

Casquinha de caramelo:
½ xícara (113g) de manteiga sem sal
¼ xícara (60ml) de creme de leite fresco
1 xícara (175g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Prepare o bolo: pré-aqueça o forno a 165ºC; unte com manteiga e enfarinhe uma forma de buraco no meio, de preferência com fundo removível, de 22cm de diâmetro*.

Numa tigela média, peneire a farinha, o sal e o bicarbonato e misture. Em uma tigela grande, misture o óleo e o açúcar, usando um fuê. Junte os ovos, um a um, e misture. Adicione os ingredientes secos e misture até homogeneizar. Com a ajuda de uma espátula de borracha/silicone, misture delicadamente as maçãs.
Transfira a massa para a assadeira preparada e leve ao forno por cerca de 1 hora e 15 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar ligeiramente.

Enquanto isso, junte a manteiga, o creme de leite e o açúcar mascavo numa panela e leve ao fogo médio, mexendo, até ferver. Retire do foto e acrescente a baunilha.

Coloque o bolo quente (ainda dentro da forma) sobre uma assadeira. Despeje a cobertura quente sobre o bolo e faça furinhos com um palito de dente ou espaguete cru. Deixe esfriar completamente (aprox. 2 horas). Inverta o bolo sobre um prato e em seguida repita o processo para que a casquinha de caramelo fique virada para cima.

* fiz meia receita e usei uma forma de 19cm (com fundo fixo)

Rend.: 8 porções

Apple cake with toffee crust

sexta-feira, março 13, 2009

Ricota caseira

English version

Homemade ricotta

Já ouvi que ficamos mais sábios à medida que envelhecemos. Não estou bem certa quanto a tal sabedoria, mas definitivamente me sinto mais corajosa.

Depois dos macarons, tinha de tentar algo completamente novo. Fazer queijo parecia ser uma boa idéia. Deu tão certo que já me sinto pronta para o próximo desafio – talvez assistir a “O Exorcista” sem fechar os olhos nenhuma vezinha sequer. :D

Homemade ricotta

Ricota caseira
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

6 xícaras de leite integral
2 colheres (sopa) de vinagre branco

Coloque o leite numa panela e leve ao fogo médio. Insira um termômetro culinário no líquido e deixe-o atingir 80ºC. Retire do fogo, junte o vinagre e deixe por 5 minutos, ou até que coalhos se formem.
Forre uma peneira com um pano para queijo e coloque-a sobre uma tigela funda. Usando uma escumadeira, remova os coalhos da superfície do leite e gentilmente coloque dentro da peneira forrada*. Deixe escorrer por 5 minutos. Transfira a ricota às colheradas para um recipiente de cerâmica/vidro e cubra levemente com filme PVC.
Guarde na geladeira por até 1 semana.

* remover os coalhos com delicadeza ao invés de despejá-los sobre a peneira evita que o queijo resseque e fique granuloso.

Rend.: 1 ¼ xícaras de ricota – depois de remover os coalhos e colocá-los na peneira, voltei a aquecer o leite a 80ºC, adicionei mais vinagre ao leite restante e obtive mais coalhos. Fiz 1/3 da receita e consegui quase 1 xícara de ricota.

Homemade ricotta

quarta-feira, março 11, 2009

Bolinhos de iogurte com calda de maracujá

English version

Yogurt and passion fruit syrup mini cakes

Certos atores têm um lugarzinho especial no meu coração – são tão talentosos que sempre me interesso por seus filmes.
Christian Bale, por exemplo – o vi numa infinidade de filmes diferentes e ele continua me deixando curiosa com o que está para ser lançado.

É como usar iogurte em baking – quanto mais o faço (como no bolo de limão do mês passado), mais gosto.

Yogurt and passion fruit syrup mini cakes

Bolinhos de iogurte com calda de maracujá
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

150g de manteiga sem sal, amolecida
220g de açúcar
1 colher (chá) de baunilha
3 ovos
1 xícara de iogurte natural bem espesso – deixe escorrendo de véspera numa peneira forrada com filtro de café
300g de farinha de trigo com fermento

Calda de maracujá:
1 xícara (240ml) de polpa de maracujá
½ xícara (120ml) de água
110g de açúcar

Pré-aqueça o forno a 160ºC. Prepare a calda: junte todos os ingredientes numa panelinha e leve ao fogo médio, mexendo até dissolver o açúcar. Deixe ferver, abaixe o fogo e então cozinhe por 10-15 minutos ou até engrossar ligeiramente. Reserve.

Agora, o bolo: coloque a manteiga, o açúcar e a baunilha na tigela grande da batedeira e bata por 10-15 minutos ou até obter um creme claro. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Acrescente o iogurte e bata para misturar.
Misture a farinha com a ajuda de uma espátula de borracha/silicone, com movimentos leves, de baixo para cima.
Transfira a massa para uma forma de buraco no meio de 24cm*, untada com manteiga, e asse por cerca de 35 minutos (faça o teste do palito).
Retire o bolo do forno e desenforme-o no prato de servir (eu deixei os bolinhos na forma por 5 minutos e então os desenformei).
Fure o bolo todo com um palito de dentes e cubra-o com a calda. Sirva morno – também fica delicioso em temperatura ambiente.

* fiz meia receita, usei uma forma de muffins - cada cavidade tem capacidade para 1/3 xícara (80ml) de massa – e consegui 9 bolinhos

Rend.: 8 porções

Yogurt and passion fruit syrup mini cakes

segunda-feira, março 09, 2009

Super sorvete de limão

English version

Super lime ice cream

Há coisas simples na vida que têm o poder de iluminar o nosso dia – como chegar em casa e encontrar uma caixinha ou a revista preferida na caixa do correio. Adoro.

Minha cópia da bíblia dos sorvetes do David Lebovitz chegou sexta-feira e no sábado de manhã eu já estava na cozinha, preparando uma de suas receitas. Vocês ficaram surpresos com a minha escolha cítrica? Sabia que não. :D

Super lime ice cream

Super sorvete de limão
adaptado do The Perfect Scoop

- xícara medidora de 240ml

2 limões grandes
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de açúcar refinado
½ xícara (120ml) de suco de limão espremido na hora (você precisará de cerca de 3 limões grandes)
1 xícara (240ml) de leite integral
1 xícara (240ml) de creme de leite
1 pitada de sal

Tire as raspas das cascas dos dois limões diretamente para dentro do copo do liqüidificador/processador. Junte o açúcar e o suco de limão e bata/processe até dissolver o açúcar. Acrescente o leite e o creme de leite e bata para homogeneizar.
Leve à geladeira por 1 hora e em seguida prepare o sorvete na sorveteira seguindo as instruções do fabricante.

Rend.: cerca de 1 litro

Super lime ice cream

sexta-feira, março 06, 2009

Madeleines de parmesão e manjericão

English version

Basil and parmesan madeleines

Apesar de ter o meu orgulho – afinal de contas, sou escorpiana – não vejo problema em admitir meus erros e pedir desculpas.

Depois de lhes dizer que havia perdido a vontade de ver o Sr. Benjamin Button, mudei de idéia (com um empurrãozinho da minha melhor amiga). E estou feliz por isso – que filme bonito. Tocou o meu coração como pouquíssimos até hoje. David Fincher consegue mesmo extrair o melhor de Brad Pitt. Toda vez.

Algo similar aconteceu aqui. Não tinha tanta fé assim de que madeleines salgadas dariam certo. Por isso sempre as deixava para uma próxima vez. E agora, um ano depois de ter marcado a receita, finalmente a preparei. É uma boa receita e eu estava errada.

Meu único comentário aqui é que tanto sabor quanto textura ficam melhores nas madeleines quentes/mornas. Mas me contem se discordarem de mim.

Basil and parmesan madeleines

Madeleines de parmesão e manjericão

- xícara medidora de 240ml

8 colheres (sopa) - 113g - de manteiga sem sal, derretida
1 xícara (140g) de farinha para bolos – usei farinha de trigo comum
3 colheres (chá) de manjericão fresco, bem picadinho
1 colher (chá) de flor de sal + um pouquinho extra para polvilha
¼ colher (chá) de pimenta do reino moída na hora
4 ovos
¼ colher (chá) de cremor tártaro
2 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara de queijo parmesão ralado + um pouquinho extra para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 190ºC; você assará as madeleines na terça parte inferior do forno (preferi assar na parte de cima para não queimar).
Pincele uma forma de madeleines com 12 buraquinhos com 2 colheres (sopa) da manteiga já derretida. Polvilhe com farinha e retire o excesso.

Peneire a xícara de farinha numa tigela e misture levemente o manjericão, 1 colher (chá) de flor de sal e a pimenta. Reserve.
Na batedeira, usando os batedores de arame, bata os ovos em velocidade alta até obter um creme amarelinho e fofo, cerca de 3 minutos. Acrescente o cremor tártaro e o açúcar e bata até que a mistura caia do batedor de formando uma “fita”. Com a ajuda de uma espátula de borracha/silicone, misture delicadamente os ingredientes reservados e o parmesão, e em seguida faça o mesmo com a 6 colheres (sopa) restantes de manteiga*.

Coloque a massa na forminha preparada, enchendo cada molde até o limite máximo. Asse até que as madeleines voltem ao serem apertadas levemente com a ponta dos dedos, cerca de 12 minutos. Retire-as imediatamente da forma e deixe esfriar numa gradinha.
Salpique com um pouquinho de flor de sal e queijo extras e sirva.

* a receita não pede, mas deixei a massa na geladeira de um dia para o outro

Rend.: 18 madeleines – fiz meia receita e consegui 15 - cada buraquinho da minha forma tem capacidade para 1 colher (chá) de massa

Basil and parmesan madeleines

quarta-feira, março 04, 2009

Cookies de baunilha com amêndoas

English version

Vanilla butter rounds

Faz tanto tempo que não posto cookies que quase não reconheço meu próprio blog – Technicolor Kitchen sem receitas de cookies é como um filme do Tim Burton sem o Johnny Depp. :D

Estes são muitíssimo simples de fazer e, exceto pelas amêndoas, contam com ingredientes bem simples – tenho certeza de que há um tantinho de manteiga e alguns ovos na sua geladeira.

Vanilla butter rounds

Cookies de baunilha com amêndoas
levemente adaptada do Big Fat Cookies

- xícara medidora de 240ml

2 ¾ xícaras (385g) farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 ½ xícaras (340g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 xícara (200g) de açúcar – usei açúcar perfumado com favas de baunilha
3 gemas grandes
2 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
18 amêndoas inteiras, com a casca, ou 18 metades de pecãs

Peneire a farinha, o fermento e o sal numa tigela média e reserve.

Bata a manteiga e o açúcar usando a batedeira em velocidade média até obter um creme claro e leve, cerca de 2 minutos. Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela com um pão-duro ou espátula de silicone/borracha. Junte as gemas e a baunilha e bata novamente até ficar homogêneo, cerca de 1 minuto. Em velocidade baixa, adicione os ingredientes secos e bata somente até incorporá-los. A massa será macia e grudará nas mãos. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira até a massa firmar e puder ser enrolada com as mãos sem grudar, aproximadamente 1 hora (num calorão como o de hoje seria necessário dobrar o tempo).

Pré-aqueça o forno a 165ºC – você vai assar os cookies na parte central do forno. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Usando uma colher de sorvete ou uma xícara medidora com capacidade para ¼ xícara (60ml), pegue porções de massa e enrole-as formando bolas. Em seguida, achate-as para formar discos de 7,5cm de diâmetro. Coloque os discos de massa nas assadeiras deixando 5cm entre um e outro. Pressione uma amêndoa/pecã no centro de cada um.

Asse os cookies (uma assadeira por vez) até as beiradas ficarem douradas, cerca de 22 minutos – os meus precisaram de 30.
Deixe esfriar nas formar por 5 minutos e em seguida transfira para uma gradinha usando uma espátula larga de metal.

Os cookies podem ser guardados por até 5 dias num recipiente hermético, em temperatura ambiente.

Rend.: 18 cookies – fiz meia receita, formei discos de massa de 5cm de diâmetro usando 1 ½ colheres (sopa) de massa e consegui 18 unidades

Vanilla butter rounds

segunda-feira, março 02, 2009

Suspiros com frutas vermelhas

English version

Very berry meringues

Depois de tantos sorvetes com base de creme inglês - e alguns deles já fiz três ou quatro vezes – fiquei com dezenas de claras sobrando. Congelei algumas mas ainda havia duas na geladeira, o que me pareceu a desculpa perfeita para fazer suspiros.

Marcara esta receita havia muitíssimo tempo – adoro de paixão o site da revista Delicious. – e a lista de ingredientes era tão pequenina... Apenas cinco itens. O docinho perfeito para os momentos de muita preguiça/muito cansaço para uma visitinha ao mercado.

Very berry meringues

Suspiros com frutas vermelhas

4 claras grandes, em temperatura ambiente
225g de açúcar refinado
75g de frutas vermelhas secas, grosseiramente picadas – usei cranberries e cerejas secas; como são difíceis de encontrar, sugiro passas escuras e claras
20g de pistache sem sal, sem casca e picado
140ml de creme de leite fresco, para servir

Pré-aqueça o forno a 140ºC. Transfira as claras para uma tigela grande completamente livre de gordura e água. Usando a batedeira, bata as claras em neve até obter picos moles. Continue batendo e comece a acrescentar o açúcar, 1 colher (sopa) por vez, e bata até obter um merengue espesso e sedoso. Com uma colher grande de metal, incorpore as frutinhas secas, de maneira delicada e uniforme.

Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga e fixe o papel na forma usando uma gotinha de merengue em cada canto. Usando duas colheres grandes de metal, pegue porções do merengue e molde-as passando de uma colher para a outra, dando um formato ovalado – ou então apenas coloque colheradas de merengue diretamente sobre o papel. Repita o procedimento até formar 8 suspiros grandes e deixe 5cm entre um e outro, pois vão aumentar um pouquinho de volume no forno. Salpique-os com o pistache picado.
Asse os merengues por 1h15min se quiser que fiquem com os centros macios; se preferir suspiros crocantes por dentro e por fora, asse-os por 1h30min. No meio do tempo de forno, troque as assadeiras de lugar para garantir que todos os suspiros assem por igual.
Desligue o forno e deixe as formas dentro dele por no mínimo 4 horas (ou de um dia para o outro).
Na hora de servir, bata o creme de leite até virar chantilly. Arrume cada suspiro em um prato e sirva com uma colherada de chantilly.

Os suspiros prontos e frios podem ser guardados num recipiente hermético, em lugar fresco, por até 4 dias.

Rend.: 8 porções – fiz meia receita e consegui 5 suspiros grandes

Very berry meringues

Related Posts with Thumbnails