segunda-feira, setembro 13, 2010

Cookies integrais com gotas de chocolate

English version

Whole wheat chocolate chip cookies / Cookies integrais com gotas de chocolate

Uns dias atrás eu e a querida @liliantrigo estávamos conversando sobre injustiças do Oscar – tudo começou com este post – e chegamos à conclusão de que 1994 foi um ano desastroso nas categorias masculinas: Ralph Fiennes, magnífico (pra variar) em “A Lista de Schindler” perdeu pro Tommy Lee Jones – já fico com raiva só de digitar isso. E Tom Hanks levou a estatueta por “Filadélfia” (eta filminho ruim) ganhando de Daniel Day Lewis no fantástico “Em Nome do Pai”, Liam Neeson e Laurence Fishburne.

Não posso fazer nada a respeito dos votantes do Oscar, mas há uma injustiça que posso corrigir: eu costumava ignorar receitas que pediam por farinha integral – eu sei, eu sei, que coisa péssima. Mas estes cookies mudaram o meu modo de pensar – e agora quero fazer absolutamente todas as receitas deste livro.

Whole wheat chocolate chip cookies / Cookies integrais com gotas de chocolate

Cookies integrais com gotas de chocolate
do Good to the Grain

- xícara medidora de 240ml

3 xícaras (420g) de farinha de trigo integral
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
¾ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, gelada, em cubinhos de 1,25cm
1 xícara de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 xícara de açúcar granulado
2 ovos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
224g de chocolate amargo (70% de cacau ou mais), picado em pedacinhos de 6mm e 1,25cm

Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Peneire os ingredientes secos numa tigela grande e despeje de volta na tigela os resquícios que ficarem na peneira.
Coloque a manteiga, o açúcar mascavo e o granulado na tigela grande da batedeira. Com o batedor em formato de pá, bata em velocidade baixa até combinar os ingredientes, cerca de 2 minutos. Com o auxílio de uma espátula de silicone, raspe as laterais da tigela. Junte os ovos, um a um, batendo (vel. baixa) até que cada um deles se incorpore aos demais ingredientes. Acrescente a baunilha. Desligue a batedeira e acrescente os ingredientes peneirados de uma só vez. Bata novamente em velocidade baixa só até os ingredientes começarem a serem incorporados, cerca de 30 segundos. Junte o chocolate picado e misture em veloc. baixa só até incorporar – para evitar misturar demais a massa, termine de incorporar os ingredientes com as mãos.
Coloque porções de 3 colheres (sopa) de massa nas assadeiras preparadas deixando 7,5cm de distância entre uma e outra*. Asse os cookies por 12-16 minutos ou até que eles estejam bem dourados. Transfira-os ainda no papel para a bancada e deixe esfriar.
Os cookies ficam mais gostosos no dia em que são preparados, mas podem ser guardados por até 3 dias num recipiente hermético.

* fiz metade da receita acima, usei 1 colher (sopa) nivelada de massa por cookie (não gosto de cookies grandalhões), deixei 5cm de distância entre as porções na assadeira e consegui 36 unidades

Rend.: 20 cookies

30 comentários:

Quéroul disse...

olha, não me entristeço nem um pouco por Tommy Lee Jones ter ganho, porque né, amo Tommy, amo AMO.
mas acho que Ralph Fiennes precisa de RUSTIÇA cinematográfica, ele é bom demais, cadê o Oscar dele, gente?
mas nesse Oscar 94, posso falar? torci pra Leo, que ele tá lindo de viver no Gilbert Grape e taí hoje, firmão, sendo um puta ator. EUJÁSABIA! \o/

quero cookies integrais também. vou adquirir da farinha, vou tirar o chocolate e vou ser linda dietética. aloka.

=*****

marmita disse...

Hmmmm... que bom! Mesmo na hora do lanchinho :)

Ana disse...

Oba q bom q vc vai testar as receitas, e eu vou ficar de olho pois eu adoro farinha integral, adoro o gostinho nutty q ela da p/ os baked goods e eh basicamente quase q a unica farinha q eu uso aqui em casa (dependendo do baked good eu uso parte de farinha branca pois tem horas q a gente precisa da fofura dela ne?!!)
Lindos os cookies, adorei!
Eu tenho esse livro de whole grain baking: http://www.amazon.com/Arthur-Flour-Whole-Grain-Baking/dp/0881507199/ref=sr_1_1?ie=UTF8&s=books&qid=1284394115&sr=8-1
Gosto muito, as receitas q fiz dele sempre ficaram muito boas.
Depois me conta mais sobre o livro q vc esta usando Patricia, fiquei curiosa! (ja viu q eu adoro tudo whole grain ne!)
Bjs!
Ana

Ana E.G. Granziera disse...

Pat, esse livro é ótimo! Já fiz esses cookies também, quando amigos vieram em casa, e não sobraram nem migalhas. Mas os fiz grandalhões mesmo. Ficam ENORMES se você seguir a medida da receita. hehehe... Depois tenta os pretzels de centeio. São bizarros, porque a massa é bem melequenta, e você acha que vai ficar uma droga, mas ficam sensacionais! :D
Ah, tbm não sou fã de Filadélfia, e fiquei chocada com essa do Tommy Lee. Não lembrava disso... :P

Bjs

ameixa seca disse...

Quase toda a minha alimentação é integral, uso sempre farinha integral no pão e nos bolos... já é um hábito as normalmente uso uma proporção de farinha branca e farinha integral. Estou tão habituada que são os cookies perfeitos para mim :)

Sabrina disse...

Ahan, são lindos e eu estou com muita raiva por não ter 1/2 ovo para fazer essa receita AGORA, mas onde estão os limões prometidos???

isadora canuso disse...

linda a foto, os cookies ficaram lindos.

PELA ARTE disse...

Oi que bom que vc. vai testar as receitas, adoro farinha integral e qdo a receita não pede eu substituo pelo por pelo menos 1/3 da quantidade de farinha bca. Adorei o aspecto dos cookies e vão para o meu caderninho e sabe do que mais eu gostei!....da caixinha onde eles estão lindamente acomodados.
Beijos
Edna

Irmina Díaz-Frois Martín disse...

Muy buenas y nutritivas estas galletas.
Un beso.

Elisa Torrezani disse...

Oi Patricia! Tudo bom?

Além de adorar suas receitas e AMO suas fotos!!! Adoro seu estilo clean, leve e sofisticado! Parabéns!!
Dá vontade de entrar no computador e devorar os quitutes!!!

Beijos
Elisa

Jean Y. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jean Y. disse...

Vou te confessar uma coisa, Pat:
ontem em plena 1 hora da madrugada, decidi fazer os teus pudinzinhos de pêra! Minha mãe, claro, ficou uma fera quando me viu de madrugada na cozinha, porém hoje, quando ela os provou, admitiu que estava delicioso!
Então eu falei: "Agradeça à Pat!"
hahaha!

e eu então nem tenho o que falar! Ficaram simplesmente perfeitos: suaves, cremosos e práticos! Só não usei as pêras, fiz apenas o pudim mesmo!

P.S. só os fiz porque queria estrear minhas ramekins novas! Decisão acerta em cheio! hahah!

beijão! e parabens pelos cookies!Hm!

Quitutes da Juju disse...

Adoraria ver mais experimentos aqui. Sou fã deste cantinho... Cookies e leite é a cara dos US. Delícia! Bjs, Juju

http://quitutesdajuju.blogspot.com

Talita disse...

Uma época andei comprando coisas integrais, mais naturebas... Agora parei. Mas depois desses cookies... Hummmm... sei não, viu? Acho que vou ter que comprar pra fazer. =)

Ontem estive olhando seus posts antigos e descobri (é, ainda não sabia) que você fazia bolos, pães-de-mel pra vender, né? Você ainda faz?

Fiquei até com vontade de fazer o mesmo. Nós que cozinhamos demais não damos conta de comer tudo e seria muito legal poder ganhar um dinheirinho extra. Só que tem aquela coisa, não gosto de repetir receita...

Beijão.

Patricia Scarpin disse...

Quéroul, Tommy Lee Jones é muito fraquinho, não vou poder concordar contigo. :S
Ralph já deveria ter bem uns 3-4 Oscars, viu? Se o mundo fosse justo. E te falo que se Leo tivesse ganhado eu não teria ficado triste, não - ele tá mesmo fantástico naquele filme! E tão jovenzinho!
Beijo!

Marmita, :D

Ana, vou torcer pra vc gostar, querida! Não tenho esse livro que vc menciona, bom saber que vc gosta!
Pode deixar que te conto, sim, querida!
Beijão!

Ana, eu li no livro que os cookies ficariam do tamanho da minha mão - eita! :D
Eu não me importo se o meu favorito não ganha desde que alguém bom ganhe em seu lugar - e não é isso que acontece na maioria das vezes... :(
BEijo, querida!

Ameixa, quero usar mais a farinha integral e as outras, tipo centeio e espelta. Que bom que gostou dos cookies! Beijo!

Sá, hoje chegou a receita de limão! :D
Beijo!

Isadora, obrigada!

Edna, obrigada pela visita! Tb adoro aquela caixinha. :D
Um beijo!

Irmina, muchas gracias!
Um beso!

Elisa, tudo, e vc?
Que bom que vc gosta - obrigada!
Beijo!

Jean, aquela base dos pudinzinhos da Donna Hay é bem neutra e dá pra bolar outras coisas para acompanhar. Que bom que ela gostou, fiquei super feliz!
Beijo pra vc e pra ela!

Juju, obrigada!

Tata, vamos ver em que ritmo eu vou. :)
Eu fiz apenas durante um período em 2006, depois não deu mais para conciliar o trabalho com isso, ter que ficar até tardão preparando encomenda, depois acordar cedinho pra trabalhar... Por isso parei. Mas tem gente que me pergunta até hoje, sabia? Modéstia à parte. :D
Se vc tem um tempinho extra, eu acho que vale a pena, sim!
Beijo!

rachel disse...

Patrícia, esses cookies, como todos os que vc faz, dão vontade de correr pra cozinha... Hmmm, que delícia! Já perguntei isso antes (mas infelizmente cometi uma gafe ao trocar seu nome, me desculpe) e pergunto de novo: como a gente faz pros cookies ficarem crocantes, tem algum truque? Bjo e parabéns pelas receitas!

Patricia Scarpin disse...

Oi, Rachel!
Tem cookies que são crocantes, outros são mais macios (no centro e crocantes nas extremidades). Depende da receita. Tem gente que assa os cookies por um pouquinho mais de tempo do que o recomendado na receita para que eles fiquem crocantes, mas eu não faço isso por medo de passarem do ponto.
Um beijo!

rachel disse...

Oi Patricia, fiz meia receita dos cookies e ficaram beeem gostoso! Deixei 13-14 minutos e eles ficaram mais pra moles do que crocantes, da próxima vou fazer o teste e deixar passar um pouco. Ah! Eles não ficaram lindos como os seus, não, ainda tenho que comer mto feijão! Obrigada!

Patricia Scarpin disse...

Oi, Raquel! Que bom que vc gostou! Ah, tempo de forno só dá certo se a temperatura dele estiver certinha - eu uso um termômetro de forno e por isso controlo o tempo todo.
Obrigada por me contar!
Beijo!

Fernanda Naomi disse...

Patricia,

Fiz esses cookies, só que no forno eles desmilinguiram. Virou uma coisa só, um grudou no outro, no final ficaram fininhos também.

Também fiz meia receita e dividi todos os ingredientes por 2. Será que faltou farinha?

Fiquei triste por eles terem ficado tão feinhos.. Gostosos, mas feinhos.. snif

Patricia Scarpin disse...

Oi, Fernanda,
Nossa, que pena... Vc usou a manteiga gelada? Pode ter sido isso...

Fernanda Naomi disse...

A manteiga estava gelada sim. Tirei da geladeira e já coloquei para bater. Enfim, vou tentar uma outra vez, mas vou colocar só um no forno para testar antes. Se desmilinguir, boto mais farinha... rsrs

Beijão!

Patricia Scarpin disse...

Fernanda, talvez o seu forno esteja quente demais!
Beijo!

Valentina disse...

O Oscar é um grande circo e já não perco o meu tempo assistindo o tal há muitos anos. Este livro por outro lado é absolutamente maravilhoso, ground breaking na sua concepção e execution. gosto demais dele e tudo que tenho feito tem sido simplesmente maravilhoso. Sempre gostei muito de farinha integral , e de várias outras farinhas. por aqui se acha com bem facilidade, e em Guildford tem uma health food shop bem estocada.Abra esta porta para a sua cozinha e nao vai se arrepender.

moranguita disse...

dants era como tu nao fazia nada com farinah integral
o que perdiamos
estao bem bonitas

Anônimo disse...

Oi Patrícia, estou procurando um cookie pra uma amiga (que operou e só pode comer farinha integral e nada de açúcar - quando pode só mascavo) esta está a melhor receita que achei, mas acha que se subtituir todo o açúcar refinado por mascavo pode dar muito problema?
Obrigada,

Thalita disse...

Oi Patrícia, eu adorei essa receita! Apesar dos meus terem se espalhado pela assadeira (e eu usei a manteiga gelada), não resisti e comi mesmo assim! A minha assadeira não tem as bordas baixas, é aquela anti-aderente, sabe? Será que foi isso? Foi a única coisa diferente que fiz.

E quanto a esse livro, vc acha que vale a pena comprá-lo?

Beijinho,
Thalita

www.upcake.net

Patricia Scarpin disse...

Oi, Thalita - cookie que esparrama pode ter as seguintes causas (e podem ser todas juntas): manteiga mole demais (que não é o seu caso), batida demais e/ou forno muito quente...
Eu não uso formas antiaderentes porque elas aquecem mais do que as de alumínio comum. Pode ter sido isso sim.
O livro é lindo mas só vale a pena se você for comprar todos os tipos de farinhas...
Beijo!

Maíra S. disse...

Oi Patrícia,
Fiz esses cookies no final de semana e adorei o resultado! Realmente não dá para perceber que são integrais. Fora que foi a primeira vez em algum tempo que meus cookies não esparramaram pela forma. Acredita que eu nunca tinha usado o batedor em forma de pá? Acho que isso fez toda a diferença, porque o tipo "fuet" não teria dado conta de bater a manteiga gelada. Os cookies só ficaram um pouquinho moles porque fiquei com medo de deixar muito tempo no forno e ficarem duros demais. Mas uma conquista de cada vez. Na próxima eu acerto tudo! Obrigada por compartilhar!
Ah, você já fez cookie de bolo de cenoura? Vi essa receita e fiquei curiosa:
http://www.recipegirl.com/2014/03/31/carrot-cake-cookies-with-cream-cheese-frosting/

Patricia Scarpin disse...

Oi, Maíra, que bom que os cookies finalmente deram certo!
Ah, já vi estes biscoitos em alguns livros que tenho, mas nunca me interesse por eles... :S
Bj!

Related Posts with Thumbnails