Monday, September 11, 2017

Financiers de coco e tangerina, vídeos e textos

English version

Coconut tangerine financiers / Financiers de coco e tangerina

Estava conversando com meu marido outro dia sobre as razões pelas quais ainda mantenho o blog, mesmo depois de onze anos – lhe contei que hoje em dia as pessoas querem mesmo são vídeos de receita e que muita gente diz que blogs são coisa do passado.

A conversa começou porque eu estava procurando uma resenha sobre um produto para cabelo e só encontrava vídeos. Eu não queria vídeos, queria texto, e não havia quase nenhum. Até aquele dia sempre dissera para o meu marido que não gravo vídeos de receita porque não tenho tempo (o que é verdade), entretanto me caiu uma ficha gigante: com pouquíssimas exceções (como as lindezas que a Isadora faz), eu não gosto de vídeos de receita – prefiro texto sempre que possível. Gosto de ler as ideias das pessoas e fico feliz quando leem as minhas também.

Estes financiers são o resultado da substituição da farinha de amêndoa por coco, e um sabor tão tropical combinou lindamente com o toque cítrico da tangerina. A receita vai para todos vocês que ainda acham que vale a pena ler blogs, e dentro de alguns dias postarei outra receita deliciosa usando o suco das tangerinas, já que nos financiers vão somente as raspas da casca.

Financiers de coco e tangerina
receita minha

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (sopa) – 30g – de farinha de trigo
2/3 xícara (67g) de coco ralado, sem adição de açúcar
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro, peneirado – meça, depois peneire
1 pitada de sal
raspas da casca de 2 tangerinas
3 claras grandes (84g)
1/3 xícara (75g) de manteiga sem sal, derretida e fria
½ colher (chá) de extrato de baunilha

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, o coco, o açúcar, o sal e as raspas de tangerina. Junte as claras e misture. Acrescente a manteiga e a baunilha e misture até obter uma massa homogênea. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.

Preaqueça o forno a 200°C. Unte com manteiga 12 forminhas com capacidade para 2 colheres (sopa) cada.
Divida a massa entre as forminhas e asse por cerca de 10 minutos ou até que os financiers cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas forminhas sobre uma gradinha por 5 minutos. Desenforme com cuidado e transfira para a gradinha. Deixe esfriar completamente.

Rend.: 12 unidades

24 comments:

Anonymous said...

e continue assim... Eu ADORO textos, não tenho paciência para vídeos hahahaha vai entender...

Micheli H said...

Eu também prefiro textos. Estes ão mais sucintos e geralmente melhor elaborados do que qualquer vídeo. A maioria dos blogs que migraram para o vídeo me irritam hoje em dia. E que receita diferente. Não tenho as forminhas de financiers, infelizmente.

CRISTIANE LARA said...

Eu prefiro ler também. Adoro blogs e o seu, Patricia, é muito lindo e vale a pena sempre olhar para ele e ler... Até sinto o cheiro das receitas que você prepara...rs. Os Financiers estão fofos ! ;)

Gourmet said...

Estou com você, Patricia, texto é muito melhor! Que venham outros dez anos para o Technicolor Kitchen!

Dani said...

Amo textos, ODEIO vídeos. Keep up the good work ;)
Sério, vídeos de culinária são uma péssima ideia. Não dá pra saber as quantidades, volta e meia o povo se distrai e fica batendo papo em vez de falar da comida, e aquele tanto de desperdício das raspas... Quando é pra cozinhar de verdade (e não só ficar passando tempo na internet, food porn legítimo) nada substitui um texto.
Beijo!!

Raquel (NY) said...

Eu também adoro textos, principalmente os seus. Obrigada pelos 11 anos.

Fulana said...

Adoro todos os seus textos, e fotos, e receitas! Também sinto essa sede de leitura sobre uma receita, é outra pegada, totalmente diferente. Que seu blogue dure muitos outros anos ainda!

OBS - as claras não precisam ser em neve?

Adriana Barbosa said...

Por favor, continue!!! Os vídeos nunca serão suficientes, alguns são legais mas a maioria não consegue detalhar tudo. Aqui temos uma fonte inesgotável de maravilhas detalhadas e bem baseadas, lindas fotos, tanto carinho, tanto cuidado em cada detalhe. E o texto, ai, sintético e ainda assim cheio de bossa.
Beijos, querida Pati.<3

Maria Isabel Castro Silva said...

Por favor, não acabe com seu blog!Embora não comente eu leio com muito interesse. Vídeos são coisa chata a maior parte das vezes.
Um abraço aqui de Portugal e votos de muitas felicidades.

Li said...

Por mim, adoro ler teus textos e preparar as receitas sempre simpáticas e deliciosas. Estou me dando conta de que, no teu caso específico, nem sinto falta de videos...

Vivi said...

Podemos até não comentar com frequência, mas adoramos seu blog! Eu prefiro muito mais ter a receita em mãos (ou impressa ou na tela do celular) do que ficar ouvindo alguém falar!
Obrigada pelos 11 anos!

Unknown said...

Eu também gosto é de ler! E ver fotos lindas! ;) Obrigada!

Roberta said...

Eu não tenho paciência para vídeos de culinária. Textos são muito mais práticos, você pode acessar a qualquer momento, ir direto à informação que precisa e ainda por cima sem incomodar as pessoas ao redor.
Seus textos são uma delícia maior ainda que suas receitas. Não canso de agradecer sua paciência e generosidade conosco, seus leitores.
Beijos.

karla dani said...

Textos e vídeos têm seu espaço, mas eu continuo seguidora dos blogs. não desista de nós, leitoras!!

Anonymous said...

Continue assim, adoro teus textos e acho que demanda menos tempo ler que ver um vídeo. Os vídeos da Isadora são um amorzinho, mas confesso que não tenho tido paciência de assisti-los ultimamente...

Suzana Quintino Soares said...

Oi Patrícia!
Por favor não deixe de escrever! Também não gosto de vídeos.
Mas gosto menos ainda daqueles que é só o vídeo da receita acontecendo, sem a pessoa falar e trocar ideias...
Para mim, e-mail do seu blog entrando na caixa sempre é motivo de alegria.

Marise said...

Patricia, sou encantada com seus textos e suas receitas mais ainda. Continue por favor...
Felicidades!!!!

Alessandra Ramos said...

Amore

Sou dessas que quase não vê video, mas leio os blogs de ponta a ponta. Não sei explicar, mas tenho agonia de video, sem contar que sou movida a musica, e a pagina inicial da minha net é uma rádio da minha cidade + meu email + facebook.

E salvo tudo que vejo no seu blog, mesmo que nunca venha cozinhar na vida (a primeira vez que ouvi falar em ruibarbo foi aqui e acho que nunca verei pessoalmente, ao menos nao aqui em Salvador).

bj

Hevelyn Mori said...

Eu prefiro com certeza os seus textos do que a poluição sonora da maioria dos vídeos de receitas!!! Continue com seu lindo blog por favor!!! Bjs

Patricia Scarpin said...

Meninas, obrigada pelos comentários e pelo carinho! Vocês são demais! <3

Heloisa Inoue said...

Eu amooooo seus textos !
E amo (alguns) canais de receitas.
Sempre tem espaço pra quem é talentoso <3
beijão

Janaina said...

Eu assisto alguns poucos programas de culinaria, como Rita Lobo e Nigella, e vejo apenas uma youtuber, a Dani Noce. O que gosto mesmo são blogs, com fotos e textos lindos como o seu, Patricia!!! Por favor, continue!

Janaina said...

Ah! o coco ralado é fresco ou pode ser a farinha de coco seca, não adoçada?

Patricia Scarpin said...

Oi, Janaina! É o coco ralado de saquinho mesmo - o fresco azeda muito rapidamente. Beijo!

Related Posts with Thumbnails