Monday, February 23, 2015

Bolo toalha felpuda - direto do túnel do tempo

English version

Bolo toalha felpuda / Moist coconut cake

Fui criança nos anos oitenta e naquela época houve a modinha dos bolos de aniversário gelados – pelo menos aqui em São Paulo era batata a gente chegar a uma festinha de aniversário e o bolo ser o bom e velho toalha felpuda, molhadinho de leite condensado e com aquela capinha de coco por cima, cada quadradinho embrulhado em papel alumínio e todos eles acomodados nas caixas de isopor decoradas de acordo com o tema da festa.

Quem aí lembra?

(eu estou aqui denunciando a idade, não me deixem sozinha neste momento, por favor)

:D

Outro dia minha cunhada estava falando sobre esse bolo, de como ela estava com vontade de comer e tal, e como eu adoro fazer doce pra quem eu gosto disse a ela que faria o toalha felpuda especialmente para ela e fiz: o bolo ficou bem gostoso, úmido e fofinho como eu me lembrava dele, mas evitei o papel alumínio (pra que gerar mais lixo do que o necessário, né, gente?) e acomodei os quadradinhos de bolo em um recipiente hermético bem fechado – dá pra servir o bolo em temperatura ambiente ou gelado, como nos velhos tempos.

Bolo toalha felpuda
um nadinha adaptado daqui

Bolo:
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
150g de manteiga sem sal, amolecida
1 ¾ xícaras (350g) de açúcar cristal
4 ovos, claras e gemas separadas
1 colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (120ml) de leite integral, temperatura ambiente
1 vidro (200ml) de leite de coco
1 pitada de sal

Cobertura:
1 xícara (100g) de coco seco ralado
½ xícara (120ml) de leite integral, temperatura ambiente
1 lata de leite condensado

Bolo: preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma retangular de metal de 23x32cm*.

Em uma tigela média, peneire a farinha e o fermento. Reserve.
Na batedeira, bata bem a manteiga com o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte as gemas, uma a uma, batendo bem a cada adição. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, junte os ingredientes peneirados, alternando com o leite e o leite de coco. Bata as claras e o sal até obter picos firmes. Misture delicadamente as claras batidas em neve com a massa. Despeje a massa na forma preparada e asse por cerca de 40 minutos ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito).

Cobertura: enquanto isso, misture o coco ralado com o leite para hidratar. Ao retirar o bolo do forno, fure-o todo com um garfo. Junte o leite condensado ao coco e leite e espalhe sobre o bolo ainda quente, espalhando bem para que o bolo absorva a cobertura. Deixe esfriar, corte em quadrados e sirva.

* fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm, assando por 55 minutos

Rend.: 24 porções

25 comments:

Susana Machado said...

Huuummm... Tao bom!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

Paula Mello said...

Patrícia, que delícia esse bolo! Eu também sou uma remanescente dos anos 80!

Veio em boa hora a idéia pois faz muito tempo que não faço.

Amei o prato azul!

Agora sim =)

beijossssss

Flávia Santos said...

hauhauhau eu tenho vinte e poucos e me lembro. Adorava esse tipo de bolo, mas não me lembro de chamá-lo de 'Toalha Felpuda', achei engraçado rs

Fernanda Amarante said...

Amo demais, Pat! Aqui não era muito comum, pelo menos na minha infância, mas numa festa de 15 anos de uma prima, o bolo era fake e tinha muiiiito bolo embrulhado!
By the way, ele é bem semelhante a Torta 4 Leites, né? Em sabor, pelo menos, acho muito.

Patricia Scarpin said...

Fer, nunca fiz o tres leches por não encontrar evaporated milk, dear!

Roberta said...

Você é demais, Patrícia! Adoro suas receitas e seus textos, sempre com um humor sutil e inteligente. Foi ótimo relembrar esse bolo, vou fazer para meus filhos conhecerem uma das guloseimas da minha infância (também denunciando a idade...).

Unknown said...

Fiz este bolo muitas vezes,principalmente pras festinhas na escola dos meus filhotes....lá pelos idos de 90....Saudades.

O cantinho dos Gulosos said...

eu quero :D muito bom aspeto, gostei muito.


www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

Mariana Zapella said...

Em casa a gente tinha uma caixa de isopor decorada com a Moranguinho, usada nas festinhas de aniversários minhas e da minha irmã.
Adoro bolo embrulhado, já fiz várias vezes e é sempre sucesso, né? E vc me deu uma boa ideia, acho que é com este que vu comemorar meus 34 anos, hein? ;)
Mas também nunca conheci por toalha felpuda, vi este nome faz pouco tempo em algum site de culinária.
Ah, e esta receita de bolo tres leches da Janaína Fidalgo é bem gostosa e nada de leite evaporado, ó: http://blogs.estadao.com.br/paladar/com-quantos-leches-se-faz-um-bolo/?utm_source=Estad%C3%A3o&utm_medium=twitter#respond
Beijo!

Flávia Bazzo said...

Hummm... Bateu vontade com gostinho de infância.

Juliana Valentini said...

Patricia!
Que delícia de bolo! Sou da turma dos iniciantes nos 40 e lembro bem dos bolos gelados nas festinhas!
Amo suas receitas de livros estrangeiros, mas esse foi um belo dum revival à brasileira!
Beijo e muito obrigada!
Juliana.

Juliana Valentini said...

PS: cadê seus comentários sobre o Oscar???
Tive problemas pra dormir por causa do final do horário de verão e mais uns problemas domésticos e acabei assistindo tudinho, até o final, pela primeira vez na vida!!!
Que saber o que você achou de tudo. Sua opinião é muito importante para nós! rsrsrsrs
Outro beijo!
Juliana.

Divânia's- trabalhos manuais said...

ahn que delicinha, amo esse bolo e estava quase me esquecendo (menopausa sacana!!!!, isso tb denuncia minha idade)...vou fazer só para matar saudades...amo...amo amo quase igual a pão com ovo!!!
bjk

di

Patricia Scarpin said...

Meninas, adorei saber que vcs tb lembram do bolo!

Roberta, querida, obrigada pelas palavras tão gentis! 💜

Ju, os comentários sobre o Oscar vem no próximo post! ;)

Clara Brito said...

Que aspecto tão delicioso.

Beijinhos,
Clarinha

http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/02/linguica-com-grao-de-bico.html

Kelly Stein said...

Que delícia! Amo amo esse bolo! E sim, entrega a idade... *rs
Mas que gostoso ter lembranças saborosas assim da infância, né?
Bjs de quem está saindo dos "inta" e com o pé nos "enta" ;)

Samy said...

Que delícia!!!!
E ótima ideia pro leite moça + coco ralado que sobraram das minhas batidas de coco do Oscar!!!

Parece que tu entrou na minha cozinha e achou tudo que tem "sobrando" kkk

xx

Anonymous said...

Hahaha, não somos velhas, Patricia, somos experientes.

Lembro do bolo sim. A primeira vez que experimentei foi no aniversário da minha prima. Lembra daqueles enfeites de isopor que colocavam em cima dos bolos (nesse foi o Garfield)?
Vc viu o Oscar? Achei engraçado o leito do Eddie Redmayne emocionado

Eve Leena

Patricia Scarpin said...

Eve Leena, eu vi o Oscar, sim! Eu achei que ele exagerou um pouco na surpresa, todo mundo já sabia que ele ganharia... :D
Bj!

Erika said...

Ai que saudade desse bolo! Minha tia fazia sempre quando eu era criança. Você se lembra do bolo prestígio, muito parecido com este, só que molhado em Nescau? Hmmmmm!!!

Fernanda Amarante said...

Pat, aprendi com minha tia que na época em que tinha restaurante ainda encontrava o divino leite evaporado. Mas mais recentemente eu aprendi a fazer ele, uma coisa estranha de deixar o leite cozinhando com um pires, e fica ótimo.

Odiei os Oscars, mas me conformei e assisti a Birdman ontem. Ah, vá, não é ruim. Mas maravilhoso? Afffff!

Sarah Abreu said...

Ai, que delícia essa receita! Sabe que outro dia eu tentei me lembrar o nome do bolo e nem minha mãe, que fazia sempre, se lembrava! Meu sogro e meu pai adoram! Vou fazer! Delícia de lembranças esse bolo me traz! Infância simples e cheia de diversão! <3 Obrigada!

Quéroul said...

eu separo em duas vertentes (!!!) esse bolo: o toalha felpuda MESMO, que minha vó jurava que era meu bolo preferido (não sei se vocês passam por isso, mas na minha vida, basta eu elogiar ou falar que gosto muito duma coisa, que todo mundo considera que aquilo é meu preferido, e se um dia eu falo que é só ok, me retrucam 'mas não era seu preferido toda vida?', eu tenho que explicar que só curto e tal. devo ser efusiva nos elogios, sei lá...), e que a gente comia direto da forma, e o bolo-de-geladeira, que é a mesma coisa mas no papel alumínio.

os dois são bons, e eu quero agora, pfvr.

Patricia Luck said...

Esse bolo embrulhado em papel alumínio denuncia DEMAIS nossa idade! kkkk
Amo demais! Pena que côco (uma das minhas frutas favoritas) não é unanimidade aqui em casa, mas qualquer dia pego sua receita e faço um desses só pra mim!
Obrigada!

Ana Cláudia Gomes Torres said...

Opa e se lembro!! Gostinho de infância!!!! Uma delícia...

Related Posts with Thumbnails