Wednesday, August 06, 2014

Palitos de polenta e ricota e cozinhando do zero

English version

Polenta and ricotta chips / Palitos de polenta e ricota

Como lhes disse ontem, adoro preparar coisas do zero quando e se tenho tempo, e a receita que lhes trago hoje é um bom exemplo disso: nestes palitinhos deliciosos de polenta e ricota usei caldo de legumes, ricota e molho de tomate caseiros.

O caldo de legumes é dica preciosa da Ana: é feito de cascas e aparas, cabinhos de ervas e outras coisinhas que acabariam indo parar na lata do lixo. Faço esse caldo há bastante tempo e sempre tenho um pouco no freezer – foi o que usei para cozinhar a polenta.

O molho de tomate é o mesmo que faço sempre, com tomates pelados e bastante manjericão, orégano e tomilho frescos, e é o molho que o meu marido come às colheradas: se tiver pão em casa, então, é um perigo, ele dá conta da panela inteira se eu não estiver por perto e não sobra quase nada para o que eu estivesse fazendo e para o que o molho seria, a princípio, usado. :D

E a ricota é uma receita da maravilhosa revista Donna Hay que peguei há anos, em 2009 para ser mais precisa, e desde então nunca mais comprei ricota – tenho usado esta ricotinha caseira em tudo, sempre com ótimos resultados. Tem textura e sabor excelentes e é rápida de fazer. Lá no começo eu forrava o escorredor com um pano bem fininho (tipo fraldinha de bebê), mas depois encontrei uma peneira metálica bem fininha na Liberdade e ela dispensa o uso do tecido.

Sei que este post é o pesadelo de quem não gosta de fazer coisas do zero, mas não estou aqui para pregar verdades - dá pra fazer os palitinhos usando coisas prontas. Só quero que saibam que, no caso específico dos itens usados na receita de hoje, fazê-los em casa não só traz resultados mais saborosos como também muito mais em conta, especialmente o caldo – e as receitas são fáceis.

Para finalizar, sei que vai parecer um tédio virar cada palitinho de polenta depois dos primeiros vinte minutos de forno, mas foi o jeito que encontrei de torná-los dourados e crocantes sem precisar fritar (como pede a receita original) – por favor, não me odeiem. :)

Palitos de polenta e ricota
um tiquinho adaptados da sempre maravilhosa revista Donna Hay

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (500ml) de caldo de legumes
1 xícara (170g) de polenta instantânea
1 xícara (80g) de parmesão ralado bem fininho
25g de manteiga
sal e pimenta do reino moída na hora
200g de ricota*
óleo de canola, para pincelar
molho de tomate, para servir

Coloque o caldo em uma panela grande e leve ao fogo médio até começar a ferver. Aos poucos, junte a polenta, mexendo sempre por 2-3 minutos. Retire do fogo e junte o parmesão, a manteiga, o sal e a pimenta e misture para incorporar. Deixe esfriar por 5 minutos e incorpore a ricota. Espalhe a mistura em uma forma quadrada de 20cm e aperte para moldar a polenta. Leve à geladeira até firmar, cerca de 1 hora.
Pré-aqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel alumínio e pincele-o levemente com óleo.
Retire a polenta da forma e corte em palitos grossos. Arrume-os na forma preparada, deixando 1cm de distância entre eles. Asse por 20 minutos, vire-os com cuidado e asse por mais 20 minutos ou até que dourem e fiquem crocantes por fora.
Sirva imediatamente com o molho de tomate.

* usei ricota caseira nesta receita: 3 xícaras (720ml) de leite integral = 200g de ricota

Serves 4

7 comments:

Viviane Moreira said...

Hum... diria que é pra comer rezando! :P
Vou fazer!
Bj

Amanda said...

Que delícia de receita! Partindo do zero melhor ainda... Adoro cozinhar do zero, agora estou com fixação pela fermentação natural que é trabalhosa mas o resultado é surpreendente.

Patricia Scarpin said...

Amanda, preciso tentar fazer sourdough qualquer hora, é uma delícia, mesmo!

Bárbara Pustai said...

Só isso que eu tenho pra dizer: <3

Sabrina Romano said...

esse post está matador!!! 8o Eu uso muito a chapa de ferro; para dourar nacos de queijo de coalho ou queijo branco é uma beleza! Da última vez que fiz polenta dourei os quadradinhos nela, mas não tinha ricota na massa; talvez ela realmente precise do forno... Amei tudo, do começo ao fim!

Valentina said...

Que receita deliciosa Pat. A aparência destes palitinhos esta show. A única forma de polenta que gosto. E do zero sim, com certeza muuuuito mais saboroso.

Patricia Scarpin said...

Sá, adoro a ideia de chapa de ferro, mas faz um fumacê danado, não? Eu fujo de coisas que fazem fumaça em casa. :)

Tina, eu adoro polenta de outros jeitos, tb, mas assim é o meu preferido.
xx

Related Posts with Thumbnails