Wednesday, June 06, 2018

Sopa de legumes e sensação de aconchego, com e sem comida


Sopa de legumes

Uma vez, há muitos anos, uma amiga me disse que não contava seus problemas para ninguém, pois não queria que se metessem ou dessem palpites na vida dela. Por muitos anos segui essa mesma linha, acreditando que seria a melhor coisa a fazer, até que o Universo me enviou um pepino gigante – foi quando desabafei com uma amiga muito especial e no final das contas ela me ajudou imensamente, de uma forma tão generosa que eu me sinto em eterna dívida. Naquela ocasião senti o quanto era querida e o quanto as pessoas que nos cercam são essenciais em nossas vidas. Hoje tenho certeza de que compartilhar meus momentos tanto ruins quanto bons com algumas pessoas me traz somente benefícios.

Escrevo isso hoje porque havia um ano em que estava lutando contra a alopecia e não dividia isso com ninguém além do meu marido. Sofri sozinha, dentro da minha cabeça, várias vezes. Chorei muito também. A cada tufo de cabelo que caía, a cada banho, a cada tentativa de tratamento que não dava certo. Quando deixei de fazer disso um segredo, recentemente, recebi muito apoio e carinho. Gente preocupada comigo de uma maneira genuína. Um montão de afeto. Foi incrível, me senti muito acolhida. Aquele quentinho no coração.

E já que falei de sensação de aconchego, para mim sopas são perfeitas para isso: sempre me sinto abraçada por dentro quando tomo uma sopinha. A de hoje é de legumes, uma versão um tiquinho diferente da sopa de legumes que mais faço na vida, e igualmente deliciosa.

Sopa de legumes
receita minha

- xícara medidora de 240ml

2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1 alho-poró grande, cortado ao meio no sentido do comprimento para facilitar a lavagem, e então em meias-luas finas
2 dentes de alho grandes picadinhos
¾ xícara de tomates cerejas, cortados ao meio - meça, depois corte
1 batata grande, descascada e em cubinhos
1 cenoura grande, descascada e em cubinhos
1 punhado (120g) de vagens – remova as pontinhas e corte em rodelas
2 xícaras (480ml) de caldo de legumes caseiro quente
1 ½ xícaras (360ml) de água quente
2 folhas de louro fresco
4 raminhos de tomilho fresco
sal e pimenta do reino moída na hora
1 xícara (130g) de ervilhas congeladas – não precisa descongelar antes de usar

Aqueça a manteiga em uma panela grande em fogo alto até derreter – se estiver usando panela de inox de fundo triplo, use fogo médio. Junte o alho-poró e refogue, mexendo ocasionalmente, até murchar levemente. Acrescente o alho e refogue por 1 minuto, até perfumar. Junte os tomates cereja, refogue por 1 minuto, e então acrescente a batata, a cenoura e as vagens e refogue por 2 minutos.

Acrescente o caldo e a água, as ervas e tempere com sal e pimenta do reino. Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos. Acrescente as ervilhas e cozinhe por mais 2 minutos – verifique se os legumes estão macios: se for necessário, deixe a sopa no fogo mais alguns minutinhos.
Retire as folhas de louro e os cabinhos de tomilho, cheque o tempero e sirva.

Rend.: 4 porções

5 comments:

linda said...

Olá, trato a queda de cabelo há uns vinte anos . Já fui em inúmeros dermatologistas , pois me mudei muito , a cada 3 anos . É sempre me disseram que era androgenética minha queda , que nunca cessou apenas paliativos. Tinha um cabelo maravilhoso e agora bem pouco e fino. Pois bem, fui num nutrólogo e ele me pediu uns exames de intolerâncias , ele acha que minha queda está relacionada com isso , nossa fiquei surpresa porque nunca nenhum médico supôs isso. Estou esperando o resultado, mas só pra te contar, quem sabe a causa seja algo que vc não imagina. Bjs

Grazi said...

Olá querida teacher.

Linda, ás vezes acontecem algumas situações em nossas vidas que não compreendemos, tiram o nosso chão e nos sentimos confusas, sem um norte e tememos o pior dentro do medo que nos aprisiona.
Tive uma cunhada que começou a sofrer alopecia aos 8/9 anos. Ela tinha vasta cabeleira, entretanto foi caindo e caindo até não restar mais nenhum pelinho no corpo.
Inúmeros tratamentos foram testados, até que ela cansou e parou. Sem dúvidas ela sofreu muito, pois vivemos em uma sociedade maluca em que a calvicie masculina é normal, mas a feminina algo do outro mundo (!!!!!!!!!).
Esclarecendo que não havia nenhum problema de saúde/físico. O mais provável que era emocional.
Infelizmente a alopecia deixou marcas em sua vida, mas ao mesmo tempo ela transformou em uma mulher forte, e alida a sua inteligência, alto poder de comunicação e cultura, não tenha dúvidas que é uma mulher fascinante e bela! Muuuuuuuuuito bela!

Não posso dar sugestão de algo que nunca passei, apenas transmito algo que a vida me ensinou: fazer do limão uma limonada. Quando saímos do "forninho" deo paraíso, partimos para a Terra sem ler as letras miúdas do contrato... a vida é como ela é: misteriosa, com altos e baixos, gostosa e passageira.

Força nesse momento! Apesar da tristeza, canalize a certeza que apesar do cabelo ser a moldura do rosto, é apenas um realce do "quadro".
Encare o seu rosto lindo como uma bela pintura.... mesmo sem a "moldura", sua beleza e energia vibram.

Forte abraço.

Grazi (aluna forever....hehehhe).

Marcia said...

Querida Patrícia, quero apenas lhe dizer que você é muito querida, que eu me preocupo muito com você, que eu me importo muito com você e com a sua saúde. Não deve estar sendo fácil, sinto muito que você esteja passando por isso... Mas você está certa: dividir alivia muito e também nos ajuda na recuperação. Se me for permitido uma opinião (intrometida e não-solicitada, como sua amiga bem alertou no passado!!! so sorry...), acredito que dividir com um bom profissional em terapia cognitiva ajuda ainda mais. Nas sessões a gente aprende muito sobre nós mesmos e aos poucos algumas coisas começam a fazer mais sentido e a pressão sobre nossos ombros começam a dissipar. Enfim, só quero que você fique bem, dear. Seja como for. De verdade. Thinking of you. Beijos com carinho.

Cristina said...

Minha irmã sofre com alopecia, a cerca de 1 ano ela resolveu (após muita conversa e apoio) à assumir seu problema para as outras pessoas, a identificação foi muito gde e o carinho que ela recebeu só a fizeram pensar que deveria ter feito isso antes.Sopa perfeita!

Patricia Scarpin said...

Meninas queridas, obrigada pelos comentários. Fico feliz demais com o seu apoio e carinho. Obrigada! xoxo

Related Posts with Thumbnails