Monday, June 11, 2018

Empanadas de carne e queijo e nostalgia


Empanadas de carne e queijo

De uns tempos para cá não tenho cozinhado nada muito diferente e doces mesmo nunca mais fiz. Domingo meu irmão veio me visitar e como ele é louco pelo bolo toalha felpuda prometi a ele que faria: havia séculos que não preparava um bolo. Escrevi isso no Instagram: simplesmente não sinto mais vontade, o que é louco, já que em um passado não muito distante eu fazia pelo menos um bolo por semana. A alegria que senti enquanto preparava o bolo para meu irmão foi enorme, aquele calor no coração que aquece a alma e coloca um sorrido no rosto da gente. Eu havia me esquecido de como era sentir isso.

Quando seleciono as receitas para postar aqui sinto um misto de alegria e tristeza: alegria por ver tantas receitas deliciosas que criei com amor, fotos lindas que fiz com o maior capricho que podia, e tristeza por não ter mais dentro de mim este sentimento. Sinto saudade dos momentos em que fiz determinadas receitas. Sinto nostalgia pelo dia em que testei algo pela segunda, terceira vez, o teste seguido pela foto, a comida virando almoço, jantar, café da tarde. Eu sinto saudade da Patricia que eu era lá e que parece não existir mais.

As voltas que o mundo dá. Às vezes a gente cai sentado, de bunda no chão, e não tem forças para levantar.

Estas empanadas são inspiradas pelas de palmito que fiz séculos atrás, para a outra Copa do Mundo. As de hoje são de carne e queijo e igualmente deliciosas. Quem estiver com preguiça pode usar o recheio para pastel e para buraco quente – faço isso direto. :)

Empanadas de carne e queijo
receita minha, inspirada nas empanadas de palmito que postei séculos atrás

- xícara medidora de 240ml

Massa:
215g de farinha de trigo
100g de farinha de trigo integral
1 ½ colheres (chá) de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos de pouco mais de 1cm
1 ovo grande
1/3 (80ml) de água gelada
1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco

Recheio:
1 colher (sopa) de azeite de oliva
250g de carne moída – eu gosto de patinho
1 cebola pequena, picadinha
2 dentes de alho, picadinhos
1 ½ colheres (sopa) de vinho tinto seco
2 tomates italianos maduros e sem as sementes, passados no processador
¼ xícara de azeitonas verdes em rodelas
1 punhado de salsinha fresca picada
100g de mozarela ralada

Para pincelar:
1 ovo + ½ colher (chá) de água, levemente batidos com um garfo

Comece pela massa: peneire as farinhas e o sal em uma tigela grande e junte a manteiga, misturando com as pontas dos dedos até obter uma farofa grossa. Em um potinho, bata juntos com um garfo o ovo, a água e o vinagre. Adicione aos ingredientes secos, mexendo com um garfo, até que uma massa comece a se formar – a massa vai parecer despedaçada, mas ao sovar ela se forma. Eu fiz a massa no processador de alimentos e foi fácil e rápido.

Transfira a mistura para uma superfície levemente enfarinhada e junte a massa com as mãos, sovando levemente, apenas o suficiente para que a massa se forme. Molde-a em um retângulo, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 1 hora.

Recheio: aqueça o azeite em uma panela média em fogo algo. Junte a carne e refogue até dourar bem. Junte cebola e refogue até ficar transparente, 3-4 minutos. Junte o alho e refogue até perfumar. Tempere com sal e pimenta, adicione o vinho e raspe os queimadinhos no fundo da panela. Quando o vinho secar, acrescente o tomate e cozinhe por 4-5 minutos ou até a carne secar quase que completamente. Junte as azeitonas e a salsinha. Desligue o fogo, junte o queijo e misture até derreter. Cheque o tempero. Deixe esfriar completamente.

Pré-aqueça o forno a 200°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel alumínio.
Retire a massa da geladeira e abra com um rolo até que fique com aproximadamente 6mm de espessura. Corte círculos de 10cm de diâmetro com a massa e coloque cerca de 1 colher (sopa) rasa de recheio em cada um. Dobre a massa, formando uma meia-lua, e aperte bem as pontas para selar o recheio. Transfira para a assadeira preparada.
Quando terminar de formatar todas as empanadas, pincele-as com o ovo batido e leve ao forno por 25-30 minutos ou até dourarem.

Rend.: cerca de 20 unidades

6 comments:

Sarah Abreu said...

Menina, você é tão querida aqui em casa. Suas receitas sempre me trazem elogios e eu indico seu blog pra todo mundo que gosta de comida bem feita. Em tempos bicudos ganhei dinheiro vrndwndo xookies do Tkblog. Ontem mesmo fiz um bolo magnífico de banana com cobertura de chocolate. Foi um sucesso! Há tempos não assava um bolo (desde janeiro). Essas fases são tão doloridas, parecem não ter fim. Eu desejo a você um sopro forte de ânimo; envio carinho e afeto pro seu coração se alegrar. Que esta fase passe rapidinho. Um beijo carinhoso.

Anonymous said...

Olá Patrícia, sempre leio seu blog mas quase nunca comento..quase pois já fiz seu brownie divino com oreos e a granola caseira que adaptei com os ingredientes que tinha em casa. Ambas receitas são espetaculares de boas����
Mas não é sobre elas q quero falar hoje, sigo vários perfis de pessoas que postam receitas e fotos de comida mas as suas especialmente me fazem pensar que eu poderia reproduzí-las em casa e comer tudinho...Não faço isso por motivos de que sou gulosa e realmente comeria tudo.����
Por vezes a vida nos dá umas rasteiras que nos derrubam de bunda no chão como vc mesma disse, talvez seja para nos fazer olhar os acontecimentos de outra perspectiva e quem sabe encontrar novamente aquela alegria que um dia existiu.
Tenha paciência e seja gentil consigo mesma, tudo passa.(clichê mas verdade).
Um forte abraço
Fernanda

Lylia Diógenes said...

Engraçado que tenho a mesma sensação, Patrícia ! Tem momentos que dá uma falta de vontade, uma nostalgia mesmo do tempo em que blogar era alegre e havia uma grande interação entre os blogueiros.
Cada postagem que faço digo para mim mesmo: é a última. não sei o que me move para ir seguindo em frente...
Obrigada por tantas delícias que partilhar conosco.
Bj,
Lylia

Patricia Luck said...

Paty, a gente vai mudando, evoluindo (ou às vezes "desevoluindo" por um tempo, e daí?). Não pense que o hoje é o para sempre. Isso também passa. E se não passar, bom...vem outra Paty por aí, diferente, mais vivida, melhor do que nunca. Fique bem e obrigada pela receita!

Anonymous said...

Miga, se caiu de bunda no chão, pega aqui na minha mão que eu te ajudo!

Marcella (Pimenta Preta)

Patricia Scarpin said...

Queridas, obrigada pelas palavras tão doces, pelo afeto e pelo carinho! O apoio de vocês é maravilhoso! Sou muito grata! Beijo!

Related Posts with Thumbnails