Monday, January 11, 2016

Bolo de fubá do Panelinha

English version

Cornmeal cake / Bolo de fubá do Panelinha

O primeiro bolo que fiz na vida foi de fubá, ensinado pela minha querida tia-avó Angélica (que sabe tudo de cozinha, gente, que comida maravilhosa, vocês não imaginam). Difícil encontrar aqui no Brasil alguém que não goste de bolo de fubá e eu não sou exceção: adoro, especialmente com café – sempre fui de tomar chá, entretanto tenho aprendido a apreciar café nos últimos meses. Comecei a tomar café para não dormir em cima do teclado do computador e acabei gostando. :)

Acho que estava meio nostálgica semana passada, pois me deu uma vontade louca de comer bolo de fubá – com a ajuda de vocês que comentaram lá na página do blog no Facebook, fiz a receita do Panelinha: rápida e super prática. O bolo ficou uma delícia, porém achei que no dia seguinte ficou meio sequinho. Preciso ligar para a minha tia e pegar com ela a receita do bolo de fubá que ela faz, pois o danado fica incrivelmente macio e úmido e se mantém assim por dias a fio.

Ainda bem que bolo quente dar dor de barriga é lenda urbana, pois eu comi várias fatias mornas deste bolinho de uma vez só - que vergonha, né, gente? :)

Bolo de fubá do Panelinha
um nadinha adaptado daqui

- xícara medidora de 240ml

manteiga, para untar a forma
1 xícara (140g) de farinha de trigo
1 ½ xícaras (210g) de fubá mimoso
1 pitada de sal
4 ovos
1 xícara (240ml) de óleo de canola
1 xícara (200g) de açúcar cristal
1 xícara (240ml) de iogurte natural integral
1 colher (sopa) de fermento em pó

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma de furo central de 25cm (capacidade para 10 xícaras de massa).

Em uma tigela grande, peneire a farinha, o fubá e o sal. Reserve. No copo do liquidificador, junte os ovos, o óleo, o açúcar e o iogurte. Bata até ficar liso, por cerca de 5 minutos. Despeje sobre os ingredientes secos e mexa delicadamente com um batedor de arame até a massa ficar lisa. Por último incorpore o fermento.

Despeje a massa do bolo na forma preparada e asse por 30-35 minutos ou até que o bolo cresça, doure e descole das laterais da fora (faça o teste do palito). Deixe esfriar sobre uma gradinha por 15 minutos. Desenforme com cuidado sobre a gradinha e deixe esfriar completamente.

O bolo é mais gostoso no dia em que é preparado – achei que ficou um tiquinho seco no dia seguinte.

Rend.: 10-12 porções

9 comments:

Clara Brito said...

Adoro Bolo feito com farinha de milho.
Que delícia.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/01/bolachas-de-licor-de-amendoa-amarga.html

Thaty Corrêa said...

Minha avó fazia um bolo de fubá divino, bem macio, mesmo no outro dia (quando sobrava). Pena que ninguém da família consegue reproduzir a receita dela! : (
Eu também sempre preferi chás, até meu marido comprar ima máquina de café espresso. Hoje em dia, não vivo mais sem meu espresso!

Isabel Cristina de Carvalho Silva said...

Também sou louca por bolo de fubá. Não esqueça de postar a receita de sua tia avó.
Bjs.
Isabel

Daniela Assumpção said...

Adoro bolo de fubá. Mas fiquei curiosa com a receita do bolo da sua tia. Quando der põe a receita aqui. Bjos.

Sarah Abreu said...

Delícia! Vergonha é ter, poder e não comer! =)
E eu adoro sua receita de bolo de fubá cozido!

Camila Pedrini Marques Vieira said...

Esta receita de um colaborador do Panelinha é minha preferida de bolo de fubá, e nao vai trigo: http://panelinha.ig.com.br/site_novo/comunidade/colaboradores/receita_colaborador.php?id=1605&receita_id=6174
Ainda coloco um tantinho de erva doce....

Camila Pedrini Marques Vieira said...

Dispenso a calda da receita que postei...

evangelina ramires de lacerda said...

Olá Patricia! Acompanho seu blog há um certo tempo e já me considero sua fã. Dei uma olhada nos livros que você recomendou e entrei no site da Amazon, os preços super convidativos apesar de o frete ser meio salgado. Mas tudo bem, só que eles não enviam para o Brasil. Será que vc me indicaria um outro lugar que eu pudesse adquirir alguns títulos? Um abraço, Evangelina Ramires de Lacerda

Bizlep said...

Thaty Côrrea ... a receita da sua avó deve ser parecida com esta e o segredo deve ser o uso de leite qunte adicionado ao final de toda a preparação: https://www.youtube.com/watch?v=pRsM6fuS_oU

Related Posts with Thumbnails