Monday, April 07, 2014

Frutas vermelhas com calda de chocolate branco e limoncello e "Noé"

English version

Iced berries with limoncello white chocolate sauce / Frutas vermelhas com calda de chocolate branco e limoncello

O que faz uma ateia assistir a um filme baseado em uma história bíblica? No meu caso, Darren Aronofsky – ele é um dos meus diretores favoritos e eu vejo qualquer coisa que ele faça, mesmo que seja sobre algo em que não acredito.

Acho incrível que Aronofsky tenha feito um filme sobre um personagem da bíblia e ainda assim não o tenha pintado com fortes tons religiosos – o Noé dele é humano, e por causa disso é cheio de falhas (e interpretado perfeitamente por Russell Crowe). É interessante ver traços de outros filmes do diretor em “Noé”, como o visual dos sonhos do personagem, a muitas vezes sufocante trilha sonora e, a parte que mais amei no filme, quando Noé conta para sua família como o mundo foi criado – lindíssima, a cena me emocionou e ao final dela eu estava com os olhos marejados.

Não acho “Noé” o melhor filme de Aronofsky até hoje e definitivamente não é o meu preferido – “Réquiem para Um Sonho” é – mas ainda assim é bem melhor do que muitos filmes que vi ultimamente. Posso confiar em Aronofsky para fazer algo incomum e interessante toda vez, mesmo que não seja um favorito meu – sei que ele fará algo para ser comentado, discutido, e isso é mais do que posso dizer sobre muitos diretores. Ele criou algo belo mesmo quando teve o orçamento drasticamente reduzido (e pensar que Brad Pitt deixou o projeto para participar do pífio “Tróia” – que patético).

Do mesmo jeito que confio em Aronofsky quando o assunto é cinema, sei que posso confiar em Nigella quando o assunto é comida – eu provavelmente teria ignorado esta receita se não fosse por ela; pode não ser uma sobremesa favorita, mas é certamente uma ideia boa para aquela vontade repentina de comer um docinho (ou para visitas repentinas, também).

Frutas vermelhas com calda de chocolate branco e limoncello
do ótimo Nigellissima: Instant Italian Inspiration

500g de frutas vermelhas congeladas (sem descongelar antes)
4 colheres (sopa) de limoncello – usei caseiro
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco
200g de chocolate branco bem picadinho

Retire as frutas vermelhas do freezer e arrume-as em um prato ou tigela rasa em uma única camada (use um prato que não seja completamente plano, caso contrário a calda vazará). Regue as frutas com 2 colheres (sopa) do limoncello e reserve por 5 minutos – enquanto isso, coloque o creme de leite e as 2 colheres (sopa) restantes de limoncello em uma panelinha e leve ao fogo até que comece a ferver (não deixe que isso aconteça). Retire do fogo e junte o chocolate branco, girando a panela para que este fique submerso. Gire a panela mais uma vez para garantir que o chocolate derreta.
Com uma espátula de silicone, misture a calda gentilmente para que fique homogênea e então derrame sobre as frutas vermelhas. Sirva imediatamente.

Rend.: 4-6 porções

9 comments:

Bárbara Pustai said...

Eu vi esse episódio de Nigellíssima e fiquei louca pra fazer! Amei (: Beijos!

Luciana Leal said...

Que delícia!! Pena que aqui em Londrina é tão difícil achar essas frutinhas vermelhas, principalmente framboesa. Com certeza farei o dia que encontrar. Bjs Patrícia.

Susana Machado said...

que bela receita!
Beijinhos,
http://sudelicia.blogspot.pt/

Filipa said...

Tem óptimo aspecto e um ar de sobremesa super romântica :D
Acho que vou juntar uma folhinha de hortelã!
Não tenho limoncello, alguma sugestão para substituir?

obrigada,
Filipa

Entre Tralhas e Panelas said...

Que aspecto delicioso :)

Anderson said...

Olá Patrícia
O Limoncello é fundamental na receita ou pode ser omitido ??

Patricia Scarpin said...

Luciana, tomara que vc as encontre, querida.
Bj!

Filipa e Anderson, o Mark Hix, criador da receita, lista Cointreau na receita dele, mas como sendo opcional - eu acho que chocolate branco tende a ser enjoativo e o limoncello corta o doce, mas vocês podem tentar sem - depois me contam?

http://www.theguardian.com/lifeandstyle/2013/jun/08/ten-best-berry-recipes

Lo said...

O filme foi bem feito, mas ele fez hora com a cara de Deus pq o Noé da Biblia nao tem NADA a ver com esse do filme. Historia distorcida, fiquei decepcionada :(

Patricia Scarpin said...

Lo, o filme do Aronofsky é, como muitos outros, a interpretação de um livro. Nada mais. Eu sou ateia e mesmo assim sei que alguns elementos da história estão lá, sim. Ele só não levou tudo ao pé da letra.

Related Posts with Thumbnails