sexta-feira, novembro 07, 2008

Ratatouille em crosta de polenta

English version

Polenta-crusted roasted ratatouille tart

Obrigada pela preocupação e comentários tão gentis – o pensamento positivo e carinho de vocês me ajudaram a melhorar. :)

Com o Natal chegando, ando pensando muito em doces e nos presentes que quero preparar para meus amigos e colegas. Tenho tantas receitas marcadas que nem sei por onde começar...

Achei esta receita de torta enquanto folheava idéias para cookies e docinhos. Não sei o porquê de tê-la encontrado arquivada na pasta de receitas doces, mas considerei um sinal. Melhor que o recebido pela Francesca na Toscana. Eca! :)

Polenta-crusted roasted ratatouille tart

Ratatouille em crosta de polenta
adaptada da Clarice e da Ana

- xícara medidora de 240ml

Crosta:
1 xícara (155g) de polenta instantânea
½ xícara (70g) de farinha de trigo
¼ colher (chá) + 1 pitada de sal
3 colheres (sopa) de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
4-5 colheres (sopa) de água

Recheio:
3 colheres (sopa) de azeite
½ cebola grande fatiada
1 beringela pequena em fatias
1 abobrinha italiana pequena em fatias
2 tomates em rodelas
sal e pimenta do reino moída na hora
orégano seco, a gosto
folhinhas de orégano fresco, a gosto
1 ½ xícaras de mozarela ralada – usei a amarelinha
3 colheres (sopa) de parmesão ralado

Preferi começar pelo recheio: pré-aqueça o forno a 200ºC.
Refogue a cebola em uma colher de sopa de azeite até ficar transparente e macia. Retire do fogo e deixe esfriar.
Disponha as fatias de beringela e abobrinha em duas assadeiras grandes bem untadas com óleo, tomando cuidado para não ficarem sobrepostas. Pincele azeite sobre os legumes e salpique com sal e pimenta. Faça o mesmo com as fatias de tomate, polvilhando também orégano sobre elas. Leve ao forno por cerca de 15 minutos, até os legumes ficarem macios. Retire-os das assadeiras e deixe esfriar.

Agora, a base da torta: abaixe a temperatura do forno para 180ºC.
Coloque a polenta, a farinha e o sal no copo do processador (usei a Kitchen Aid com o batedor em formato de pá). Pulse uma vez para incorporar. Junte a manteiga picada e o azeite. Pulse cerca de 20 vezes até formar uma farofa fina. Adicione a água e vá pulsando até formar uma massa não muito compactada.
Espalhe a massa no fundo e nas laterais de uma forma de torta de fundo removível de 24cm de diâmetro, untada levemente com óleo (a que usei não era muito alta). Cubra com um papel alumínio ou papel manteiga e coloque feijões ou pesos próprios para assar crostas de torta. Leve ao forno para assar por 10-12 minutos. Retire os pesos e o papel alumínio, aumente a temperatura para 200ºC e deixe mais 5-8 minutos. Retire do forno e deixe esfriando.

Baixe a temperatura do forno para 180ºC.

Forre o fundo da crosta com as fatias de beringela. Espalhe 1/3 da mozarela e algumas folhas de orégano fresco. Coloque as fatias de abobrinha e as cebolas refogadas. Espalhe mais 1/3 de mozarela e orégano. Por fim, distribua os tomates e cubra tudo com o restante da mozarela e orégano. Polvilhe com o parmesão e leve ao forno por 20 minutos ou até que o queijo tenha derretido e os legumes estejam mais macios.
Retire do forno e deixe amornar 5 minutos antes de desenformar.
Sirva morno.

Rend.: 6 porções

26 comentários:

Flor de Sal disse...

Está Linda! E tem cá um cheirinho...!!!!

Nani disse...

Bem apetitosa, adoro esse tipo de tartes ou quiches, tudo de bom, bjs

Laurinha disse...

Estou apaixonada por polenta, ultimamente! Não deixo faltar na despensa, di-jeitio-nium! :DD

Não conhecia esta delícia!!!! A casquinha de cormeal, e com os legumes, aiai, esta me pegou de jeito. já imprimi até! :DD

Outro dia vi um cookie com cornmeal, deve ser daqueçes super-hiper-mega-blaster deliciosos... se der, vou fazer no findi, vamos ver!

Beijinhos

Vivian disse...

eu adoro polenta, logo devo gostar dessa sua recieta.
Que bom q vc já está ;otma e na ativa !!!

bom fds

bjks

Simone Izumi disse...

Essa mudança de tempo pega a gente de saia curta. Acabamos de tomar uma sopinha fumegante, pois aqui em casa estamos os três gripados..ou melhor, gribadus...rs
Eu adorei essa sugestão de base de torta de polenta. Bem criativa e imagino deliciosa!!Um bjo!

Axly disse...

Que beleza de receita, fiquei com vontade!
Ficou com uma carinha linda... e com polenta, pra mim é novidade total!
Kisss^^

Silvinha disse...

Uau, Pat, tenho de esperimentar essa massinha de polenta!

Beijo!

Andrea Dohashi disse...

Pat, que é isso? Você é muito maldosa!
Literalmente babando na tela, rs
Delícia!
Beijos

Mari Azevedo disse...

Pat que delícia essa torta! Amo ratatouille e amo polenta.... a combinação dos dois me deixou muito curiosa, e de água na boca!
Se isso realmente foi um sinal, espero que você os siga sempre. =D
Beijo grande querida

BETO disse...

Pat, que idéia maravilhosa, misturar duas coisas que eu adoro, polenta com ratatouille. Essa mistura realmente dá água na boca. Bjs.

Rita Palita disse...

Que receita linda, Pat
Tbém estou matutando o que farei de quitutes para presentear no natal!

bjos, glau

Valentina disse...

Amiga, desculpe a ausência. Como sabes ando tão ocupada. que delícia esta receita. Já usei esta receita de base da Ana e adoro. Bom, as coisas da Ana sao sempre show. nunca vi alguém mais apaixonado por comida e com tantas receitas tao bem pensadas.

Magia na Cozinha disse...

Ficou linda a torta!
Tenho muita vontade de fazer esta base de torta, desde que vi numa embalagem de polenta, mas como não tenho esta forma tão bonita, vou deixando.
Bjs :)

Sara disse...

Oi Patrícia!
Acho que é a primeira vez que comento aqui, mas confiro quase todos os dias o feed daqui...
É verdade, adoro suas receitas! Mas ainda não tive coragem de testar nenhuma, hehehe. Tenho medo de errar XP
Vou selecionar uma pra testar final de semana desses...
Até mais!

Téia disse...

Pat que bom que melhorastes. Ó, esta torta está especial e diferente. Realmente uma coisa maravilhosa desta só pode ser um bom sinal...hehehe...bj grande.

Valeria disse...

Hummmm Patricia !!Torta com crosta de polenta!!Gênio!!E o recheio ....super combinando !!
Parabéns!!
Salvando a receita mais do que depressa!!
UMa boa semana

Patricia Scarpin disse...

Flor de Sal, obrigada!

Nani, também adoro tortas salgadas.
Beijo!

Laurinha, vi um cookie de cornmeal no site da Martha também, era cítrico, imagina se não fiquei doida pra provar? :)
Beijão!

Vivian, eu também adoro polenta!
Beijo e obrigada!

Si, querida, espero que já estejam melhores! E a pequenina deve sofrer , tadinha...
Beijo!

Axly, ficou bem saborosa!
Beijo!

Si, querida, espero que goste!
Beijoca!

Andrea, a culpa é da Clarice. :)
Beijo!

Mari, não sou fã de ratatouille sozinho, mas aqui e com queijo ficou bem gostoso!
Beijo!

Beto, que bom que gostou, obrigada!
Um beijo!

Glau, sou muito indecisa, menina. :)
Beijoca!

Tina, não se preocupe, viu?
E adorei a receita das meninas.

Claudia, eu tenho mania de comprar formas... :)

Sara, eu adorei ver o seu comentário - achei tão bacana o que você escreveu sobre o TK no seu blog! Um beijo e obrigada!

Téia, melhorei, sim, obrigada!
Beijoca!

Valeria, adorei a idéia da base com polenta, também!
Beijo e obrigada!

Silvia Arruda disse...

Que coincidência Pat...
Ontem assisti ao filme Ratatouille (finalmente...) e pensei em fazer em casa... mas de um modo diferente.
Amei essa sugestão com crosta de polenta... aliás... vc é chiquérrima, amiga!!! :)

Cris disse...

Eu TENHO que fazer esta receita!!! Amei... bjs!

Akemi disse...

Querida, ando tão ausente na blogosfera que nem sabia que estava dodói! Mas que bom que já está melhor e nos tentando com suas delícias novamente! Nem sei o que olhar primeiro, se o bolo, os crepes, as madeleines (usaste as formas, não? :-))...
Estou ansiosa para ver os quitutes que vai preparar para presentear seus amigos e colegas!
Bjss

Ana disse...

Que legal ver a receita da torta aqui no seu blog Patricia!
Essa eh uma das minhas receitas preferidas, eu adoooro! Fico feliz q gostou tbem!
Beijos!
Ana

Paula F M disse...

Olá Patricia!
já falamos uma vez por mail. Eu adoro este blog e de experimentar receitas. Normalmente faço os doces mas desta vez resolvi experimentar a polenta (cá em Portugal a polenta não é habitual) e comprei uma caixa numa loja que vende produtos brasileiros (apesar da polenta ser italiana ;)
E lá vim eu fazer esta delicia! pensava eu... o ratatouille ficou muito bom. Mas a base estaladiça???!!!! Nada estaladiça :( ficou uma porcaria nem dava para comer. :( Fiquei mesmo triste e depois reparei que era polenta instantânea. É diferente? qual é a diferença? Ou o que terei feito errado para a base ficar mole e a saber a areia?
Obrigada pelas receitas que tenho feito, são sempre muito elogiadas!
Bjinho Paula *

Patricia Scarpin disse...

Paula, tudo bem?
Vamos lá: não sei a diferença da polenta que você usou para a instantânea, sinceramente. Mas em momento nenhum da receita está escrito que a base da torta é "estaladiça". Não escrevi que se tratava de uma base crocante.
O que é exatemente "uma porcaria" para você?
A massa não é crocante, mas também não é mole. Talvez você tenha colocado água demais ou então não a assou pelo tempo determinado.

Paula F M disse...

Olá Patricia!
A minha base ficou muito mole e parecia areia. Como é a polenta inst^nea? Tem que se cozer a polenta? A embalagem que comprei só dizia polenta (não se referia a ser instantânea) Tera sido esse o problema?

Noriko disse...

Oi Pati
Fiz a receita e eu e meu love adoramos! Parece pizza, parece torta e parece empada! Muito bom, vai para minha lista de receitas favoritas!
Obrigada pela receita e abraço!

Patricia Scarpin disse...

Noriko, que bom que vcs gostaram da receita! Adorei saber!
Beijo e obrigada a você por vir aqui me contar o resultado!

Related Posts with Thumbnails