Friday, March 24, 2017

Bolo de fubá da tia Angélica - a primeira receita que fiz na vida

English version

Bolo de fubá da tia Angélica / Brazilian corn flour cake

Muitos de vocês sabem que comecei a cozinhar ainda criança – foi por pura necessidade, mas acabou se tornando uma paixão. Também já contei aqui sobre o bolo de fubá da minha tia-avó Angélica e até fiz outros bolos de fubá tentando emular a receita dela, sem muito sucesso.

Felizmente, depois de quase destruir a casa inteira, encontrei a danada da receita em um caderno velho, caindo aos pedaços (que eu, sinceramente, nem lembrava que ainda existia) e pude matar a vontade de tantos anos. O bolo era exatamente como eu me lembrava dele: delicioso, com uma textura levíssima, parecendo uma espuminha.

Os bolos de fubá que fiz nos últimos anos eram gostosos, tanto que os publiquei aqui no TK, porém este foi o primeiro bolo da minha vida, a receita que me colocou na cozinha e me mostrou o quão mágico e maravilhoso cozinhar pode ser – se não fosse por este bolo, o blog provavelmente não existiria, e isso torna a receita ainda mais especial para mim.

Bolo de fubá da tia Angélica
um nadinha adaptado para usar medidas-padrão

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (140g) de farinha de trigo
1 xícara (120g) de fubá
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
4 ovos grandes
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 224g - de açúcar cristal
¾ xícara (180ml) de óleo de canola
1 xícara (240ml) de leite integral bem quente

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma retangular de 20x30cm.

Em uma tigela media, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, o fubá, o fermento e o sal. Reserve.
Na tigela da batedeira, bata os ovos em velocidade média até que comecem a formar uma espuma. Vá acrescentando o açúcar aos poucos, batendo sempre, e quando terminar de adicionar o açúcar aumente para a velocidade alta, batendo até obter um creme espesso e bem clarinho – raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone algumas vezes durante todo o preparo da receita. Volte a batedeira para a velocidade média e vá acrescentando o óleo aos poucos, despejando pelas laterais da tigela para não espirrar. Agora, em velocidade baixa, junte os ingredientes secos e bata somente até incorporar – se bater demais o ar incorporado à massa vai se perder. Com a espátula de silicone incorpore o leite delicadamente. Despeje a massa na forma e alise a superfície. Asse por 35-40 minutos ou até o bolo crescer e dourar (faça o teste do palito). Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha.

O bolo pode ser guardado em um recipiente hermético em temperatura ambiente por até 3 dias.

Rend.: 20 porções


6 comments:

CRISTIANE LARA said...

Seu bolo está bem fofo ! Que legal fazer uma receita de família ... Seu blog é muito lindo, Patricia. Suas receitas e fotos são lindíssimas ! Parabéns e sucesso sempre ! :)

Patricia Scarpin said...

Cris, querida, obrigada! <3

CRISTIANE LARA said...

Patricia, tudo legal ? Menina, se eu fosse você faria um belo livro com essas receitas e fotos belíssimas... Eu compro ! :) E, olha, que você vai vender milhões ! Digo, vender, porque tenho certeza que você vai criá-lo ! Você é a Nigella brasileira... rs Sucesso sempre !

Patricia Scarpin said...

Cris, querida, obrigada! Eu abandonei o projeto do livro por falta de tempo, quem sabe no futuro? Bjs!

Janis said...

Patrícia que receita gostosa (pra variar,né:)!! Aqui colocamos ainda goiabada por cima...hummm
Obrigada pelas receitas! Tudo de bom pra ti! Beijão

Patricia Scarpin said...

Oi, querida! Adorei a ideia da goiabada! Beijo grande!

Related Posts with Thumbnails