sexta-feira, outubro 22, 2010

Sablés com farinha integral e semente de cacau

English version

Nibby whole wheat sablés / Sablés com farinha integral e semente de cacau

Tenho me divertido muito ultimamente com este livro lindo – qualquer hora eu, a Anh e a Ana Elisa começaremos um fã clube para a Alice Medrich. :D

Além de ser uma baker fantástica, a Sra. Medrich também tem um grande senso de humor: está escrito na receita dela que estes (deliciosos) biscoitinhos podem ser guardados por 1 mês – como se eles fossem durar tanto tempo assim. :D

Nibby whole wheat sablés / Sablés com farinha integral e semente de cacau

Sablés com farinha integral e semente de cacau
do Pure Dessert

1 xícara (140g) de farinha de trigo comum
1 xícara rasa (112g) de farinha de trigo integral
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (200g) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ xícara de sementes de cacau tostadas (comprei aqui)

Misture a farinha de trigo e a farinha integral numa tigela média. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga com o açúcar, o sal e a baunilha por 1 minuto, até obter uma mistura cremosa, mas não fofa. Acrescente as sementes de cacau e misture. Junte as farinhas e misture só até incorporar. Raspe as laterais da tigela e misture com a espátula até obter uma massa – se for preciso, misture levemente com as mãos, sovando algumas vezes, para homogeneizar.
Divida a massa em duas partes iguais e forme um rolinho com cada uma delas – cada rolinho deve ter 5cm de diâmetro; para formar os rolinhos, uso uma régua, como a Martha faz aqui. Embrulhe em papel manteiga e leve à geladeira por pelo menos 2 horas ou, preferivelmente, de um dia para o outro.
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga. Com o auxílio de uma faca afiada, corte os rolinhos de massa em fatias de 6mm de espessura. Coloque as fatias nas assadeiras preparadas, deixando pouco mais de 1cm de distância entre uma e outra. Asse até que os cookies dourem levemente nas extremidades, 12-14 minutos, girando a assadeira na metade do tempo de forno. Retire do forno, deixe os cookies firmarem nas assadeiras – cerca de 1 minuto – e então remova cuidadosamente com uma espátula de metal, transferindo para uma gradinha. Deixe esfriar completamente.
Os cookies podem ser guardados num recipiente hermético por até 1 mês.

Rend.: 48 unidades – fiz metade da receita acima e consegui 23

18 comentários:

Jonas Marquezini disse...

Estava comento meu pão com pasta de chocolate (produção minha =O)e resolvi passar aqui pra dar uma outra olhadinha na receita do bolo com farinha integral e chocolate, ai ai ai... e acabo de descobrir que já tem receita nova, ai que delicia de manhã,esses biscoitos me deixaram com água na boca!!!
Bom agora deixa eu voltar pro meu TCC ou não me formar esse ano =/, acho que vou pedir pra alguém fazer alguns cookies de chocolate pra mim enquanto estudo... um tipo de estímulo...HAHAHAHA
Beijo

Sam Wüppsch disse...

Uma dúvida confirmativa!rs Semente de cacau são nibs, né? Fiz a torta frangipane e ficou um arraso!!! Mas atufulhei de limão siciliano. Tenho dois pés que estão lotados de limão! haja receita!!! Bjks e bom final de semana.

Sam Wüppsch disse...

Ooops... sementes.

Liv Baum disse...

Paty que arraso de Sablés! E logo tornarei parte do fã clube dela pois já comprei o Bittersweet! Minha irmã traz em dezembro... Agora q descobri q eles entregam livros aqui, vou aumentar minha biblioteca... com calma pois não tenho onde or nada ainda!
E pra Sam aí em cima... menina do céu vc tem um pé de limão siciliano??? Meu sonho!!! Me conta tudo!! kkkk Passa no meu blog! www.letempsdemavie.blogspot.com
Bju

bakinginlisbon disse...

Que aspecto óptimo, já comia uma. Confesso que nunca faço bolachinhas porque acho que dão um trabalho imenso mas um dia vou aventurar-me nessas sablés, ai vou vou!

Louise Akemi disse...

Patrícia! Que felicidade ao ver a farinha integral cada vez mais presente no seu blog! Amo a suavidade da branca, mas sou fã da integral e seuas fibras do bem! kk...Obrigada e parabéns.

Katia disse...

Lindos e saudáveis! Parabéns!!!
Adoro biscoitinhos; vou tentar fazer depois...
Fiz para o aniversário da minha mãe aquele bolo de iogurte com framboesas e calda de amêndoas... Só que usei amora no lugar das framboesas. Amaram o bolo, ele acabou quase que na hora. Depois vou colocar no meu blog. Beijos!

ameixa seca disse...

Sementes de cacau é muita novidade para eu digerir :) Nunca vi tal coisa mas parece-me super interessante!

Lau Verrengia disse...

Huum, os sablés ficam com uma aparência bem bonita.
E estes são mais saudáveis, né? Melhor ainda.
Gostei da receita.
Não conheço o livro mas fiquei curiosa.
Agora já sei o que fazer com as minhas sementes de cacau que nunca usei. rs

Beijinho

Maria Cláudia disse...

Olá, Patrícia!
Pode parecer estranho, mas, na verdade, eu nunca usei nenhuma de suas receitas... Sou PÉSSIMA na cozinha e, sempre que me atrevo a arriscar, acabo ficando mal humorada... Por outro lado, sou EXCELENTE degustadora de qualquer coisa! rs... Isso sim, faço com imensurável prazer!
E tenho que admitir, venho aqui ao seu blog quase diariamente degustar com os olhos essas delícias que você faz...
Ainda vou me arriscar um dia, mas, por enquanto, fico só com água na boca mesmo!

Parabéns, querida, pelo blog, pelas receitas e (algo que sempre me impressiona) pela qualidade, delicadeza e finesse das fotos! Dá pra ver o carinho que você teve ao preparar tudo!

Bjs

Marina Mott disse...

Miam...miam...que delícia!!
Bjs

tatiane disse...

Pat, passei um tempo super curiosa pra provar sementes de cacau, até que eu li que eram amargas, como café. Aí desisti, porque sabia que teria de comer tudo sozinha, pelo amargor. Agora sua receita atiçou minha vontade de novo...
beijos

Graciela disse...

Que gracinha de biscoito! O resultado não pode ser outro que delicioso!! Adorei.
Abraço
Gra
www.entrecoposepratos.blogspot.com

Quéroul disse...

tão lindos os cookies.
mas posso dizer que fiquei de olho no conteúdo daquela xicara do fundo?
quero café com cookie.

:D

beijão

B. V. disse...

Ola, convido-te a participar no meu passatempo.
bj

Levi Pereira disse...

Paty, olha que legal, minha avó tem pé grandão de cacau no quintal dela, e tá carregado, se quiser mando pra vc, tá bom???
E o sablés, estão com uma cara ótima, já andei dando uma olhada na sua receida de baunilha, parece muuito boa!!!
beiiiiiiiijos

Patricia Scarpin disse...

Jonas, essa pasta deve ter ficado uma delícia! Hum!
Ah, TCC é um saco mesmo, nem quero lembrar do meu! :D
Boa sorte, beijo!

Sam, são nibs, sim! Hum, a sua torta deve ter ficado muuuito mais saborosa do que a minha! Que invejinha dos teus pés de limão! :D
Beijo!

Liv, obrigada!

Baking in Lisbon, estas aqui são fáceis, viu? Quase nenhum trabalho.
Beijo!

Louise, quero usá-la muito mais! :) Que bom que está gostando, obrigada!

Katia, que bom saber que a receita deu certo pra vc! Aquele bolo é mesmo gostoso - deu vontade de fazer novamente!
Beijo!

Ameixa, eu acho que você iria adorar. :D

Lau, corre lá usar os nibs! :D
Beijo!

Maria Cláudia, tudo bem? Eu tenho uma colega no trabalho que tb não sabe nem ferver água mas lê o blog sempre - fico super feliz, viu? Obrigada pelo elogios todos!
Um beijo!

Marina, obrigada!
xx

Tati, são amargos, sim, mas depois de assados (nos cookies, por exemplo) lembram o sabor de chocolate amargo, ficam mais suaves - eu adorei.
Beijão!

Graciela, obrigada!

Quéroul, pode se servir, querida. ;)
xx

B.V., obrigada.

Levi, é mesmo! Que bacana! Mas as sementes têm de ser torradas ainda de serem usadas, não sei como é o processo exato...
Beijo e obrigada!

moranguita disse...

e claro que nao duram um mes.
pelo menos la em casa nao
beijocas

Related Posts with Thumbnails