quarta-feira, janeiro 20, 2010

Sopa de abóbora assada com manjerona

English version

Roasted pumpkin and marjoram soup / Sopa de abóbora assada com manjerona

Estou me sentindo um tiquinho culpada: todas estas sobremesas geladas, receitas com cereja enquanto os meus leitores tão queridos do Hemisfério Norte estão debaixo de neve...

Achei que quem está sofrendo com o frio merecia algo quentinho, reconfortante e saboroso – espero que a cor viva os alegre!
xx

Roasted pumpkin and marjoram soup / Sopa de abóbora assada com manjerona

Sopa de abóbora assada com manjerona
adaptada da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

800g de abóbora japonesa (kabocha)
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (sopa) de azeite de oliva, extra
1 cebola grande, picadinha
3 xícaras (720ml) de caldo de galinha
sal e pimenta do reino moída na hora
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco
folhinhas de manjerona, para servir

Pré-aqueça o forno a 180°C. Corte a abóbora ao meio, retire as sementes e então corte cada metade em seis ou mais pedaços menores. Coloque-os numa assadeira, regue com o azeite, salpique com sal e leve ao forno por 30-40 minutos ou até que a abóbora esteja macia (espete com um garfo para saber). Retire do forno e deixe esfriar o suficiente para que você possa manusear. Com o auxílio de uma colher ou uma faquinha, remova toda a polpa da abóbora e jogue fora a casca.

Aqueça uma panela média em fogo médio. Acrescente o azeite extra e a cebola e refogue por 4-5 minutos ou até a cebola murchar. Junte a abóbora e refogue por mais 1-2 minutos. Adicione o caldo, cubra e deixe ferver. Cozinhe por mais 2-3 minutos, retire do fogo e bata no processador/liqüidificador ou use um mixer diretamente na panela até obter um creme homogêneo – com bastante cuidado, pois o líquido pode espirrar.
Junte o sal, a pimenta e o creme de leite e misture. Transfira a sopa para cumbuquinhas e salpique com as folhinhas de manjerona para servir.

Rend.: 4 porções

12 comentários:

Marina Mott disse...

Eu simplesmente amo abóbora e a minha preferida para pratos salgados é a japonesa (eu conheço como okaido). Sua apresentação está primorosa como sempre!! Vou anotar e fazer assim que esfriar (que saudades de um friozinho...).Bjs!

Joana G. disse...

ai!
adoro sopinha de abóbora... se vem com algum queijinho, melhor ainda!
faz um tempinho que não preparo (o namô não gosta de abóbora! =s )

beijos!

Quéroul disse...

que cor linda! e a foto ali com o pãozinho, nossa senhora! comeria até com os 40° à sombra de SP.

sabe que nunca comi sopa de abóbora? acho que a única coisa que comi de abóbora foi doce mesmo, com côco ou aqueles que se usa cal pra ele ficar durinho... salgado eu não me lembro de nada.
já abobrinha... hum... eu sou a mulher abobrinha.
linda sopa. seus amigos congelados certamente vão amar!!!

beijão

Richie disse...

Ainh, as abóboras estão me perseguindo!! Preciso fazer algo com elas logo antes que eu vire Punpkim-Head..hehehe

A cor da sopa fica linda!

tatiane disse...

Preciso experimentar abóbora (essa era uma das coisas que qdo criança não-comi-não-gostei), acho que vou começar por este sopa, qdo a temperatura ficar mais amena. Contando os dias para o fim do verão!
beijos!

Anônimo disse...

Patricia!
Sua sopa caiu do céu! (E receita to technicolor é tiro e queda, todo mundo gosta)! Estava sem saber o que fazia com uma abóbora em cima da minha pia... vai esquentar minha noite de inverno! Amanhã a previsão é de 0 a 3 graus aqui em Amsterdã... não aguento mais, saudades do nosso solzão!
Bjs e bom fim de semana!
Izabella.

moranguita disse...

pois e linda nos estamos no tempo frio e chuvoso.
va la hoje ainda nao choveu ate me admira.
esta uma sopinha bem reconfortante
beijinhos e bom fim de semana

Fabrícia disse...

Patrícia muito obrigada por se lembrar de nós ... essa sopinha vai reconfortar e muito nosso inverno. E que inverno ... Abraços.

Nereime disse...

Patricia, sopas são um de meus pratos prediletos não importa se inverno ou verão.Essa receita já entrou pra minha cozinha!!!
Tenha um ano maravilhoso.
bjs

Preta ;) disse...

oooi Patrícia. vou comentar mais aqui nesse blog LINDO >.<
ahhh, essa sopa deve estar divida, eu AMO abóbora... com carne, sopa, purê, pão de abóbora hmmmmm. parabéeens :)

dri disse...

Nem só no hemisfério norte, eu com a dietinha básica pós festas estou passando a jantar de sopas todos os dias... E essa sopinha está um pitéu, especialmente porque kabocha é um dos meus amorzinhso culinários, quem sabe se eu tirar aquele cremzinho de leite não dê para incrementar o meu jantar...

Patricia Scarpin disse...

Marina, eu não conhecia esse outro nome - que bom que gostou da sopa!
Beijoca!

Joana, meu marido também não gosta, fiz a sopinha só pra mim. :)
Beijo!

Quéroul, obrigada, querida!
Eu já tinha amado uma de cenoura assada (da Donna Hay também) e me animei a experimentar essa aqui também. E adorei!
Ah, high five porque simplesmente amo abobrinha. :)
Beijoca!

Richie, obrigada!

Tati, o modo de preparar certos alimentos é fundamental pra gostar ou não deles - eu também passo por isso às vezes, me surpreendo por gostar de coisas que não suportava quando pequena.
xx

Izabella, tudo bem?
Adorei saber que você está gostando das receitas!
Super beijo!

Moranguita, obrigada!

Fabrícia, espero que vocês fiquem bem quentinhos com a sopa.
Beijão!

Nereime, eu adoro sopa também, como mesmo no calor! :)
Beijo e um feliz 2010 pra você também.

Preta, bem-vinda! Também gosto de abóbora de tudo quanto é jeito.
Beijo e obrigada!

Dri, eu fiz aquele sopão (famoso por causa da Adriane Galisteu), tomei no almoço e no jantar uma semana, murchei um pouquinho, mas morri de fome. :S
Mas só no jantar não vejo problema - numa outra sopa que fiz (cenoura assada) uma leitora trocou o creme de leite por leite e adorou.
Beijoca!

Related Posts with Thumbnails