Wednesday, August 21, 2019

Barrinhas de maçã e geleia e algumas perguntas para vocês


Barrinhas de maçã e geleia de framboesa

Hoje trago uma receita deliciosa, perfeita para um lanche da tarde caprichado ou para adoçar um momento do dia: adoro maçãs e quando não como tudo de uma vez faço as barrinhas. Também dá para fazer com pera no lugar da maçã e geleia de damasco no lugar da de framboesa – fica bom demais!

Mas além das barrinhas tenho perguntas para vocês: vocês cozinham todos os dias? Ou compram comida pronta vez ou outra? Se cozinham, começam do zero todo dia ou já tem algo no freezer/geladeira preparado no final de semana para adiantar? Quando eu trabalhava em um emprego em que saía no meu horário todos os dias eu tinha pique para cozinhar o jantar todos os dias, começando do zero. Infelizmente esta não é mais a minha realidade e muitas vezes chego super tarde em casa, esgotada, e a falta de energia é maior do que a fome. Há dias em que tenho algo já no jeito na geladeira ou no freezer, mas nem sempre.

Tenho pensado muito nisso, pois como contei para vocês tempos atrás melhorar a minha alimentação é um dos meus projetos atuais. Portanto, adoraria ouvir as experiências de vocês, conselhos e dicas, e agradeço desde agora. xx

Barrinhas de maçã e geleia
receita minha

Recheio:
1 colher (sopa) – 14g – de manteiga sem sal
1 rama de canela pequena
2 maçãs médias, descascadas e em cubinhos de 1cm
3 colheres (sopa) de açúcar cristal ou refinado

Base/cobertura:
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 pitada de sal
¼ xícara + 2 colheres (sopa) – 75g – de açúcar cristal ou refinado
180g de manteiga sem sal, gelada e em cubinhos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara de geleia de frutas – usei framboesa, mas use a que você preferir
¼ xícara (30g) de amêndoas em lâminas

Em uma frigideira grande em fogo médio, aqueça a manteiga e a canela até a manteiga derreter. Junte as maçãs e o açúcar e cozinhe, mexendo algumas vezes, por 5-7 minutos ou até que as maçãs fiquem ligeiramente macias e o líquido da panela seque. Desligue e deixe esfriar completamente.

Preaqueça o forno a 180°C e coloque uma assadeira rasa para aquecer dentro do forno. Forre uma forma quadrada de 20cm com papel alumínio, deixando sobrar em lados opostos, e unte o papel com manteiga. No processador de alimentos, pulse a farinha, o sal e o açúcar para misturar bem. Junte a manteiga e a baunilha e pulse somente até obter uma farofa grossa – não processe demais. Transfira 2/3 da mistura para a forma preparada e aperte no fundo, formando a base das barrinhas. Espalhe a geleia sobre a base, arrume as maçãs por cima da geleia. Junte as amêndoas à farofinha restante e então salpique a mistura sobre as maçãs, espalhando de maneira uniforme. Leve ao forno por 25-30 minutos ou até a cobertura dourar bem - coloque a forma dentro da assadeira que já estava aquecendo no forno, assim a base das barrinhas ficará bem assada e dourada. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Corte em quadradinhos para servir.

Rend.: 16 unidades

15 comments:

Marcele Barreiros said...

Geralmente tiro umas duas horinhas do domingo pra cozinhar algumas coisas para a semana (molho de tomate, carne de panela, carne moída refogada, discos de panqueca), e quando a preguiça bate recorro aos pratos prontos no freezer. 😊

Mari said...

Pati, normalmente vou à feira no final de semana e dou uma preparada nas coisas no domingo. Deixo separado ingredientes para saladas (folhas limpas, legumes cortados ou assados...), faço um molho de salada e mais uns dois "pratos". Tipo assar um rosbife ou um frango, fazer uma quiche, salada de batata, salada de quinoa, sei lá. Coisas que eu posso comer de forma individual ou misturar entre si, já que não curto comer a mesmíssima coisa por dias. Se estiver frio, deixo pronta uma sopa para a semana e diminuir as saladas frias. Além disso, nas minhas compras, deixo planejado dois jantares rápidos. Assim, se eu chegar com animo, cozinho. Se não, como o que já tem na geladeira.
Tenho uns super trunfo no freezer, que cozinho sempre a mais e congelo uma porção (bolognese, caldo de legumes, sopa, molho de tomate, massa de falafel, hummus...).
E SEMPRE tenho pães incríveis fatiados e congelados. Assim, se não tiver nada, eu faço uma torrada com ovos, avocado, tomate ou qualquer coisa que tiver dando sopa pela casa. Com um bom azeite e pronto. :)

camila said...

oi Pat! Quando eu não tinha filhos, também cozinhava diariamente do zero. Hoje, para ser mais prático, quando faço um prato, faço porções a mais para congelar.
Mas não costumo congelar pratos completos prontos, porém porções de feijão, arroz, sobras de alguma carne.
Molhos, como pesto, molho de tomate, congelo em forminhas de silicone e depois tiro e coloco em um saco plástico.
Caldos, coloco um pote de sorvete no freezer, vou enchendo com talos, folhas e cascas de legumes e verduras, se tiver também; ossos de frango (cru ou assado), talos de salsinha e outros temperos. Quando o pote está cheio eu faço o caldo e também congelo em formas de silicone.
Quando faço pizza, congelo a massa pré assada. Também congelo sanduíches prontos, já recheados, só para colocar na sanduicheira.
Hambúrguer de grãos, ou de carne, também congelam bem.
Legumes assados a mais, congelo e muitas vezes viram sopa.
E o mais frequente é eu fazer muitas coisas com base de ovos, que eu adoro e são realmente práticos.

Letrícia said...

Ai, Pat, ando muito sem vontade de cozinhar. Eu felizmente tenho uma funcionária que deixa alguma comida mais básica pronta - arroz, legumes cozidos no vapor, salada lavada. Quando eu tenho um arroubo de energia, cozinho algum prato em grande quantidade (um curry, molho de tomate para shakshuka, coisas do gênero) e congelo. Também peço comida.

Beijos!

Shirley Gonçalves said...

Eu não tenho pique para cozinhar do zero todo dia pois chego em casa exaustaaaaa então o que faço muitas vezes é pedir comida ou então usar coisas que deixo pré-preparadas. Tipo, faço recheio de torta de frango em grande quantidade e já congelo três porções separadas, faço nhoque em grande quantidade e congelo pra cozinhar depois, cozinho a batata no domingo para na segunda colocar no forno e ficar crocante...coisas assim!

Anonymous said...

"Vocês cozinham todos os dias? Ou compram comida pronta vez ou outra?" - geralmente almoço na universidade. Qdo estou em casa tem vezes que compro comida pronta (marmitex). "Se cozinham, começam do zero todo dia ou já tem algo no freezer/geladeira preparado no final de semana para adiantar? " - os dois. Costumo fazer feijão, sopa, e pôr em potinhos no freezer. Certas frutas e legumes já deixo descascado e cortado na geladeira (como cabotiá). Carnes que vou fazer grelhada eu já tempero pra uns 2, 3 dias. E uma coisa que particularmente gosto muito são os utensílios elétricos. Tenho uma panela de pressão elétrica e uma air fryer, jogo o alimento lá e vou fazendo outras coisas.

Eloisa Vidal Rosas said...

Querida Patricia! Raramente compro comida pronta - uma pizza, às vezes, ou um almoço vegetariano de um ótimo restaurante do meu bairro, no caso o Jardim Botânico no Rio de Janeiro. Adoro cozinhar e facilmente organizo uma refeição. No dia a dia em geral monto um bowl com algum legume (cenoura ou abobrinha ralados, por exemplo), grão de bico, quinoa ou arroz integral, um pouco de semente (abóbora ou de girassol), às vezes nozes/castanha do Brasil, cranberries, alguma folha por cima. Às vezes um ovo cozido (tenho sempre dois ou três já cozidos na geladeira) ou frango. Ou peixe. Não como carne vermelha. À noite tomo uma sopa de legumes, sem batata ou carboidratos "pesados". Tenho sempre um pesto pronto para colocar na sopa ou uma eventual massa feita na hora. Tenho a facilidade de uma feira orgânica ao lado da minha casa, o que facilita muito a minha vida. É isso aí, espero ter trazido alguma inspiração. Mas é simples! Beijão. (Já sigo você há muiiiitos anos, com muito prazer.)

Anna said...

Oi Pat, tento ter algumas coisas no freezer (caldo de frango, ervilhas, lentilhas cozidas, grão de bico). Quando o dia está tranquilo cozinho do zero. Se foi um dia mais agitado faço algo usando como base o que tem no freezer. Se o dia foi impossível peço a refeição no aplicativo, sem culpa e sem drama. Tento ver o que é um pouco mais saudável e peço. Não tento ser a wonder woman, o desgaste é muito grande.

J said...

Olá!

Amo esse tipo de barrinhas!!! :)

Hummm eu diria que o que mais simplifica a minha vida na hora de jantar - e eu normalmente janto algo leve - é ter sempre sopa feita, logo no domingo, e assim até 4ª feira +/- tenho uma refeição assegurada, completa ou em parte.
De resto, também gosto de ter no freezer ou no armário algo do género, quinoa, lentilhas, molho pesto, alguns ingredientes secos ou enlatados, que depois possa cozinhar a base em quantidade e variar ingredientes pra ter mais uma ou duas refeições.

Bom fim-de-semana!
Joana

Fernanda said...

Pat, adorei a receita. Devidamente anotado! Sobre suas perguntas, uso fim de semana para fazer um pouco mais de comida com o intuito de sobrar para janta da segunda e terça-feira. Na quarta, geralmente preciso fazer algo, mas faço algo mais simples, tipo uma berinjela recheada ou um peixe que está congelado. Intuito é fazer a mais também para sobrar para quinta. Na sexta, geralmente acabamos comprando pizza, porque todo mundo é de Deus.. rsrs
Mas se por acaso, esse planejamento não funciona. Deixo sempre algo pronto congelado, e então é só botar na panela e descongelar a força.

Unknown said...

Estou nessa mesma fase. Dou aula de gastronomia todos os dias. Quando chego em casa estou esgotada. Mas com fome rs.. essa semana a minha alimentação foi uma droga.. pão, lanche etc etc etc.
Comprei algumas proteínas e legumes/verduras para tentar cozinhar no domingo e manter a semana. É o projeto, Só preciso ter pique para isso.

Roberta Vasconcelos said...

Oi Patrícia,
Eu cozinho praticamente todos os dias, mas sempre trabalhando com algo já congelado. Arroz e feijão faço muito e congelo em porções. O mesmo para molhos de tomate e sopas. Vários legumes faço o dobro e congelo, nem sempre a textura é das melhores, mas garagem algo. Meu trabalho tem horários bem flexíveis (sou professora federal), mas cozinho para marido e filho pequeno (= almoço e janta), e faço questão de comida caseira. Tem dado certo assim.

Anonymous said...

Olá Patrícia!
Já pensei tanto em criar um blog sobre como faço na cozinha... mas agora estou mais sem tempo do que nunca. Você me conhece dos nossos e-mails trocados em private... deve imaginar que cozinho bastante e que gosto... tenho uma coleção gigantesca de livros aliás e é o meu hobby.
Como trabalho em casa, a coisa sempre foi fácil por poder dar uma paradinha, mas agora que tenho duas crianças, uma delas com 1 ano, está difícil e tenho pedido muita comida no ifood :-(
Ainda assim, aqui vai o meu arsenal de coisas favoritas para ter comida de verdade em casa:
- panela slow cooker
- máquina de fazer pão
- receitas que rendem várias porções para congelar (ensopados de carnes, quibinhos que faço vários e congelo para assar no forno, etc)
- molhos de macarrão que já ficam prontos e no freezer
- caldos de carnes para fazer risotos de última hora
- queijos ralados no freezer quando é possível
- sigo alguns conselhos da rita lobo, já viu a receita de rosbife com salada de folhas? Perfeita, ridícula de fazer, e as sobras podem ser usadas em outras receitas, como, por exemplo, um saduíche (devidamente mais saudável, com bom pão caseiro quando possível, salada, legumes, etc). E ela ainda porciona a peça de filé para fazer o rosbife e um picadinho.
- procuro ter sempre arroz e feijão na geladeira (e no caso do feijão no freezer também), saladas higienizadas e um legume a uma verdura ao menos cozidos na geladeira. Vario o tipo de arroz e de feijão. Basta uma carne e pronto
- um dia da semana comemos um prato com grãos, como lentilha, um dia costuma ter carne de panela ou ensopado ou frango assado ou torta (algo que renda bastante e dê para congelar para outras semanas quando sobra), um dia é uma massa ou estrogonofe (outra receita maravilhosa para se fazer rápido se você deixa a carne no jeito, se precisar te passo a receita de estrogonofe rápido da Dona Benta), no outro dia é bife, pode ser carne vermelha, frango, ou peixe (sempre deixo alguns temperados no freezer quando posso, por exemplo, compro a peça de filé mignon e já corto e porciono, não, não ficam ressecados, é só descongelar e fritar), no último dia da semana é repeteco e/ou um prato com ovo como omelete
Esse é o meu arsenal de guerra. Também ajuda fazer patês caseiros para comer com saladas e coisas do gênero, e me obrigo a ter frutas lavadas na geladeira também. Mas, olha... o meu dia-a-dia ainda não é esse desde que o Enrico nasceu... estou esperando ele entrar na escolhinha para tentar resgatar essa rotina maravilhosa que acabo de descrever :-) Por enquanto, estou à base de ifood, misturado com "comemos comida caseira quando dá".

Fulana said...

Eu poderia responder sim e não a todas as suas perguntas, hehehehe... aqui o negócio oscila muito, embora eu tenha tempo livre (só trabalho 6h por dia), várias outras coisas me roubam a energia. Então creio que cozinho umas 6x por semana, e alguma refeição aqui e ali eu como fora, ou compro algo (isso é bem raro).
Também compro coisas pensando em me facilitar no futuro, como a salada lavadinha, ou quando compro uma bandejinha de carne, faço inteira de uma vez... alguma coisa tem, mas raramente é possível comer só do que sobrou. Hoje eu tenho lentilha de ontem, mas vou almoçar fora com amigas do trabalho. Então não preciso cozinhar, mas não estou tão cansada, então talvez cozinhe hoje e deixe as lentilhas pra amanhã... e por aí vai :)
Seu blogue é tão bonito e suas receitas tão caprichadas, que talvez você sofra um pouquinho de pressão pra cozinhar sempre fantástico, ou não?
Tenho certeza que você vai se sentir muito melhor se conseguir comer melhor :)
https://melhorqueperfeito.com.br/2018/05/30/cafe-da-manha-saudavel-7-sugestoes-brasileiras-e-gostosas/
(meu blogue, o qual não chega aos seus pés, mas que faço com carinho!)
beijos

Ivana Maria Lozano said...

Oi, Patricia, gosto muito do seu blog. Bom, estou muito muito no começo de aprender a cozinhar. Faço arroz integral e branco ( uma xícara de cada um ) e dura por dois ou três dias na geladeira. Faço sopa de legumes com abobrinha, cenoura, vagem, abóbora japonesa- faxinam panelão que dura uma semana- sou só eu e minha mãe.
De manha, já lavo as folhas de alface e pepino , bem cedo e deixo secando. Gosto muito de alface - todos os tipos. Compro o feijão pronto numa padaria - por três dias e deixo na geladeira- e faço uma verdura.
Compro também frutas ; mini- esfihas e sempre compro leite desnatado e iogurte para fazer vitamina e ou fazer salada de frutas com iogurte.
Gosto muito do seu blog, parabéns, um abracao , Ivana

Related Posts with Thumbnails