quinta-feira, dezembro 30, 2010

Muffins de gengibre e pêssego

English version

Ginger peach muffins / Muffins de gengibre e pêssego

Quando o assunto é Eddie Murphy há apenas dois filmes de que gosto, mas não deu pra evitar: na primeira mordida em um destes muffins “The Heat is On” começou a tocar na minha cabeça. :D

O gengibre dá um toque marcante e refrescante a estes muffins e eu fiquei boba de ver o quanto o sabor combina com pêssegos.

Ginger peach muffins / Muffins de gengibre e pêssego

Muffins de gengibre e pêssego
do Good to the Grain

- xícara medidora de 240ml

Cobertura:
2 colheres (sopa) + 1 colher (chá) de gengibre fresco ralado
2-3 pêssegos pequenos, maduros porém firmes
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
1 colher (sopa) de mel

Massa:
1 xícara (100g) de farinha de aveia
¾ xícara (105g) de farinha de trigo
½ xícara (70g) de farinha integral
1/3 xícara (67g) de açúcar granulado
¼ xícara (44g) de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada generosa de sal
6 colheres (sopa) - 84g - de manteiga sem sal, derretida e fria
¾ xícara (180ml) de leite integral, temperatura ambiente
½ xícara (130g) de iogurte natural integral
1 ovo

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte generosamente com manteiga uma forma de muffin com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada cavidade.
Rale o gengibre em uma tigelinha – parte será usada na cobertura e parte na massa dos muffins.
Prepare a cobertura: corte os pêssegos ao meio, remova os caroços e corte as frutas em fatias de pouco mais de 5mm. Coloque a manteiga, o mel e 1 colher (chá) do gengibre em uma frigideira grande. Leve ao fogo médio, mexendo, até os ingredientes derreterem e começarem a borbulhar, cerca de 2 minutos. Junte os pêssegos, envolva-os na calda e desligue o fogo. Reserve.
Agora, a massa: peneire todos os ingredientes secos numa tigela grande, e despeje de volta na tigela os resquícios que ficarem na peneira. Em outra tigelinha, bata bem com um garfo a manteiga, o leite, o iogurte, o ovo e o gengibre restante. Despeje a mistura sobre os ingredientes secos e misture ligeiramente até incorporar – não mexa demais.
Transfira a massa para a forma preparada – você usará 9 cavidades da forma – fazendo com que a massa forme um montinho um pouco acima do limite de cada cavidade. Coloque uma ou duas fatias de pêssego sobre cada muffin. Encha as cavidades vazias até a metade com água antes de levar a forma ao forno.
Asse por 24-28 minutos ou até que os muffins dourem e cresçam levemente e as extremidades das fatias de pêssego estejam caramelizadas – remova um muffin com cuidado da forma para verificar se ele está inteiramente dourado.
Retire do forno, aguarde 2-3 minutos e então, com muito jeitinho, remova os muffins da forma e transfira para uma gradinha para que esfriem – faça isso para evitar que os muffins fiquem empapados.

Rend.: 9 muffins – usei a mesma medida de forma da receita e consegui 12

terça-feira, dezembro 28, 2010

Tortinhas de cereja e amêndoa

English version

Cherry and almond tartlets / Tortinhas de cereja e amêndoa

Eu sei, eu sei – outra torta de cereja em menos de uma semana... Mas sejam honestos comigo: vocês conseguiriam resistir a uma sobremesa tão bonita? Eu corri pra cozinha na hora em que a revista chegou aqui em casa. :D

Cherry and almond tartlets / Tortinhas de cereja e amêndoa

Tortinhas de cereja e amêndoa
um nadinha adaptada da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Recheio:
500g de crème fraîche*
100ml de creme de leite fresco
20g de açúcar de confeiteiro, peneirado + um pouquinho extra para polvilhar
cerejas frescas, para servir

Geléia de cereja e baunilha:
300g de cerejas, sem os caroços e cortadas ao meio
1 xícara (200g) de açúcar refinado
suco de 1 laranja e de 1 limão siciliano
1 fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementinhas raspadas com as costas da faca

Massa de amêndoa:
90g de amêndoas inteiras
250g de manteiga sem sal, temperatura ambiente
½ xícara (100g) de açúcar refinado
2 xícaras + 2 colheres (sopa) - 300g - de farinha de trigo

Comece pela geléia: junte todos os ingredientes numa panela e leve ao fogo médio-alto, mexendo até dissolver o açúcar. Deixe ferver e cozinhe, mexendo de vez em quando, até a mistura chegar ao ponto de geléia (6-8 minutos – vide observação). Leve à geladeira até ficar bem geladinha (1-2 horas).

Enquanto isso, prepare a massa: processe as amêndoas num processador de alimentos até obter uma farinha grossa (cerca de 1 minuto). Bata a manteiga e o açúcar na batedeira até obter um creme, raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone, junte a farinha e as amêndoas moídas e bata novamente só até incorporar. Forme um disco com a massa, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira para descansar (1 hora).
Unte com manteiga uma forma de torta de 20x28cm.
Abra a massa com um rolo sobre uma superfície levemente enfarinhada até obter a espessura de 3mm. Forre a forma com a massa, remova o excesso de massa, fure-a com um garfo e leve ao freezer por 30 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre a massa com um pedaço grande de papel alumínio e encha-o com pesinhos próprios ou feijões secos. Leve ao forno até que a massa doure levemente (10-12 minutos), remova com cuidado os pesinhos/feijões e o papel alumínio, volte a massa ao forno e asse até que doure completamente e fique sequinha (6-8 minutos). Deixe esfriar completamente.
Bata o crème fraîche, o creme de leite fresco e o açúcar de confeiteiro até obter picos firmes (2-3 minutos), leve à geladeira.
Espalhe a geléia na base da torta, cubra com colheradas do creme batido, decore com as cerejas frescas e polvilhe com o açúcar de confeiteiro na hora de servir.

Obs.: para testar o ponto de geléia, coloque alguns pires ou pratinhos no freezer antes de iniciar o preparo da receita. Quando a geléia se tornar espessa, retire do fogo e coloque uma colherinha da geléia sobre o prato que estava no freezer, voltando-o para lá por 30 segundos. Passe o dedo pela mistura e se a marca se mantiver a geléia estará no ponto – caso contrário, cozinhe por mais 2-3 minutos e faça o teste novamente.

* fiz um recheio diferente, inspirada por uma receita de trifle do Bill Granger: juntei partes iguais de creme de leite fresco e iogurte natural integral (1/3 xícara de cada para metade da receita de torta acima), 1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro, sementinhas de ½ fava de baunilha e bati até obter picos suaves

Rend.: 6 porções – fiz metade da receita acima, usei forminhas de 9cm e consegui 10 tortinhas

domingo, dezembro 26, 2010

Bolinhos de pistache, manteiga queimada e ameixa

English version

Plum burnt-butter pistachio cakes / Bolinhos de pistache, manteiga queimada e ameixa

Adoro as frutas com caroço, como pêssego, ameixas, nectarinas e cerejas, e acho uma pena a época delas ser tão curtinha – está na hora de aproveitar estas delícias.

Estes bolinhos vêm desta linda revista e apesar de eu ser doidinha por ameixas elas não são 100% necessárias aqui: os bolinhos de pistache e manteiga queimada são tão fantásticos que os recomendo mesmo sem a cobertura de fruta.

Bolinhos de pistache, manteiga queimada e ameixa
da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (sopa) - 42g - de manteiga sem sal, picada
2 ovos grandes
2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
¾ xícara + 2 colheres (sopa) - 125g - de farinha de trigo
75g de pistache finamente moído
6 ameixas, cortadas ao meio e sem os caroços

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte e enfarinhe seis forminhas com capacidade para 1 xícara (240ml) cada.
Coloque a manteiga numa panelinha e leve ao fogo médio-alto até que derreta e fique bem dourada – não use panela antiaderente pois você não conseguirá enxergar o tom da manteiga. Retire do fogo e deixe esfriar completamente.
Na batedeira, bata os ovos e o açúcar por cerca de 5 minutos ou até que a mistura fique espessa e bem clarinha. Junte a farinha e o pistache moído e bata para incorporar. Com o auxílio de uma espátula de silicone, junte a manteiga, misturando delicadamente. Divida a massa entre as forminhas preparadas e coloque duas metades de ameixa, com o lado cortado para baixo, sobre cada forminha. Asse por 15 minutos ou até que os bolinhos dourem. Retire do forno, deixe nas forminhas por 5 minutos e então desenforme com bastante cuidado (a massa é bem macia). Transfira para uma gradinha e deixe esfriar.
Sirva os bolinhos mornos ou em temperatura ambiente.

Rend.: 6 bolinhos – fiz metade da receita acima, usei forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) e consegui 5 unidades (usei ½ ameixa por bolinho)

quinta-feira, dezembro 23, 2010

Torta de cereja do Bill

English version

Bill's cherry tart / Torta de cereja do Bill

Espero que vocês tenham gostado da série de Natal!

Achei que esta torta deliciosa seria perfeita para o meu último post antes do no Natal: é basicamente um clafoutis com base de torta – e eu adoro massinhas de torta – e a receita vem de um dos meus cozinheiros favoritos.

Boas Festas a todos!

Bill's cherry tart / Torta de cereja do Bill

Torta de cereja do Bill
do Holiday

- xícara medidora de 240ml

Massa:
½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal, derretida e fria
1/3 xícara + 2 colheres (sopa) - 90g - de açúcar refinado
1 ¼ xícaras (175g) de farinha de trigo
1 pitada de sal
2 colheres (sopa) de farinha de amêndoas (amêndoas finamente moídas)

Recheio:
170ml de creme de leite fresco
2 ovos, levemente batidos com um garfo
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
550g de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas ao meio – usei somente 450g

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte com manteiga uma forma de torta com 24cm de diâmetro e fundo removível*.
Prepare a massa: numa tigela grande, misture a manteiga e o açúcar. Junte a farinha e o sal e misture até obter uma massa bem molinha e macia. Transfira a massa para a forma preparada e vá apertando com a ponta dos dedos até espalhá-la por todo o fundo e as laterais da forma. Coloque a forma dentro de uma assadeira grande, de beiradas baixas, e leve ao forno por 12-15 minutos ou até que a massa estufe levemente. Retire do forno (mantenha-o ligado) e salpique a farinha de amêndoas sobre a base da massa.

Agora, o recheio: numa tigela grande, misture bem o creme de leite, os ovos, a baunilha e o açúcar com o auxílio de um fuê. Acrescente a farinha e misture bem até o creme ficar homogêneo. Arrume as cerejas sobre a base da torta, de modo que fiquem levemente sobrepostas. Derrame a mistura de creme sobre as cerejas e leve a torta de volta ao forno por mais 40-50 minutos (mantenha a forma dentro da assadeira grande) ou até que o recheio firme e fique dourado.
Deixe esfriar e sirva com creme de leite batido ou sorvete.

Rend.: 8-10 porções

terça-feira, dezembro 21, 2010

Cupcakes de mince pie com cobertura amanteigada de conhaque

English version

Mince pie cupcakes with brandy butter icing / Cupcakes de mince pie com cobertura amanteigada de conhaque

Se eu lhes disser que guardei esta receita num lugar especial desde janeiro já pensando nesta série de Natal vocês prometem não achar que sou doida? :)

Estes bolinhos são incrivelmente fofinhos e úmidos, um dos cupcakes mais gostosos que fiz até agora; eles são tão bons que uma cobertura mais simples poderia ser usada com ótimos resultados – ou até mesmo cobertura nenhuma.

mince pie cupcakes with brandy butter icing8C

Cupcakes de mince pie com cobertura amanteigada de conhaque
da Delicious Magazine

- xícara medidora de 240ml

Bolinhos:
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 ovos grandes
150g de fruit mince (receita aqui – rende horrores, então diminua bem)
¾ xícara (105g) de farinha de trigo com fermento
1 colher (sopa) de amido de milho
½ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal

Cobertura amanteigada de conhaque:
1/3 xícara (75g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
2 colheres (sopa) de leite integral, temperatura ambiente
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ¾ xícaras (245g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) de conhaque

Comece pelos bolinhos: pré-aqueça o forno a 180°C. Forre uma forma de muffins com doze cavidades (1/3 xícara – 80ml cada) com forminhas de papel (esta receita rende 10 cupcakes; encha as cavidades vazias com água antes de colocar a forma no forno).
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter uma mistura clara e fofa. Acrescente os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone.
Com o auxílio da espátula, misture o fruit mince à massa. Peneire a farinha, o amido de milho, o fermento e o sal sobre a massa e misture delicadamente com a espátula – não misture demais.
Divida a massa entre as forminhas preparadas enchendo-as até 2/3 de sua capacidade. Asse por 15-18 minutos ou até que cresçam e dourem (faça o teste do palito) – o topo dos cupcakes vai parecer úmido mesmo depois que eles estiverem assados.
Deixe esfriar na forma por 10 minutos, transfira com cuidado para uma gradinha e deixe esfriar completamente.

Prepare a cobertura: na tigela grande da batedeira, bata a manteiga até ficar bem cremosa. Junte o leite e a baunilha e bata novamente até obter um creme bem claro e fofo. Aos poucos, já juntando o açúcar de confeiteiro, e então bata até conseguir uma cobertura clara, homogênea e fofinha. Junte o conhaque e bata.
Cubra os bolinhos com a cobertura e decore com flores de açúcar, bolinhas prateadas ou o confeito que preferir.

Rend.: 10 unidades

sábado, dezembro 18, 2010

Blondies de gingerbread e chocolate branco

English version

White chocolate gingerbread blondies / Blondies de gingerbread e chocolate branco

Sou completamente doida por especiarias – vocês provavelmente já notaram – e a palavra “gingerbread” me dá água na boca; vocês podem imaginar o que senti ao encontrar a coleção de receitas de gingerbread da Martha? :)

O único problema foi escolher UMA receita para preparar – por sorte o pacote de gotas de chocolate branco na minha despensa ajudou um pouquinho. ;)

Blondies de gingerbread e chocolate branco
daqui

- xícara medidora de 240ml

2 ¾ xícaras + 1 colher (sopa) - 395g - de farinha de trigo
1 ¼ colheres (chá) de bicarbonato de sódio
1 ¼ colheres (chá) de sal
1 ¼ colheres (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de cravo moído
1 ¼ xícaras (282g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 ¼ xícaras (218g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 124g - de açúcar granulado
2 ovos grandes
1 gema grande
1 ¼ colheres (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara (80ml) de melado de cana
280g de chocolate branco, picado – usei gotinhas

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma de 42x30cm, forre com papel alumínio e unte o papel também.
Numa tigela, misture a farinha, o bicarbonato e as especiarias.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o açúcar mascavo e o granulado em velocidade médio-alta até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos e a gema, um a um, batendo bem a cada adição e raspando as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Junte a baunilha e o melado. Reduza a velocidade para a mais baixa possível e vá acrescentando os ingredientes secos, aos poucos, batendo só até combinar. Acrescente o chocolate e misture com a espátula.
Espalhe bem a massa na forma preparada e asse por cerca de 25 minutos* ou até que as beiradas dourem. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha.
Corte em quadradinhos de 5cm ou no formato desejado.
As blondies podem ser guardadas em um recipiente hermético, em temperatura ambiente, por até 1 semana.

* precisei assar por 35 minutos, a mistura estufou no forno e depois murchou no centro enquanto esfriava

Rend.: 4 dúzias de quadradinhos de 5cm cada – fiz 2/3 da receita acima, usei uma forma quadrada de 20cm e consegui 16 quadradinhos

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Caramelos de gingerbread

English version

Gingerbread caramels / Caramelos de gingerbread

As aventuras da minha amiga Ana Elisa no preparo de torrone me lembraram o quão trabalhosos foram estes caramelos: a mistura demorou horrores para chegar à temperatura desejada e eu derretia na cozinha enquanto mexia tudo na panela; depois disso, um século se passou antes que eu conseguisse cortar todos os caramelos, faca untada com óleo e tudo. Sem contar que eles ficaram molinhos e foram difíceis de embrulhar.

Vocês vão certamente me perguntar o porquê de eu postar uma receita dessas – bem, todos os problemas se esvaíram da minha mente assim que provei um caramelo. :)

Gingerbread caramels / Caramelos de gingerbread

Caramelos de gingerbread
adaptados do Pure Dessert, idéia de sabor daqui

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara de glucose de milho (Karo)
¼ xícara de melado
2 xícaras (400g) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de sal
2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco
½ colher (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1/8 colher (chá) de cravo moído
3 colheres (sopa) - 42g - de manteiga sem sal, picada e amolecida

Unte com manteiga uma forma quadrada de 22cm, forre o fundo e as laterais com papel alumínio deixando sobras em dois lados, formando “alças”. Unte o papel também.
Numa panela de fundo grosso, com capacidade para 3 litros, misture a glucose de milho, o melado, o açúcar e o sal e leve ao fogo médio, mexendo com uma espátula de silicone ou colher de pau, até que a mistura comece a borbulhar nas laterais da panela. Com o auxílio de um pincel umedecido com água fria, remova quaisquer traços da mistura ou açúcar que estiverem nas laterais da panela. Cubra a panela e cozinhe a mistura por cerca de 3 minutos (enquanto isso, enxágüe bem a espátula/colher de pau antes de usá-la novamente). Destampe a panela e novamente remova os traços de calda ou açúcar que estiverem nas laterais da panela. Coloque um termômetro culinário na panela sem deixar que a ponta dele toque o fundo dela. Cozinhe a mistura, destampada, sem mexer, até que atinja a temperatura de 150°C. Enquanto isso, misture o creme de leite e as especiarias numa panelinha e leve ao fogo até que comece a ferver. Desligue o fogo e tampe a panela para manter o creme aquecido.
Quando a mistura atingir 150°C, desligue o fogo e acrescente a manteiga, misturando. Aos poucos, vá juntando o creme de leite, mexendo bem – tenha cuidado pois neste estágio a mistura vai borbulhar muito e você pode se queimar. Volte a panela ao fogo de forma que a mistura ferva de maneira enérgica, mas não violenta. Misture com a espátula passando-a pelo fundo da panela para derreter o caramelo que possa estar grudado no fundo e continue mexendo até a mistura ficar homogênea. Continue cozinhando, mexendo vez ou outra, até conseguir 118°C. Depois disso, cozinhe misturando sempre, até 126°C para caramelos mais macios ou 129°C para caramelos ligeiramente mais firmes.
Retire a panela do fogo e despeje o caramelo na forma preparada. Deixe firmar por 4-5 horas ou de um dia para o outro.

Remova o caramelo da forma com o auxílio das alças de papel alumínio e inverta-o sobre um pedaço de papel manteiga. Remova todo o papel alumínio e então corte os caramelos com uma faca pincelada com óleo. Embrulhe cada caramelo em um pedacinho de papel encerado ou celofane.

* o sabor das especiarias ficou bem discreto – aumente as quantidades caso queira um sabor de gingerbread mais marcante

Rend.: cerca de 80 – consegui 100

terça-feira, dezembro 14, 2010

Tortinhas de fruit mince com chocolate e canela

English version

Cinnamon-chocolate fruit mince tarts / Tortinhas de fruit mince com chocolate e canela

Sempre tive vontade de fazer mince pies pois as acho tão bonitinhas! Mas no final acabava desistindo por causa da idéia de usar banha (no lugar de suet) ou coisas assim.

Por isso esta receita é perfeita: além de ser livre de banha, tanto a massa quanto o recheio são uma delícia, com um toque de chocolate – nada natalino, mas muito gostoso. :D

Cinnamon-chocolate fruit mince tarts / Tortinhas de fruit mince com chocolate e canela

Tortinhas de fruit mince com chocolate e canela
um nadinha adaptadas da Australian Gourmet Traveller

270g de açúcar mascavo
300g de passas
300g de cranberries secas
3 colheres (sopa) de conhaque
100g de manteiga sem sal, derretida
100g de casca de laranja em calda, drenada e picadinha
2 maçãs do tipo Granny Smith, raladas no ralador grosso
raspas da casca e suco de 1 laranja
½ colher (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de cravo em pó
¼ colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1 fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementes removidas com as costas da faca (você vai usar somente as sementinhas nesta receita; guarde a fava para outro uso)
100g de chocolate amargo (70% de cacau) picado
1 ½ colheres (sopa) de açúcar demerara

Massa de canela:
180g de manteiga sem sal, amolecida
200g de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) de canela em pó
4 ovos
500g de farinha de trigo
1 pitada de sal

Comece preparando o recheio: misture bem todos os ingredientes, exceto o chocolate e o açúcar demerara, numa tigela grande. Transfira para vidros esterilizados* e leve à geladeira por pelo menos 1 dia ou até por 2 semanas, invertendo os vidros algumas vezes. Rend.: 5 xícaras de recheio.

Agora, a massa de canela: bata a manteiga, o açúcar e a canela na batedeira até obter uma mistura cremosa (mas não fofa), 4-5 minutos. Junte os ovos, um a um, batendo até incorporar bem. Junte a farinha e o sal, bata para incorporar, e então transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada. Sove levemente só até homogeneizar - neste momento precisei acrescentar 1 ½ colheres (sopa) de farinha pois a massa estava mole demais – divida a massa em duas partes iguais, embrulhe cada metade em filme plásticos e leve à geladeira por 3 horas para descansar.
Abra cada metade de massa numa superfície levemente enfarinhada até obter a espessura de 3mm; corte círculos de 11cm de diâmetro, coloque-os numa assadeira grande, de beiradas baixas, forrada com papel manteiga e leve à geladeira. Corte também estrelas ou outros formatos decorativos e volte-os à geladeira. Junte os restinhos de massa, leve à geladeira por 30 minutos (para firmar), e então corte mais círculos e formatos decorativos, voltando sempre à geladeira.
Pré-aqueça o forno a 180°C; unte com manteiga 24 forminhas de muffin com capacidade para ½ xícara (120ml) cada.
Forre as forminhas preparadas com os círculos de massa e leve à geladeira. Enquanto isso, adicione as gotas de chocolate ao recheio de frutas, misturando bem. Coloque o recheio nas cavidades de massa, deixando 5mm de espaço no topo. Cubra cada tortinha com uma estrelinha de massa (ou outro formato), pincele levemente com água, salpique com o açúcar demerara e leve ao forno até que a massa doure e fique crocante (12-15 minutos). Deixe esfriar completamente nas formas e então desenforme com cuidado.
As tortinhas podem ser guardadas em um recipiente hermético, em temperatura ambiente, por até 1 semana.

*não esterilizei os vidros e mantive o recheio na geladeira por 2 dias apenas

Rend.: 24 unidades – fiz 1/3 da receita acima, usei forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) e consegui 12 tortinhas

domingo, dezembro 12, 2010

Muffins de Natal

English version

Christmas muffins / Muffins de Natal

Estes muffins são uma delícia e acho que são uma ótima idéia para o café da manhã do Natal; além disso, achei que vocês mereciam uma receita simples – algo que não envolva fazer creme inglês, colocar tâmaras de molho e depois processá-las ou esperar horas por cookies. :D

Muffins de Natal
um nadinha adaptados daqui

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de canela em pó
1 pitada de sal
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado
1 ½ xícaras (390g) de iogurte natural
1 ovo*
3 colheres (sopa) de óleo vegetal
1 xícara (110g) de cranberries secas
1 xícara (150g) de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas em quatro
açúcar demerara, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 190°C; forre com forminhas de papel doze forminhas de muffin com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada.
Peneire a farinha, o fermento, a canela e o sal numa tigela grande, junte o açúcar e misture bem. Numa tigelinha, bata bem com um garfo o iogurte, o ovo e o óleo. Despeje esta mistura sobre os ingredientes secos, junte as cranberries e as cerejas e misture levemente com um garfo, até incorporar os ingredientes – não misture demais ou os seus muffins ficarão duros; massa de muffin não fica homogênea e lisa como massa de bolo.
Divida a massa entre as forminhas preparadas, polvilhe com o açúcar demerara e leve ao forno por 12-15 minutos ou até que cresçam (faça o teste do palito).

* eu definitivamente usaria 2 ovos se fizesse essa receita novamente

Rend.: 12 unidades

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Cookies de Natal

English version

Christmas cookies / Cookies de Natal

Este blog não poderia ter uma série de Natal sem cookies, certo? ;)

Estes cookies ficaram absolutamente deliciosos e me causaram um pouco de remorso por não gostar de avelãs – aqui elas combinaram lindamente com o chocolate, a casca de laranja em calda e as especiarias.

Christmas cookies / Cookies de Natal

Cookies de Natal
da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (175g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
¼ colher (chá) de sal
1 ¼ xícaras (175g) de farinha de trigo, peneirada
½ colher (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de gengibre em pó
1 pitada de cravo em pó
1 ovo, levemente batido com um garfo
90g de avelãs tostadas e sem pele, em pedaços graúdos
1 xícara (180g) de gotas de chocolate amargo ou meio-amargo
80g de casca de laranja em calda, drenada e picada – receita aqui

Bata a manteiga na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, até ficar cremosa. Junte o açúcar e o sal, e em seguida a farinha e as especiarias, batendo em velocidade baixa até incorporar. Acrescente o ovo, batendo em velocidade baixa para misturar, e então incorpore as avelãs, as gotas de chocolate e a casca de laranja com o auxílio de uma espátula de silicone. Divida a mistura em duas partes iguais, transfira cada parte para um pedaço grande papel manteiga e forme um cilindro com a massa, fechando bem as pontas (faço desse jeito, igual à Martha, usando uma régua). Leve à geladeira até firmar (1 hora).
Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga. Remova o papel dos cilindros de massa e corte fatias de 1cm*, arrumando-as nas formas preparadas deixando 5cm de distância entre uma fatia e outra. Asse até que dourem nas extremidades, 10-12 minutos, e deixe esfriar nas assadeiras por 5 minutos e então transfira para uma gradinha e deixe esfriar completamente.
Os cookies podem ser guardados em um recipiente hermético, em temperatura ambiente, por até 5 dias.

* foi impossível fatiar os cilindros de massa mesmo depois de 3 horas na geladeira, então fiz bolinhas com 1 colher (sopa) nivelada de massa por cookie, coloquei nas formas e amassei ligeiramente antes de assar

Rend.: cerca de 50 usando-se 1 colher (sopa) nivelada de massa por cookie

quarta-feira, dezembro 08, 2010

Bolo fofinho de gengibre e tâmaras

English version

Fluffy ginger and date cake / Bolo fofinho de gengibre e tâmaras

Adoro quanto algo bacana me leva a outra coisa igualmente boa: assim como “500 Dias com Ela” me apresentou a esta canção fantástica, este bolo delicioso me fez experimentar – e gostar – de tâmaras.

Bolo fofinho de gengibre e tâmaras
da Donna Hay magazine

2 xícaras + 2 colheres (sopa) (300g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 ½ colheres (chá) de gengibre em pó
3 xícaras (420g) de tâmaras, sem os caroços e picadas
1 xícara (240ml) de água fervente
2 colheres (chá) de bicarbonato de sódio
200g de manteiga sem sal, temperatura ambiente e picada
1 ½ xícaras (262g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
4 ovos
açúcar de confeiteiro, para polvilhar
Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma de 26x16cm*, forre com papel manteiga e unte o papel, também.
Peneire a farinha, o fermento, o sal e o gengibre numa tigela grande e reserve.
Coloque as tâmaras, a água e o bicarbonato de sódio numa tigela, misture e reserve por 5 minutos. Transfira para o processador de alimentos, arescente a manteiga e o açúcar e processe até incorporar bem os ingredientes. Junte os ovos, um a um, e processe bem. Despeje sobre os ingredientes secos e misture bem com uma colher de pau. Despeje a massa na forma preparada e leve ao forno por 30-35 minutos ou até que o bolo cresça (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma e desenforme com cuidado. Corte em quadrados ou losangos e polvilhe com açúcar de confeiteiro para servir.

* fiz exatamente a receita acima, usei uma forma quadrada de 25cm e assei o bolo por 40 minutos (rendimento: 16 quadrados)

Rend.: 10-12 porções

segunda-feira, dezembro 06, 2010

Sorvete de eggnog

English version

Eggnog ice cream / Sorvete de eggnog

Há algum jeito melhor de se começar algo do que fazê-lo com sorvete? É, também achei. ;)

A minha série de receitas de Natal começa agora e espero que vocês curtam as idéias para as festas; o David Lebovitz diz que este sorvete combina muito bem com as sobremesas típicas do Natal americano – e acredito nele – mas vocês têm de saber que também fica ótimo só com uma chuvinha de noz-moscada ralada na hora.

Prestem atenção à quantidade de álcool da receita antes de prepará-la – não quero ser acusada de embebedar os leitores com sorvete... ;)

Sorvete de eggnog
do The Perfect Scoop: Ice Creams, Sorbets, Granitas, and Sweet Accompaniments

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (240ml) de leite integral
2/3 xícara (133g) de açúcar refinado
1 pitada de sal
2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco
6 gemas grandes
1 colher (chá) de noz-moscada ralada/moída na hora
2 colheres (sopa) de conhaque
2 colheres (sopa) de rum escuro
2 colheres (chá) de extrato de baunilha

Aqueça o leite, o açúcar e o sal numa panela média. Despeje o creme de leite numa tigela grande e coloque uma peneira fina no topo.
Em uma tigela média em separado, bata as gemas com um fuê. Despeje, gradualmente, a mistura quente sobre as gemas, mexendo sempre com o fuê, e então verta a mistura toda de volta à panela. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre com uma espátula de silicone, raspando o fundo da panela da espátula enquanto mexe, até a mistura engrossar e cobrir as costas da espátula. Passe o creme pela peneira diretamente sobre o creme de leite. Junte a noz-moscada, o conhaque, o rum e a baunilha e misture. Coloque a tigela dentro de uma outra com água gelada e pedras de gelo e vá mexendo até o creme esfriar – eu simplesmente deixei esfriar sobre a pia e depois levei à geladeira.
Deixe o creme na geladeira até ficar bem gelado. Depois disso, prove e acrescente mais noz-moscada se desejar. Passe a mistura pela sorveteira de acordo com as instruções do fabricante.

Rend.: cerca de 1 litro

sexta-feira, dezembro 03, 2010

Brownies com mesclado de cheesecake

English version

Cheesecake swirl chocolate brownies / Brownies com mesclado de cheesecake

Ando com um quê de Coelho Branco nos últimos dias – uma sensação de estar terrivelmente atrasada e com milhões de coisas para fazer antes de estar oficialmente de férias.

Vou lhes deixar com estes brownies enquanto tento lidar com o meu dia caótico. :)

Brownies com mesclado de cheesecake
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

200g de chocolate amargo, picado
250g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente, picada
1 ¾ xícaras (306g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
4 ovos
1 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
1 1/3 xícaras + 1 colher (sopa) - 196g - de farinha de trigo, peneirada
¼ colher (chá) de fermento em pó, peneirado
1/3 xícara (30g) de cacau em pó, peneirado
1 pitada de sal

Mesclado de cheesecake:
250g de cream cheese, amolecido
1/3 xícara + ½ colher (sopa) - 73g - de açúcar refinado
2 ovos

Pré-aqueça o forno a 180°C; unte levemente com manteiga uma forma quadrada de 22cm e forre com papel alumínio, deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças”; unte o papel com manteiga também.
Coloque o chocolate e a manteiga numa panela e leve ao fogo baixo, mexendo até derreter. Deixe esfriar por 2 minutos e então acrescente o açúcar, os ovos e a baunilha, misturando bem até homogeneizar. Junte a farinha, o fermento, o cacau e o sal e misture bem novamente até obter uma massa lisa. Despeje na forma preparada e reserve.
Prepare o mesclado de cheesecake: coloque o cream cheese, o açúcar e os ovos na tigela do processador de alimentos e processe até obter um creme homogêneo. Coloque o creme às colheradas sobre a massa de brownie e, com o auxílio de uma faquinha sem ponta, misture parcialmente – o importante aqui misturar levemente para obter um efeito mesclado/marmorizado. Asse por 50 minutos ou até firmar.

Rend.: 12 unidades – fiz 2/3 da receita acima e usei uma forma quadrada de 20cm

quarta-feira, dezembro 01, 2010

Cupcakes de pavê de framboesa

English version

Raspberry trifle cupcakes / Cupcakes de pavê de framboesa

Tenho de lhes dizer duas coisas sobre estes cupcakes – uma: eles estavam uma delícia; duas: a cobertura foi uma chatice pra preparar – tive de batê-la na batedeira por uma eternidade e ainda assim ela não firmou como a da revista (creio que isso aconteceu por eu ter usado um tipo de creme de leite diferente).

A cobertura não ficou pronta rapidamente como eu esperava, mas eu estava determinada a não desistir – já estava me sentindo culpada por ter desistido de “Na Mira do Chefe” depois de 50 minutos...

Raspberry trifle cupcakes / Cupcakes de pavê de framboesa

Cupcakes de pavê de framboesa
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

Bolinhos:
250g de manteiga sem sal, amolecida
1 ¼ xícaras + 2 colheres (sopa) - 274g - de açúcar refinado
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
4 ovos
2 1/3 xícaras + 1 colher (sopa) - 337g - de farinha de trigo
2 ¼ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada generosa de sal
1 xícara (240ml) de leite integral, em temperatura ambiente
1 xícara de framboesas congeladas
¼ xícara (60ml) de xerez doce*

Cobertura de creme inglês:
1 ½ xícaras (360ml) de creme de leite fresco
1 fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementes removidas com as costas da faca
4 gemas
¼ xícara + ½ colher (sopa) - 56g - de açúcar refinado
2 colheres (chá) de amido de milho
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco, extra**
1 colher (sopa) de açúcar de confeiteiro

Comece preparando o creme inglês (custard) para a cobertura: junte as 1 ½ xícaras de creme de leite fresco e a baunilha (fava e sementinhas) numa panela e leve ao fogo baixo até começar a ferver. Desligue o fogo, tampe e reserve por 30 minutos. Retire a fava e reaqueça a mistura. Coloque as gemas, o açúcar e o amido de milho numa tigela e bata com um fuê até obter um creme claro e fofo. Despeje o creme de leite quente aos poucos sobre as gemas, misturando sem parar. Volte tudo à panela e volte ao fogo baixo, mexendo sempre, até o creme engrossar e cobrir as costas de uma colher (8-10 minutos). Deixe esfriar e então leve à geladeira até o momento em que será usado.
Agora, os bolinhos: pré-aqueça o forno a 180°C. Forre com forminhas de papel duas forminhas para muffin com 12 cavidades cada, sendo que cada cavidade tenha capacidade para ½ xícara (120ml). Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Peneire a farinha, o fermento e o sal sobre a mistura e bata até incorporar. Junte o leite e bata novamente só até incorporar. Com a espátula de silicone, incorpore delicadamente as framboesas. Divida a massa entre as forminhas preparadas e asse por 15-18 minutos ou até que os bolinhos cresçam (faça o teste do palito). Remova com jeitinho das formas, transferindo para uma gradinha. Regue os cupcakes ainda mornos com o xerez e então deixe esfriar completamente.
Termine a cobertura: bata o creme de leite restante (1 xícara) e o açúcar de confeiteiro até obter picos firmes. Junte o creme (custard) frio e continue batendo, novamente até obter picos bem firmes. Cubra os bolinhos com colheradas da cobertura.

* eu não tinha xerez em casa, então reguei os bolinhos com extrato (natural) de baunilha
** a receita original pede double cream – nunca vi aqui no Brasil, então adaptei usando creme de leite fresco batido em picos firmes

Rend.: 24 unidades – fiz ¼ da receita acima, usei forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) e consegui 6 cupcakes

Related Posts with Thumbnails