terça-feira, junho 15, 2010

Macarons de pão de mel

English version

Pao de mel macarons / Macarons de pão de mel

Acho que o bichinho do macaron me mordeu... :)

Depois da minha vitória com gostinho de maracujá, senti uma vontade desesperadora de fazer macarons novamente; inspirada por minhas musas “macaronescas” – Julia, Aran, Meeta, Evan, e Sua Majestade, a Rainha – tentei inventar um sabor diferente, então usei especiarias, cacau e doce de leite para tentar evocar os sabores de pão de mel.

Bem, acho que vou ter que fazer um bom estoque de farinha de amêndoas... :)

Macarons de pão de mel
adaptados daqui

Casquinhas:
150g de farinha de amêndoas (amêndoas finamente moídas)
150g de açúcar de confeiteiro
120g de claras, temperatura ambiente
185g de açúcar granulado
50g de água
1 colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de cravo em pó
cerca de ½ colher (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar

Recheio:
½ xícara de doce de leite firme

Você precisará de 2-3 assadeiras grandes, de beiradas baixas, para esta receita; use assadeiras grossas, de alumínio de boa qualidade – se elas foram finas demais os macarons podem rachar no topo. Segui a dica da Ms. Humble e usei duas formas por vez, uma sobre a outra. Forrei uma delas com papel manteiga, outra com esse tapetinho (tipo Silpat) e outra com esse aqui e consegui os melhores resultados com o tapetinho de Teflon.

Prepare um saco de confeitar grande com um bico liso de pouco menos de 1cm – não usei bico, apenas cortei a pontinha do saco (usei descartável) com a tesoura. Pré-aqueça o forno a 160°-162°C – não recomendo fazer os macarons sem um termômetro de forno.

Você precisará também de um termômetro culinário, para que a calda de açúcar fique na temperatura exata. Metade das claras que usei havia ficado na geladeira por 4 dias (e antes tinha sido congelada por 2 semanas) e metade saiu de ovos frescos, que quebrei na hora.

Pese o açúcar de confeiteiro e a farinha de amêndoas e pulse-os algumas vezes no processador de alimentos. Transfira para uma tigela grande, junte a canela, o gengibre e o cravo, misture e reserve.
Pese 60g de claras e coloque-as na tigela grande da batedeira (certifique-se de que não haja traços de gemas nas claras e também de que a tigela e o batedor não tenham traços de umidade e/ou gordura). Separe 35g do açúcar granulado e deixe ao lado da batedeira.
Reserve os outros 60g de clara numa tigelinha.

Coloque os 150g de açúcar granulado restantes numa panelinha e junte os 50g de água. Coloque um termômetro culinário na mistura e leve ao fogo médio – use uma panelinha ou canequinha bem pequena para que a ponta do termômetro fique mergulhada na calda.
Quando a calda atingir 87°C, comece a bater as claras em velocidade média até que espumem – fique de olho na calda mesmo assim. Não misture a calda, apenas deixe ferver – a temperatura desejada é de 110°C. Quando as claras espumarem, adicione, aos poucos, o açúcar granulado reservado (35g) e bata em velocidade média até obter picos suaves.
Quando a calda atingir 110°C, retire do fogo, aumente a batedeira para a velocidade médio-alta e vá acrescentando a calda quente às claras, aos poucos, em fio – faça com que a calda escorra pela lateral da tigela, assim ela não atingirá o batedor e não espirrará nas laterais formando gotas que logo se tornam duras.
Agora relaxe, pois a pior parte já passou – continue batendo o merengue por mais 5-8 minutos ou ate que esfrie. Enquanto isso, misture os 60g de claras restantes à mistura de farinha+açúcar de confeiteiro até obter uma massa homogênea.

Quando o merengue esfriar, junte-o à pasta de amêndoas, misturando rapidamente com uma espátula de silicone só até uniformizar - evite mexer demais pois quanto mais você misturar mais fina a massa ficará. A massa estará no ponto quando ao se levantar a espátula a mistura cair como uma fita grossa. Coloque a massa no saco de confeitar – caso a textura esteja correta, a mistura não vai sair muito rapidamente pelo bico (se sair muito rapidamente, você misturou demais e vai ter que começar tudo novamente).
Forme círculos de aproximadamente 3cm de diâmetro cada nas formas preparadas,deixando alguns centímetros de distância entre uma e outra.
Ao completar, bata a assadeira na pia com jeitinho, para eliminar bolhas de ar – se aparecerem na superfície dos macarons, fure-as com um palito de dente (esqueci de fazer isso, mas não teve problema). Com o auxílio de uma peneirinha fina, polvilhe o cacau sobre os macarons (um pouquinho em cada um).
Deixe os macarons descansarem por 15 minutos (podem ficar por mais tempo, mas a casquinha ficará mais espessa).
Asse a 160-162°C por 14 minutos (assei os meus por 17).
Retire do forno e remova o papel/Silpat da assadeira, deixando os macarons esfriarem completamente antes de retirá-los (cerca de 1 hora). Remova-os com cuidado – se tiver dificuldade, coloque-os no freezer por 5 minutos e tente novamente.

Transfira o doce de leite para um saco de confeitar e recheie os macarons.
Guarde as casquinhas dos macarons num recipiente hermético em temperatura ambiente. Recheie antes de servir.

Rend.: cerca de 50 macarons (recheados)

22 comentários:

Denise Nascimento disse...

Oi Patricia,
Seu blog é de mais, adoro todas as receitas e as fotos são simplesmente maravilhosas.
Vou tentar o macarron com certeza.
Beijos
D.

Anakoelho disse...

Olá Patrícia!
Q. delícia deve ser mto bommmmm.
Bom dia pra vc t+!


Ana.

Tina Lopes disse...

Nossa, foi homenagem à pátria nesse dia de jogo? Adorei a idéia do novo sabor, completamente diferente. Deve ter ficado uma coisa de louco. Parabéns, amoreca.

Valentina disse...

Amiga, seus macarons estao um estouro. fico so de olho neste teu cantinho, cada dia mais charmoso e chique. estes copinhos sao show.btw, Cath kidstone tem new range....orders??Going back to the little boys, vou querer um destes quando nos vermos novamente.

Lígia Orsati disse...

Patricia, além de lindos eles devem estar deliciosos! Amei a receitinha... logo mais me jogo na cozinha pra ver se sai..rs beijocas

Ana disse...

Que ideia Patricia, amei, e estao lindissimos!! (como tudo que voce faz!)
Bjs!
Ana

Camila disse...

Que tapetinho de Teflon é esse a que vc se refere?

Quéroul disse...

me adota, Pati?
ai, que coisa mais linda de macaron, nóssinhora.

=***

levi disse...

"Patrícia e suas aventuras gastronômicas pelo fantástico mundo dos macarons" (rsrs) daria um belo nome de livro!!! Brincadeira. Paty, mais um trabalho impecável, eu preciso fazer essa delícia!!!
bjoOOs

Cam Seslaf disse...

Esse foi realmente inspirado!

Rosana Marangoni disse...

Que coisa linda.
Meu maior sonho e desafio e fazer MACARRONS.Sera que consigo....Vou seguir PASSO A PASSO sua receita.
Me deseje boa sorte.
Bjs
Rosana

Maria Pia disse...

Paty, você pegou o jeito mesmo!!
Ficaram lindos, lindos!
Parabéns!!!

Thays disse...

Visito teu blog várias vezes ao dia.
Não tem como cansar de ver tantas delícias.
PARABÉNS!!!

Salsa Verde disse...

Estão divinos de lindos. perfeitos, super delicados e um encanto absoluto. Devem ser maravilhosos de sabor!
Beijinhos,
Lia.

tatiane disse...

Pat, você pegou e jeito e o gosto pelos macarons! Vou doar meu estoque de claras pra vc continuar fazendo os bichinhos :)
beijos querida!

Liv Baum disse...

Paty do céu q fantástico!
Ainda não me aventuro por esses lados mas peguei uma revista antiga q tinha (só a foto) de um macaron de framboesa, pistache, chocolate e baunilha... um de cada cor huuuum!!! Aliás, se possível queria saber a marca das suas assadeiras rasas... elas são de alumínio ou daquelas tipo teflon? to querendo comprá-las faz séculos mas ainda não achei a perfeita!
Bjuuus

Akemi disse...

Os macarons estão perfeitos e achei genial a idéia de transformá-los sabor pão de mel! Adoraria provar alguns agora depois do almoço, depois para o lanche... nhammm! :-))
Como sempre as fotos lindas, de suspirar, amiga!

Bjss

Patricia Scarpin disse...

Denise, obrigada pela visita! Que bom que gostou!
Beijo!

Ana, obrigada!

Tina, foi pura coincidência, acredita? Obrigada, querida!
xx

Tina, você é muito querida, eu fico tão feliz quando vc aparece aqui. ;)
You know me, I would have bought the entire store if I could. ;)
Farei uns especialmente pra ti.
xx

Lígia, me conta depois?
Beijo e obrigada!

Ana, obrigada, querida!
Beijão!

Camila, eu tinha esquecido de linkar - dá uma olhadinha lá nos links, por favor.

Quéroul, adoto sim! Vc vai ser a minha outra irmã caçula. ;)
Beijoca, querida!

Levi, morri de rir contigo! Adorei o nome do livro! :)
Beijo e obrigada!

Cam, obrigada, querida! Que bom que gostou!

Rosana, consegue sim! Tem que persistir.
Beijo, obrigada e boa sorte!

Maria, obrigada, querida!
Beijo!

Thays, obrigada pelas visitas! Prazer em "conhecê-la"!

Lia, muito obrigada!
Beijão!

Tati, já estou me coçando pra fazer outros, vc acredita? :)
Pode doar que eu aceito! :)
Beijão, querida!

Liv, obrigada! As minhas assadeiras são tão velhas, nem sei de que marca são... Tenho uma da Wilton que é uma compra mais recente, mas é pequenina.
Beijo!

Clarice, que bom que gostou, querida! Vindo de uma artista como você fico super lisonjeada!
Beijão!

ameixa seca disse...

Esta é daquelas que eu nem me atrevo a experimentar, apesar de ter o tapetinho de teflon... o meu forno não é muito meu amigo nestas empreitadas, mas eu adoro macarons :)

Patrícia Duque (32) 9124-0740 / patdcam@gmail.com disse...

Olá!!! Percebi que mudastes a receita (llimão). gostaria então de saber se esta é melhor...estão mais bonitinhos,né?
Pat

Andrea disse...

Patrícia, vc consegue comprar estes tapetinhos de silicone e teflon pela Amazon?
bjs

Patricia Scarpin disse...

Ameixa, os danadinhos são manhosos, né? :)
Obrigada!

Patricia, usei a mesma base de receita, mudando o sabor - quanto a ser melhor ou não, é uma questão de gosto, por causa do sabor, etc.

Andrea, não - eles não entregam aqui esse tipo de mercadoria. Comprei quando viajei.

Related Posts with Thumbnails