segunda-feira, maio 19, 2008

Docinho fofinho

English version

Fluffy candy

O Ivan escreveu um post sobre coisas blogáveis e não-blogáveis, depois de ler o texto da Fezoca.

Minha vez: vou contar uma coisinha sobre a minha família, que pode ser considerada blogável por uns e não-blogável por outros; perdi um tio muito querido num acidente de carro no final de 2006. Era um tio bem próximo – padrinho do meu irmão – e por alguns dias fiquei imaginando se aquilo havia acontecido de verdade; não conseguia digerir o fato.
A namorada dele estava grávida e esta semana comemoramos o primeiro aniversário da minha priminha caçula. A festa foi na casa da minha avó e me encarreguei de preparar os docinhos. Fiz brigadeiro, beijinho, bicho-de-pé – que já fizeram sucesso lá na Holanda, pelas mãos da talentosa Linda - e esses docinhos de leite em pó. Tentei recheá-los com um pedacinho de cereja, mas na hora de enrolar a umidade da fruta interferiu na textura da massa e acabei abandonando a idéia.

Foi uma alegria imensa conhecer minha priminha e também notar a incrível semelhança dela com meu tio. Um ciclo terminou, mas outro começa – a vida se renova e isso me enche de esperança.

Fluffy candy

Docinho fofinho
daqui

200g (1 caixa) de chocolate em pó solúvel
400g de leite em pó integral
1 lata de leite condensado
½ xícara (120ml) de leite integral, em temperatura ambiente
açúcar cristal ou granulado, o suficiente para cobrir os docinhos*

Numa tigela grande, misture muito bem o chocolate em pó, o leite em pó, o leite condensado e o leite até formar uma massa homogênea – força nos braços, pois a danada é firme, mesmo.

Faça bolinhas com porções de ½ colher (sopa) de massa e passe-as pelo açúcar cristal; transfira-as para forminhas de papel.

*se quiser, banhe os docinhos em chocolate temperado – 500g serão suficientes.

Rend.: 90 docinhos

32 comentários:

Tina Lopes disse...

Ah, vc é linda.

uai sô! disse...

oi, Patrícia, posso trocar o leite condensado por 1/2 lata (do leite em pó) de açúcar refinado?
é a primeira vez que escrevo mas já leio seu blog faz tempinho e já fiz sua receitas maravilhosas, viu.
abração

Silvinha disse...

Querida Pat, achei "blogàvel" sim... as històrias por tràs dos pratos que preparamos sempre os tornam mais interessantes! Deve ter sido bastante emocionante conhecer sua priminha!
Eu adoro fazer docinhos! Minha mãe faz os mais delicados que jà vi, bateu saudade... este eu ainda não conhecia, vou experimentar!!!
Beijos

Cláudia disse...

Histórias de nós como seres humanos, onde aparecem nossas provações e ainda mais renovações em esperanças, momentos alegres e difíceis fazem parte da nossa vida. São e serão sempre blogáveis.
Pequenas histórias como estas nos mostram que todos estamos no mesmo barco e até nos ajudam a encarar a vida com mais força diante das dificuldades. Um fato triste, mas inevitável, e a beleza de contemplar o lindo rostinho de sua priminha e a incrível semelhança, sem dúvida alguma é maravilhoso. A vida se renova e nos enche de esperança, como disse!

bjs

Eliana Scaramal disse...

Pat que linda maneira de falar, é bem isso mesmo se fecha um ciclo e abre-se outro e você querida soube colocar isso com toda a delicadeza que já é pra mim uma caracteristica própria sua. O doce é um encanto!

Cris disse...

A forma sensível que você descreveu o assunto nos toca e ao mesmo tempo mostra como você está lidando com a situação. Sabe, já sofri muito com esta história de blogável e "comentável" e acho que só não vale ferir as pessoas ou se ferir. Bjs!

Agdah disse...

Lé venho eu dando pitaco. Veja só... eu acho que como tudo na vida, o blogável ou não é uma questão de percepção. Como no caso das cores, alguns apreciam o verde, já outros não. É humanamente impossível agradar a gregos e troianos nesse mundo. Haverá sempre "aquele" que terá algo a dizer e contestar. É o normal. Acho que o mais importante é respeitar e essas diferenças de percepção e perspectiva. Afinal, cada cabeça é um mundo, já diz meu pai. E felizmente não precisamos nos contrariar com tais coisas, a vida é linda e há sempre esses docinhos fofinhos em algum outro lugar para adoçar-nos o dia. Deu vontade de pegar um.

Luciana Macêdo disse...

Docinhos sempre fazem a festa de adultos e crianças.

O que temos que considerar é o respeito mútuo. A vida é linda, conhecer e poder se comunicar seja através de palavras,fotografias ou até mesmo de uma receita que desperta lembranças é uma benção. Devemos aproveitar estas oportunidades para demonstrar o nosso carinho e o nosso amor, como você fez ao fazer estes docinhos.
Bjs!

Laurinha disse...

Pat, adoro seus posts, textos, e estes com os docinhos, revelou um pouquinho mais de si!
Vc é uma pessoa linda!
Beijinhos,

Leila disse...

Pat, a vida é assim mesmo mas agora tens uma priminha que com certeza com o passar dos tempos revelara muitas semelhancas com o pai.
os docinhos ficaram lindos, assim como tu.##beijnhnos

Clumbsy Cookie disse...

O doce é fofinho mesmo! Eu adoro brigadeiros e beijinhos, mas nunca fiz assim um destes com leite em pó.
Acho que quase tudo pode ser blogável, com sensibilidade e tu isso tens muita que já deu para perceber.

Carol disse...

Oi, vim te visitar e adorei sua casa aqui. Estava a tempos procurando uma receita de docinhos de leite em pó. Vou testar estes que parecem deliciosos. Grande abraço e tudo de bom!!

Nana disse...

Linda tudo é blogavel para gente, se os outros não acham problemas deles.
Seu post tá lindo e sei que vc cuidará dela com tanto carinho que o seu tio cuidou de vc.
Já começou, com esse docinhos ela já torna sua fã.
bjs

Grêdja disse...

Nossa, esse docinho me parece mesmo uma delícia, vou fazê-lo com certeza no próximo aniversário aqui em casa. Seu blog é uma delícia.
Parabéns!!!

Axly disse...

É, eu sei como são essas coisas, a gente fica mesmo sem entender e aceitar por um bom tempo. Fazem quase 9 meses que meu pai morreu e ainda estranho muita coisa.
Mas a vida segue né... que bom que tem uma lembrança viva dele.
Estes doces são deliciosos mesmo, ai ai...
Kisss^^

Patricia Scarpin disse...

Tina, e você é queridíssima.

Uai Sô, não sei se daria certo, pois você não teria umidade suficiente para unir todos os ingredientes.
Um abraço!

Si, foi emocionante, sim, o coração ficou mole feito gelatina. :)
Beijos, amiga!

Cláu, obrigada pelas palavras de sabedoria, amiga. E a minha priminha também tem ajudado a minha avó a superar a perda do filho.
Beijão!

Eli, você é tão generosa, obrigada, querida!

Cris, você tem razão!
xoxo

Agdá, acho que desde que não desrespeitemos as pessoas que nos lêem, tudo está dentro do blogável.
Seu pai é um sábio, amiga.

Lu, fiz mesmo com carinho pois a pequena Maria Cecília já tem um lugar especial no meu coração.
Beijo!

Laurinha, você me deixou muito feliz com o teu comentário, beijo grande, querida!

Leila, linda é você, minha amiga.
xoxo

Rita, obrigada pela gentileza, viu?
Beijoca!

Carol, que bom que gostou, obrigada pela visita! Um abraço e muita coisa boa pra você, também!

Nana, fiquei emocionada com o teu comentário, obrigada e um beijão!

Grêdja, espero que faça e que me conte tudo depois! ;)

Axly, sinto pela sua perda... A minha mãe morreu há 22 anos e ainda não consigo digerir o fato...
xoxo

Fabrícia disse...

Patrícia querida....você é encantadora. Acho que as queridas amigas disseram tudo...blogamos aquilo que queremos e gostamos.... o importante é sermos felizes...
Um primor os fofinhos...
Bjcas.

Veggie disse...

Compre pelo menos uma Creusa para a cozinha nova! Eu comprei a panela larga e rasa, é uma beleza pra risoto. A molheira mais estreita e funda também é ótima, aliás.

Denisa Baltazar disse...

Uau, quanta coisa postada. Ainda chegarei l�.
Estou iniciando o meu blog, ap�s uma longa viagem por blogs e blogs culin�rios a vontade foi crescendo.
Fiquei encantada com teu blog, tuas receitas, organiza�o, fotos e coment�rios.
Sempre que poss�vel, darei uma passadinha para conferir as novidades gastron�micas.
A prop�sito, tomei a liberdade de indicar teu blog para que visitantes possam dar uma espiadinha nos teus posts.
Sucessos!

Noelle Aquino disse...

seu blog é inteiramente bem "blogado"! lindas fotos, receitas maravilhosas e vc com certeza é o que vc escreve, parabéns pelo seu bom gosto em tudo, estou sempre aqui "zoiando" suas receitas, adoro visitá-lo sempre que estou na internet!

Noelle Aquino disse...

seu blog é inteiramente bem "blogado"! lindas fotos, receitas maravilhosas e vc com certeza é o que vc escreve, parabéns pelo seu bom gosto em tudo, estou sempre aqui "zoiando" suas receitas, adoro visitá-lo sempre que estou na internet!

Ciça disse...

Nossa Patrícia adorei teu blog! E as receitas são ótimas sério mesmo!! Achei demais!

Migas disse...

Oi Patrícia! Não costumo comentar muito por aqui mas ando sempre atenta aos seus maravilhosos post. Só não quis deixar de dar a minha opinião sobre o blogável ou não. Para mim, cada um saberá o que é ou não blogável. Não vou condenar alguém que tira fotos feiocas (por exemplo que esse não é o seu caso - suas fotos são lindíssimas) e achar que essa pessoa nem sequer deveria ter um blog. Eu admiro bastante a Fer e li o seu post, como aliás leio quase todos. Na altura ela falou das fotos que, eu acredito que estivessem lindíssimas mas, achou por bem não colocar. Por isso, a minha opinião é: se eu quero colocar algo, no meu blog que acho que pode ter interesse, nem que seja só para uma pessoa ou mesmo para mim, eu coloco. Eu gosto bastante dos blogs que nos levam a uma história. Que não sejam só um repositório de receitas.
Quanto às duas meninas da sua família, desejo muita muita felicidade! A vida por vezes é injusta mas eu acredito que virá muitos momentos de felicidade para as duas! :o)

Beijos

Patricia Scarpin disse...

Fabrícia, obrigada pelas palavras de incentivo, querida.
Beijo!

Ivan, bom saber. ;)

Denisa, que bom que gostou e obrigada pela indicação.
Beijo!

Noelle, fico feliz sabendo disso, muito obrigada!!

Ciça, que bom, obrigada!

Migas, fiquei comovida com o teu comentário. Obrigada, de coração. Que bom saber que tenho leitores tão sensíveis e generosos!
Beijo grande!

Pão, Bolos e Cia. disse...

Gostei muito da receita, aliás, já anotei várias.
Costumo fazer brigadeiros, mas vão ao lume, esta receita é diferente.
Fiz há tempo uma receita de docinhos de leite condensado e ameixa, ficaram demais.

Pão, Bolos e Cia. disse...

Gostei muito da receita, aliás, já anotei várias.
Costumo fazer brigadeiros, mas vão ao lume, esta receita é diferente.
Fiz há tempo uma receita de docinhos de leite condensado e ameixa, ficaram demais.

Marcia disse...

Pat, estou numa correria insana, e só agora consegui ler o post com calma. Estou escrevendo cheia de lágrimas nos olhos, so bear with me... Achei o que vc escreveu totalmente blogável because you were speaking from the heart! Vc é especial. Bj

Bia Belliard disse...

Patricia, acho que tudo é blogavel quando se tem vontade de escrever, se isto nos faz bem. Sei bem o que sentiu, e a vida continua, nao da para parar e estes docinhos sao realmente muito fofinhos ! bejinhos

Valentina disse...

O ciclo da vida. Que lindo teres preparado os docinhos da festa da pequena Pat. E apesar de não ter visto a mesa, te conhecendo já imagino a beleza da mesa.Sou louca pelo visual de docinhos de festas brasileiros. E os teus estão delicados!

Val disse...

nossa que delicia encheu a boca de agua parabens divino..

Sofia.... disse...

Eu fiz estes docinhos, banhados em chocolate ao leite...maravilhossssooooo!!! Derrete na boca...obrigada!

Patricia Scarpin disse...

Sofia, que idéia maravilhosa! Obrigada por dividi-la conosco!

Related Posts with Thumbnails