Wednesday, July 15, 2015

Torta de polenta, tomate e abobrinha

English version

Stripy courgette, tomato and polenta tart / Torta de polenta, tomate e abobrinha

Livros de receita recém-adquiridos podem ser uma ótima surpresa, uma enorme decepção ou ficar entre uma coisa e outra – mesmo usando o “Search Inside” da Amazon já tive a minha parcela de arrependimento em algumas compras.

A minha última compra, entretanto, foi uma vitória: o livro de Annie Rigg sobre frutas e o "Take One Veg", de Georgina Fuggle – ambos são lindíssimos e fiquei com vontade de fazer todas as receitas , até mesmo porque não há nada super complicado, só coisas gostosas mesmo.

Fiz uma das receitas da Annie Rigg e ficou uma maravilha, mas mais sobre isso outro dia – a ideia de Georgina de usar polenta como base da torta de legumes foi um sucesso tão grande em casa que tinha de dividir com vocês: até meu marido comeu a torta feliz, e isso é definitivamente algo a ser considerado. :)

A torta foi facílima de fazer e eu a servi com uma saladinha verde para uma refeição saborosa e simples e que pretendo repetir com diferentes legumes e folhas para provar outras variações.

Torta de polenta, tomate e abobrinha
um nadinha adaptada do absolutamente delicioso Take One Veg: Over 100 Tempting Veggie Recipes for Simple Suppers, Packed Lunches and Weekend Cooking

Base:
500ml de caldo de legumes
140g de sêmola de milho para preparo de polenta – eu usei esta aqui (comprei no Pão de Açúcar)
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
50g de queijo parmesão ralado fininho
1 ovo, levemente batido com um garfo
sal e pimenta do reino moída na hora

Recheio:
2 colheres (sopa) de crème fraîche – usei creme azedo (sour cream) caseiro
1 abobrinha pequena, em fatias finas
2 tomates em fatias finas
1 colher (sopa) de folhas de tomilho fresco
50g de queijo parmesão ralado fininho

Comece preparando a polenta: coloque o caldo de legumes em uma panela média e leve ao fogo até que comece a ferver. Em fogo baixo, vá acrescentando a sêmola de milho e mexendo com uma colher de pau, desmanchando quaisquer carocinhos que se formem. Cozinhe por 6 minutos, até a polenta ficar bem espessa.
Retire do fogo, adicione a manteiga e o parmesão e misture até que despareçam. Deixe esfriar por 5 minutos e incorpore o ovo. Tempere com sal e pimenta e deixe esfriar um pouquinho – enquanto isso, preaqueça o forno a 200°C

Unte uma forma de torta quadrada de 21cm com azeite de oliva (eu usei manteiga). Derrame a polenta na forma e com as costas de uma colher ou com as pontas dos dedos untadas com azeite vá arrumando a polenta por todos os cantinhos e laterais da forma, para obter uma base. Espalhe sobre a base o crème fraîche e cobra com metade do parmesão. Sobre o queijo alterne fatias de abobrinha e tomate. Salpique com o tomilho e o restante do queijo.

Asse no centro do forno por 45 minutos, reduza o forno para 180°C e asse por mais 15 minutos. Retire do forno e deixe esfriar por 5-10 minutos para que a torta não desmanche na hora de cortar. Sirva em fatias.

Rend.: 4 porções – fiz a receita acima usando uma forma de 30x10cm – sobrou um tiquinho de polenta que eu moldei como uma panquequinha, grelhei na frigideira com um fio de azeite dos dois lados até dourar e cobri com queijo e orégano para beliscar (há uma foto no Instagram).

A receita diz render 4 porções e aqui ela foi devorada por 2 pessoas (servi com salada verde). :)

8 comments:

O cantinho dos Gulosos said...

que aspeto delicioso.

O Cantinho dos Gulosos

Clara Brito said...

Olá,

Estive a ver as fotos... Parece-me bem essa torta para um almoço ou jantar mais tardio.

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/07/salema-em-crosta-de-sal-com-salada-de.html

Stefânia Barreto Tissot said...

Vou fazer hoje, Patrícia! Mas acho que vou usar queijo de cabra para dar um "zing"... Depois te conto como ficou! Beijos e boa quinta!

Anonymous said...

oi q delicia, mas nao sei se consigo essa semola para polenta!!! tem outra sugestão!!

Aline Bessa said...

Fiz so com abobrinha. Ficou maravilhoooosaaa! Beijos

Patricia Scarpin said...

Anônimo, vc pode tentar fazer com fubá.

Aline, que bom que vc gostou! Adorei saber! Bj!

Stefânia Barreto Tissot said...

Acabei fazendo hoje para meu almoço. Ficou excelente! Usei crème fraîche, que misturei com um pouco de queijo de cabra fresco, e combinou muito bem! É definitivamente uma receita que aceita diversas variações e estou tentada a fazer com cogumelos e alho poró...vamos ver!

Tenho tentado reduzir a quantidade de carne em minhas refeições (com a idéia de quem sabe, talvez um dia, conseguir viver sem), e receitas como essa me deixam super animada com minha resolução.

Beijos e bom fim de semana, Querida!

Patricia Scarpin said...

Stefânia, querida, que bom que vc gostou da receita! Eu também acho super adaptável, dá pra pirar na cobertura da torta e usar mil coisas diferentes!
Amo queijo de cabra, deve ter ficado uma delícia!
Um beijo pra vc, obrigada por vir me contar o resultado!

Related Posts with Thumbnails