quarta-feira, março 24, 2010

Pavê com bolo de papoula

English version

Silver poppy seed cake trifle / Pavê com bolo de papoula

Dá para um pavê feito com uma fatia de bolo bem macio, coberto com chantilly e morangos e salpicado de amêndoas tostadas ficar ruim? Exatamente – não dá.

Do mesmo jeito que um filme com Leonardo DiCaprio, Mark Ruffalo, Ben Kingsley, Max von Sydow, Patricia Clarkson, Jackie Earle Haley e dirigido pelo Sr. Scorsese não tem como dar errado - é uma das melhores coisas que já vi na vida.

Se você ainda não viu “Ilha do Medo”, faça um favor a si mesmo e corra pro cinema mais próximo. :)

Silver poppy seed cake trifle / Pavê com bolo de papoula

Pavê com bolo de papoula
receita do Baking for All Occasions, apresentação inspirada pelo pavê de limão siciliano e framboesa da Nigella

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
2 ¼ xícaras (315g) de farinha para bolo*
1 colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
¼ xícara (60ml) de leite integral
½ fava de baunilha, aberta com uma faca no sentido do comprimento
½ xícara (60ml) de buttermilk
¼ xícara de sementes de papoula
1 colher (sopa) de suco de limão siciliano
200g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 ½ xícaras (300g) de açúcar granulado
4 claras grandes (120ml), ligeiramente batidas com um garfo

Para servir:
1 xícara de creme de leite fresco batido até virar chantilly
1 xícara de morangos frescos, sem os cabinhos e cortados em fatias no sentido do comprimento
3 colheres (sopa) de amêndoas em lâminas, ligeiramente tostadas

Pré-aqueça o forno a 180°C – você vai assar o bolo no centro do forno.
Unte com manteiga ou spray uma forma de 32,5x22,5x5cm**. Forre o fundo com papel manteiga e unte o papel também. Enfarinhe tudo e retire o excesso de farinha.
Deixe todos os ingredientes em temperatura ambiente.

Peneire a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal numa tigelinha. Numa panelinha, aqueça o leite e a fava de baunilha só até amornar. Deixe em temperatura ambiente novamente, cerca de 5 minutos. Retire a fava de baunilha do leite e remova as sementinhas com as costas de uma faca, transferindo-as de volta para o leite. Guarde a fava para outro uso. Despeje o leite aromatizado com a baunilha numa tigelinha, junte o buttermilk, as sementes de papoula e o suco de limão e misture. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, bata a manteiga em velocidade média até que clareie, pareça sedosa e grude nas laterais da tigela, 30-45 segundos. Junte o açúcar em fio, batendo, e então desligue a batedeira para raspar a mistura granulosa que se formará nas laterais da tigela. Continue batendo em velocidade média até a mistura ficar ainda mais clara e fofa, 3-4 minutos.
Com a batedeira ligada em velocidade média, acrescente as claras, 1 a 2 colheres (sopa) por vez, batendo bem a cada adição e antes de acrescentar mais – esse procedimento é importante para as claras de ovo porque uma grande parte delas é formada por água. Se em algum momento a massa parecer aguada ou brilhante demais (sinais de que vai talhar), pare de acrescentar as claras, aumente a velocidade da batedeira para médio-alta e bata até a massa ficar homogênea novamente, retornando à velocidade média em seguida e continuando a adição das claras. Continue batendo, desligando a batedeira para raspar as laterais da tigela com uma espátula de borracha/silicone pelo menos uma ou duas vezes, até que todas as claras tenham sido acrescentadas – a massa deverá ficar fofinha.
Na velocidade mais baixa, junte os ingredientes secos em três adições, alternando com a mistura de buttermilk em duas adições (você deve começar e terminar com os ingredientes secos), batendo até obter uma massa homogênea. Desligue a batedeira para raspar as laterais da tigela com uma espátula de borracha/silicone pelo menos uma ou duas vezes.
Despeje a massa na forma preparada e, com o auxílio de uma espátula de borracha/silicone, espalhe a massa do centro em direção às laterais da forma, criando uma espécie de beirada (o calor é conduzido mais rapidamente próximo às laterais da forma, por isso esse movimento vai garantir que o bolo asse de maneira mais homogênea).
Asse o bolo até que cresça e doure, 38-42 minutos (faça o teste do palito). Transfira para uma gradinha e deixe-o na forma por 10 minutos; com bastante cuidado, desenforme em outra gradinha e deixe esfriar completamente.

Para montar o pavê: corte o bolo já frio em fatias grossas e coloque-as em pratinhos de sobremesa. Cubra com 2-3 colheres (sopa) de chantilly, algumas fatias de morango e salpique com as amêndoas tostadas.

* como não temos farinha própria para bolos aqui no Brasil, usei a seguinte substituição: 1 xícara de farinha para bolos = retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e complete com 2 colheres (sopa) de amido de milho

** fiz metade da receita acima e usei uma forma de bolo inglês de 10x20cm

Rend.: 8-10 porções

15 comentários:

Quéroul disse...

o filme tá na minha agenda pra amanhã!
já o pavê... tem um espacinho na SUA agenda pra eu ir aí comer um pedacinho???

beijão!

Rita disse...

Pati, eu AMEI a ilha do medo, fiquei com o filme na cabeça por um bom tempo, a depois descobri que eu nem entendi o final direito, kkkkk.
Quanto ao bolo, está lindo, como sempre.
bjs

Samy disse...

Ai que fotos deliciosas, fiquei com agua na boca!

Ainda nao vi o filme Pat, vou tentar ver hoje!! :) beijos

moranguita disse...

esta be bonito este pave e a apresentaçao entao ainda da amis vontade de comer essa fatia
beijinhos

Juliana R.M disse...

Oi Patricia! Suas fotos como sempre, lindíssimas!
E na páscoa? Vai ter receitinha especial?
Queria fazer algo com chocolate para dar de presente, mas que não fossem ovos de páscoa. Alguma sugestão? (vc foi a primeira pessoa para quem eu pensei em perguntar, já q tudo q vc faz fica lindo rs)

Boa semana
Beijos
Juliana R.M

Marcia disse...

Hmmm, esse pavê parece maravilhoso, Patricia! Vc encontrou sementes de papoula aqui no Brasil? Bjs

Preta ;) disse...

Lindo lindo lindo.

to babando.

parabéns patricia

Camila Marinho dos Santos disse...

Patrícia toda vez que venho aqui sou surprendida com uma receita deliciosa e essas fotos suas que parecem coisa de revista parabéns como vc faz isso me conta o segredo?
Bjos...

tatiane disse...

Vou ver Ilha do medo semana que vem, vc me convenceu, rs.
Ficou lindo o pavê desse jeito, impossível ficar ruim, acho que ainda regaria com uma caldinha de amaretto por cima do bolo :)
beijos

Liv disse...

Lindo, lindo, lindo!
As sementinhas deram um toque especial no bolo!

Paty mto obrigada pela dica de levar as coisas para o trabalho, mas qdo não se está trabalhando... heheh viu meu dilema? Ficar em casa comendo sem fazer nada o dia todo.... e se eu levar pro pessoal da academia acho q eles me matam! kkkkkk

Enfim, quase fui ver Ilha do Medo, lembrei de vc, mas fomos no Outback fofocar!

Ah e lembrei de vc ontem pq fui na TokStok e vi sua "xicra"!!!! Mas não tinha grande, só a pequena para um cafezinho acho.

Um beijo!

Rose disse...

Tenho receitas maravilhosas com semente de papoula e a sua também aprece ótima, mas onde encontrar as sementes no Brasil?

Fernanda disse...

Oi Pat (quanta intimidade!), simplesmente adoro o seu blog. É um deleite aos olhos... Parabéns!
Você faz cada receita divina, pena que alguns ingredientes como essa semente de papoula eu não encontro em lugar nenhum. Então eu como com os olhos mesmo!
Um beijo muito carinhoso de uma leitora que sempre visita o seu blog de segunda, quarta e sexta. Por que será, né????
Fernanda.

Richie disse...

Que delícia de fotos, Pat! Fiquei bobo aqui!rs

bjim

Patricia Scarpin disse...

Quéroul, depois me conta o que achou?
Quanto ao pavê - pode vir! Tô esperando! :)
Beijo, querida!

Rita, hahah, acho que o filme permite várias interpretações, isso é bem interessante!
Beijo e obrigada!

Samy, darling, obrigada!
Depois me conta o que achou?
xx

Moranguita, obrigada!

Oi, Juliana, obrigada!
Que tal trufinhas ou biscoitinhos, colocados numa caixa bem linda?
Ninguém dá biscoitinho na Páscoa, ficaria bem diferente!
Beijo grande!

Marcia, eu ganhei estas de presente, mas o bolo é bem gostoso, eu o faria mesmo sem as sementinhas!
Beijo!

Preta, obrigada!
Beijo!

Camila, o segredo é luz natural sempre e nunca, nunquinha mesmo usar flash.
Beijo!

Tati, depois me conta o que achou? A caldinha de amaretto é uma idéia ótima, querida!
xx

Liv, eles vão te matar, sim!
Morri de rir aqui contigo. :)
Beijoca!

Rose, elas não estão sendo vendidas, mas o bolo é muito bom, eu o faria sem elas mesmo assim.

Oi, Fer! :)
Pois eu fiquei super feliz com o seu comentário, é sempre bom conhecer as minhas leitoras!
Ah, as sementes não estão sendo vendidas no Brasil, mas o bolo é bem gostoso, eu o faria sem as sementinhas, mesmo!
Continue voltando, sempre - ou às segundas, quartas e sextas. :)
Super beijo e obrigada!

Richie, obrigada!
Beijo!

Valentina disse...

Sou também uma imensa fã do Scorcese. Me uno à tua liga.
Gostei muito desta receita. Estou esperando os morangos . Os morangos daqui são tão bons.

Related Posts with Thumbnails