quarta-feira, novembro 08, 2006

Pizza

Sábado foi noite da pizza em casa.

Desde que comprei este livro (que vem com um DVD) estava querendo fazer alguma receita dele. Algumas, não... Todas! Cada pão, vocês não acreditam. É pra enlouquecer, mesmo.
Mostrei a foto da pizza pro João e ele ficou animado. Eu é que não estava muito segura para preparar a massa. Mas fui em frente. Estava realmente "dadivosa" aquele dia, pois fiz o molho de tomates em casa também:


A receita abaixo rendeu 2 pizzas (30cm diâmetro) e um restinho de massa na geladeira. No dia seguinte, abri pedaços pequenos da massa (do tamanho da minha mão), polvilhei com sal, orégano e cominho em pó e tentei imitar uns petisquinhos deliciosos que são servidos em uma pizzaria aqui de São Paulo, a Vica Pota. Ficaram parecidos!
Na segunda, ainda tinha massa e fiquei com dó de jogar fora - polvilhei sal e bastante orégano, cortei em rodelinhas e fritei (mesmo não gostando de fritar, queria "testar" a massa para esse fim). Deu certo e ficaram boas, apesar de um pouquinho oleosas.

O modo de preparo meio que proíbe o acréscimo de farinha na hora de sovar. Você tem que ir pegando a massa, virando-a e jogando-a no granito, até que ela fique no ponto. Demora um pouco, mas depois a gente vai pegando o jeito.
Mesmo quase "dominando" a técnica do livro, precisei acrescentar um pouco de farinha - 2 colheres (sopa), mais ou menos. Posso estar enganada, mas creio que tenha sido por causa do tipo de farinha usado. A receita pede farinha para pães e aqui não temos isso. Usei farinha de trigo comum.

Não tenho o livro em mãos agora, por isso fico devendo a quantidade de recheio.
Última observação: não consegui ver o DVD em casa, pois o meu aparelho só lê região 4. Meu pobre PC também não leu. Trouxe ao escritório e vi aqui. Se alguém pensar em comprar o livro, já fica avisado.

A idéia de postar vááárias fotos foi do João (que também fez as vezes de fotógrafo).

Pizza


510g de farinha de trigo
15g de fermento biológico fresco (1 tabletinho)
2 colheres (chá) de sal
360ml de água em temperatura ambiente
62ml de azeite de oliva

Coloque a farinha numa vasilha grande (a massa cresce bem), esfarele o fermento com os dedos e misture. Junte o sal, a água e o azeite e mexa até formar uma espécie de "papa" - o autor compara a "mingau".
Jogue no mármore/granito e vá sovando como descrevi anteriormente. Pegue a massa e jogue na bancada (no começo, fiz isso com a ajuda de uma espátula). Tenha fé e não tenha preguiça. Mande ver. Depois de uns 10 minutos, a massa começa a ficar menos grudenta - antes disso, juntei aquela farinhazinha extra.
Faça uma bola e coloque de volta na vasilha, polvilhada com farinha de trigo. Cubra e deixe crescer por 1h10 minutos (ou coloque na geladeira de um dia para o outro). Minha massa descansou por 3 horas.
Abra a massa:


Espalhe o molho de tomate:

E coloque o recheio que preferir (fiz uma de brócolis com cebola e queijo e outra só de queijo):



Leve ao forno pré-aquecido a 240ºC até que a massa esteja dourada.

23 comentários:

valentina disse...

Pat, vou mandar um email pro Richard para dizer que no Brasil fizeram a receita dele com farinha de bolo comum e deu certo. so que tiveram que jogar um pouco de farinha. comentei quando fiz o curso que no Brasil se fazia pao com massa de farinha de trigo comum e ele ficou bobo. Esta massa tambem 'e otima para se fazer uns paezinhos redondos recheados com parma ham/presunto e queijo. O que gosto muito do livro e que todas as massas basicas trazidas vem com muitas variacoes. E realmente acho que talvez a farinha seja a razao de precisar colocar mais pois no curso fizemos todas as massas basicas do livro e nao vai num uma gota a mais da farinha. eu fiz e vivi.tuas pizzas ficaram lindas.Adorei a variacao de sabores e o que fizestes com a massa que sobrou.

Fezoca disse...

Patricia, eu AMOOO pizza e estou sempre a procura da massa perfeita! Vou tentar essa, se me permite! A pizza ficou linda! ;-)))

Super beijo,

Akemi disse...

Patricia, estou a suspirar com suas redondas! Nhammm!
Por sugestão da Val tbm comprei o livro mas ainda não tive inspiração para preparar nenhum pão. Vendo suas pizzas, dá vontade de ir correndo sovar uma massa!

Pipoquitas com Art disse...

Nham Nnham, tantas coisas boas!

Estou divulgando o meu espaço. Entre e aprecie, sua visita é muito importante para mim.
Uma beijoquita
Bia

Cinara disse...

Além de fazer a massa, você ainda fez o molho from scratch?? Isso é que eu chamo de disposição! Eu vivia fazendo massa de pizza antes do meu filho nascer, ou seja, há mais de 8 anos... Hoje eu arrisco uma copycat da massa do Pizza Hut na máquina de fazer pão, e olhe lá!
Mas seu trabalho valeu a pena, porque as pizzas parecem ter ficado lindas e apetitosas!

Cris disse...

Patricia, cá em casa aos fins de semana por vezes tambem meto as mãos na massa e faço umas pizzas caseiras...o meu filhote adora, as suas ficaram com aspecto muito bom...que vontade de tirar uma fatia!!! :D
Esse seu livro com DVD e tudo deixou-me curiosa, qual o nome dele?
Cá em Portugal não devo encontrá-lo, não?
Beijos

Dadivosa disse...

Patrícia, você não precisa estar num dia dadivoso, querida, pois você *já é* Dadivosa!
O que dizer dessa massa espetacular? E o recheio? Você tem o poder, mulher!
Parabéns pela feita!!
;***

Eliana Scaramal disse...

Estou aqui babando, adorei a receita as fotos, tudo tudo tudo. Como disse Dadi, você tem o poder.

Elvira disse...

Esta pizza deixou-me mesmo com água na boca! :-)

gattina disse...

Hi Patricia,
oh what a great baker you are! Although I can't read Spainish, from your fotos I can tell all your pizzas, cakes and bread are done so well. Bravo!
I love that black olive and onion pizza, I think I'll do it today :D

Patricia Scarpin disse...

Valentina, you're so sweet. Adorei o e-mail. Muita generosidade da sua parte, amiga, obrigada.
A nossa "pobreza" de ingredientes aqui é revoltante.
E os pãezinhos com presunto devem ser deliciosos, o João adora pão recheado assim.

Fer, querida, acho que vc vai gostar!! Só tem que ter uma certa paciência, mas o resultado compensa!
Beijo!

Akemi, o livro é maravilhoso, né? Estou querendo fazer os doughnuts, amiga. :D

Cinara, estava com a corda toda aquele dia. Tomates na geladeira que precisavam ser usados, manjericão fresquinho na hortinha da varanda... Tudo conspirava a favor do molho caseiro! risos
Ah, me dá a receita da massa da pizza Hut, depois? Adoro!!!

Cris, obrigada!
Coloquei o link do livrinho no site da Amazon.com, que foi por onde comprei. Beijo!

Dadi, você como a Dadivosa Suprema, me elogiando assim, uau!! Fico até sem graça! :D

Eliana, obrigada! O João já falou que quer bis das pizzas. Tô frita, amiga. :D

Elvira, obrigada! E o seu blog, então? Não dá pra visitá-lo com o estômago vazio... :D

Gatttina, what a pleasure having your comment here, thank you!
Olives are great, aren't they?
Everything on your blog looks delicious, too, those wonderful photos are always a good way to start the day!

Daniela disse...

Patrícia, EU QUERO! Não faço em casa pois não tenho nem forno, nem aquela pedra especial. Quando for pra casa de campo tentarei fazer.
Beijos
P.S. você vai ao encontro do rainhas?

Patricia Scarpin disse...

Dani, tb não tenho a pedra e quero ter!! risos
Fiz na boa e velha forma de alumínio, mesmo. Mas quando for pra casa do papito na praia vou querer fazer no forno a lenha. Aff.... o problema é a galera, vou ter que fazer váaáárias pizzas... :D

Não vou, tenho uma reuniãozinha de amigos em casa no mesmo dia e preciso preparar as comidinhas.
Podíamos marcar qualquer hora uma outra, chamaríamos a Dadi, tb, o que achas?

Bjs e obrigada pelo comentário!

Daniela disse...

Perfeito Patricia é só combinarmos. Pode até ser no meio da semana.
Beijos

Anônimo disse...

Oh yum! Homemade pizza is THE BEST.

Ari (Baking and Books)

Renata disse...

A pizza tá linda!!

Eu tenho medo de não saber fazer molho de tomate, porque meu pai faz um tão gostoso, não quero que o meu seja menos do que o dele, porque eu sei como é um molho delicioso...

Patricia Scarpin disse...

Dani, bacana! Vamos marcar.

Thank you, Ari!! It's so nice to have you around here!

Renata, obrigada!
Seu pai deve ser cozinheiro de mão cheia, hein? :D

Lucia disse...

Oi Patrícia, cheguei aqui através da Eliane Scaramal, e estou deslumbrada nesse mundo culinário que tanto me atrai. Tbm iniciei um blog de receitas, mas ainda nao tenho muitas receitas postadas, espero ter sempre um tempinho livre para postar, visitar e comentar as amigas do ramo.
Vou "linkar" vc, pois sei que preciso voltar mais vezes.
Bjao
Lúcia Hägele

sonia disse...

humm..fantástica pizza essa. Vou ficar com a receita;)

Meg disse...

hum... será que você não tem uma receitinha do molho também??? deu uma vontade de fazer essa pizza!!!
aqui no Japão ainda não achei uma pizza realmente gostosa... a maioria tem uma massa tão fininha que nem parece pizza :(

pizza com amigos é tudo de bom, não!?
arigatou!

Patricia Scarpin disse...

Meg, o molho eu faço a olho, refogo cebola picadinha em azeite, junto os tomates picados sem sementes (a pele eu não tiro, pois nós gostamos), acrescento sal e pimenta, e refogo. Amasso o tomate com um amassador de batatas, dentro da panela mesmo, assim ele solta água e não preciso acrescentar líquido. Deixo apurar, mexendo de vez em quando, e no final junto manjericão fresco.
Espero que goste!

Janaína Queiroz disse...

OI gente, descobri este site hoje por um acaso e já estou fuçando aqui há horas. Bom demais!
Bom, mas aproveitando o tema "pizza" queria saber se alguém sabe fazer uma massa igual ou parecida à "massa pam" da pizza hut. Aquela massa é tudo de bom! Se alguém puder compartilhar, meu e-mail é janaqueiroz@gmail.com.
Por enquanto vou testar esta receita que parece ter ficado ótima! :)

Adri disse...

Todo sábado é pizza day aqui em casa. Nossa massa é bem igual você descreveu aí...
Hoje vou ver se realizo um sonho antigo: comprar uma forma de pedra para pizza.
Beijocas

Related Posts with Thumbnails