Monday, May 21, 2018

Gelatina de manga e limão e o casamento de sábado passado


Gelatina de manga e limão

Vocês assistiram ao casamento real no sábado? Eu não consegui ver, mas depois peguei uns vídeos no Twitter e alguns trechos na TV. A noiva estava linda e Victoria Beckham e Amal Clooney podem dividir o troféu de “Melhor Acessório”. :)

Uma das reportagens que vi no GNT falava sobre os anos problemáticos de Harry, quando nudes dele vazaram e quando foi vestido de nazista a uma festa. Longe de mim defender alguém que coloca uma suástica no braço, mas de onde vejo me parece que ele queria mesmo era chamar a atenção. Harry perdeu a mãe muito jovem, de maneira trágica, e falo de cadeira: crescer sem mãe te destrói. Não há referência para zilhões de coisas, não há um colo onde chorar quando você tem problemas, não há voz da razão para lhe dizer “pare, você está fazendo merda”. Não há carinho, amor, afeto, atenção. Há dias em que é difícil seguir.

Também tive uma fase revoltada, lá pelos idos dos meus 14 anos – eu sentia muita raiva. Raiva do mundo. Mas o ambiente em casa era tão opressor que não sobrava espaço nem tempo para me virar contra tudo e todos. O meu mantra diário era “vou estudar, arrumar um emprego e sair daqui”. Durante a minha fase revoltada nasceu a minha irmã caçula, e além de passar por todo o abuso moral e físico diariamente vindos do meu pai e da mulher dele à época me sobrou a responsabilidade de cuidar de um bebê – nunca fui consultada sobre isso. Apenas jogaram no meu colo, literalmente. Eu tinha vontade de fazer tantas outras coisas, entretanto tinha que levar criança para escola, buscar, alimentar, dar banho, vestir. Vai ver seja por isso que no final das contas desisti de ter filhos – já havia brincado de casinha e não estava com vontade de passar por tudo aquilo novamente.

Harry parece ter encontrado seu caminho e torço muito para que ele continue trilhando-o, guiado pelo amor. O post da Maria Eduarda Carvalho no Instagram me marejou os olhos: por menos tempo que Diana tenha passado com os meninos, plantou uma semente forte e bonita. Eu tenho em mim também plantada a semente de minha mãe e mesmo que os 7 anos que passamos juntas não tenham sido muito tempo carrego comigo ensinamentos e lembranças.

A gelatina de manga que trago hoje me remete aos anos da infância em que um dos vizinhos tinha uma mangueira no quintal e a árvore pendia para dentro do nosso, derrubando mangas doces e perfumadas praticamente em nossas cabeças.

Gelatina de manga e limão
receita minha

1 manga madura de 500g, descascada e picada
½ xícara (120ml) de água filtrada ou mineral, fria
raspas da casca de 1 limão taiti e o suco de 2
3 colheres (sopa) de açúcar – ou adoce a seu gosto (quantidade vai depender da doçura das mangas)
5 folhas de gelatina incolor e sem sabor

Bata a manga e a água filtrada/mineral no liquidificador. Passe por uma peneira e transfira para uma panelinha – você precisará de 600ml de suco no total. Caso consiga menos, complete com água mineral/filtrada. Em uma tigelinha, misture as raspas de limão e o açúcar e esfregue com as pontas dos dedos até aromatizar o açúcar. Junte ao suco de manga.
Encha uma tigela larga rasa com água fria e adicione as folhas de gelatina. Aguarde alguns minutos até que amoleçam. Enquanto isso, aqueça a mistura da panelinha somente até amornar- não aqueça demais ou a gelatina perderá o efeito. Quando o suco estiver morno, retire do fogo. Esprema as folhas de gelatina com as mãos e transfira para o suco, misturando bem até dissolver. Junte o suco de limão e então divida a mistura entre 4 potinhos ou copos. As gelatinas da foto foram servidas com uma colherada de iogurte e raspas de limão.

Rend.: 4 porções

10 comments:

Vi Furrati said...

Sinceridade? Quase chorei lendo seu post. E isso que estava no trabalho...

Parabéns por ser uam pessoa bem resolvida, que consegue se abrir e compartilhar as coisas ruins que aconteceram com o mundo: muita gente pode ter passado ou estar passando pelo mesmo, e ver que outra pessoa conseguiu superar sempre ajuda.

cobaiaamiga.com

Letrícia said...

Queria agora te dar um abraço bem forte, daquele de estalar as costelas.

Aromascom Amor said...

Hummmm, que sobremesa deliciosa!
bjns

Anonymous said...

Que lindo seu texto. Fiquei comovida :(
Andreza

Mariana said...

Que texto bonito! Me emocionei! Você é uma guerreira! Muita admiração, desde o comecinho, desde quando acompanho. Obrigada por compartilhar receitas, opiniões, emoções! 😍

Rita said...

Você traz beleza pro mundo, Pati.
Um beijo.

juzanzan said...

Teus textos e receitas são inspiradores......dá vontade de te dar um abraço e depois ficar horas conversando.
Torço p/ q vc sempre arrume um tempinho p/ vir aqui escrever e nos presentear c/ teus escritos

Amanda said...

Patrícia, a receita é delicada e suave, mas o relato é denso e forte... os obstáculos, se bem aproveitados, nos fazem ter uma compreensão melhor da existência...
Não acompanhei nada do casamento real. Só recebi memes no Whatsapp.
Vou tentar fazer a receita com agar agar.
Beijos

karla dani said...

Receitas com histórias, suas postagens são quase contos (a vida real)

Unknown said...

que desabafo tocante! também senti isso no Harry, muito sofrido tudo o que ele passou... ja vou comprar mangas para testar essa!

Related Posts with Thumbnails