quinta-feira, agosto 25, 2022

Sopa de abobrinha e batata assadas - receita para preguiçosos (eu mesma) - POST ATUALIZADO


Sopa de abobrinha e batata assadas


Ando em um ritmo de trabalho tão insano nas últimas semanas que nem acreditei quando tive um tempinho pra fazer uma receita nova: os finais de semana tem sido de uma preguiça gigante, tão grande quanto o meu volume de trabalho. Tenho me dedicado também à finalização do ebook (tá quase pronto para enviar às minhas leitoras beta, não vejo a hora), mas a coluna de uma mulher de 43 anos sedentária há vários meses não colabora muito, né? Tem horas que fico descadeirada e, mesmo com vontade de editar mais fotos e escrever mais um pouquinho, preciso dar aquela deitadinha básica com os pés pra cima, logo depois de tomar um Dorflex.

(Enquanto escrevo isso, penso na promessa que fiz a mim mesma de voltar a me exercitar o quanto antes).

Portanto, post curtinho hoje acompanhado de uma receita MUITO preguiçosa: uma sopa que resolvi fazer quando abri o gavetão de legumes e separei duas abobrinhas para refogar para o almoço. Lembrei das batatas na bancada e, como estava frio demais, ligar o forno ia deixar o apartamento mais quentinho: joguei tudo em uma assadeira, reguei com azeite, temperei e assei. Depois foi só bater com o mixer e pronto.

Eu dificilmente descasco batatas quando asso, mas se você quiser uma sopa menos rústica e de sabor mais suave, descasque as suas. Usei manteiga na sopa para dar sabor e ajudar na textura, mas se quiser uma sopa vegana omita a manteiga e dobre a quantidade de azeite.

UPDATE: queridas e queridos, esqueci de avisar: o Feedburner foi desativado, e por isso precisei alterar o serviço de envio de novos posts do blog. Estou usando o Follow.it, portanto vocês receberão os emails enviados por eles. Obrigada à querida leitora Liana Siag por me escrever a respeito disso! 


Sopa de abobrinha e batata assadas

receita minha

 

- xícara medidora de 240ml

 

Legumes assados:

2 abobrinhas médias (520g no total) – sempre prefiro as de casca mais escura e menores, pois são menos aguadas

2 batatas grandes (400g no total)

1 cebola pequena (150g), descascada

3 dentes de alho

3 colheres (sopa) de azeite de oliva

sal e pimenta do reino moída na hora

 

Para finalizar a sopa:

1 ½ xícaras (360ml) de caldo de legumes

1 ½ xícaras (360ml) de água fervente

2 colheres (sopa) – 28g – de manteiga sem sal

1 colher (sopa) de azeite de oliva extra-virgem

 

Preaqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira grande e rasa com papel alumínio deixando sobrar um pouquinho dos lados, para que depois fique fácil mover os legumes.

Remova as pontas das abobrinhas e então corte-as em fatias de aproximadamente 1,5cm de espessura. Corte as batatas em pedaços de 1,5cm também – se quiser, descasque, eu mantive a casca. Corte a cebola em pedaços médios. Transfira os vegetais para a assadeira, junte os dentes de alho (ainda na casca) e regue com o azeite, envolvendo-os bem. Tempere com sal e pimenta do reino, misture bem, e leve ao forno por 45-50 minutos, ou até que os legumes estejam bem macios – importante assar bem as batatas para que não fiquem “encruadas”. Retire do forno com cuidado para não se queimar.

Transfira os legumes para uma panela alta, retirando a casca dos dentes de alho. Junte o caldo de legumes, a água, a manteiga e o azeite extra-virgem e leve ao fogo para aquecer. Quando ferver, desligue e bata com um mixer até obter um creme rústico – se desejar, use o liquidificador: eu confesso que uso o mixer por pura preguiça de lavar o copo do liquidificador. 😊 Verifique se precisa ajustar o sal e a pimenta, e então sirva – junte mais caldo e/ou água se desejar uma sopa menos espessa.

Rend.: 4 porções – aqui o João comeu 3, socorro :D


2 comentários:

Anônimo disse...

Olá Patrícia.,Feliz de ver mais um post seu!!! Espero ser leitor beta para receber o ebook. Abraços

Luiza Schneider disse...

Oi, Patrícia! Nossa, quero fazer hoje já!! Deu água na boca! Uma pergunta (vc já respondeu na receita, mas enfim): coloca a batata e a abobrinha juntas no forno mesmo? Não tem risco de queimar a abobrinha por ela cozinhar mais rápido que a batata? Pode ser o meu forno também, que é forte demais. Um beijo pra vc!

.