Tuesday, March 23, 2021

Macarrão com molho de tomate e bacon

Macarrão com molho de tomate e bacon

Aqui em casa sempre adoramos macarrão, e nas épocas em que o Pingo ficava aqui conosco aos sábados o bolonhesa era quase que obrigatório: em uma das vezes fiz arroz, almôndegas e batata “frita” de forno, ele reclamou que queria macarrão. :)

Nesta quarentena o macarrão se tornou um herói: nos dias quem estou com muita pressa é nele que me apoio para um almoço rápido. Os molhos não são muito elaborados quando estou na correria, mas de vez em quando dá pra caprichar um pouquinho mais. Sempre tenho bacon no freezer – nos meus seis anos como vegetariana em um passado longínquo, bacon foi realmente a única coisa de que senti falta – e botei pra jogo fazendo um molho inspirado no clássico macarrão alla matriciana. Já aviso que é a minha versão, para que nenhum descendente de italianos venha aqui com o dedo em riste. :D

Sobrou um pouquinho do molho e para o jantar espalhei em fatias de pão, cobri com queijo e levei ao forno até o pão tostar e o queijo derreter – incrivelmente simples e delicioso.

 

Macarrão com molho de tomate e bacon

receita minha

 

- xícara medidora de 240ml

 

200g de macarrão, massa longa da sua preferência – usei fettuccine

Molho:

4 fatias de bacon

½ cebola grande bem picadinha

2 dentes de alho bem picadinhos

1/3 xícara (80ml) de vinho tinto seco

1 lata de (400g) de tomates pelados picados

1 folha de louro

2 colheres (chá) de açúcar

sal e pimenta do reino moída na hora

2 colheres (sopa) de folhas de orégano fresco – aperte as folhas na colher na hora de medir; use manjericão se não encontrar orégano

parmesão ralado fininho para servir

Em uma panela grande, aqueça água até ferver. Acrescente sal. Quando ferver, adicione o macarrão e cozinhe pelo tempo indicado na embalagem – enquanto a água ferve e o macarrão cozinha, prepare o molho.

Aqueça uma panela média em fogo alto. Acrescente o bacon e frite até ficar crocante. Retire da panela com uma escumadeira e transfira para um prato. Reserve.

Na gordura do bacon, refogue a cebola, mexendo ocasionalmente até que fique macia e transparente. Junte o alho e refogue por 1 minuto – não deixe queimar para não amargar.

Acrescente o vinho e cozinhe por 1 minuto. Junte o tomate, o louro, o açúcar e misture, tempere com sal e pimenta do reino (cuidado com o sal, pois o bacon já é salgadinho). Acrescente ½ lata de água (use a lata do tomate para medir), misture e cozinhe por aproximadamente 15 minutos, mexendo algumas vezes para não grudar no fundo da panela – o molho vai ficar encorpado.

Retire do fogo, junte as folhas de orégano e misture bem. Incorpore o bacon reservado.

Escorra o macarrão, reservando ¼ xícara (60ml) da água do cozimento. Transfira o macarrão escorrido para a panela com o molho e cozinhe por 1 minuto, misturando bem – se o molho estiver seco demais, junte a água reservada, aos poucos. Sirva imediatamente polvilhado com queijo ralado.

Rend.: 2 porções, com uma sobrinha (daria para 3 porções de 80g de macarrão cada)

Tuesday, March 09, 2021

Bolo formigueiro de iogurte, amêndoa e limão e um dia atípico

English version

Bolo formigueiro de iogurte, amêndoa e limão


Depois de meses sem fazer um bolinho para o café, senti uma vontade enorme preparar uma receita nova, bem gostosa, para alegrar a tarde chuvosa de sexta-feira.

Em um dia atípico, acordei com uma disposição que havia muito tempo não sentia: levantei cedinho, liguei o forno, bati a massa do bolo e, enquanto ele assava e perfumava minha casa, escrevi uma newsletter nova com bastante carinho (se você quiser receber as minhas cartinhas, clique aqui e se inscreva). Eram pouco mais de seis da manhã e a luz entrando pela varanda me dava energia.

Enquanto escolhia as receitas a serem enviadas e preparava o texto, um bem-estar tomou conta de mim e foi como um bálsamo: não me lembrava mais de quando havia me sentido daquele jeito pela última vez, especialmente quando o assunto envolvia comida, receitas. A sensação era tão gostosa que, se eu pudesse, a teria guardado em um potinho.

Ao tirar o bolo do forno, tão lindo e dourado, torci para que ficasse gostoso, não somente para o nosso café da tarde, mas também para dividir com vocês a receita. Desenformei o bolo e deixei esfriando na bancada. Horas depois, cortei uma fatia e provei: estava realmente delicioso. Minha cabeça, que anda tão cansada, imediatamente já começou a pensar na foto, em qual tecidinho eu usaria, quais cores combinariam mais com o bolo. Abri meu armário de louças e fui bolando o que me agradaria mais. Preparei tudo, tirei as fotos, e novamente aquela sensação gostosa voltou. Se eu pudesse, transformaria aquela sensação em uma vela perfumada.

De coração quentinho, com bolo gostoso para o café e um dia bastante produtivo, por um momento me senti como a Patricia de outras épocas. Espero que ela apareça por aqui vez ou outra – eu estava com saudade.


Bolo formigueiro de iogurte, amêndoa e limão

um nadinha adaptado do Epicurious, de novo!


 - xícara medidora de 240ml

 

180g de farinha de trigo

45g de farinha de amêndoa – use a farinha de oleaginosa que preferir

2 colheres (chá) de fermento em pó

¼ colher (chá) de sal

1 xícara (200g) de açúcar, cristal ou refinado

raspas da casca de 2 limões taitis grandes

¾ xícara (180g) de iogurte natural integral

½ xícara (120ml) de óleo vegetal – usei de canola

2 ovos grandes, temperatura ambiente

1 colher (sopa) de Amaretto – opcional

1 colher (sopa) de suco de limão

½ colher (chá) extrato de baunilha

3 colheres (sopa) de chocolate granulado

Preaqueça o forno a 180°C. Pincele levemente com óleo uma forma de bolo inglês com capacidade para 6 xícaras de massa (1 litro e meio), forre com papel manteiga deixando sobras nos dois lados mais longos, formando “alças” que vão lhe ajudar a remover o bolo depois de assado. Pincele o papel com óleo também.

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o fermento e o sal. Reserve.

Em uma tigela grande, junte o açúcar e as raspas dos limões e esfregue com as pontas dos dedos até que o açúcar fique aromatizado. Junte o iogurte, o óleo, os ovos, o Amaretto (se usar), o suco de limão e a baunilha e misture usando um batedor de arame, até obter uma massa homogênea. Com uma espátula de silicone, incorpore os ingredientes secos, deixando 1 colher (sopa) deles reservada para envolver o granulado – se a massa ficar muito engrumada, misture levemente com o batedor de arame, mas não bata demais para não desenvolver o glúten da farinha. Acrescente o granulado aos ingredientes secos reservados, misture bem para envolvê-los, e então junte tudo à massa e misture.

Despeje a massa na forma preparada e alise a superfície. Asse por 50-55 minutos ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 15 minutos, e então remova com cuidado da forma, usando o papel como guia. Transfira para a gradinha e deixe esfriar completamente.

O bolo pode ser guardado em um recipiente hermético por até 3 dias.

Rend.: 8 porções

Related Posts with Thumbnails