segunda-feira, janeiro 23, 2012

Torta de verdura

English version

Golden mixed greens pie / Torta de verdura

Pode parecer que eu vivo de doces, mas não – também como comida salgada e tento consumir legumes e verduras freqüentemente. :)
Esta torta é deliciosa e não é difícil de preparar – vocês só precisam se planejar para que haja tempo de a massa crescer; além disso, ela pode ser preparada com antecedência e reaquecida antes de servir.

Torta de verdura
um tiquinho adaptada do lindíssimo Home Baking: The Artful Mix of Flour and Traditions from Around the World

- xícara medidora de 240ml

Massa:
1 colher (chá) de fermento biológico seco
2 colheres (sopa) de leite integral morno
1 xícara (140g) de farinha de trigo comum
2 ovos grandes
1 colher (sopa) de açúcar, de preferência orgânico
¾ colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (60g) de farinha para bolo*
manteiga derretida, para pincelar

Recheio:
1 maço grande de qualquer verdura amarga - o livro pede dandelion greens; usei escarola
1 maço grande de espinafre
½ colher (sopa) de azeite de oliva + um pouquinho extra, se necessário
1 dente de alho, amassado
1 cebolinha, a parte branca e quase toda a parte verde
sal, a gosto (cerca de ¾ colher (chá))
1/8 colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1 ½ colher (sopa)s de pignoli, levemente tostados e frios

Comece preparando a massa: dissolva o fermento no leite morno e junte 1 ½ colheres (sopa) da farinha de trigo comum.
Quebre os ovos na tigela grande da batedeira e bata-os ligeiramente com um garfo. Junte a mistura de fermento, a farinha de trigo comum restante e, usando o batedor em formato de gancho, misture em velocidade baixa até ficar bem homogêneo. Junte o açúcar, o sal e a manteiga e bata bem. Junte a farinha para bolo e sove em velocidade baixa por 5 minutos ou até homogeneizar.
Transfira a massa para uma tigela grande, levemente untada com manteiga, cubra bem com filme plástico e deixe crescer até dobrar de volume, cerca de 2 horas.
Enquanto isso, prepare o recheio: corte as verduras em pedaços de aproximadamente 2,5cm e descarte os talos mais duros. Em uma panela bem grande, aqueça o azeite em fogo médio. Junte o alho e a cebolinha e refogue por 1 minuto, até que a cebolinha comece a amaciar. Aumente para o fogo alto, junte as verduras, o sal e a pimenta e refogue rapidamente, mexendo sempre, por cerca de 1 minuto ou até que as verduras murchem (faça isso em etapas caso a panela não comporte toda a quantidade de verduras). Transfira as verduras para um prato e deixe esfriar. Corrija o sal se necessário, junte a noz-moscada e o pignoli e misture.

Pré-aqueça o forno a 230°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel alumínio e pincele o papel com azeite ou óleo.
Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada e corte em dois pedaços, um ligeiramente maior do que o outro – o maior será a parte inferior da torta.
Achate o pedaço maior de massa e abra-o em um formato ovalado de aproximadamente 40x25cm. Transfira para a forma preparada. Pressione o recheio em uma peneira e aperte-o com as mãos para extrair o máximo de líquido possível. Espalhe sobre a massa na assadeira, deixando uma beirada de 2,5cm sem recheio. Abra o outro pedaço de massa em outro formato ovalado de aproximadamente 37x20cm e coloque-o sobre o recheio. Dobre as extremidades, unindo-as, para fechar bem o recheio. Com uma faca bem afiada faça cortes no topo da massa. Pincele com manteiga derretida (esqueci de fazer isso).
Asse a torta por 8 minutos, abaixe a temperatura do forno para 200°C e asse por mais 8-10 minutos ou até que a torta esteja bem dourada.
Transfira para uma gradinha e deixe esfriar por 20 minutos. Sirva morna ou em temperatura ambiente.

* farinha para bolo caseira: para preparar 1 xícara de farinha para bolo retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e adicione 2 colheres (sopa) de amido de milho

Rend.: 8-10 porções

sexta-feira, janeiro 20, 2012

Bolo de doce de leite

English version

Dulce de leche pound cake / Bolo de doce de leite

Enquanto atualizava a minha lista de livros – algumas novas adições, como lhes contei um tempo atrás – fiquei pensando em um jeito de torná-la mais funcional e interessante: por isso, mudei um pouquinho as coisas. Espero que vocês gostem.

Ah, e além de livros temos bolo por aqui hoje também – e é absolutamente divino. :)

Bolo de doce de leite
um pouquinho adaptado da O, The Oprah Magazine

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras (340g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara de doce de leite
2 xícaras (350g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 xícara (200g) de açúcar cristal, de preferência orgânicos
1 ½ colheres (sopa) de extrato de baunilha
6 ovos, de preferência orgânicos
3 xícaras (420g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 colher (chá) de canela em pó
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga duas formas de bolo inglês de 22x12cm*.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o doce de leite, o açúcar mascavo e o cristal até obter um creme claro e fofo. Junte a baunilha e os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Junte e farinha, o fermento em pó, o sal e a canela e bata para incorpora.
Transfira a massa para as formas preparadas e alise a superfície. Asse até que os bolos dourem e cresçam, 60-75 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas formas sobre uma gradinha por 45 minutos e então desenforme com cuidado. Deixe esfriar completamente sobre a gradinha.
Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

* Já preparei esta receita duas vezes usando formas diferentes: fiz metade da receita acima usando uma forma de bolo inglês de 25x10cm e 2/3 da receita cima usando uma forma de 20x30cm. Em ambas as vezes o bolo afundou um tiquinho no centro; de acordo com Dan Lepard – vocês não imaginam o quanto ando adorando seu "Short and Sweet" – isso ocorreu porque faltou farinha na massa; por isso, da próxima vez que preparar esta receita (haverá próximas vezes, pois o bolo é muito gostoso) aumentarei a quantidade de farinha

Rend.: 2 bolos

quarta-feira, janeiro 18, 2012

Biscoitos (irresistíveis) de coco - e ainda por cima fáceis de fazer

English version

Coconut chews / Biscoitos (irresistíveis) de coco

Nunca preparei uma receita da Paula Deen – me arrependo bastante disso depois de dar uma espiada no site dela – mas já ouvi falar dela, dezenas de vezes, e sempre que vejo seu nome penso em manteiga, creme de leite e açúcar em quantidades generosas. E friturinhas. Nham. Tenho de experimentar uma de suas receitas. Logo. :D

Ao folhear o lindo livro de receitas do Loveless Cafe tentando decidir qual seria a primeira receita dele a ser preparada – tarefa difícil – vi estes cookies de coco e antes da receita havia o seguinte texto (tradução livre):

“Ao visitar o restaurante Paula Deen deixou bem clara sua paixão por coco. Estes biscoitos –amanteigados, encorpados e cheios de coco – tornaram-se seus favoritos. Ela até mesmo embrulhou alguns que haviam sobrado no prato e levou consigo.”

Parei de procurar e fui direto pra cozinha; conhecendo um pouquinho da reputação de Paula Deen substituí metade do coco adoçado por coco sem açúcar. Os biscoitos ficaram deliciosos e irresistíveis. :D

Biscoitos (irresistíveis) de coco
do lindão Desserts from the Famous Loveless Cafe: Simple Southern Pies, Puddings, Cakes, and Cobblers from Nashville's Landmark Restaurant

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ½ xícaras (300g) de açúcar cristal, de preferência orgânico
1 colher (chá) de extrato de baunilha
2 ovos, de preferência orgânicos
2 1⁄3 xícaras (326g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
2 ¼ xícaras (225g) de coco em flocos adoçados
2 ¼ xícaras (225g) de coco em flocos sem adição de açúcar

Pré-aqueça o forno a 190°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter uma mistura cremosa e clara. Junte os ovos, um a um, e raspe as laterais da tigela. Acrescente a farinha e o bicarbonato e misture bem.
Com o auxílio de uma espátula, misture o coco à massa. Coloque porções de 1 colher (sopa) cheia de massa nas assadeiras preparadas deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 15 minutos, girando a assadeira na metade do tempo de forno. Os cookies estarão prontos quando espalharem e dourarem nas extremidades. Deixe esfriar completamente nas assadeiras sobre uma gradinha.

Rend.: cerca de 3 ½ dúzias de biscoitos – fiz metade da receita acima, usei 1 colher (sopa) nivelada de massa por cookie e consegui 35

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Torta crumble de framboesa – a torta mais fácil da sua vida + o melhor ator do mundo

English version

Raspberry crumble tart / Torta crumble de framboesa

Assisti a “O Espião que Sabia Demais” sábado passado e o fantástico filme – que elenco maravilhoso! – vai para a minha lista de razões pelas quais Gary Oldman é um dos melhores atores atualmente – possivelmente o melhor que vi atuando (Robert De Niro perdeu esse lugar há bastante tempo). Entretanto, o filme não é para todos – vi algumas pessoas indo embora muito antes do final. Bem, azar o delas. Já tinha amado o filme e este vídeo me fez admirá-lo ainda mais.

A foto desta torta no livro me deu água na boca e depois de ver o quão simples a receita era a adorei ainda mais: uma base nada complicada (a massa também funciona como a cobertura crumble) e que não precisa de geladeira antes do forno nem de ser pré-assada antes de levar o recheio + um recheio feito apenas de framboesas e açúcar – não dá pra ser mais fácil do que isso. Nem mais gostoso. :)

Torta crumble de framboesa
do The Grand Central Baking Book

- xícara medidora de 240ml

Massa:
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¾ xícara (150g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Recheio:
2 xícaras de framboesas, frescas ou congeladas – usei congeladas, sem descongelar antes
3 colheres (sopa) de açúcar granulado, de preferência orgânico

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma de aro removível de 25cm de diâmetro*.
Massa: em uma tigelinha, misture a farinha e o sal. Na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, bata a manteiga e o açúcar em velocidade média por cerca de 3 minutos ou até obter uma mistura cremosa e clara. Junte a baunilha. Reduza para a velocidade baixa e junte os ingredientes secos, misturando somente até obter uma massa farelenta – isso acontecerá rapidamente; não misture demais ou obterá uma bola de massa (o que não é desejado). Separe 1 xícara de massa em uma tigela e leve à geladeira. Espalhe a massa restante sobre a forma preparada, fazendo com que um pouquinho de massa suba pelas laterais da forma. Pressione a massa na forma e faça furinhos por toda a sua extensão com um garfo. Asse por 25 minutos ou até que doure bem.
Retire a forma do forno e espalhe as framboesas sobre a massa. Salpique as framboesas com o açúcar – esqueci de fazer isso, daí espalhei o açúcar sobre a massa mesmo. Cubra as framboesas com a massa reservada na geladeira.
Asse por 35-40 minutos ou ate que as frutas comecem a desmanchar e soltar seu suco e a cobertura doure levemente. Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, antes de desenformar.

* fiz exatamente a receita acima usando uma forma rasa de torta de 24cm de diâmetro (com fundo removível); usei 1 ½ xícaras de massa para a cobertura

Rend.: 8 porções

sexta-feira, janeiro 13, 2012

Bolo de banana e coco com cobertura de limão

English version

Banana coconut cake with lime icing / Bolo de banana e coco com cobertura de limão

Eu amava rosa quando era pequena – como lhes contei um tempo atrás – e adoro o “Baking by Flavor” da Lisa Yockelson’s – por isso, quando vi esse livro sabia que teria de tê-lo. Ah, sou bem superficial às vezes, admito. :)

Este bolo de banana delicioso e úmido vem do livro rosa e bem mulherzinha da Lisa – se o livro fosse um diretor de cinema certamente seria o Baz Luhrmann. :D

Bolo de banana e coco com cobertura de limão
um tiquinho adaptado do lindo Baking Style: Art, Craft, Recipes

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (200g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
2 ovos grandes, de preferência orgânicos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de bananas maduras e amassadas (cerca de 3 bananas médias)
3 colheres (sopa) de iogurte
¾ xícara (75g) de coco em flocos adoçados

Cobertura:
1 ¼ xícaras (175g) de açúcar de confeiteiro
1 colher (sopa) de suco de limão tahiti, ou mais se necessário

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma de bolo inglês 22x12x7cm*.
Em uma tigela média peneire a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal.
Na tigela grande da batedeira bata a manteiga por 3 minutos. Acrescente o açúcar em duas adições e bata até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo por 1 minuto depois de cada adição. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Junte a baunilha.
Em velocidade baixa, acrescente metade dos ingredientes peneirados. Junte a banana e o iogurte, seguidos pelo restante dos ingredientes peneirados, batendo apenas até incorporá-los. Com a espátula, misture o coco à massa.
Transfira a massa para a forma preparada e asse por cerca de 1 hora ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe o bolo esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 10-12 minutos, e então desenforme com cuidado sobre a gradinha. Deixe esfriar completamente.
Cobertura: peneire o açúcar de confeiteiro em uma tigelinha e acrescente o suco de limão, misturando até obter a consistência desejada. Espalhe sobre o bolo já frio.

* fiz a receita acima usando uma forma de bolo inglês de 20x9cm o que quase se tornou um desastre; por isso, recomendo usar o tamanho de forma pedido na receita

Rend.: 8-10 porções

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Geléia de ameixa e cereja + scones

English version

Cherry plum preserves + scones / Geléia de cereja e ameixa + scones

Geralmente não compro livros de receita sem folheá-los antes – fiz isso algumas poucas vezes e acabei me decepcionando. Entretanto, depois de ler as resenhas de quem comprara "Sarabeth's Bakery: From My Hands to Yours" e ver uma foto de um dos cookies do livro senti que iria adorá-lo – e foi o que aconteceu. O livro é cheio de ótimas receitas e lindas fotos e há várias receitas de geléia, que é algo que pretendo preparar com mais freqüência, especialmente depois de provar esta geléia de ameixa e cereja, uma das receitas mais deliciosas que já fiz. Tenho certeza de que a geléia ficaria ótima servida sobre panna cotta ou com uma fatia de um pound cake simples ou bolo de claras, mas optei por um caminho tradicionalmente inglês e assei scones para acompanhar. Combinação fantástica.

Geléia de ameixa e cereja
do lindíssimo Sarabeth's Bakery: From My Hands to Yours

900g de cerejas frescas, sem os caroços e cortadas ao meio
900g de ameixas maduras, sem os caroços e em cubinhos de pouco mais de 1cm
½ xícara (120ml) de suco de laranja fresco
3 xícaras (600g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1/3 xícara (80ml) de suco de limão siciliano fresco

Misture as cerejas, as ameixas e o suco de laranja em uma panela grande - não use panela de alumínio, cobre ou ferro. Leve ao fogo alto, mexendo com freqüência, até começar a ferver. Reduza para fogo médio-baixo e continue cozinhando, mexendo com freqüência, até que as frutas fiquem macias, cerca de 15 minutos.
Junte o açúcar e o suco de limão e deixe ferver novamente. Continue cozinhando em fogo médio-baixo, mexendo freqüentemente, até que as frutas se desmanchem e formem um purê pedaçudo, cerca de 20 minutos – as ameixas se dissolveram completamente e as cerejas ficaram em pedaços.
Deixe esfriar completamente, transfira para vidros e guarde na geladeira.

Rend.: 4 litros – fiz metade da receita acima usando 500g de cerejas + 400g de ameixas

Scones
da sempre maravilhosa Donna Hay Magazine

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
2 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1/3 xícara (67g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1 pitada de sal
3 colheres (sopa) - 42g - de manteiga sem sal, gelada e picada
¾ xícara (180ml) de leite integral + um pouquinho extra para pincelar

Pré-aqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira de beiradas baixas com papel manteiga.
Coloque a farinha, o fermento, o açúcar e o sal em uma tigela média. Misture. Junte a manteiga e misture-a aos ingredientes secos usando as pontas dos dedos, até obter uma farofa grossa. Junte o leite e, usando uma faca sem ponta ou um garfo, misture até obter uma massa grudenta e macia. Transfira para uma superfície levemente enfarinhada e sove muito levemente, até formar um círculo de aproximadamente 3cm de espessura.
Com um cortador redondo de 5cm corte os scones e coloque-os na forma preparada. Pincele o topo dos scones com leite e asse por 15 minutos ou até que cresçam e dourem levemente.
Sirva morninhos com a geléia.

Rend.: 12 scones

segunda-feira, janeiro 09, 2012

Muffins de mirtilo e maracujá

English version

Blueberry and passion fruit muffins / Muffins de mirtilo e maracujá

Depois de assistir ao novo trailer de “The Dark Knight Rises” sinto que vem uma obra-prima por aí – eu não espero nada menos de Christopher Nolan. Estou ansiosa para ver Tom Hardy como o vilão e adorei a adição de Marion Cotillard ao elenco – acho até que ela seria perfeita como Mulher Gato, com aqueles olhos felinos (desculpe, Anne Hathaway). :)

Encontrei a receita de muffin de mirtilo perfeita há alguns meses mas não pude resistir à idéia de um muffin de mirtilo com maracujá – estes muffins ficaram gostosos e os sabores combinam lindamente, mas da próxima vez acrescentarei polpa de maracujá à receita da Flo Braker – os muffins dela são superiores tanto em sabor quanto em textura.

Muffins de mirtilo e maracujá
um pouquinho adaptados do Entertaining

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara + ½ colher (sopa) - 110g - de farinha de trigo
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de canela em pó
1 pitada de sal
½ xícara (100g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
½ xícara de creme azedo (sour cream) ou iogurte natural
2 ½ (35g) colheres (sopa) de manteiga sem sal, derretida
raspas da casca de ½ limão siciliano
1 ovo grande
½ colher (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara (80ml) de polpa de maracujá, com as sementes
½ xícara de mirtilos, frescos ou congelados – usei congelados e deixei-os fora do freezer por 20 minutos antes de usar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte generosamente com manteiga 8 cavidades de uma forma de muffin – 1/3 xícara (80ml) de capacidade cada; encha as cavidades vazias até a metade com água.
Em uma tigela grande, misture a farinha, o fermento, a canela, o sal e o açúcar. Em uma tigelinha, bata bem com um garfo o creme azedo (ou iogurte), a manteiga, as raspas de limão, o ovo, a baunilha e a polpa de maracujá. Junte esta mistura aos ingredientes secos e misture levemente com um garfo – não misture demais ou os muffins ficarão duros; massa de muffin não é lisa e homogênea como massa de bolo. Junte os mirtilos e misture ligeiramente. Divida a massa entre as forminhas preparadas, enchendo-as até ¾ de sua capacidade. Asse por 20 minutos ou até que dourem e cresçam (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha por 10 minutos. Desenforme com cuidado e transfira os muffins para a gradinha. Sirva morninhos ou em temperatura ambiente.

Rend.: 8 unidades

sexta-feira, janeiro 06, 2012

Pizza sem massa da Nigella

English version

Nigella's crustless pizza / Pizza sem massa da Nigella

Fui ao cinema assistir a “Imortais” só por causa de Tarsem Singh; seu trabalho é visualmente tão único que mesmo que eu não soubesse que ele dirigira o filme teria adivinhado ao ver a primeira cena. Confesso não ter gostado muito do filme: elenco ruim (com exceção do ótimo John Hurt) e roteiro idem; entretanto, o visual é absolutamente fantástico.

Agora, me digam: pizza sem massa – isso não é a cara da Nigella? A receita vem do lindo e delicioso "Nigella Kitchen" e é bem fácil, gostosa e vocês podem ser criativos à vontade com as coberturas – uma refeição rápida perfeita.

Pizza sem massa da Nigella
do fabuloso "Nigella Kitchen"

1 ovo
2/3 xícara (95g) de farinha de trigo comum
sal a gosto
pimenta do reino a gosto (opcional)
1 xícara (240ml) de leite integral
1 xícara de Cheddar ralado – usei mozarela comum e deu super certo
5-6 fatias de pepperoni ou salame (opcional)
orégano seco, a gosto

Pré-aqueça o forno a 200°C. Unte com manteiga uma forma refratária de 20 ou 22cm de diâmetro (usei um Pirex e deu super certo).
Em uma tigela, bata o ovo com a farinha, o sal, a pimenta (se for usar), e o leite até obter uma massa homogênea, parecida com a massa de panqueca. Junte metade do queijo e misture. Despeje na forma e leve ao forno por 30 minutos ou até que as beiradas dourem. Retire do forno, cubra a massa com o queijo restante, o pepperoni e o orégano e volte ao forno até derreter o queijo, 2-3 minutos.
Sirva em fatias (com uma salada, se quiser).

Rend.: 2 porções

quarta-feira, janeiro 04, 2012

Bolo de quase-sogra - um bolo preparado por causa do nome (e que ficou super gostoso)

English version

Almost mother-in-law cake / Bolo de quase-sogra

Apesar das minhas promessas de não comprar mais livros de receita acabei com um punhado de títulos novos em casa; um deles é “From Season to Season – a Year in Recipes” e depois de folhear o lindo livro escolhi este bolo delicioso para ser a primeira receita a ser testada – preparei até casca de laranja em calda para a receita, afinal de contas, quem pode resistir a um bolo com um nome assim? ;)

Almost mother-in-law cake / Bolo de quase-sogra

Bolo de quase-sogra
um tiquinho adaptado do lindo From Season to Season – a Year in Recipes (o meu foi comprado aqui)

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
1 1/3 xícaras (300g) de manteiga sem sal, amolecida
2 ½ xícaras (500g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
4 ovos grandes, de preferência orgânicos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo, peneirada
75g de cacau em pó, peneirado
2 colheres (chá)s de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (120ml) de leite integral, temperatura ambiente
½ xícara (120ml) de água fervente
raspas da casca + o suco de 1 laranja
1 xícara (110g) de pecãs, picadas

Ganache:
¼ xícara (60ml) de creme de leite fresco
75g de chocolate meio-amargo, picado
½ colher (sopa) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
casca de laranja em calda, para decorar – receita aqui

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de aro removível de 25cm de diâmetro. Forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.
Prepare o bolo: na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição e raspando as laterais da tigela com uma espátula ocasionalmente. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, acrescente a farinha, o cacau, o fermento, o sal, o leite, a água, as raspas e o suco de laranja. Bata até obter uma massa homogênea. Com o auxílio da espátula, misture as pecãs. Despeje a massa na forma preparada e asse por 50-60 minutos ou até que o bolo cresça e firme (faça o teste do palito). Deixe esfriar completamente na forma, sobre uma gradinha. Desenforme com cuidado, remova o papel manteiga e transfira o bolo para um prato de servir.
Ganache: aqueça o creme de leite em uma panelinha até começar a ferver. Desligue o fogo, junte o chocolate e a manteiga e reserve por 1 minuto. Misture até derreter os ingredientes. Despeje o ganache sobre o bolo – quando firmar, decore com as cascas de laranja em calda.

Rend.: 8-10 porções – fiz 2/3 da receita de bolo acima usando uma forma redonda de 20cm

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Frozen yogurt mesclado de cereja

English version

Cherry rippled frozen yogurt / Frozen yogurt mesclado de cereja

Feliz Ano Novo a todos!

A avalanche de cerejas continua em minha casa – não que eu esteja reclamando. ;)
Decidi preparar uma sobremesa gelada para comemorar a chegada do verão e o recheio das deliciosas barrinhas, um nadinha adaptado, foi uma adição perfeita ao já gostoso frozen yogurt de baunilha; como o meu marido não gosta de frozen yogurt vou ter que comer tudo sozinha – ah, que problemão. ;)

Frozen yogurt mesclado de cereja
adaptado de dois livros ótimos: Rustic Fruit Desserts e The Perfect Scoop

- xícara medidora de 240ml

Compota de cereja:
500g de cerejas frescas, sem os caroços, cortadas ao meio se pequenas e em quatro se grandes
½ xícara (100g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1 colher (chá) de amido de milho
1/8 colher (chá) de sal
raspas da casca + o suco de 1 limão siciliano

Frozen yogurt:
2 ¼ xícaras (585g) de iogurte natural integral
2/3 xícara (133g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Prepare a compota de cereja: misture as cerejas, o açúcar, o amido de milho, o sal, as raspas e o suco de limão em uma panela média e leve ao fogo médio-alto até começar a ferver, mexendo ocasionalmente. Ferva por 1 minuto para engrossar e retire do fogo. Deixe esfriar completamente e refrigere por no mínimo 1 hora.
Frozen yogurt: misture os ingredientes em uma tigela média, mexendo até dissolver o açúcar. Leve à geladeira por pelo menos 1 hora. Prepare a mistura em sua sorveteira, seguindo as instruções do fabricante. Ao retirar o frozen yogurt da máquina, transfira-o para um recipiente hermético intercalando com colheradas da mistura de cereja. Leve ao freezer.

Rend.: 8-10 porções

.