Wednesday, September 11, 2013

Pão de queijo da Úmbria e ignorando uma instrução da receita

English version

Umbrian cheese bread / Pão de queijos da Úmbria

Quando o assunto é cozinha algo que aprendi nestes anos todos foi a ler a toda a receita antes de prepará-la – isso me evitou dezenas de problemas e frustrações e é um hábito que recomendo muito que vocês adquiram.

Dias atrás decidi dar um fim digno aos queijos da minha geladeira preparando o maravilhoso pão do Nick Malgieri – sentei e li calmamente a receita, do início ao fim. Fui para a cozinha e um tempo depois o pão perfumou a minha casa toda enquanto estava no forno: ficou uma delícia, cascudinho por fora e macio por dentro, com um sabor fantástico de queijo. Depois de colocar o pão na gradinha me lembrei das instruções do autor para deixar o pão esfriar completamente antes de servir e soltei uma gargalhada: não haveria mesmo a menor chance de isso acontecer. :D

Pão de queijo da Úmbria
um nadinha adaptado do Nick Malgieri's Bread: Over 60 Breads, Rolls and Cakes plus Delicious Recipes Using Them

- xícara medidora de 240ml

3 colheres (chá) de fermento biológico seco
¼ xícara (60ml) de água levemente morna
400g de farinha de trigo comum
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente, picada
5 ovos grandes
80g de queijo parmesão ralado bem fininho
40g de queijo pecorino Romano ralado bem fininho
80g de gruyère em cubinhos de 5mm – usei mozarela
½ colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de pimenta do reino moída na hora

Em uma tigelinha, misture o fermento e a água. Reserve até borbulhar.
Na tigela da batedeira, com o batedor em formato de pá, misture a farinha e a manteiga e bata em velocidade médio-baixa até que a mistura pareça uma farofa grossa e não haja mais porções grandes de manteiga visíveis. Mude para o batedor de gancho (ou os batedores para massas pesadas), acrescente os ovos e a mistura de fermento à tigela e bata em velocidade baixa por 1 minuto para incorporar os ingredientes. Adicione os queijos, o sal e a pimenta e bata em velocidade médio-baixa até a massa ficar homogênea e elástica, cerca de 5 minutos. Cubra a tigela com filme plástico e deixe a massa fermentar até que comece a estufar, 15-20 minutos (a minha precisou de 35). Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm, de beiradas altas, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.
Transfira a massa para a forma preparada e cubra com filme plástico levemente pincelado com óleo. Deixe crescer por cerca de 45 minutos ou até que chegue à beirada da forma – enquanto isso acontece, pré-aqueça o forno a 180°C.
Asse o pão até que cresça e doure bem, cerca de 30 minutos. Deixe esfriar na forma por 5 minutos e então desenforme, remova o papel e transfira para uma gradinha. Sirva morno (esse pão também fica ótimo reaquecido em forno a 180°C por alguns minutos).

Rend.: 8-10 porções

19 comments:

O carteira vazia said...

aiii tão bom este pão, e ainda por cima está na hora do lanche e tudo... podem ser dois aqui para mim sff ;) espero um dia tambem poder colocar umas receitazinhas no meu blog.

http://ocarteiravazia.blogspot.pt /

Luciana Leal said...

Nossa que delícia!!! É lógico que irei fazer esse fim de semana!! Beijinhos

thatiana Bandeira said...

Ficou lindo!!! Farei com certeza... E cortarei antes de esfriar rsrs...
Beijos

Patricia Kikuda said...

Patricia de Deus !!!!! Taí minha receita pro fds !!!! :)

lili said...

Caramba! Esse não me escapa!

Bárbara Pustai said...

aiaiai, que delícia. e, fala sério, é impossível (e desnecessário) resistir a uma fatia de pão quentinho <3

Susana Machado said...

Eu acho que também nao conseguia cumprir o ultimo passo... :P
Beijinhos
http://sudelicia.blogspot.pt/

Rosa Santos said...

Olá Patrícia!
Quando vejo pães lindos com este sinto-me mal por ainda não ter comprado uma máquina de fazer pão, mas com esta receita vou por a minha Kenwood a bater a massa e vou fazer(tentar)uma delicia como a sua, que ficou lindo e com a casquinha tentadora. Vou levar comigo a receita
Beijinhos

Quéroul said...

:o

Dricka said...

Estou aqui com a boca cheia d'agua, desejando um tequinho desse pão, mesmo sem saber onde que eu o colocaria na minha barriguinha cheia! E quando isso acontece enquanto não faço, não sossego. Depois te conto.
Bjs

Sarah Abreu said...

Nossa que pão lindão! Vou criar coragem e fazer! Quase que dá pra sentir o perfume!!!

Erika Terenzi said...

Seu blog é, literalmente, uma delícia de ler! :)
Parabéns e continue investindo nesse espaço, você vai longe!
Beijo

Patricia Scarpin said...

Rosa Santos, eu acho que a máquina de pão tira toda a graça de fazer pão, sabia? :D
Se vc tem uma Kenwood dá pra fazer muitos pães gostosos.
Bj!

Bárbara, não é, menina? Tentação pura. :D
Bj!

Erika, muito obrigada! Beijos!

valeriarezende said...

Olá Patrícia, fiz o pão hoje e ficou ótimo e lindo. Só acrescentei uns pedacinhos de presunto na massa pra dar uma corzinha (rrss).
Abraços!

Patricia Scarpin said...

Valeria, como você é rápida, menina! :D
Adorei saber que o pão deu certo, e que idéia boa adicionar presunto!
Bj!

Márcia Amaral (eme.amaral) said...

Patricia, quando vi esse seu pão, babei na hora! :P
É claro que eu tive que fazer. Usei só parmesão e gruyère porque aqui em Belém é difícil achar o pecorino romano. Mas acho que ficou uma delícia. Comi hoje no café da manhã e mandei muitas energias positivas pra você por ter publicado mais uma receita maravilhosa. Hehehe... Delícia!

Patricia Scarpin said...

Márcia, o seu pão ficou uma nuvem! Menina, que fofo!
Obrigada pelo carinho, adorei ver a foto!
Bj!

Rogério, que bom que vc gostou do pão!

Roberta Barchiesi said...

Cara Patricia,

Minha vó italiana, já falecida, fazia esse pão todo ano na páscoa!!!
Que bom encontrar essa receita! Fiquei muito feliz e vou fazer hoje! Gratidao pelo compartilhamento

Patricia Scarpin said...

Roberta, querida, fiquei tão feliz com o seu comentário! Obrigada a você por me contar sobre o pão da sua avó! Beijo!

Related Posts with Thumbnails