domingo, setembro 30, 2012

Bolinhos de chocolate branco com calda de caramelo

English version

Toffee-glazed white chocolate mud cakes / Bolinhos de chocolate branco com calda de caramelo

Minhas férias chegaram ao fim e volto ao trabalho amanhã de manhã; ainda tenho algumas coisinhas para organizar em casa, por isso o post é rápido com uma receita igualmente rápida (apesar das etapas) e é tão deliciosa que certamente me fará sorrir, até mesmo agora que não me lembro mais o que é acordar cedinho. :D

Bolinhos de chocolate branco com calda de caramelo
da sempre deliciosa e ah, tão linda Donna Hay Magazine

- xícara medidora de 240ml

Bolinhos:
200g de manteiga sem sal, picada
200g de chocolate branco, picadinhos
1 xícara (175g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
2 colheres (sopa) de água
1 ½ colheres (sopa) de glucose de milho
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 ovos
1 xícara + 1 colher (sopa) - 150g - de farinha de trigo, peneirada
1/2 xícara + 1 colher (sopa) - 58g - de farinha de amêndoa

Calda de caramelo:
2 xícaras (400g) de açúcar cristal
½ xícara (120ml) de água
2/3 xícara (150g) de manteiga sem sal
½ xícara (120ml) de creme de leite fresco

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga 6 forminhas de muffin ou mini bolo com capacidade para 1 ¼ xícaras (300ml) de massa.
Coloque a manteiga, o chocolate branco, o açúcar, a água, a glucose de milho e a baunilha em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo baixo, mexendo, até derreter. Retire do fogo e deixe esfriar por 10 minutos.
Junte os ovos, um a um, mexendo bem a cada adição. Junte a farinha de trigo e a farinha de amêndoa e misture. Despeje a massa nas forminhas preparadas e asse por 30-35 minutos ou até que os bolinhos cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas forminhas, sobre uma gradinha, por 10 minutos e então desenforme com cuidado. Transfira para a gradinha e deixe esfriar completamente. Transfira para os pratinhos de servir.
Calda: coloque o açúcar e a água em uma panela média e leve ao fogo baixo, mexendo somente até dissolver o açúcar. Aumente para o fogo alto e cozinhe, sem mexer (somente gire a panela ocasionalmente) até obter um caramelo (cerca de 8 minutos). Retire do fogo e imediatamente acrescente a manteiga e o creme de leite – cuidado pois o caramelo vai espirrar. Mexa até homogeneizar. Despeje sobre os bolinhos e deixe firmar antes de servir. Transfira a calda restante para uma tigelinha ou molheira e sirva com os bolinhos (se a calda endurecer, coloque a tigelinha em uma panela com água bem quente e mexa para derreter novamente).

Rend.: 6 bolinhos – fiz ¾ da receita acima usando formas com capacidade para ¾ xícara e consegui 8 bolinhos; fiz metade da receita de caramelo e foi mais do que suficiente para cobrir todos os bolinhos

sexta-feira, setembro 28, 2012

Kuchen de maçã

English version

Apple kuchen / Kuchen de maçã

A ideia inicial era fazer o kuchen de maçã e amora da Nigella mas o meu estoque de amoras congeladas já se fora havia bastante tempo (e pra ser sincera eu nem lembro em que usei as frutinhas). Por isso fiz um kuchen de maçã e maçã apenas (com uma pitadinha de amêndoas em lascas) que ficou delicioso, úmido e macio, adjetivos estes frequentemente associados às receitas de Ms. Lawson; só espero que o Correio seja bonzinho comigo e entregue logo o novo livro dela. :D

Kuchen de maçã
de um livro que adoro e deveria usar mais vezes

- xícara medidora de 240ml

Massa:
2 ¼ a 3 xícaras (315g a 420g) de farinha de trigo
¼ colher (chá) de sal
2 colheres (sopa) de açúcar cristal
1 ½ colheres (chá) de fermento biológico seco
2 ovos grandes
½ colher (chá) de extrato de baunilha
raspas da casca de ½ limão siciliano
uma boa pitada de noz-moscada ralada na hora
½ xícara (120ml) de leite integral morno
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, amolecida

Cobertura:
2 maçãs Granny Smith
1 ovo grande
1 colher (sopa) de creme de leite fresco
1 pitada de noz-moscada ralada na hora
1 colher (sopa) de açúcar demerara
1 colher (sopa) de açúcar cristal
¼ colher (chá) de pimenta-da-jamaica moída
2 colheres (sopa) de amêndoas em lascas

Glacê:
1/3 xícara (46g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) de água quente

Unte levemente com manteiga uma assadeira de beiradas baixas de 20x30cm. Reserve.
Coloque 2 ¼ xícaras (315g) da farinha em uma tigela grande com o sal, o açúcar e o fermento e misture. Em uma tigelinha, bata levemente os ovos com um garfo e acrescente ao leite morno, juntamente com a baunilha, as raspas de limão e a noz-moscada. Acrescente os ingredientes líquidos aos secos e misture até conseguir uma massa um pouco macia e grudenta, e prepare-se para acrescentar farinha se necessário. Misture a manteiga à massa e sove por 10 minutos à mão ou metade do tempo com a batedeira e o batedor em formato de gancho. A massa deverá ficar macia. Coloque-a em uma tigela grande, levemente pincelada com óleo, cubra com filme plástico e deixe crescer em um lugar morninho por 1 hora-1 hora e meia. Quando estiver pronta, abra a massa com as mãos sobre a assadeira preparada esticando-a para que cubra toda a extensão da assadeira. Deixe crescer novamente por 15-20 minutos – enquanto isso, pré-aqueça o forno a 200°C.
Descasque e retire o miolo das maçãs e pique em cubos miúdos. Em uma tigelinha, bata o ovo, o creme de leite e a noz-moscada juntos com um garfo. Pincele esta mistura sobre a massa e em seguida espalhe as maçãs sobre ela. Em outra tigelinha, misture os açúcares e a pimenta-da-jamaica e salpique sobre as maçãs. Espalhe as amêndoas sobre o bolo e asse por 15 minutos; baixe o forno para 180°C e asse por mais 15 minutos ou até que doure e esteja assado por dentro.
Faça uma pasta não muito espessa com os ingredientes do glacê e espalhe sobre o kuchen depois que o retirar do forno.

Rend.: 8 porções

quarta-feira, setembro 26, 2012

Bolo de iogurte com calda de geléia de laranja e um dilema resolvido

English version

French yogurt cake with marmalade glaze / Bolo de iogurte com calda de geléia de laranja

O dilema do tema das férias acabou se resolvendo: no fim das contas, durante a viagem todinha fiquei com “1901” do Phoenix grudada na cabeça de um jeito que a canção acabou jogando as outras duas para escanteio até agora. Vai entender. :D

Este bolo de iogurte delicioso da Dorie ficou na minha cabeça por séculos, mas o evento “Tuesdays with Dorie” me fez ignorar o livro por meses a fio; nem sei se o evento ainda continua, mas eu o achava irritante – nada pessoal, mas para mim era absurdamente chato ver a mesma receita milhões de vezes em tantos blogs diferentes. :/
A geléia de laranja que eu tinha em casa foi a desculpa perfeita para fazer a receita e o bolo ficou tão bom que comprei outro vidro de geleia para prepará-lo novamente. :D

Bolo de iogurte com calda de geléia de laranja
do sempre delicioso e agora interessante novamente Baking: From My Home to Yours

Bolo:
1 xícara (140g) de farinha de trigo
½ xícara (50g) de farinha de amêndoa
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 xícara (200g) de açúcar cristal
raspas da casca de 1 limão siciliano
½ xícara de iogurte natural integral
3 ovos grandes
½ colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (120ml) de óleo vegetal

Cobertura:
½ xícara de geléia de laranja
1 colher (chá) de água

Bolo: pré-aqueça o forno a 180°C. Unte generosamente com manteiga uma forma de bolo inglês de 21x11xcm e coloque-a sobre uma assadeira de beiradas baixas.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, a farinha de amêndoa, o fermento e o sal.
Em outra tigela média, junte o açúcar e as raspas de limão siciliano e esfregue os ingredientes com as pontas dos dedos até o açúcar ficar perfumado. Junte o iogurte, os ovos e a baunilha e bata vigorosamente com o batedor de arame até obter uma mistura homogênea. Ainda batendo, junte os ingredientes secos. Agora, com uma espátula de silicone, incorpore o óleo, misturando gentilmente. Transfira a massa para a forma preparada.
Asse até que o bolo cresça, doure e comece a se soltar das laterais da forma, aproximadamente 50 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então, com jeitinho, passe uma faca nas laterais da forma para soltar o bolo e desenforme-o sobre a gradinha. Deixe esfriar completamente.

Calda: junte a geléia de laranja e a água em uma panelinha e leve ao fogo médio, mexendo, até a geléia derreter. Pincele a calda ainda quente sobre o bolo. Deixe esfriar e firmar antes de servir.

Rend.: 8 porções

segunda-feira, setembro 24, 2012

Voltando das férias com pasta alla Norma

English version

Pasta alla Norma

Dei a dica no último post mas acho que nem todo mundo percebeu que eu estava de férias. :D
Depois de 11 inesquecíveis dias em NY estou de volta – muito cansada e imensamente feliz; a melhor viagem da minha vida para um lugar ao qual pretendo regressar inúmeras vezes.
Meu coração está cheio de felicidade mas meus pés ainda doem por causa de toda a andança, por isso uma refeição rápida é essencial: este macarrãozinho é fácil de fazer e fica uma delícia, apesar de sua simplicidade – um favorito para noites depois do trabalho.

Pasta alla Norma
um nadinha adaptada da sempre maravilhosa e deliciosa Australian Gourmet Traveller

1 beringela grande, em cubos de 4cm
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 dentes de alho, em fatias bem fininhas
300ml de passata
1 colher (sopa) de extrato de tomate*
400g de macarrão curto
6 colheres (sopa) de ricota
1 maço de manjericão fresco
azeite de oliva extra-virgem, para regar

Coloque a beringela em uma peneira, salpique com 1 colher (sopa) de sal e cubra com um prato, fazendo peso sobre a beringela. Deixe escorrer por 2 horas. Retire os cubinhos de beringela da peneira e enxugue-os gentilmente com papel toalha. Aqueça o azeite em uma frigideira grande e frite a beringela, em etapas se necessário, até dourar e amaciar. Remova com uma escumadeira e escorra sobre papel toalha. Transfira para uma tigela.
Coloque o alho na frigideira em baixo baixo e refogue até amaciar. Junte a passata e o extrato de tomate e cozinhe por 5-7 minutos. Junte a beringela ao molho e tempere com a pimenta do reino.
Enquanto isso, cozinhe o macarrão até ficar al dente. Escorra mas reserve 1 xícara da água do macarrão. Acrescente esta água ao molho de tomate e cozinhe por 1 minuto.
Coloque o macarrão em um prato ou tigela para servir, junte o molho e misture bem. Junte a ricota e o manjericão e regue generosamente com azeite. Misture novamente e sirva.

* eu não tinha extrato de tomate em casa então substituí por 2 colheres (sopa) de molho de tomate caseiro (bem espesso e cheio de manjericão)

Rend.: 4 porções

terça-feira, setembro 11, 2012

Barrinhas de limão siciliano do Bill + canções que marcaram minhas férias

English version

Melt and mix lemon bars / Barrinhas de limão siciliano do Bill

Não foi planejado, mas meus dois últimos períodos de férias foram marcados por duas canções: as férias de 2010 foram todinhas de Temper Trap e sua "Sweet Disposition" enquanto que os dias de folga de 2011 me vêem à mente toda vez que ouço Feldberg com a linda "Dreamin". As férias deste ano, entretanto, já estão ligadas a duas canções diferentes, e não consigo escolher uma favorita. :D

Dias de folga pedem o meu sabor favorito, e por isso lhes trago as deliciosas barrinhas de limão siciliano do Bill,, facinhas de fazer e com um recheio que me lembra mais custard do que curd; por um momento pensei em polvilhar açúcar de confeiteiro sobre as barrinhas para esconder as pequenas rachaduras que se formaram em sua superfície, mas daí me toquei de que a idéia ia contra minhas crenças: não acho que haja nada de errado com rachaduras em sobremesas - ou em rugas nos rostos das pessoas.

Barrinhas de limão siciliano do Bill
do sempre lindo e delicioso Feed Me Now! (o meu comprei aqui)

- xícara medidora de 240ml

Base:
1 1/3 xícaras (185g) de farinha de trigo
4 colheres (sopa) - 40g - de amido de milho - aperte-o na colher na hora de medir
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
¼ xícara + 1 colher (sopa) - 62g - de açúcar cristal
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, derretida
½ colher (chá) de extrato de baunilha

Recheio:
600ml de creme de leite fresco
1 ½ xícaras (300g) de açúcar cristal
4 ovos grandes
¾ xícara (105g) de farinha de trigo
raspas da casca de 4 limões sicilianos
1 1/3 xícaras (320ml) de suco de limão siciliano
½ colher (chá) de extrato de baunilha

Unte levemente com manteiga uma forma retangular de 32x22cm*, forre com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos e unte o papel também.
Base: peneire a farinha, o amido de milho, o fermento e o sal em uma tigela grande e misture o açúcar. Faça um buraco no centro da mistura e acrescente a manteiga e a baunilha. Misture até obter uma massa homogênea. Pressione a massa na base da forma preparada e leve à geladeira por 30 minutos – enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180°C. Asse a base por 20 minutos ou até que doure levemente.
Recheio: peneire a farinha em uma tigela grande.Em uma tigela média, com um batedor de arame, misture o creme de leite, o açúcar e os ovos. Acrescente algumas colheradas da mistura de ovos e misture à farinha até dissolvê-la (evitando assim grumos de farinha no recheio). Junte o restante da mistura de ovos e misture bem. Incorpore o suco de limão, as raspas da casca e a baunilha.
Assim que a base estiver dourada despeje sobre ela o recheio e volte ao forno por mais 20-30 minutos ou até que o recheio firme. Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha. Corte em barrinhas ou quadradinhos para servir.

* fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm

Rend.: cerca de 20 barrinhas

segunda-feira, setembro 10, 2012

Bolo de milho e pistache

English version

Polenta pistachio cake / Bolo de milho e pistache

As pessoas geralmente me pedem dicas culinárias e algo que sempre lhes digo é para lerem a receita inteira antes de prepará-la: é importante saber todos os detalhes antes de colocar a mão na massa. Isso foi algo que aprendi a duras penas: vocês não imaginam quantas vezes eu já havia começado a preparar alguma coisa, ansiosa para prová-la, para no meio da receita ler algo como “leve à geladeira de um dia para o outro”. :S
Dito isso, por causa deste bolo de milho e pistache eu talvez comece a recomendar ler a receita duas vezes: havia lido a receita do bolo e, sabendo que tinha todos os ingredientes em casa, fui para a cozinha para prepará-lo. Forno pré-aquecido e ingredientes sobre a pia, começo a preparar a receita e dou de cara com o seguinte trecho: “misture o iogurte e a sêmola de milho e deixe em temperatura ambiente por 45 minutos”. Meu cérebro ou meus olhos não processaram a informação e tive que voltar para o sofá e esperar um pouco mais para provar uma fatia desta delícia – pelo menos o bolo ficou ótimo e a espera valeu a pena. :D

Bolo de milho e pistache
do absolutamente ótimo Cake Keeper Cakes

- xícara medidora de 240ml

1 ½ xícaras (390g) de iogurte natural integral
1 xícara de sêmola de milho (para fazer polenta)
2 xícaras (280g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de sal
1 ½ xícaras (195g) de pistaches sem sal
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ½ xícaras (300g) de açúcar cristal
3 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha

Em uma tigela média, misture o iogurte e a sêmola de milho e deixe em temperatura ambiente por 45 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma canelada com furo central (tipo Bundt) com capacidade para 12 xícaras de massa.
Em uma tigela, misture a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal. Reserve.
Moa ¾ xícara (97g) dos pistaches no processador até conseguir uma farinha (moa junto com um pouco dos ingredientes secos para evitar que os pistaches virem uma pasta). Junte a farinha de pistache aos ingredientes secos e reserve. Pique grosseiramente o restante dos pistaches.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo, cerca de 3 minutos, raspando as laterais da tigela ocasionalmente. Em velocidade média, acrescente os ovos, um a um, raspando as laterais da tigela novamente. Junte a baunilha.
Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos em três adições alternando com a mistura de iogurte em duas adições. Bata somente até incorporar. Com uma espátula, incorpore os pistaches picados.
Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície. Asse até que o bolo cresça e doure, 45-50 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 10-15 minutos e então inverta-o sobre a gradinha com cuidado. Deixe esfriar completamente antes de servir.

Rend.: 10-12 porções

quinta-feira, setembro 06, 2012

Bolo de gengibre, maçã e pecã + "Top Chef"

English version

Apple and pecan gingerbread loaf / Bolo de gengibre, maçã e pecã

Há programas e séries que adoro mas nunca consigo ver: “Top Chef” é um deles – assisti à primeira temporada quando foi ao ar pela primeira vez aqui no Brasil mas não consegui ver as temporadas seguintes, por isso estou adorando as reprises no canal Sony.

* spoilers – temporadas 1 a 7 *

Exceto pelo Howard, que achei que realmente mereceu vencer “Top Chef”, não gsotei dos outros vencedores até a 7ª temporada; ao final de cada uma delas eu prometia a mim mesma que não veria mais “Top Chef”, mas acho que alguns programas são como vícios dos quais não conseguimos nos livrar. :)
Por alguma razão a Sony pulou da 5ª para a 7ª temporada, por isso não tenho como comentar sobre Voltaggio, mas assistir à final da 7ª temporada uns dias atrás me fez detestar Ilan ainda mais (eu era time Sam) enquanto que Hung subiu muito no meu conceito – achei super bacana vê-lo trabalhar como um louco para ajudar outra pessoa. E vocês? Acham que as vitórias de “Top Chef” foram justas? Adoraria ouvir a sua opinião.

* fim dos spoilers *

Assim como as pêras as maçãs estão em seu ápice agora, no outono, e por isso não pude esperar pela série de Natal para publicar este bolo delicioso de gengibre; a receita é fácil de fazer e o bolo ficou ainda mais saboroso dois dias depois de preparado.

Bolo de gengibre, maçã e pecã
da absolutamente linda Delicious - Australia

- xícara medidora de 240ml

2/3 xícara (150g) de manteiga sem sal
150g de açúcar mascavo escuro
½ xícara menos 1 colher (sopa) - 150g - de glucose de milho
200ml de leite integral
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ¾ xícaras + ½ colher (sopa) - 250g - de farinha de trigo
1 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de gengibre em pó
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
2 ovos grandes
2/3 xícara (75g) de pecãs, picadas grosseiramente
1 ½ colheres (sopa) de gengibre cristalizado picadinho – pique, depois meça
2 maçãs Granny Smith, descascadas, miolo e sementes removidos, picadas em cubinhos de 1cm

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma de bolo inglês com capacidade para 1,5 litros*, forre com papel manteiga e unte o papel também.
Em uma panelinha, em fogo médio-baixo, junte a manteiga, o açúcar e a glucose de milho e misture até derreter. Retire do fogo, junte o leite e a baunilha e deixe esfriar.
Em uma tigela grande, peneire juntos a farinha, a canela, o gengibre em pó, o fermento e o sal. Faça um buraco no centro e despeje aí a mistura da panela já fria. Misture até homogeneizar, e então incorpore os ovos, as pecãs, o gengibre cristalizado e as maçãs usando uma espátula de silicone.
Transfira a massa para a forma preparada e leve ao forno por 40-50 minutos ou até que cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então desenforme com cuidado. Transfira para a gradinha e deixe esfriar completamente (remova o papel apenas depois de o bolo esfriar pois enquanto quente ele é molinho demais, pode quebrar).

* fiz exatamente a receita acima, mas havia massa demais para a forma de 1,5 litros e acabei assando a massa excedente em uma forma de bolo de inglês com capacidade para 4 xícaras de massa

Rend.: 10-12 porções

terça-feira, setembro 04, 2012

Muffins de laranja e aveia

English version

Orange and oats muffins / Muffins de laranja e aveia

Sou louca por morangos e meu marido sabe bem disso: sexta passada ele me trouxe duas caixinhas de morangos perfumados e deliciosos – foi uma doce surpresa. Meus planos eram comer metade dos morangos com uma nuvenzinha de açúcar e preparar um docinho com a outra metade; sendo assim, fui para a cozinha para preparar uns cupcakes de morango lindinhos que eu vira em uma das minhas compras mais recentes; porém, acho que naquele dia o meu baking mojo não estava funcionando direito: os cupcakes ficaram horríveis e foram direto pro lixo. Na manhã seguinte, desesperada por algo fresquinho para beliscar e incapaz de lidar com outro fracasso culinário recorri a alguém cujas receitas nunca falham, e para tornar tudo ainda melhor resgatei uma laranja solitária que estava na geladeira. :D

Muffins de laranja e aveia
um nadinha adaptados do sempre maravilhoso e infalível Short and Sweet (comprei o meu aqui)

- xícara medidora de 240ml

raspas da casca de 2 laranjas
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 124g - de açúcar cristal
1/3 xícara (80ml) de óleo de canola
2 ovos grandes
½ colher (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara + 1 colher (sopa) - 95ml - de suco de laranja
4 colheres (sopa) de aveia em flocos + um pouquinho extra para polvilhar
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
2 ½ colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal

Pré-aqueça o forno a 190°C. Unte 9 cavidades de uma forma de muffin ou forre-as com forminhas de papel.
Na batedeira, usando o batedor de arame, bata as raspas de laranja, o açúcar, o óleo, os ovos e a baunilha por 3-4 minutos ou obter um creme claro e espesso. Com uma espátula de silicone, incorpore o suco e a aveia. Peneire a farinha, o fermento e o sal sobre a massa e incorpore gentilmente – a massa não vai ficar lisa como massa de bolo; não misture demais ou os muffins ficarão duros. Transfira a massa para a forma preparada enchendo cada cavidade ¾ de sua capacidade. Salpique a aveia extra sobre a massa.
Asse por 20-25 minutos ou até que os muffins cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5 minutos e então desenforme com cuidado, transferindo os muffins para a gradinha para esfriar. Sirva mornos ou em temperatura ambiente (gostei mais deles morninhos).

Rend.: 9 muffins – fiz exatamente a receita acima usando uma forma cujas cavidades têm capacidade para 1/3 xícara de massa e consegui 11 muffins

domingo, setembro 02, 2012

Biscoitos de manteiga de amendoim, geléia e vinho do Porto

English version

Peanut butter and Port thumbprints / Biscoitos de manteiga de amendoim, geléia e vinho do Porto

Há muito tempo comprei um livrinho fofo cheio de receitas com bebidas alcoólicas; mas eu sendo eu, ao colocar as receitas do livro em prática, me toquei de que eu não tenho tantos tipos de bebidas alcoólicas em casa – nem tequila tenho! – e por isso o livro foi pra estante, onde aguardou pacientemente por meses e meses até eu me lembrar de que tinha uma garrafa de vinho do Porto no armário implorando para ser usada – e foi assim que acabei preparando estes biscoitinhos deliciosos.

Biscoitos de manteiga de amendoim, geléia e vinho do Porto
do lindinho The Boozy Baker: 75 Recipes for Spirited Sweets

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 ½ xícaras (262g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara (100g) de açúcar cristal
2 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de manteiga de amendoim
¾ xícara de geléia de sua preferência
3 colheres (sopa) de vinho do Porto Ruby

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, com o batedor em formato de pá, bata a manteiga e os açúcares até obter uma mistura cremosa e clara. Junte os ovos, um a um, seguidos da baunilha e da manteiga de amendoim. Junte os ingredientes secos e misture apenas até incorporar. Leve à geladeira por 20 minutos*.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em uma tigelinha, misture bem a geléia e o vinho do Porto até homogeneizar.
Faça bolinhas com 1 colher (sopa) arredondada de massa. Coloque nas assadeiras preparadas deixando 7cm de distância entre uma e outra. Com a ponta do dedo ou a ponta do cabo de uma colher de pau, faça um buraquinho no centro de cada bolinha de massa e preencha-o com o recheio de geléia.
Asse até que os biscoitos dourem levemente nas extremidades, cerca de 15 minutos. Deixe esfriar completamente nas assadeiras sobre uma gradinha.

* esse tempo não foi suficiente para a massa firmar; deixei na geladeira por 4 horas e ainda assim ficou molinha – numa próxima vez eu colocaria um pouquinho mais de farinha massa

Rend.: cerca de 32 biscoitos – fiz metade da receita acima, usei 1 colher (sopa) nivelada de massa por biscoito e consegui 35; para o recheio usei 1/3 generoso de xícara de geléia de framboesa + ½ colher (sopa) de vinho do Porto

sexta-feira, agosto 31, 2012

Torta de pêra, amêndoa e gingerbread

English version

Gingerbread pear tart / Torta de pêra e gingerbread

Fui hipnotizada por esta torta quando a vi pela primeira vez na revista DH – era linda e parecia deliciosa! Minha idéia inicial foi prepará-la no final do ano e publicá-la aqui no blog como parte da minha série de Natal, mas daí me toquei de que a época das pêras é agora e, além disso, eu tinha um restinho de geléia de laranja na geladeira que sobrara de um bolo preparado semanas antes e o restinho acabou sendo a quantidade exata pedida na receita da torta; como o universo já havia conspirado em minha cozinha antes com ótimos resultados fui em frente e preparei a torta, e isso acabou sendo uma decisão muito acertada. ;)

Gingerbread pear tart / Torta de pêra e gingerbread

Torta de pêra, amêndoa e gingerbread
da sempre linda e deliciosa revista Donna Hay

- xícara medidora de 240ml

½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (88g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
2/3 xícara de glucose de milho
2 2/3 xícaras (373g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de gengibre em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
½ xícara (50g) de farinha de amêndoa
1 ½ colheres (sopa) de açúcar cristal
3 pêras firmes, cortadas em meio no sentido do comprimento, e cada metade cortada em 4-5 fatias
¼ xícara (50g) de açúcar cristal, extra
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ xícara de geléia de laranja
açúcar de confeiteiro, para polvilhar
chantilly, para servir

Coloque a manteiga e o açúcar na tigela grande da batedeira e bata até obter um creme claro. Junte a glucose de milho, a farinha, o gengibre, o bicarbonato e o sal e bata somente até incorporar os ingredientes e a mistura virar uma massa. Divida em duas partes iguais, formate cada parte em um retângulo e embrulhe em filme plástico. Leve à geladeira por 1 hora.
Em uma tigelinha, misture a farinha de amêndoa e 2 colheres (sopa) do açúcar. Reserve. E uma tigela média, misture as pêras, o açúcar extra, a baunilha e a geléia de laranja e mexa gentilmente para incorporar.
Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel alumínio. Com um rolo, abra cada porção de massa entre duas folhas de papel manteiga ligeiramente enfarinhadas até obter um retângulo de 20x30cm. Espalhe metade da mistura de amêndoa sobre o centro de cada retângulo de massa deixando 5cm de borda sem recheio. Arrume o recheio de pêra sobre a farinha de amêndoa e dobre as extremidades da massa sobre o recheio, cobrindo parte deste. Transfira com cuidado para a assadeira preparada. Leve as tortas à geladeira por 20 minutos – enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180°C.
Asse por 30-35 minutos ou até que estejam assadas e douradas. Deixe esfriar na assadeira sobre uma gradinha – você pode servir as tortas mornas ou em temperatura ambiente
Polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva.

Rend.: 2 tortas, cada uma serve 4-6 porções

.