quinta-feira, janeiro 31, 2013

Bolo de claras com sementes de cacau e laranja + dois novos vícios

English version

Angel food cake with cacao nibs and orange freckles / Bolo de claras com sementes de cacau e laranja

Assim como acontece com “Top Chef”, não consigo acompanhar todos os ótimos seriados da TV por assinatura – por isso, estou amando o Netflix: consigo ver temporadas inteiras, desde o comecinho, sem perder nada. \0/ Foi assim que viciei em “Mad Men”, um seriado que eu queria ver havia séculos, e agora mal posso esperar a 5ª temporada chegar ao Netflix – enquanto isso não acontece, comecei a ver “Breaking Bad”, que é absolutamente fantástico, também. Pronto, já estou viciada em outro seriado. :)

E falando em outro vício – fazer sorvetes – todas as claras que estavam no meu freezer foram usadas neste bolo ultra macio; a receita original pedia chocolate meio-amargo ralado bem fininho, mas eu tive a idéia de substituir por sementes de cacau – em termos de sabor ficou bom mas achei a textura das sementes um pouco grosseira para um bolo tão delicado.

Bolo de claras com sementes de cacau e laranja
um nadinha adaptado do lindíssimo Vintage Cakes: Timeless Recipes for Cupcakes, Flips, Rolls, Layer, Angel, Bundt, Chiffon, and Icebox Cakes for Today's Sweet Tooth

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
1 xícara (120g) de farinha para bolo (caseira: 100g de farinha comum + 20g de amido de milho)
120g de açúcar de confeiteiro
12 claras (336g), temperatura ambiente
1/8 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de cremor tártaro
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar cristal
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
raspas da casca de 1 laranja grande
85g de sementes de cacau, misturadas a ½ colher (sopa) de farinha

Glacê:
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro
suco de 1 laranja
água, se necessário

Bolo: pré-aqueça o forno a 180°C – você vai assar o bolo no centro do forno. Separe uma forma de furo central com 25cm de diâmetro e 10cm de altura (não use forma antiaderente)*.
Em uma tigela, misture com um batedor de arame a farinha para bolo e o açúcar de confeiteiro. Peneire a mistura três vezes.
Na tigela grande da batedeira, bem seca, bata as claras e o sal em velocidade média até começar a espumar. Junte o cremor tártaro e bata em velocidade alta. Aos poucos e de maneira contínua, adicione o açúcar cristal. Continue batendo em velocidade alta até que picos firmes (mas não duros) se formem. Reduza para a velocidade baixa e acrescente a baunilha e as raspas de laranja.
Peneire 1/3 dos ingredientes secos sobre a mistura da tigela e incorpore gentilmente com uma espátula de silicone, misturando de baixo para cima. Incorpore o restante dos ingredientes secos da mesma forma, em duas adições, acrescentando as sementes de cacau na última. Despeje a massa na forma preparada, coloque-a numa assadeira de beiradas baixas e asse por cerca de 40 minutos ou até que o topo do bolo doure levemente (faça o teste do palito). Inverta a forma sobre uma gradinha e deixe esfriar completamente desta maneira. Para remover o bolo da forma, solte-o das laterais com uma faca de lâmina fina ou espátula de metal. Inverta sobre um prato.
Glacê: peneire o açúcar de confeiteiro em uma tigelinha e adicione aos poucos o suco de laranja, misturando até obter a consistência desejada (acrescente água se necessário). Despeje sobre o bolo já frio.

* usei uma forma antiaderente porque é a que tenho; o bolo ficou delicioso e com uma textura super leve, como um algodãozinho

Rend: 8-10 porções

terça-feira, janeiro 29, 2013

Cookies de aveia com damascos e cranberries secos e uma pergunta

English version

Cranberry apricot oatmeal cookies / Cookies de aveia com damascos e cranberries secos

Adoro biscoitos – e vocês sabem disso – e biscoitos de aveia são um dos meus favoritos: além de serem deliciosos há a idéia de comida saudável associada a eles. :D
Estes, de uma de minhas mais recentes aquisições (excelente, aliás) levam um toque de especiarias (nham) e três tipos de frutas secas (nham, nham): a canela, o gengibre e o cravo os tornam um tipo de biscoito de aveia ainda mais gostoso e a adição de cranberries, damascos e passas é uma boa maneira de usar as frutas secas que sobraram do Natal.

Mudando de assunto: alguém aí assistiu a “Cosmópolis”? Comecei a ver o filme ontem à noite, mas desisti depois de 30 minutos: por mais que eu adore Cronenberg (é um dos meus diretores favoritos) ver o Robert Pattinson agindo como um robô é puro tédio. Vocês acham que eu deveria continuar e ver o filme até o fim ou é melhor poupar uma horinha da minha vida? :S

Cookies de aveia com damascos e cranberries secos
um nadinha adaptados do lindo The Dahlia Bakery Cookbook: Sweetness in Seattle

145g de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de gengibre em pó
1/8 colher (chá) de cravo em pó
1/8 colher (chá) de sal
130g de aveia em flocos
125g de manteiga sem sal, temperatura ambiente
150g de açúcar mascavo claro
85g de açúcar cristal
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ovo grande
85g de damasco seco em cubinhos
45g de passas claras
45g de cranberries secas

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em uma tigela média, misture com o batedor de arame a farinha, o bicarbonato, a canela, o gengibre, o cravo em pó e o sal. Junte a aveia.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, os açúcares e a baunilha até obter uma mistura clara e cremosa. Junte o ovo e bata para incorporar. Raspe as laterais da tigela com uma espátula ocasionalmente. Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos em três adições, misturando apenas até incorporar. Acrescente as frutas secas.
Faça bolinhas com 2 colheres (sopa) niveladas de massa por cookie e coloque nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por cerca de 15 minutos ou até que dourem nas extremidades. Deixe esfriar na assadeira sobre uma gradinha por 10 minutos e então transfira os cookies com cuidado para a gradinha, deixando esfriar completamente.

Rend.: cerca de 2 dúzias

domingo, janeiro 27, 2013

Sorvete de doce de leite (sem sorveteira)

English version

No churn dulce de leche ice cream / Sorvete de doce de leite (sem sorveteira)

Além de ser viciada em livros de receita também tenho uma queda por coisinhas de cozinha (em minha defesa, os uso o tempo todo, tanto os livros quanto os cacarecos). :) Um dos meus gadgets favoritos é a sorveteira: a mantenho no freezer o tempo todo para quando bate a vontade repentina de fazer sorvete. Entretanto, sei que poucas pessoas possuem sorveteira, por isso quis experimentar esta receita encontrada no livro mais recenta da Nigella; além de facílima de fazer, acho que vocês podem usar a criatividade e adaptá-la conforme o gosto - por exemplo, a Nigella usa purê de castanha portuguesa mas eu optei por doce de leite.

Sorvete de doce de leite (sem sorveteira)
adaptado do lindo Nigellissima: Easy Italian-Inspired Recipes (comprei o meu aqui)

300ml de creme de leite fresco
200g de doce de leite cremoso + um pouquinho extra para misturar ao sorvete (opcional)
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de rum escuro

Bata o creme de leite até obter picos suaves. Junte o doce de leite, o sal e o rum e misture delicadamente com uma espátula. Transfira para um pote hermético e adicione o doce de leite extra (se for usar), mesclando-o com o sorvete. Leve ao freezer por pelo menos 6 horas.

Rend.: 6-8 porções

sexta-feira, janeiro 25, 2013

Muffins de ameixa e gengibre

English version

Ginger plum muffins / Muffins de ameixa e gengibre

Tempos atrás preparei uns muffins de pêssego com um toque de gengibre que ficaram muito gostosos; agora descobri que gengibre também combina lindamente com ameixas, e novamente em forma de muffins (só não me peçam para escolher um favorito, por favor). ;)

Muffins de ameixa e gengibre
um nadinha adaptados do delicioso Tate's Bake Shop: Baking For Friends

- xícara medidora de 240ml

150ml de leite integral
6 colheres (sopa) - 85g - de manteiga sem sal, derretida
1 ovo grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
raspas da casca de ½ limão siciliano
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1/3 xícara + ½ colher (sopa) - 65g - de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara e na colher na hora de medir
½ colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (chá) de gengibre em pó
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
1 xícara de ameixas em cubinhos (cerca de 4 pequenas; pique, depois meça)
2 colheres (sopa) de gengibre cristalizado picadinho (pique, depois meça)

Pré-aqueça o forno a 200°C – você vai assar os muffins na grade central do forno. Unte generosamente com manteiga 8 cavidades (1/3 xícara de capacidade cada) de uma forma de muffin.
Em uma tigelinha, misture bom um batedor de arame o leite, a manteiga, o ovo, a baunilha e as raspas de limão.
Em uma tigela grande, misture com um batedor de arame a farinha, o açúcar mascavo, o fermento, o gengibre em pó, o bicarbonato e o sal. Faça um buraco no centro e derrame aí os ingredientes úmidos – misture apenas para combinar; não mexa demais ou os muffins ficarão duros. Com uma espátula de silicone incorpore as ameixas e o gengibre cristalizado. Divida a massa entre as forminhas preparadas. Encha as cavidades vazias até a metade com água.
Asse por cerca de 15 minutos ou até que os muffins cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 5-7 minutos e então remova, com cuidado, transferindo para a gradinha. Deixe esfriar completamente.

Rend.: 8 porções

quarta-feira, janeiro 23, 2013

Biscoitos de chocolate ao leite com recheio de Ovomaltine

English version

Milk chocolate cookies with malted cream / Biscoitos de chocolate ao leite com recheio de Ovomaltine

Se não estou enganada – e mais de 6 anos de blog podem confundir a cabeça de alguém, acreditem – a primeira vez em que ouvi falar da revista “Food and Wine” foi ao assistir à primeira temporada de “Top Chef”, quando Gail Simmons foi apresentada. Ultimamente tenho usado as receitas da revista com certa regularidade e se vocês não conhecem o site deles dêem uma olhada: há centenas de ótimas receitas lá, e estes biscoitos são uma delas – só tomem cuidado para não comer todo o recheio antes de montarem os biscoitos. ;)

Biscoitos de chocolate ao leite com recheio de Ovomaltine
um nadinha adaptados da sempre deliciosa “Food and Wine”

- xícara medidora de 240ml

Biscoitos:
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (88g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara (100g) de açúcar cristal
170g de chocolate ao leite, derretido e ligeiramente frio
1 colher (sopa) de extrato de baunilha
1 ¾ xícaras (245g) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de cacau em pó, sem adição de açúcar
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/8 colher (chá) de sal

Recheio:
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara de Ovomaltine (usei o com flocos crocantes)
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ¾ xícaras (245g) de açúcar de confeiteiro, peneirado

Em uma tigela grande, usando a batedeira, bata a manteiga e os açúcares até obter uma mistura cremosa e homogênea. Junte o chocolate e a baunilha e bata para incorporar. Em uma tigela pequena, com um batedor de arame, misture a farinha, o cacau, o bicarbonato e o sal. Com a batedeira em velocidade baixa, junte os ingredientes secos e bata somente até incorporar. Embrulhe a massa em filme plástico e leve à geladeira por 30 minutos – enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180°C e forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Coloque a massa entre dois pedaços de papel manteiga e abra com um rolo até obter a espessura aproximada de 6mm. Coloque a massa sobre uma forma e leve ao freezer por 7 minutos. Com um cortador redondo de 5cm, corte círculos de massa e coloque-as nas assadeiras preparadas, deixando 2,5cm de distância entre um e outro. Leve a assadeira à geladeira por 10 minutos. Junte a massa restante, leve à geladeira por 10 minutos e então abra com um rolo para cortar mais biscoitos – quanto mais gelada a massa estiver mais fácil vai ser cortar os biscoitos.
Asse os biscoitos (uma assadeira de cada vez, mantendo a outra na geladeira) por cerca de 10 minutos ou até que estejam secos na superfície (a massa perde o brilho). Retire do forno e deixe esfriar completamente na assadeira sobre uma gradinha.
Recheio: em uma tigela média, usando a batedeira, bata a manteiga e o Ovomaltine em velocidade média até obter uma mistura cremosa e clara, cerca de 3 minutos – a minha mistura estava meio seca, por isso adicionei 1 colher (sopa) de creme azedo (se eu tivesse creme de leite em casa teria usado). Junte a baunilha e o açúcar de confeiteiro e bata até obter um creme claro e fofo. Transfira o creme para um saco de confeitar com um bico de pouco mais de 1cm e coloque porções de recheio no centro de metade dos biscoitos. Feche com a outra metade, formando biscoitos recheados, e aperte gentilmente no centro para espalhar o recheio – eu usei uma cookie scoop pequenina para colocar bolinhas de recheio no centro de cada biscoito, e acho que uma colherinha é mais prática do que usar o saco de confeitar.

Rend.: cerca de 2 ½ dúzias de biscoitos recheados – usei um cortador quadrado de 4cm e consegui 28 unidades

segunda-feira, janeiro 21, 2013

Bolo mármore de sour cream com cobertura de chocolate branco

English version

Marbled sour cream pound cake with white chocolate icing / Bolo mármore de sour cream com cobertura de chocolate branco

Um tempo atrás nomeei Flo Braker e Lisa Yockelson as Rainhas dos Pound Cakes e agora tenho que adicionar um outro nome àquela ótima lista: Alisa Huntsman, quem para mim já era a Rainha dos Bolos de Camadas, também arrasa em outros campos e seus pound cakes têm se tornado favoritos meus, não só por serem absurdamente macios e deliciosos mas também porque as receitas de pound cakes dela deste livro maravilhoso rendem mais de um bolo e para mim isso é sempre um bônus. :)

Já fiz muitos bolos mármore e sempre achava que a parte de chocolate ficava um tiquinho ressecada, mas não neste bolo: ele é simplesmente perfeito e pra ser bem sincera com vocês a cobertura nem é tão necessária assim.

Bolo mármore de sour cream com cobertura de chocolate branco
bolo do absolutamente delicioso Desserts from the Famous Loveless Cafe e cobertura do igualmente fantástico Martha Stewart's Baking Handbook

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
200g de manteiga sem sal, amolecida
1 ¾ xícaras (350g) de açúcar cristal
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
3 ovos grandes
3 gemas grandes
2 ¼ xícaras (315g) de farinha de trigo
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
2/3 xícaras de creme azedo (sour cream)*
85g de chocolate meio-amargo, derretido e ligeiramente frio

Cobertura:
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
2 colheres (sopa) de leite integral, temperatura ambiente
65g de chocolate branco, derretido e frio

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga duas formas de bolo inglês de 20x10x5cm, forre com papel manteiga e unte o papel, também.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos inteiros e as gemas em duas ou três adições, raspando as laterais da tigela após cada uma delas. Bata para incorporar. Peneire a farinha, o bicarbonato e o sal sobre a massa, junte o creme azedo e misture delicadamente com uma espátula de silicone até que a massa esteja homogênea.
Separe 2 xícaras da massa em outra tigela e acrescente a ela o chocolate, misturando para incorporar. Coloque porções de ambas as massas nas formas preparadas, alternando os sabores. Com uma faca sem ponta ou palito de churrasco, misture levemente as massas para criar o efeito marmorizado. Asse por cerca de 45 minutos ou até que os bolos cresçam e dourem (faça o teste do palito). Deixe esfriar nas formas sobre uma gradinha por 5 minutos e então desenforme, com bastante cuidado. Remova o papel e deixe os bolos esfriarem completamente sobre a gradinha.
Cobertura: em uma tigelinha, junte o açúcar de confeiteiro e o leite e misture – a consistência deve parecer a de creme de leite fresco. Junte o chocolate e misture até obter uma cobertura homogênea – se ficar muito fininha, junte mais açúcar – 1 colher (sopa) por vez – e se ficar muito espessa, junte mais leite – 1 colher (chá) por vez. Imediatamente espalhe sobre o bolo já frio.

* creme azedo (sour cream) caseiro: para preparar 1 xícara de creme azedo, misture 1 xícara (240ml) de creme de leite fresco com 2-3 colheres (chá) de suco de limão ou limão siciliano em uma tigela. Vá mexendo até que comece a engrossar. Cubra com filme plástico e deixe em temperatura ambiente por 1 hora ou até que engrosse um pouco mais (geralmente faço o meu na noite anterior e deixo sobre a pia – com exceção de noites extremamente quentes – coberto com filme plástico; na manhã seguinte o creme fica bem cremoso – leve à geladeira para ficar mais espesso ainda)

Rend.: 2 bolos, cada um servindo 6 porções

sábado, janeiro 19, 2013

Flan perfumado com limão siciliano e canela

English version

Lemon-and-cinnamon-scented flan / Flan perfumado com canela e limão siciliano

Algumas receitas me chamam a atenção por causa de seus ingredientes e/ou uma combinação inusitada deles, e esta é uma delas: a idéia de misturar limão siciliano e canela para dar sabor a uma sobremesa cremosa pareceu deliciosa! Mas houve também um fator nostálgico na minha decisão de preparar esta sobremesa: minha mãe fazia flans o tempo todo quando eu era pequena. :)

Flan perfumado com limão siciliano e canela
da sempre deliciosa Food & Wine

- xícara medidora de 240ml

2 ½ xícaras (600ml) de leite integral
casca de ½ limão siciliano (removida com um descascados de legumes – remova somente a casca, sem a parte branca)
1 pau de canela médio, quebrado ao meio
1 xícara (200g) de açúcar cristal
¼ xícara (60ml) de água
5 ovos grandes

Pré-aqueça o forno a 150°C. Separe seis ramekins ou potinhos refratários com capacidade para 150 a 180ml e coloque-os em uma assadeira de beiradas altas.
Em uma panela média, misture o leite, a casca de limão e a canela e leve ao fogo até ferver. Retire do fogo, tampe e deixe em infusão por 15 minutos. Remova a casca de limão e a canela do leite e descarte-os.
Enquanto isso, em uma panelinha, junte ½ xícara (100g) do açúcar e a água e leve ao fogo moderadamente alto, mexendo somente até dissolver o açúcar. Abaixe o fogo e deixe ferver, sem misturar, até obter um caramelo. Assim que isso ocorrer, despeje o caramelo nos ramekins, com muito cuidado para não se queimar. Se necessário, usando uma luva, gire os potinhos para que o caramelo cubra todo o fundo deles.
Aqueça novamente o leite. Em uma tigela grande, bata os ovos e o açúcar restante com um batedor de arame. Aos poucos, junte o leite, misturando sempre. Passe a mistura por uma peneira fina para uma jarra, e em seguida divida a mistura entre os potinhos caramelados. Encha a assadeira com água quente até que esta chegue à metade das laterais dos potinhos. Asse por 40 minutos ou até que uma faca inserida no centro dos flans saia limpa. Com cuidado, remova os potinhos da água. Deixe esfriar e depois leve à geladeira por pelo menos 4 horas antes de servir (ou de um dia para outro).
Para servir, passe uma faquinha nas laterais dos ramekins para soltar os flans, cubra com um prato e vire para desenformar. Sirva imediatamente.
Os flans podem ser guardados ainda nos ramekins na geladeira por até 2 dias.

Rend.: 6 porções

quinta-feira, janeiro 17, 2013

Muffins de mirtilo com cobertura streusel

English version

Blueberry crumb muffins / Muffins de mirtilo com cobertura streusel

Estava lendo trivias no IMDb – algo que adoro fazer – quando cheguei à trivia de “Um Plano Simples” – um filme do qual gosto demais – e li que entre 1994 e 1996 Ben Stiller dirigiria o filme e Nicolas Cage o estrelaria; alguns minutos de choque depois pensei em como havia sido maravilhosa a idéia de substituir ambos os cavalheiros e em como “Um Plano Simples” teria se tornado um filme medonho nas mãos dos dois.

E falando em idéias maravilhosas adicionar cobertura streusel a muffins de mirtilo certamente é uma delas. :)

Muffins de mirtilo com cobertura streusel
um tiquinho adaptados do lindíssimo e delicioso Sarabeth's Bakery: From My Hands to Yours

- xícara medidora de 240ml

Cobertura streusel:
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
½ xícara (50g) de farinha de amêndoa
1 colher (sopa) de açúcar cristal
1 colher (sopa) de açúcar mascavo claro – aperte-o na colher na hora de medir
1 pitada de canela em pó
1 pitada de sal
2 ½ colheres (sopa) - 35g - de manteiga sem sal, derretida e fria
¼ colher (chá) de extrato de baunilha

Muffins:
1/3 xícara (80ml) de óleo de canola
¼ xícara (60ml) de leite integral
raspas da casca + o suco de ½ limão siciliano grande
1 ovo grande, temperatura ambiente
½ colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 160g - de farinha de trigo
½ xícara (88g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ colher (sopa) de fermento em pó
1/8 colher (chá) de sal
¾ xícara (100g) de mirtilos (blueberries) frescos ou congelados – usei frescos
1 colher (sopa) de farinha de trigo para polvilhar os mirtilos

Pré-aqueça o forno a 200°C – você vai assar os muffins na grade central do forno. Unte generosamente com manteiga 8 cavidades (1/3 xícara de capacidade cada) de uma forma de muffin.
Streusel: combine todos os ingredientes em uma tigelinha usando um garfo, mexendo até obter uma farofa grossa. Leve à geladeira enquanto prepara a massa.
Em uma tigelinha, misture com um garfo ou batedor de arame o óleo, o leite, as raspas e o suco de limão, o ovo e a baunilha.
Em uma tigela grande, misture com um batedor de arame a farinha, o açúcar mascavo, o fermento e o sal. Faça um buraco no centro dos ingredientes e despeje aí a mistura de ingredientes úmidos. Mexa com um garfo somente até combinar – não misture demais ou os muffins ficarão duros. Polvilhe os mirtilos com a farinha extra e incorpore-os à massa. Divida a massa entre as forminhas preparadas e polvilhe generosamente com o streusel, apertando levemente com as mãos para que a farofinha grude na massa. Encha as cavidades vazias até a metade com água.
Asse por 10 minutos, e então diminua a temperatura do forno para 190°C. Asse por mais 15 minutos ou até que os muffins dourem (faça o teste do palito).
Deixe esfriar na forma sobre uma gradinha por 10 minutos; desenforme com cuidado, transferindo para a gradinha, e deixe esfriar completamente.

Rend.: 8 unidades

terça-feira, janeiro 15, 2013

Bolo de amêndoa e laranja - um bolo ótimo + música idem

English version

Orange almond cake / Bolo de amêndoa e laranja

Um dos melhores filmes que vi ano passado foi “Loucamente Apaixonados” – Anton Yelchin é uma coisa fofa (eu o vi pela primeira vez no ótimo “Huff”, se não estou enganada) e fiquei muito tocada com a história de amor do filme; além disso, a trilha sonora é absolutamente linda e há duas canções que não consigo parar de ouvir – sem contar que a última tem um dos clipes mais lindos que já vi. Estão vendo? Não descubro boa música somente comprando sapatos – isso acontece também de maneiras mais tradicionais. :)

De um dos melhores filmes para um dos melhores bolos: este bolo de laranja, apesar de simples, é muito, muito delicioso: absurdo de tão macio, úmido por causa da farinha de amêndoas e cítrico na medida, se tornou um dos meus favoritos – não fiquei muito contente com a quantidade de louça para lavar após o preparo, mas uma fatia do bolo me convenceu de que havia sido tudo por uma ótima causa. :D
Vocês podem usar o suco de laranja que sobrar para fazer uma caldinha para o bolo, mas eu realmente acho desnecessário nesse caso.

Bolo de amêndoa e laranja
um tiquinho adaptado do lindo Italian Home Cooking: 125 Recipes to Comfort Your Soul

1 ¼ xícaras (175g) de farinha de trigo
2 ½ colheres (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 ¾ xícaras (175g) de farinha de amêndoas
3 ovos grandes, claras e gemas separadas
¼ colher (chá) de cremor tártaro
1 ½ xícaras (300g) de açúcar cristal, uso dividido
2 ovos inteiros
½ xícara (120ml) de óleo de canola
raspas da casca de 2 laranjas grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
¼ colher (chá) de extrato de amêndoa (opcional)
¾ xícara (180ml) de suco de laranja espremido na hora, com a polpa, temperatura ambiente
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma de furo central (tipo Bundt) com capacidade para 12 xícaras de massa.
Em uma tigela grande, misture com um batedor de arame a farinha de trigo, o fermento e o sal. Misture a farinha de amêndoa. Reserve.
Na tigela grande da batedeira coloque as 3 claras e o cremor tártaro. Bata até que as claras comecem a espumar e então junte ¾ xícara (150g) do açúcar aos poucos, batendo até obter uma mistura espessa e brilhante. Transfira para outra tigela.
Usando a mesma tigela em que bateu as claras, junte as 3 gemas, os ovos inteiros, o óleo, os ¾ xícara de açúcar restantes, as raspas de laranja e os extratos de baunilha e amêndoa. Bata em velocidade alta por 3 minutos, até que clareie bem. Com a batedeira em velocidade baixa, junte o suco e bata por mais 1 minuto. Com uma espátula de silicone, incorpore gentilmente os ingredientes secos. Faça o mesmo com as claras, em três adições.
Transfira a massa para a forma preparada e asse por 35-40 minutos ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 20 minutos, e então desenforme com jeitinho sobre a gradinha. Deixe esfriar completamente.
Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

Rend.: 8-10 porções

domingo, janeiro 13, 2013

Mini brownies com cereja

English version

Cherry brownie bites / Mini brownies com cereja

Acabei de ver (provavelmente pela 15ª vez) "Curtindo a Vida Adoidado" e é bem possível que eu assista a esse filme algumas vezes mais nos próximos anos: é super divertido, além de ser um clássico. Adoro filmes clássicos (a maioria deles) e adoro sobremesas clássicas como brownies, que são um clássico americano e muito populares no Brasil hoje em dia. Esta versão pequenina, além de ser deliciosa com os pedacinhos de cereja, ficou tão bonitinha! E ao usar forminhas de silicone os brownies são facilmente desenformados e acaba a preocupação de cortar quadradinhos perfeitos.

Mini brownies com cereja
do delicioso Rose's Heavenly Cakes

- xícara medidora de 240ml

55g de cerejas secas, picadas grosseiramente
½ colher (sopa) de rum escuro
½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal
55g de chocolate amargo ou meio-amargo – usei um com 53% de cacau
1/3 xícara (33g) de cacau em pó, sem adição de açúcar, de preferência alcalinizado
¾ xícara (150g) de açúcar cristal
2 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
55g de cream cheese, temperatura ambiente
1/3 xícara (47g) de farinha de trigo
1 pitada de sal

Coloque as cerejas em um potinho e misture o rum. Deixe curtir por 1 hora.
Pré-aqueça o forno a 165°C. Separe 14 forminhas de silicone com capacidade para ¼ xícara (60ml) cada e unte levemente com manteiga – usei forminhas de silicone e desenformei os brownies facilmente; eles são bem úmidos por isso acho que daria trabalho desenformá-los inteiros usando forminhas de metal.
Coloque a manteiga e o chocolate em uma tigelinha refratária e leve ao banho-maria, mexendo ocasionalmente até derreter. Transfira para a tigela grande da batedeira. Junte o cacau, bata em velocidade média para incorporar e adicione o açúcar, batendo até homogeneizar. Junte os ovos e a baunilha. Acrescente o cream cheese e bata até que somente pedacinhos minúsculos do ingrediente apareçam na massa. Junte a farinha e o sal misture apenas até umedecer completamente a farinha. Escorra as cerejas e acrescente-as à massa.
Encha as forminhas até ¾ de sua capacidade e alise a superfície. Asse por 12-15 minutos ou até que os brownies firmem – a massa estufa e cresce um pouquinho acima da beirada das forminhas e abaixa levemente enquanto esfria.

Rend.: 14 unidades – fiz exatamente a receita acima usando forminhas com capacidade para 3 colheres (sopa) de massa e consegui 19

sexta-feira, janeiro 11, 2013

Brioche recheado com brie e reclamações do Oscar

English version

Brioche with brie / Brioche recheado com brie

As indicações ao Oscar foram anunciadas ontem e, como sempre, há algo de muito errado com elas: Leonardo DiCaprio, um dos atores mais talentosos que já vi nas telas foi ignorado novamente, já que a Academia preferiu fazer o que fizeram com Judi Dench em 1999 e indicar Alan Arkin no lugar de Leozinho – não me entendam mal, eu amei “Argo” mas não preciso ver “Django Livre” (chega logo, 18 de janeiro!) para ter certeza de que a performance de DiCaprio é melhor e muito mais profunda do que a de Arkin – e pra comentar filmes que já vi de fato o vilão de Javier Bardem em “007 – Operação Skyfall” merece aquela vaga de ator coadjuvante muito mais do que Arkin.

Bem, eu e minhas reclamações do Oscar – isso nunca vai mudar. :) Entretanto, há algo de que não poderia nunca me queixar: as receitas de Paul Hollywood – são todas ótimas! Vocês não acreditariam no quanto este brioche é fofinho e delicioso, e não se preocupem se não tiverem brie ou outro queijo em casa para rechear os pãezinhos: o brioche é tão fantástico que vale a pena fazê-lo puro – e é claro que sempre dá pra espalhar uma geléiazinha nele ainda morninho. ;)

Brioche recheado com brie
um nadinha adaptado do absolutamente maravilhoso How to Bake (comprei o meu aqui)

- xícara medidora de 240ml

500g de farinha para pães + um pouco extra para polvilhar (usei farinha de trigo comum)
1 ¼ colheres (chá) de sal
¼ xícara (50g) de açúcar cristal
10g de fermento biológico seco
140ml de leite integral morno
5 ovos médios*
250g de manteiga sem sal, bem molinha
250g de queijo brie, cortado em 12 pedaços iguais
1 ovo, ligeiramente batido com um garfo, para pincelar

Coloque a farinha na tigela grande da batedeira (você vai usar o batedor em formato de gancho). Coloque o sal e o açúcar sobre a farinha de um lado da tigela e o fermento do lado oposto. Junte o leite e os ovos e misture em velocidade baixa por 2 minutos. Passe para a velocidade média e misture por 6-8 minutos ou até que uma massa macia e elástica se forme. Junte a manteiga e continue misturando por mais 4-5 minutos, raspando as laterais da tigela periodicamente para garantir que a manteiga se incorpore completamente à massa – esta será bem molinha. Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira por uma noite ou por pelo menos 7 horas – assim a massa ficará firme o bastante para ser moldada.
Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel alumínio.
Tire a massa de brioche da geladeira e transfira para uma superfície levemente enfarinhada. Sove 3-4 vezes e então divida em 12 porções iguais. Faça uma bolinha com cada porção, rolando-a sobre a pia com a mão em concha rapidamente. Abra um buraquinho na massa e coloque o pedaço de brie. Feche as pontas para selar o queijo dentro do brioche e role-o nas mãos para arredondar. Repita o procedimento com a massa restante e tente fazer isso rapidamente pois a massa fica bem grudenta em temperatura ambiente.
Coloque as bolinhas na assadeira preparada deixando um espaço entre elas. Cubra com um pano de prato limpo e seco e deixe crescer por 2 horas.
Pré-aqueça o forno a 190°C.
Pincele os brioches com o ovo batido e asse por 15-20 minutos ou até que dourem bem. Sirva morninhos.

* eu só tinha ovos do tipo grande em casa e usei 4; ao notar que a massa estava meio seca, adicionei o 5º ovo

Rend.: 12 unidades

quarta-feira, janeiro 09, 2013

Barrinhas de chocolate branco e macadâmia

English version

White chocolate and macadamia bars / Barrinhas de chocolate branco e macadâmia

Canções bacanas estão em todos os lugares, prontas para serem encontradas, vocês não acham? Há algumas semanas eu estava provando sapatos quando uma canção tocando na loja chamou a minha atenção – peguei o telefone e o Shazam me mostrou que era “Boy”, da Ra Ra Riot, uma banda da qual eu nunca ouvira falar; adoro descobrir coisas assim – é o tipo de coisa simples que torna os meus dias ainda melhores.
Acho que com receitas bacanas é a mesma coisa: por mais que me esforce a usar bastante os meus livros sempre fico de olhos abertos – quem sabe de onde virá o próximo ótimo docinho? :) Neste caso, estas barrinhas deliciosas e ridiculamente simples de fazer vieram do site da Australian Women Weekly.

Um recado rápido antes da receita: as vencedoras do sorteio ainda não entraram em contato comigo e eu tenho um prazo para enviar as informações para o pessoal do Zinio – peço que me enviem urgentemente o email com os dados caso contrário perderão as assinaturas digitais.

Barrinhas de chocolate branco e macadâmia
um nadinha adaptadas daqui

½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal, temperatura ambiente, picada
180g de chocolate branco picadinho
½ xícara (100g) de açúcar cristal
2 ovos
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
¾ xícara (105g) de macadâmias sem sal, tostadas e picadas grosseiramente*
150g de chocolate branco, extra, em gotas ou pedacinhos

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma de 20x30cm, forre com papel alumínio deixando sobras em dois lados opostos, formando “alças”. Unte o papel também.
Em uma panela média, misture a manteiga e o chocolate branco (180g) e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até derreter e homogeneizar. Retire do fogo e deixe esfriar 10 minutos.
Junte o açúcar, os ovos e a baunilha à panela e misture para incorporar. Peneire a farinha, o fermento e o sal sobre a massa e misture. Junte as macadâmias e o chocolate em gotas/pedacinhos (150g). Espalhe a massa na forma preparada e leve ao forno por cerca de 30 minutos ou até que doure nas extremidades e esteja firme ao toque. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Corte em barrinhas para servir.

* as macadâmias que eu tinha em casa eram salgadas, então as enxagüei em água fria e sequei com papel toalha; também omiti o sal da receita

Rend.: 20 barrinhas

segunda-feira, janeiro 07, 2013

Biscoitinhos de coco e maracujá

English version

Coconut and passion fruit thumbprints / Biscoitinhos de coco e maracujá

Tenho sido uma boa menina e levado a idéia do inventário muito a sério – tenho de dizer que estou orgulhosa de mim mesma. : ) Entretanto, ao ver um vidro de geléia de maracujá no supermercado tive de comprá-lo – a geléia era tão linda, dourada e toda sardenta de sementinhas! – mas em minha defesa só a trouxe para casa porque já sabia exatamente o que faria com ela: os thumbprint cookies de coco que eu vira na revista "Food & Wine". Acho a combinação de coco e maracujá uma delícia, além de ser algo bem brasileiro – tenho uma amiga muito querida que certamente iria adorar estes biscoitos, pois ela é tão doida por maracujá quanto eu. :)

Biscoitinhos de coco e maracujá
um nadinha adaptados da maravilhosa Food & Wine

- xícara medidora de 240ml

2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
¾ xícara (75g) de coco em flocos adoçados
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
1 xícara (200g) de açúcar cristal
1 gema grande
1 colher (chá) de extrato de baunilha
cerca de 150g de geléia de maracujá – ou use de framboesa como pede a receita original

Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o coco, o bicarbonato de sódio e o sal. Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar em velocidade média até conseguir uma mistura clara e fofa, uns 3 minutos. Junte a gema e a baunilha, bata, raspe das laterais da tigela. Junte os ingredientes secos e bata em velocidade baixa até incorporar. Cubra e leve à geladeira por 15 minutos.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre duas assadeiras grandes com papel manteiga.
Faça bolinhas de aproximadamente 2,5cm de diâmetro com a massa e coloque nas assadeiras preparadas deixando 5m de distância entre elas. Asse por 14 minutos. Retire do forno, faça um buraquinho no centro de cada bolinha e recheie com a geléia. Volte ao forno por 10 minutos ou até que dourem nas extremidades. Deixe esfriar nas assadeiras por 5 minutos e então transfira para uma gradinha e deixe esfriar completamente.
Os biscoitos podem ser guardados em um recipiente hermético por até 1 semana.

Rend.: 6 ½ dúzias – fiz bolinhas usando 1 colher (sopa) nivelada de massa e consegui 57

sábado, janeiro 05, 2013

Torta caprese al limone

English version

Torta caprese al limone

Que eu não resisto a docinhos com limão siciliano vocês já sabem, por isso não é surpresa nenhuma esse bolo ter fisgado a minha atenção no momento em que o vi: não somente porque eu queria usar o chocolate branco da despensa mas também porque bolos feitos com farinha de amêndoa sempre ficam bem úmidos e macios, e este não é exceção – e já que as amêndoas moídas substituem a farinha de trigo nesta receita o bolo, além de delicioso, não contém glúten.

Torta caprese al limone
um nadinha adaptada da preferida de sempre Delicious - Australia

160g de manteiga sem sal, picada
160g de chocolate branco, picado
4 ovos, gemas e claras separadas
170g de açúcar cristal
raspas da casca de 2 limões sicilianos grandes
4 colheres (sopa) de suco de limão siciliano
1 colher (chá) de extrato de baunilha
280g de farinha de amêndoas
1 pitada de sal
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 200°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm, forre o fundo com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.
Coloque a manteiga e o chocolate branco em uma tigela refratária média e leve ao banho-maria, em fogo-baixo, sem deixar que o fundo da tigela toque a água, e vá mexendo ocasionalmente até que derretam. Retire do fogo e deixe esfriar por 5 minutos.
Na batedeira, com o batedor de arame, bata as gemas e o açúcar até que a mistura engrosse e fique bem clara. Junte as raspas e o suco de limão e a baunilha, batendo para incorporar. Com uma espátula, misture a farinha de amêndoa e a mistura de chocolate. Reserve.
Usando o batedor bem limpo e seco e uma tigela limpa e bem seca, bata as claras e o sal na batedeira até obter picos firmes. Com uma espátula, incorpore metade das claras em neve à massa do bolo, misturando gentilmente de baixo para cima. Incorpore o restante das claras da mesma forma. Transfira para a forma preparada. Asse por 10 minutos e então abaixe a temperatura do forno para 160°C. Asse por mais 45-50 minutos ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo. Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Inverta o bolo com cuidado, remova o papel, e então transfira para um prato de servir. Polvilhe com o açúcar de confeiteiro. Sirva com chantilly, se quiser.

Rend.: 6-8 porções

quinta-feira, janeiro 03, 2013

Torta de cebolas assadas e os ganhadores do sorteio

English version

Roast onion tart / Torta de cebolas assadas

Olá, pessoal!

Um novo ano se inicia e para começar com o pé direito lhes trago a lista de vencedores do sorteio! Os comentários foram sorteados usando o Random.com. Peço que os sorteados me enviem um email (patricia [ponto] scarpin [arroba] gmail.com) com seus primeiros e últimos nomes e a revista escolhida até o dia 10 de janeiro de 2013:

- Fê Dayrell
- Clarissa Archanjo
- Feitosa
- Simone Moreira
- Bruna Rafaela Moeller

Parabéns!

***

Não sei como é com vocês, mas os meus começos de ano são geralmente bem atarefados – por isso, lhes deixo com uma torta fácil e deliciosa, uma receita que já preparei duas vezes.

Torta de cebolas assadas
da sempre ótima e deliciosa Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

¼ xícara (60ml) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto
1 colher (sopa) de folhinhas de tomilho fresco
raspas da casca de 1 limão siciliano
2 cebolas roxas, em fatias fininhas
2 cebolas, em fatias fininhas
350g de massa folhada ou a massa folhada da Ana
1 ovo, levemente batido com um garfo, para pincelar
85g de queijo de cabra cremoso*

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em uma tigelinha, misture o azeite, o vinagre, o tomilho e as raspas de limão. Tempere a gosto. Arrume as fatias de cebola na assadeira preparada, mantendo as fatias intactas (não as separe em anéis). Regue com metade do molhinho e leve ao forno até que estejam bem macias e levemente douradas (20-25 minutos). Deixe esfriar.
Aumente a temperatura do forno para 200°C.
Abra a massa folhada e corte-a em um retângulo de 20x25cm. Com uma faquinha, risque uma margem de 1cm no retângulo, sem cortar totalmente, e faça furinhos com um garfo dentro de toda a margem. Pincele as bordas com o ovo batido. Espalhe o queijo dentro das margens, e arrume as fatias de cebola sobre ele. Asse até que a massa cresça e doure, cerca de 20 minutos. Regue com o molho restante e sirva quente com uma salada de folhas.

* já fiz esta torta duas vezes e em uma delas substituí o queijo de cabra por ricota caseira levemente temperada com sal, pimenta do reino moída na hora e suco de limão siciliano – funcionou bem

Rend.: 4 porções

Related Posts with Thumbnails