segunda-feira, outubro 31, 2011

Bolo-cuca de canela

English version

Lavish cinnamon brunch cake / Bolo cuca de canela

Agora que o medo de esvaziar a despensa com receitas de bolo cuca já não existe mais posso lhes apresentar esse bolo: delicioso, com um sabor pronunciado de canela – especiaria que eu amo, vocês sabem bem – e macio ao ponto de ser difícil de fatiar. A farofinha é saborosa, crocante e super perfumada e há uma camada bem generosa dela (ainda bem). :)

Façam o bolo hoje e me agradeçam depois. ;)

Bolo-cuca de canela
da maravilhosa bíblia de sabores da Lisa Yockelson

- xícara medidora de 240ml

Farofinha de canela:
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 pitada de sal
1 ½ colheres (chá) de canela em pó
1 xícara (175) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
½ xícara (100g) de açúcar cristal, de preferência orgânico
¾ xícara (168g) de manteiga sem sal, gelada, em cubinhos
1 ¼ colher (chá)s de extrato de baunilha
1 xícara (110g) de pecãs, picadas grosseiramente

Bolo:
2 2/3 xícaras (373g) de farinha de trigo
1/3 xícara (40g) de farinha para bolo*
2 colheres (chá) de fermento em pó
¾ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¾ colheres (chá) de sal
2 colheres (chá) de canela em pó
¾ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
¾ xícara (132g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de usar
½ xícara (100g) de açúcar cristal, de preferência orgânico
3 ovos grandes
2 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara (240ml) de buttermilk**

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma retangular de 32,5x22,5cm.
Comece preparando a farofinha: em uma tigela grande misture a farinha, o sal, a canela, o açúcar mascavo e o granulado. Junte a manteiga picada e, usando as pontas dos dedos, una os ingredientes até obter uma farofa grossa, com caroços médios. Regue com a baunilha, junte as pecãs e misture. Leve à geladeira até o momento de usar.
Agora, o bolo: peneire a farinha de trigo, a farinha para bolo, o fermento, o bicarbonato, o sal, a canela e a noz-moscada em uma tigela média. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, bata manteiga em velocidade média por 4 minutos. Junte o açúcar mascavo e bata por 1 minuto; acrescente o açúcar granulado e continue batendo por mais 1 minuto. Junte os ovos, um a um, batendo por 30 segundos a cada adição. Junte a baunilha. Raspe as laterais da tigela com uma espátula de silicone. Em velocidade baixa acrescente os ingredientes secos em três adições alternando com o buttermilk em duas adições, começando e finalizando com os ingredientes secos. Raspe as laterais da tigela novamente.
Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície. Espalhe a farofinha de maneira uniforme sobre a massa, apertando pequenas porções com as mãos para obter alguns caroços maiores.
Asse por cerca de 45 minutos ou até que o bolo cresça e a cobertura firme (faça o teste do palito). Deixe esfriar completamente na forma antes de fatiar e servir.

* farinha para bolos caseira: retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e adicione 2 colheres (sopa) de amido de milho

** para fazer 1 xícara de buttermilk em casa: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão em uma xícara medidora de 240ml, complete com leite integral em temperatura ambiente e aguarde 10 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara na usa receita

Rend.: 20 porções – fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm

sexta-feira, outubro 28, 2011

Pad thai de frango com limão e amendoim

English version

Chicken pad thai with lime and peanuts / Pad thai de frango com limão e amendoim

Dei uma de Oliver Stone dia desses ao preparar o almoço: assim como ele arruinou completamente “Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme” no final eu quase fiz o mesmo com o meu pad thai ao adicionar pimenta vermelha – ficou super ardido e meio complicado para comer, mas demos um jeito. Por isso, para o bem de vocês, retirei o ingrediente da receita abaixo. ;)

Só espero que usar udon em vez de macarrão de arroz não seja um pecado capital: não estava a fim de ir ao mercado e usar o que havia na despensa acabou funcionando bem.

Pad thai de frango com limão e amendoim
adaptado da sempre maravilhosa Donna Hay Magazine

- xícara medidora de 240ml

200g de udon
1 colher (sopa) de óleo vegetal
200g de peito de frango, em fatias bem fininhas
1 cebola pequena, bem picadinha
1 cenoura ralada no ralador grosso
1 xícara de broto de feijão
½ xícara de folhas de coentro, picadas – usei salsinha
2 colheres (sopa) de amendoim sem sal, torrado e picado

Molho de limão:
¼ xícara (60ml) de suco de limão
1 colher (sopa) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
2 colheres (sopa) de molho de soja
2 colheres (sopa) de molho de peixe

Prepare o molho: coloque o suco de limão, o açúcar, o molho de soja e o de peixe em uma tigelinha e misture para incorporá-los. Reserve.
Cozinhe o udon de acordo com as instruções da embalagem. Escorra e mantenha aquecido. Enquanto isso, leve um wok ou frigideira grande ao fogo alto. Acrescente o óleo e o frango e frite por 2 minutos. Junte a cebola e refogue por mais 2 minutos. Adicione a cenoura, o macarrão e o molho de limão e refogue por mais 2 minutos ou até que a cenoura fique macia e o macarrão esteja coberto pelo molho. Misture o broto de feijão e o coentro (ou salsinha). Divida entre os pratos e salpique com o amendoim. Sirva imediatamente.

Rend.: 2 porções

terça-feira, outubro 25, 2011

Trufas de chocolate e mel - ótimas para dar de presente

English version

Honey and dark chocolate truffles / Trufas de chocolate e mel

Cookies são o que mais gosto de dar de presente: são gostosos, fáceis de embalar e todo mundo adora. Mas ao enfrentar uma falta de manteiga – pois é, que tipo de baker se esquece de comprar manteiga? – optei por trufas, o que acabou sendo uma decisão acertada: minha amiga ficou super feliz ao receber uma caixinha delas e me disse depois que estavam deliciosas. E para tornar tudo ainda melhor usei um livro esquecido na estante havia tempos.

Trufas de chocolate e mel
um tiquinho adaptadas do Baked: New Frontiers in Baking

- xícara medidora de 240ml

250g de chocolate meio-amargo – usei um com 53% de cacau
½ xícara (120ml) de creme de leite fresco
¼ xícara de mel
1 pitada de sal
cacau em pó (sem adição de açúcar) para envolver as trufas

Coloque o chocolate em uma tigela refratária e reserve.
Em uma panelinha, junte o creme de leite, o mel e o sal e leve ao fogo baixo, mexendo até dissolver o mel. Quando a mistura começar a ferver, retire do fogo e despeje sobre o chocolate. Misture até que o chocolate derreta por completo e o ganache ficar homogêneo.
Cubra a tigela com filme plástico e leve à geladeira até firmar, 3-4 horas ou de um dia para o outro. Usando uma cookie-scoop ou uma colherinha faça trufinhas com 1 ½ colheres (chá) generosas de ganache e passe-as pelo cacau. Coloque em forminhas de papel e sirva.
As trufas podem ser guardadas na geladeira por até 5 dias.

Rend.: cerca de 30 trufas

sábado, outubro 22, 2011

Bolo mármore com Nutella

English version

Nutella swirl pound cake / Bolo mármore com Nutella

Então quer dizer que todo mundo aí anda preparando croûtons na frigideira e eu fui a última a aderir à moda... Tudo bem, sem problema. :) Agora me digam: e um bolo mármore feito com Nutella? Já experimentaram? Eu desconhecia o danado até comprar esse livro e agora quero prepará-lo todo final de semana. :D

Nutella swirl pound cake / Bolo mármore com Nutella

Bolo mármore com Nutella
um nadinha adaptado do Cake Keeper Cakes: 100 Simple Recipes for Extraordinary Bundt Cakes, Pound Cakes, Snacking Cakes and Other Good-To-The-Last-Crumb Treats

- xícara medidora de 240ml

4 ovos grandes, em temperatura ambiente, de preferência orgânicos
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de fermento em pó
¼ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar granulado, de preferência orgânico
1 pote (350g) de Nutella

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm de diâmetro, forre o fundo com papel manteiga e unte o papel também.
Em uma tigelinha, misture os ovos e a baunilha e bata levemente com um garfo. Reserve. Em uma tigela média, misture a farinha, o fermento e o sal.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Com a batedeira em velocidade médio-baixa, despeje a mistura de ovos aos poucos, em fio, parando algumas vezes para raspar as laterais da tigela.
Agora, com a batedeira em velocidade baixa, adicione os ingredientes secos, ½ xícara por vez. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Depois de adicionar toda a mistura de farinha, bata por 30 segundos em velocidade média.
Transfira 1/3 da massa do bolo para a forma preparada. Alise a superfície. Espalhe metade do pote de Nutella sobre a massa, usando uma espátula limpa e seca. Cubra a Nutella com mais 1/3 da massa de bolo e alise a superfície. Espalhe a outra metade da Nutella sobre a massa. Cubra com a massa de bolo restante e alise a superfície. Com uma faquinha sem ponta, misture levemente a massa para criar o efeito marmorizado – não misture demais.
Asse o bolo até que cresça e doure, aproximadamente 50 minutos (faça o teste do palito). Deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 15 minutos. Com jeitinho, desenforme o bolo, retire o papel manteiga e inverta-o novamente sobre a gradinha, deixando esfriar completamente antes de cortar e servir.
Mantenha o bolo em um guarda-bolos ou embrulhado em filme plástico por até 3 dias.

* você pode preparar a receita acima usando uma forma de bolo inglês de 22,5x12,5cm (untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo); asse o bolo por 1 hora/ 1 hora e 10 minutos

Rend.: 8-10 porções

quarta-feira, outubro 19, 2011

Almôndegas – do Jamie e minhas

English version

Meatballs - Jamie's and mine / Almôndegas - do Jamie e minhas

Faço essas almôndegas há tanto tempo que nem me lembro quando foi a primeira vez – são um dos pratos favoritos do meu marido (e ele não tem tantos pratos favoritos assim). São deliciosas tanto com macarrão quanto com arroz mas ultimamente o João tem preferido comê-las em forma de sanduíche – no estilo Joey Tribbiani. :)

Aproveito para pedir um favor a vocês: tenham paciência. Eu respondo a todos os emails na medida do possível. Não adianta ficar reenviando o mesmo email vinte vezes – daí eu fico com birra e a vontade de responder desaparece. Talvez isso seja uma grande surpresa para alguns de vocês, mas a minha vida não se resume ao blog. Eu não vivo de blog. Faço uma porção de outras coisas, como trabalhar. Por isso, se quiserem enviar email, fiquem à vontade. Alguns são deliciosos de ler. Adoro. Mas não esperem que eu responda rapidamente. Esse tipo de cobrança me dá um desânimo danado.

Almôndegas – do Jamie e minhas
adaptadas de uma receita do Jamie Oliver, encontrada nesse blog

- xícara medidora de 240ml

500g de carne bovina moída
2 colheres (chá) de orégano seco
algumas gotinhas de Tabasco
1 colher (chá) de sal
pimenta do reino moída na hora, a gosto (eu uso bastante)
½ colher (chá) de azeite aromatizado com alho (ou use azeite comum + 1 dente de alho bem amassado)
1 ovo grande
1/3 xícara de farelo de pão + cerca de 1/3 xícara extra para cobrir as almôndegas (não use farinha de rosca industrializada – toste o pão, deixe esfriar e processe)
½ cebola grande, processada*
punhado generoso de folhas de salsinha, picadinhas

Pré-aqueça o forno a 200°C. Forre uma assadeira grande com uma camada dupla de papel alumínio.Unte o papel com óleo.
Coloque a carne moída, o orégano, o Tabasco, o sal, a pimenta do reino, o azeite (e o alho, se for usar), o ovo, 1/3 xícara de farelo de pão, a cebola e a salsinha em uma tigela grande e misture bem (eu uso uma das mãos para isso). Tente moldar uma bola com um pouco da mistura – se estiver úmida demais, acrescente 1 colher (sopa) de farelo de pão e misture novamente. Separe porções de 1 ½ colheres (sopa) da mistura e forme uma bola compacta (palmas das mãos úmidas facilitam o trabalho). Passe as almôndegas pelo farelo de pão extra e coloque-as na assadeira preparada. Asse até que dourem e estejam assadas por dentro (cerca de 40 minutos).
Sirva com molho de tomate.

* já preparei esta receita com cebola picada, processada e ralada em um ralador grosso e obtive o melhor resultado com a cebola processada – picada os pedaços ficam grandes demais e é difícil incorporá-los à carne e ralada a cebola fica úmida demais

Rend.: cerca de 25 almôndegas

segunda-feira, outubro 17, 2011

Muffins de especiarias

English version

Spice muffins / Muffins de especiarias

É maravilhoso acompanhar o crescimento de minha irmã e vê-la se tornar adulta mas estar perto dela é certamente um lembrete de que o tempo voa. Não tenho problemas com isso – pelo menos ainda não – e a nossa diferença de idade às vezes resulta em momentos engraçados: quando assistimos a “A Rede Social” no ano passado tive de explicar a ela o que era Napster. :D

Outro sinal de que estou ficando velha: há dias em que somente a idéia de ir a algum lugar me cansa. Prefiro ficar em casa, com um bom livro ou filme, e um muffin para acompanhar – já que não havia uma frutinha sequer em casa (nem laranjas nem limões, o horror, o horror) fui salva pelas especiarias.

Spice muffins / Muffins de especiarias

Muffins de especiarias
da bíblia vegetariana da Deborah Madison

- xícara medidora de 240ml

2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1/8 colher (chá) de cravo em pó
1 colher (chá) de gengibre em pó
¾ xícara (132g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
2 ovos
1 1/3 xícaras (320ml) de buttermilk*
1/3 xícara (80ml) de óleo vegetal
1 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 190°C. Unte com manteiga uma forma de muffins de 12 cavidades com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada ou forre-as com forminhas de papel.
Numa tigela grande, misture a farinha de trigo, o fermento, o bicarbonato, o sal, a canela, a noz-moscada, o cravo e o gengibre. Em uma tigela média, misture bem com um garfo ou fuê o açúcar mascavo, os ovos, o buttermilk, o óleo e a baunilha. Despeje sobre os ingredientes secos e misture somente até combiná-los – não misture demais; massa de muffin não é lisa como massa de bolo e se você misturar demais os seus muffins ficarão duros.
Divida a massa entre as forminhas preparadas. Asse até que os muffins cresçam e dourem, aproximadamente 20 minutos (faça o teste do palito). Deixe os muffins esfriarem na forma por 5-10 minutos e então os desenforme e transfira para uma gradinha.

* para fazer 1 xícara de buttermilk em casa: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão em uma xícara medidora de 240ml, complete com leite integral em temperatura ambiente e aguarde 10 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara na usa receita

Rend.: 12 unidades

sexta-feira, outubro 14, 2011

Bolo amanteigado de rum para quem gosta de bebidinhas em seus doces

English version

Butter rum cake / Bolo amanteigado de rum

Bebi minha primeira caipirinha em minha lua-de-mel: influenciada pelo marido, tomei o drink com ele em um dia super quente, pertinho do mar. Foi um dia delicioso. Depois disso, me tornei fã de caipirinha (mas isso vocês já sabem). :D Admito: gosto de um pouquinho de álcool de vez em quando.

Portanto, depois que comecei a usar rum em meus doces não parei mais – por isso, uma das primeiras receitas a experimentar depois de comprar a minha forma tipo Bundt tinha de ser o bolo amanteigado de rum da Lisa Yockelson: há rum tanto na massa quanto na calda do bolo. Nham! O bolo é bem macio e cresceu lindamente mesmo com a pequena quantidade de bicarbonato de sódio (e nada de fermento). Definitivamente uma receita para guardar.

Bolo amanteigado de rum
do sempre ótimo Baking by Flavor

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
3 xícaras (420g) de farinha de trigo
¼ colher (chá) de bicarbonato de sódio
½ colher (chá) de sal
¾ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, amolecida
2 ¼ xícaras (450g) de açúcar cristal, de preferência orgânico
4 ovos grandes
2 colheres (chá)s de extrato de baunilha
¾ xícara + 2 colheres (sopa) - 210ml - de buttermilk*
3 colheres (sopa) de rum escuro

Calda:
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal
¼ xícara + 2 colheres (sopa) - 74g - de açúcar cristal, de preferência orgânico
¼ xícara (60ml) de rum escuro
¾ colher (chá) de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma canelada (do tipo Bundt) de 25cm de diâmetro, removendo o excesso de farinha.
Em uma tigela média, peneire a farinha, o bicarbonato, o sal e a noz-moscada. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, em velocidade média, bata a manteiga por 3-4 minutos. Junte o açúcar em três adições, batendo por 1 minuto depois de cada uma. Junte os ovos, um a um, batendo por 45 segundo após cada adição. Raspe as laterais da tigela ocasionalmente. Acrescente a baunilha.
Em velocidade baixa, acrescente a mistura de farinha em três adições, alternando com o buttermilk em duas adições (comece e termine com os ingredientes secos). Novamente raspe as laterais da tigela. Junte o rum e bata por 30 segundos. Transfira a massa para a forma preparada e alise a superfície. Asse por 55 minutos ou até que o bolo cresça e doure (faça o teste do palito). Deixe o bolo esfriar dentro da forma, sobre uma gradinha por 8-10 minutos, enquanto prepara a calda.

Calda: coloque a manteiga, o açúcar granulado e o rum em uma panelinha - não use panela de alumínio, cobre ou ferro – e leve ao fogo baixo, mexendo até o açúcar dissolver e a manteiga derreter. Deixe levantar fervura, abaixe o fogo e ferva por 2 minutos. Retire do fogo e junte a baunilha. Com jeitinho, desenforme o bolo sobre a gradinha. Usando um pincel macio, pincele todo o bolo com a calda morna. Deixe esfriar completamente antes de fatiar e servir.

* para fazer 1 xícara de buttermilk em casa: coloque 1 colher (sopa) de suco de limão em uma xícara medidora de 240ml, complete com leite integral em temperatura ambiente e aguarde 10 minutos para sorar; use todo o conteúdo da xícara na usa receita

Rend.: 16 porções

terça-feira, outubro 11, 2011

Macarrão com feta, ricota e limão siciliano com farelinho de azeitona

English version

Feta, ricotta and lemon pasta with olive breadcrumbs / Macarrão com feta, ricota e limão siciliano com farelinho de azeitona

Esta receita combina dois tipos de queijo, azeitonas pretas e verdes, limão siciliano, um toque de tomilho + uma cobertura delícia, tudo em um único prato de massa (que ficou fantástico); acho que deveria batizá-la de “macarrão Steven Soderbergh” – afinal de contas, quem além dele consegue juntar tantas estrelas em um único filme? Só consigo pensar no finado Altman.

Feta, ricotta and lemon pasta with olive breadcrumbs / Macarrão com feta, ricota e limão siciliano com farelinho de azeitona

Macarrão com feta, ricota e limão siciliano com farelinho de azeitona
adaptado da sempre deliciosa Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Macarrão:
200g de penne
½ cebola bem picadinha
100g de ricota
100g de queijo feta, esmigalhado
60g de azeitonas pretas, sem os caroços e picadas grosseiramente
60g de azeitonas verdes, sem os caroços e picadas grosseiramente
raspas da casca e o suco de ½ limão siciliano
½ colher (sopa) de folhinhas de tomilho fresco
sal e pimenta do reino moída na hora

Farelinho de azeitona:
50g de farelo de pão – toste levemente o pão, deixe esfriar e processe (não use farinha de rosca)
15g de azeitonas pretas, sem os caroços e picadas grosseiramente
15g de azeitonas verdes, sem os caroços e picadas grosseiramente
1 colher (sopa) de azeite de oliva
raspas da casca de ½ limão siciliano
sal e pimenta do reino moída na hora

Pré-aqueça o forno a 180°C. Cozinhe o macarrão em uma panela grande, com água salgada fervendo, até que fique al dente. Escorra, reservando 2 colheres (sopa) da água do cozimento. Retorne o macarrão e a água reservada para a panela.
Enquanto o macarrão cozinha, junte o azeite, a cebola e o alho em uma frigideira grande em fogo médio-alto e refogue até a cebola ficar macia e começar a caramelizar. Transfira para uma tigela grande e deixe esfriar levemente. Junte a ricota, o feta, as azeitonas, as raspas e o suco de limão, o tomilho e misture bem. Tempere a gosto. Junte o macarrão e misture. Transfira para um refratário com capacidade para 1 litro.
Prepare o farelinho de azeitona: em uma tigela pequena, misture o farelo de pão, as azeitonas, o azeite e as raspas de limão. Tempere a gosto. Espalhe de maneira uniforme sobre o macarrão e leve ao forno até que borbulhe e doure (15-20 minutos). Sirva quente.

Rend.: 2 porções

sábado, outubro 08, 2011

Barrinhas de caramelo e receitas que rendem um bocado

English version

Caramel crumb bars / Barrinhas de caramelo

Sempre que quero levar um docinho para o pessoal do trabalho procuro por receitas que rendam bastante – quero que eles possam comer e repetir se tiverem vontade (a formiga em mim se preocupa com esse tipo de coisa).:D
Por esta razão bolos, barrinhas e brownies assados em formas de 20x30cm (na qual eu preparo receitas que pedem forma de 13x9 polegadas) são perfeitos – como estas barrinhas de caramelo deliciosas que se tornaram os doces a desaparecer mais rapidamente no escritório (quebrando o recorde destes brownies).

Se vocês quiserem me indicar uma receita gostosa que alimente um batalhão – talvez alguma de um dos meus livros – vou adorar. ;)

Barrinhas de caramelo
da ótima Saveur

- xícara medidora de 240ml

Base:
1 xícara (224g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (100g) de açúcar cristal (se possível, orgânico)
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1/8 colher (chá) de sal
2 ½ xícaras (350g) de farinha de trigo, uso dividido

Recheio:
¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, amolecida
¼ xícara de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
1 colher (sopa) de glucose de milho
1 lata (395g) de leite condensado

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma retangular de 32x22cm, forre com papel alumínio deixando sobras em lados opostos, formando “alças”; unte e enfarinhe o papel*.
Comece preparando a base: na tigela grande da batedeira, usando o batedor em formato de pá, bata a manteiga, o açúcar, a baunilha e o sal até obter uma mistura cremosa. Acrescente 2 ¼ xícaras (315g) da farinha e misture. Transfira ¾ da massa para a base da assadeira preparada e pressione com os dedos para forrar todo o fundo. Leve à geladeira. Transfira a massa restante para uma tigela média, junte o ¼ xícara (35g) de farinha de trigo restante e misture para formar uma farofa grossa – vá apertando com as mãos para formar caroços de massa de tamanhos diferentes. Leve à geladeira.
Prepare o recheio: em uma panela média, de fundo grosso, misture a manteiga, o açúcar mascavo, a glucose de milho e o leite condensado. Leve ao fogo médio-alto, mexendo sempre, até que o creme engrosse e comece a soltar das laterais e do fundo da panela, 8-10 minutos (como um brigadeiro). Despeje sobre a base e cubra com a farofinha de massa. Asse até dourar, 25-30 minutos (eu precisei de 40). Deixe esfriar completamente na forma. Corte em barrinhas para servir.

* fiz exatamente a receita acima usando uma forma de 20x30cm – como ela tem fundo removível, apenas untei e enfarinhei, sem a necessidade de usar papel alumínio

Rend.: 32 unidades

quarta-feira, outubro 05, 2011

Bolo de macadâmia, limão e coco - um bolo surpreendente

English version

Coconut, lime and macadamia cake / Bolo de macadâmia, limão e coco

Comprei um saquinho de limões especialmente para preparar este bolo – a idéia de misturá-los a coco e macadâmias parecia ótima. Como em muitos sábados, retirei a manteiga da geladeira bem cedinho para que ela ficasse macia o bastante para a minha sessão de baking (escrevendo isso me lembro deste post da Ana). :)
Fui lendo a receita e colocando os ingredientes necessários sobre a pia; por um momento, parei e reli, e então li mais uma vez – o bolo não levava manteiga. Nem óleo. Ok, a gordura do bolo será aquela presente nas macadâmias, tudo bem. Pare de encanar e continue, Patricia.
Coloquei o bolo no forno e comecei a pensar: será que ficará seco? Detesto bolo seco. Bem, já era tarde demais para esse tipo de pensamento – tudo o que eu podia fazer era esperar o bolo ficar pronto.
Depois de espalhar a cobertura deliciosamente azedinha sobre o bolo não consegui mais resistir: cortei uma fatia pequenina e provei. Um pedacinho e eu estava no céu: além de ser absolutamente macio o bolo era muito gostoso. Super encorpado. Eu deveria ter imaginado desde o início: afinal de contas, a receita é do Bill Granger. :)

Bolo de macadâmia, limão e coco
um nadinha adaptado do ótimo Bills open kitchen

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
150g de macadâmias sem sal
3 colheres (sopa) - 30g - de farinha de trigo
¼ colher (chá) de fermento em pó
4 ovos, claras e gemas separadas
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 124g - de açúcar cristal (de preferência orgânico)
1 colher (chá) de extrato de baunilha
raspas da casca de 2 limões tahiti pequenos
1/3 xícara (34g) de coco em flocos adoçados
1 pitada de sal

Cobertura de limão:
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
raspas da casca de 1 limão tahiti
1 ½ colheres (sopa) de suco de limão tahiti

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma redonda de 20cm, forre o fundo com papel manteiga e unte o papel também.
Coloque as macadâmias, a farinha e o fermento no processador de alimentos e processe até moer as macadâmias. Na tigela grande da batedeira bata as gemas, o açúcar e a baunilha até obter um creme claro e fofo. Com o auxílio de uma espátula de silicone, misture às gemas as raspas de limão, o coco e em seguida a mistura do processador. Reserve.
Coloque as claras e o sal em uma tigela média bem seca e bata em ponto de neve, até obter picos firmes. Misture as claras à massa levemente, mexendo de baixo para cima com a espátula de silicone.
Transfira a massa para a forma preparada e asse por 30-35 minutos ou até que cresça e doure e o bolo se afaste das laterais da forma (faça o teste do palito).
Retire do forno e deixe esfriar na forma, sobre uma gradinha, por 15-20 minutos. Desenforme o bolo sobre uma gradinha, remova o papel manteiga e inverta-o sobre outra grade. Deixe esfriar completamente.
Prepare a cobertura: em uma tigela, misture o açúcar, as raspas e o suco de limão até obter uma consistência boa para espalhar (adicione mais suco se necessário). Cubra o bolo com a mistura e sirva.

Rend.: 8-10 porções

segunda-feira, outubro 03, 2011

Financiers de baunilha com quincans em calda + um filme que todo mundo deveria ver

English version

Vanilla bean and candied kumquat financiers / Financiers de baunilha com quincans em calda

Assisti a “Confiar” sábado passado e gostei bastante: bem dirigido e com ótimas performances, o que para mim é imprescindível ao se abordar um assunto tão delicado. Levei minha irmã comigo porque achei importante que ela visse o filme e acho que pais, adolescentes e até mesmo jovens adultos deveriam vê-lo, também.

Algo que me surpreendeu no filme foi o diretor, David Schwimmer: não conheço muito do seu trabalho – com exceção de “Friends” – e acho que ele lidou com “Confiar” perfeitamente. Ficarei atenta aos seus próximos projetos – versatilidade é uma qualidade que admiro em atores e diretores.

De alguém versátil para uma receita idem: estes financiers são uma delícia e funcionam com uma tela para a sua imaginação – já os fiz com cereja e também deram super certo com quincans em calda.

Financiers de baunilha com quincans em calda
adaptados de dois ótimos livros: Simply Bill e Baking for All Occasions

- xícara medidora de 240ml

Quincans em calda:
1 dúzia de quincans
¾ xícara (180ml) de água
½ colher (sopa) de glucose de milho
1 xícara + 2 colheres (sopa) - 224g - de açúcar refinado

Financiers:
2/3 xícara (67g) de farinha de amêndoas (amêndoas finamente moídas)
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado + um pouquinho extra para polvilhar
1/3 xícara (46g) de farinha de trigo, peneirada
4 claras
1 fava de baunilha, aberta no sentido do comprimento, sementinhas raspadas com as costas da faca
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1/3 xícara (75g) de manteiga sem sal, derretida e fria

Comece preparando as quincans em calda: com o auxílio de uma faca serrilhada, corte a ponta de cada quincam (onde havia o cabinho). Corte as quincans em fatias de aproximadamente 6mm. Em uma panela média, de fundo grosso, misture a água, a glucose de milho e o açúcar e leve ao fogo médio, mexendo apenas até o açúcar dissolver. Aumente para fogo médio-alto e deixe ferver sem mexer. Adicione as quincans, reduza para o fogo mínimo e cozinhe lentamente até que as quincans fiquem macias e a calda engrosse, 15-25 minutos. Retire do fogo e transfira a mistura para uma tigela refratária. Deixe esfriar completamente.
As quincans em calda podem ser guardadas em um recipiente hermético, na geladeira, por até 1 mês. Quando for assar os financiers, remova as fatias de quincam da calda e deixe escorrer em uma gradinha por 2-3 horas.

Agora, os financiers: pré-aqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga dez forminhas de silicone com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada ou unte e enfarinha forminhas de muffin.
Em uma tigela grande, misture a farinha de amêndoas, o açúcar de confeiteiro, a farinha de trigo e o sal. Junte as claras e misture apenas até combinar. Acrescente as sementinhas e o extrato de baunilha. Junte a manteiga e misture somente até incorporar.
Divida a massa entre as forminhas preparadas. Cubra com 2-3 fatias de quincam.
Asse por 25-30 minutos ou até que os financiers cresçam e dourem (faça o teste do palito). Retire do forno e deixe esfriar nas forminhas, sobre uma gradinha, por 5 minutos. Desenforme e deixe esfriar completamente sobre a gradinha.
Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir; guarde em um recipiente hermético.

Rend.: 10 unidades

Related Posts with Thumbnails