sexta-feira, abril 30, 2010

Salada de batata e atum com molho de anchova

English version

Tuna and potato salad with anchovy dressing / Salada de batata e atum com molho de anchova

Apesar de ter sido publicado aqui que sou vegetariana, não é bem verdade – não como carne vermelha, mas adoro aves e amo peixe.

Esta saladinha é super simples, mas o molho a transforma em algo bem interessante. Se possível, use um atum de boa qualidade (importado, conservado em azeite), ou então o maravilhoso atum da Ana.

Salada de batata e atum com molho de anchova
da Donna Hay magazine

600g de batatas, lavadas e cortadas ao meio – não descasque e use um tipo de batata bom assar
1 colher (sopa) de azeite
sal e pimenta do reino moída na hora
4 tomates italianos, fatiados
¾ xícara de folhas de manjericão
1 lata de atum (aprox. 425g) conservado em óleo ou azeite, escorrido

Molho de anchova:
3 filezinhos de anchova em conserva, picados
1/3 xícara de vinagre de vinho tinto – usei ¼ xícara de suco de limão siciliano
¼ xícara de azeite de oliva extra virgem
sal e pimenta do reino moída na hora

Pré-aqueça o forno a 200°C. Coloque as batatas numa assadeira, junte o azeite, o sal e a pimenta e misture bem. Asse por 45 minutos ou até que dourem.
Faça o molho: coloque a anchova, o vinagre, o azeite, o sal e a pimenta numa tigelinha e misture bem para incorporar (a anchova vai derreter). Reserve.
Misture as batatas aos tomates, o manjericão e o atum. Regue com o molho e sirva.

Rend.: 4 porções

quarta-feira, abril 28, 2010

Marshmallows de água de flor de laranjeira

English version

Orange blossom water marshmallows / Marshmallows de água de flor de laranjeira

Eu lhes contei que sou absurdamente parcial a receitas doces e tenho certeza de que vocês já tinham notado. :)
Adoro fazer sobremesas (de comer de colher) e cupcakes, por exemplo, mas há algo que me faz mais feliz ainda: compartilhar o que preparo. Talvez seja esse o porquê de eu ser tão fanática por cookies – eles são fáceis de embrulhar e transportar; é só colocar alguns cookies num saquinho para fazer o dia de alguém mais gostoso.

Marshmallows são assim também – é por isso que vocês sempre os vêem por aqui. :)

Orange blossom water marshmallows / Marshmallows de água de flor de laranjeira

Marshmallows de água de flor de laranjeira
adaptados daqui

- xícara medidora de 240ml

2 colheres (sopa) de gelatina em pó incolor e sem sabor
½ xícara (120ml) de água morna
330g de açúcar refinado
½ xícara + 1 ½ colheres (sopa) de glucose transparente (à venda em casas de artigos para confeitaria)
1/3 xícara (80ml) de água, extra
1 colher (sopa) de água de flor de laranjeira

Para envolver os marshmallows:
¾ xícara (105g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) de amido de milho, peneirado

Unte uma forma quadrada de 20cm com óleo, polvilhe com açúcar de confeiteiro e retire o excesso.

Coloque a gelatina e a água morna na tigela grande da batedeira e misture bem; reserve.
Junte o açúcar refinado, a glucose e a água extra numa panela e leve ao fogo médio (misture bem os ingredientes). Quando ferver, não misture mais e deixe por 5-6 minutos ou até atingir a temperatura de 115°C (use um termômetro culinário).

Com a batedeira na velocidade alta, vá acrescentando a mistura quente em fio à gelatina. Adicione a água de flor de laranjeira e bata por 10 minutos, ou até que fique espesso e fofinho. Transfira para a forma preparada, cubra com um pedaço de papel manteiga ou alumínio sem deixar que toque a superfície do marshmallow. Reserve em temperatura ambiente de um dia para o outro.

Misture o açúcar de confeiteiro e o amido numa tigela. Vire o marshmallow inteiro numa superfície polvilhada com um pouco da mistura de açúcar e remova a formal com cuidado. Corte em quadrados usando uma faca afiada levemente untada com óleo. Passe os quadradinhos pela mistura de açúcar. Guarde em recipiente hermético.

Rend.: 36 unidades

segunda-feira, abril 26, 2010

Cookies de Toblerone

English version

Toblerone cookies / Cookies de Toblerone

Tenho me sentido como um certo gato ultimamente – nada fã de segundas-feiras...

Estes cookies animam qualquer um, até o Garfield – é muito cedo pra lasanha, mesmo... :)

Cookies de Toblerone
adaptados daqui

- xícara medidora de 240ml

¼ xícara (56g) de manteiga sem sal, amolecida
2/3 xícara (117g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ovo, ligeiramente batido com um garfo
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 xícara (140g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
200g de Toblerone ao leite, em pedaços graúdos

Pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro e fofo. Junte o ovo e a baunilha e bata até homogeneizar. Acrescente a farinha, o bicarbonato, o sal e 150g do Toblerone e misture com uma colher de pau.
Coloque porções de 1 colher (sopa) nivelada de massa nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Pressione os pedacinhos de Toblerone restante na superfície dos cookies.
Asse por 10-12 minutos ou somente até que a massa pareça seca e a superfície dos cookies apresentem rachaduras – os cookies ainda estarão molinhos. Deixe esfriar e firmar nas formas e então retire com cuidado do papel manteiga.

Os cookies podem ser guardados num recipiente hermético por até 3 dias.

Rend.: 22 unidades

sexta-feira, abril 23, 2010

Friands de pistache e limão siciliano + uma novidade

English version

Lemon pistachio friands / Friands de pistache e limão siciliano

Tem novidade aqui hoje – e sei que vocês me perdoarão pelo pequeno momento egocêntrico. :)

Depois de receber emails e comentários com perguntas sobre o equipamento que uso para fotografar, se fiz algum curso, etc., resolvi adicionar uma página ao blog, contando um pouquinho sobre mim – e é claro que isso seria acompanhado por uma receita com limão siciliano. :)

Lemon pistachio friands / Friands de pistache e limão siciliano

Friands de pistache e limão siciliano
adaptados daqui

190g de manteiga sem sal
60g de farinha de trigo
200g de açúcar de confeiteiro + um pouquinho extra, para polvilhar
60g de amêndoas moídas (farinha de amêndoas)
60g de pistache sem sal, finamente moído
5 claras
raspas da casca de 2 limões sicilianos

Pré-aqueça o forno a 180°C. Derreta a manteiga e use um pouquinho para untar doze forminhas de friand. Polvilhe com farinha e retire o excesso.
Peneire a farinha e o açúcar de confeiteiro numa tigela e adicione as amêndoas e o pistache moídos.
Coloque as claras numa tigelinha e bata-as ligeiramente com um garfo, até espumarem. Junte-as aos ingredientes secos, acrescente a manteiga e as raspas de limão e misture até incorporar. Encha 2/3 de cada forminha de friand com a massa e asse por 25-35 minutos ou até que dourem (faça o teste do palito). Retire do forno, aguarde 5 minutos e então os desenforme. Transfira para uma gradinha e deixe que esfriem completamente. Polvilhe com açúcar de confeiteiro antes de servir.

Os friands podem ser guardados num recipiente hermético por 2-3 dias.

Rend.: 12 unidades – fiz metade da receita acima e consegui 9 friands, sendo 6 com as forminhas de estrela, com capacidade para 3 colheres (sopa) de massa cada + 3 com forminhas de muffin com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada

quarta-feira, abril 21, 2010

Panquequinhas de banana

English version

Banana pancakes / Panquequinhas de banana

Amo feriados – quem não gosta? :)

Dias preguiçosos como hoje pedem um café da manhã caprichado, como estas panquequinhas – elas ficam uma delícia com frutas frescas, especialmente morangos. Um jeito bem gostoso de começar o dia. :)

Banana pancakes / Panquequinhas de banana

Panquequinhas de banana
do Simple Essentials Fruit

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras + 2 colheres (sopa) - 300g - de farinha de trigo
3 colheres (chá) de fermento em pó
2/3 xícara (116g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
1 xícara (240ml) de buttermilk
2 ovos
4 bananas maduras, amassadas
1 ½ colheres (sopa) - 21g - de manteiga sem sal
½ xícara de xarope de bordo (maple syrup) ou mel, para servir

Coloque a farinha, o fermento em pó, o açúcar, o buttermilk, os ovos e as bananas numa tigela grande e misture até incorporar. Aqueça uma frigideira antiaderente grande em fogo médio. Coloque um pouquinho da manteiga e derrame porções de 1/3 xícara (80ml) de massa, fritando até que bolhas apareçam na superfície. Vire as panquequinhas e cozinhe-as do outro lado por 1 minuto ou até que dourem. Repita com a massa restante.
Sirva as panquequinhas empilhadas, regadas com o xarope de bordo ou mel.

Rend.: 4 porções – fiz metade da receita acima, usei ¼ xícara (60ml) de massa por panqueca e consegui 12

segunda-feira, abril 19, 2010

Madeleines com gotas de chocolate

English version

Choc chip madeleines / Madeleines com gotas de chocolate

Obrigada a todos pelas opiniões sobre os tamanhos das fotos – fiquei surpresa com a quantidade de comentários aqui! Foi muito bom conhecer algumas de vocês, que comentaram pela primeira vez! :)

Houve gente que gostou das fotos maiores – inclusive eu – mas a maioria preferiu o tamanho menor (sim, eu contei os votos). :)

Vou tentar contentar a todos nós com este tamanho – nem tão grande, nem tão pequeno – e espero que gostem, também.

Choc chip madeleines / Madeleines com gotas de chocolate

Madeleines com gotas de chocolate
adaptadas das madeleines tradicionais da Dorie

- xícara medidora de 240ml

2/3 xícara (94g) de farinha de trigo
¾ colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (100g) de açúcar refinado
2 ovos grandes, em temperatura ambiente
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
6 colheres (sopa) - 84g - de manteiga sem sal, derretida e fria
75g de chocolate amargo (70% cacau), picadinho

Misture a farinha, o fermento e o sal numa tigelinha e reserve.
Usando a batedeira, bata o açúcar e os ovos juntos em velocidade médio-baixa até obter um creme claro, espesso e fofo, 2-3 minutos. Junte a baunilha e bata. Com o auxílio de uma espátula de borracha/silicone, incorpore os ingredientes secos delicadamente, misturando de baixo para cima, e faça o mesmo com a manteiga e os pedacinhos de chocolate. Cubra a massa com um pedaço de filme PVC colocando-o diretamente em contato com a superfície da mistura. Leve à geladeira por pelo menos 3 horas ou por até 2 dias – esse tempo de refrigeração vai ajudar a formar os “calombinhos” característicos das madeleines (se preferir, coloque a massa nas assadeiras preparadas, cubra e leve à geladeira, e depois leve diretamente ao forno).

Pré-aqueça o forno a 200°C – você vai usar o centro do forno para assar as madeleines. Unte com manteiga uma forma de madeleines com 12 cavidades, ou uma forma de mini madeleines com 36 cavidades, polvilhe com farinha e retire o excesso; se for usar formas antiaderentes, apenas unte com óleo ou cooking spray. Se for usar forminhas de silicone não é preciso prepará-las. Coloque as formas de madeleine dentro de uma assadeira de beiradas baixas.
Transfira a massa às colheradas para as forminhas, enchendo cada cavidade até quase o topo – não se preocupe em espalhar a massa, o calor do forno se encarregará disso. Asse as madeleines por 11 a 13 minutos e as mini madeleines por 8 a 10 minutos, ou até que dourem e cresçam. Retire do forno e imediatamente as remova das assadeiras, gentilmente, transferindo para uma gradinha e deixando esfriar.
Se sobrar massa, esfrie e prepare corretamente as assadeiras antes de assar mais madeleines.

Rend.: 12 madeleines grandes ou 36 mini madeleines; consegui 20 madeleines de tamanho regular - as das fotos, forminhas com capacidade para 1 colher (sopa) de massa, + 9 usando a forma em formato de vieira - forminhas com capacidade para 2 colheres (sopa) de massa

sexta-feira, abril 16, 2010

Cookies de aveia, xarope de bordo e cranberries

English version

Maple cranberry oatmeal cookies / Cookies de aveia, xarope de bordo e cranberries

Certos ingredientes ou comidinhas automaticamente me lembram certas pessoas – isso acontece com vocês também?

Toda vez que faço alguma coisa com xarope de bordo penso na Brilynn – ela não posta nada no bonito blog dela há um tempinho, mas agora posso segui-la no Twitter. Que bom. :)

Cookies de aveia, xarope de bordo e cranberries
do Big Fat Cookies

- xícara medidora de 240ml

1 ¾ xícaras (245g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
¼ colher (chá) de sal
2 colheres (chá) de canela em pó
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 xícara (175g) de açúcar mascavo escuro – aperte-o na xícara na hora de medir
1/3 xícara (66g) de açúcar granulado
2 ovos grandes
½ xícara (120ml) de xarope de bordo (maple syrup)
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 ¾ xícaras (200g) de aveia em flocos
1 ½ xícaras (165g) de cranberries secas

Pré-aqueça o forno a 180°C – você vai usar o centro do forno para assar os cookies. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.

Peneire a farinha, o bicarbonato, o sal e a canela numa tigela média e reserva. Na tigela grande da batedeira, em velocidade média, bata a manteiga, o açúcar mascavo e o granulado até incorporar bem e homogeneizar, cerca de 1 minuto. Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela com uma espátula de borracha/silicone algumas vezes durante o preparo da massa. Em velocidade baixa, junte os ovos, o xarope de bordo e a baunilha e bata até incorporar, 1 minuto aproximadamente. Junte os ingredientes secos reservados e incorpore-os à mistura. Junte a aveia e as cranberries, misturando.
Com uma colher para sorvete ou uma xícara medidora com capacidade para ¼ xícara (60ml), separe porções de massa e coloque-as nas formas preparadas, deixando pelo menos 6cm de espaço entre uma e outra.
Asse uma forma de cada vez até que os topos dos cookies firmem e estes dourem levemente tanto no topo quanto na parte inferior, cerca de 18 minutos. Deixe os cookies esfriarem nas assadeiras por 5 minutos e então os remova com uma espátula de metal larga, transferindo-os para uma gradinha. Deixe esfriar completamente.

Os cookies podem ser guardados num recipiente hermético em temperatura ambiente por até 4 dias.

quarta-feira, abril 14, 2010

Profiteroles de doce de leite

English version

Dulce de leche profiteroles / Profiteroles de doce de leite

Há um tempinho lhes contei que não via graça no Twitter. Bem, meus queridos, isso mudou – e a culpa é da minha amiga Tina Lopes. Ainda não twitto tanto, mas minha opinião é definitivamente outra agora. :)

Pelo Twitter, conversei com a Lu Betenson sobre uma vez em que tentei fazer um croquembouche usando uma receita do “Feast” e foi um desastre: os profiteroles ficaram no forno por séculos sem que crescessem ou dourassem. :S

Hora de tentar fazer profiteroles novamente e desta vez o resultado foi muito bom – receitinha daqui (adoro esse livro). Da próxima vez vou adicionar um tiquinho de extrato de baunilha para disfarçar o leve cheiro de ovo.

Dulce de leche profiteroles / Profiteroles de doce de leite

Profiteroles de doce de leite
do Modern Classics Book 2

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (240ml) de água
100g de manteiga sem sal
¾ xícara + 1 colher (sopa) - 115g - de farinha de trigo
5 ovos
2 xícaras de doce de leite
300g chocolate amargo, derretido

Pré-aqueça o forno a 180°C*; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Coloque a água e a manteiga numa panela média e leve ao fogo alto até ferver. Junte a farinha e bata com uma colher de pai até homogeneizar. Cozinhe em fogo baixo, mexendo, até a mistura se desprender das laterais e do fundo da panela. Retire do fogo e transfira para a tigela grande da batedeira. Bata em velocidade alta e vá acrescentando os ovos, aos poucos, batendo até incorporar e obter uma massa homogênea. Coloque a massa num saco de confeitar com um bico de 12mm e forme círculos de 4cm nas assadeiras preparadas, deixando um espaço de 5cm entre um e outro. Leve ao forno por 25-30 minutos ou até que estufem bastante e dourem bem. Deixe esfriar completamente sobre uma gradinha e então, com cuidado, desgrude cada profiterole do papel. Com a ponta de uma faca afiada, faça um buraquinho pequeno na base de cada profiterole.
Coloque o doce de leite num saco de confeitar com um bico pequenino (usei um com pouco mais de 0,5cm). Insira o bico no buraquinho da base de cada profiterole e encha-o com o recheio. Reserve.
Com cuidado, mergulhe o topo de cada profiterole no chocolate derretido e reserve até firmar.

* os profiteroles que assei a 200°C ficaram mais bonitos, mais gostosos e cresceram mais

Rend: 35 unidades

segunda-feira, abril 12, 2010

Bolinhos fudge de baunilha e chocolate branco e a sua opinião sobre uma coisinha

English version

White chocolate and vanilla fudge cakes / Bolinhos fudge de baunilha e chocolate branco

O post de hoje é uma espécie de pesquisa: o que vocês acharam do novo tamanho das fotos publicadas? Gostaram? Mais ou menos? Não dão a mínima? Contem-me, por favor – não consigo resolver esse dilema sozinha. :)

Participei de uma matéria super bacana da revista Mais, da rede Pão de Açúcar – a Si e a Laila estão lá, também. Para saber quem é esta moça que toda hora fica lhes pedindo votos e opiniões, é só clicar aqui. :)

White chocolate and vanilla fudge cakes / Bolinhos fudge de baunilha e chocolate branco

Bolinhos fudge de baunilha e chocolate branco
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

150g de chocolate branco, picadinho
100g de manteiga sem sal, picada
½ xícara (120ml) de leite integral
1/3 xícara + ½ colher (sopa) - 73g - de açúcar refinado
1 fava de baunilha, aberta com uma faca no sentido do comprimento, sementinhas removidas com as costas da faca
1 ovo
¼ xícara (35g) de farinha de trigo com fermento
½ xícara + ½ colher (sopa) - 75g - de farinha de trigo comum
200g de chocolate branco, extra

Pré-aqueça o forno a 160°C. Unte bem com manteiga doze mini forminhas caneladas com furo central com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada*.
Junte o chocolate, a manteiga, o leite, o açúcar e as sementinhas de baunilha numa panela média e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até derreter e homogeneizar. Deixe esfriar completamente. Acrescente o ovo e misture bem.
Peneire as farinhas numa tigela grande e acrescente a elas a mistura de chocolate. Misture com uma colher de pau até obter uma massa lisa e homogênea. Transfira para as forminhas preparadas, coloque-as numa assadeira grande, de beiradas baixas, e leve ao forno por 15 minutos ou até que estejam assadinhos por dentro (faça o teste do palito). Deixe esfriar por 5 minutos, ainda dentro das formas, sobre uma gradinha. Com bastante cuidado, desenforme os bolinhos e deixe que esfriem completamente sobre a gradinha.
Coloque o chocolate branco extra numa tigelinha refratária e leve ao banho-maria, mexendo algumas vezes, até derreter. Cubra os bolinhos com o chocolate derretido e deixe firmar.

* optei por bolinhos ligeiramente maiores: usei quatro forminhas de furo central com capacidade para 1 xícara (240ml) cada

Rend.: 12 unidades

sexta-feira, abril 09, 2010

Mousse de chocolate com especiarias

English version

Spiced chocolate mousse / Mousse de chocolate com especiarias

Vocês se lembram da minha amiga Neusa? Há algumas semanas ela me disse que havia procurado por uma receita de mousse de chocolate aqui no blog mas não encontrou. Daí me toquei de que em quase quatro anos de blog nunca publiquei mousse de chocolate. Que vergonha.

É hora de corrigir isso, com um toque de canela e noz moscada para deixar a sobremesa ainda mais especial. Quem quiser uma mousse de chocolate tradicional só precisa omitir as especiarias.

Spiced chocolate mousse / Mousse de chocolate com especiarias

Mousse de chocolate com especiarias
adaptada da Australian Gourmet Traveller

180g de chocolate amargo (70% de cacau), picado
3 ovos, em temperatura ambiente, claras e gemas separadas
3 colheres (sopa) de açúcar refinado
¼ colher (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de noz moscada moída na hora
225m de creme de leite fresco, batido até formar picos suaves

Coloque o chocolate em uma tigela refratária e derreta-o em banho-maria. Retire do fogo e deixe esfriar. Acrescente as gemas e mexa – a mistura vai ficar espessa. Junte as especiarias e misture. Acrescente o creme de leite e misture delicadamente, de baixo para cima, com o auxílio de uma espátula de borracha/silicone.
Na tigela grande da batedeira, bata as claras em neve até que formem picos suaves. Junte o açúcar e bata para incorporar. Misture as claras delicadamente ao creme de chocolate, novamente misturando de baixo para cima com a espátula – a mousse deve ficar homogênea tanto na textura quanto na cor.
Transfira para seis potinhos ou copinhos com capacidade para ½ xícara (120ml) cada e leve à geladeira por 3 horas ou até firmar.

Rend.: 6 porções

quarta-feira, abril 07, 2010

Bolo crumble de frutas e um agradecimento

English version

Fruit crumble cake / Bolo de crumble de frutas

O resultado do Saveur’s Food Blog Awards já foi publicado – parabéns a todos os vencedores!

O Technicolor Kitchen não venceu na categoria melhor blog de baking e sobremesas mas mesmo assim quero agradecer a todos vocês pelos votos e apoio – significam muito pra mim. E também quero informar que com ou sem prêmio as receitas doces continuarão com tudo por aqui – como este bolo crumble de frutas, macio e gostoso.

Fruit crumble cake / Bolo de crumble de frutas

Bolo crumble de frutas
adaptado do Modern Classics 2

- xícara medidora de 240ml

¾ xícara + 1 colher (sopa) - 184g - manteiga sem sal, amolecida
1 1/3 xícaras + ½ colher (sopa) - 272g - de açúcar refinado
1 ½ colheres (chá) de extrato de baunilha
3 ovos
2 1/3 xícaras + 1 colher (sopa) - 337g - de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
¼ xícara (60ml) de leite integral
5 ameixas, sem os caroços e cortadas em fatias finas
5 damascos frescos, sem os caroços e cortados em fatias finas
açúcar refinado extra, para polvilhar

Cobertura tipo crumble:
1/3 xícara + ½ colher (sopa) - 51g - de farinha de trigo
1 ½ colheres (sopa) de açúcar refinado
2 ½ colheres (sopa) - 35g - de manteiga sem sal, gelada e picada

Pré-aqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma de 20x30cm, forre-a com papel manteiga e unte o papel também.
Coloque a manteiga, o açúcar e a baunilha na tigela grande da batedeira e bata até obter um creme claro e fofo. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Peneire a farinha e o fermento em pó sobre a mistura, acrescente o leite e bata em velocidade baixa até incorporar. Transfira a massa para a assadeira preparada e arrume as fatias de fruta sobre ela. Salpique com o açúcar extra.
Prepare a cobertura de crumble: numa tigelinha, junte a farinha, o açúcar e manteiga e misture com as pontas dos dedos até obter uma farofa grossa. Espalhe sobre as frutas.
Asse por aproximadamente 50 minutos (faça o teste do palito).

Rend.: 10 porções – fiz 2/3 da receita acima, usei uma forma quadrada de 20cm e substituí as ameixas e os damascos por 2 nectarinas e 270g de cerejas congeladas (deixando-as descongelar antes de usar)

segunda-feira, abril 05, 2010

Sorvete de menta com chocolate

English version

Fresh mint choc chip ice cream / Sorvete de menta com chocolate

Desperdício de comida não tem vez lá em casa e tenho certeza de que com vocês também não. Depois de preparar o sorbet de abacaxi com hortelã me sobraram várias folhinhas da planta – elas estavam tão perfumadas que comi várias enquanto as ia lavando. :)

As tais folhinhas acabaram virando sorvete – de menta com chocolate, pra melhorar ainda mais as coisas. Sempre tenho a sensação de que doces com sabor de menta têm gosto de pasta de dente, mas este sorvete, não – o sabor é bem suave e, para mim, uma delícia.

Fresh mint choc chip ice cream / Sorvete de menta com chocolate

Sorvete de menta com chocolate
do The Perfect Scoop

- xícara medidora de 240ml

1 xícara (240ml) de leite integral
¾ xícara (150g) de açúcar
2 xícaras (480ml) de creme de leite fresco
1 pitada de sal
2 xícaras (80g) de folhas de hortelã – deixe-as soltinhas na xícara na hora de medir
5 gemas grandes
140g de chocolate amargo, picadinho

Aqueça o leite, o açúcar, 1 xícara (240ml) do creme de leite e o sal numa panela pequena. Junte as folhas de hortelã e misture para mergulhá-las no líquido. Cubra, retire do fogo e deixe em infusão em temperatura ambiente por 1 hora.

Passe a mistura por uma peneira despejando-a numa panela pequena (o leite vai estar com um tom de esmeralda bonito*). Pressione bem as folhas para extrair o máximo de sabor possível e em seguida as descarte. Transfira a 1 xícara (240ml) de creme de leite fresco restante para uma tigela grande e coloque uma peneira sobre ela.
Reaqueça a mistura de menta. Numa tigela média, bata as gemas com um fuê. Aos poucos derrame o líquido quente sobre as gemas, mexendo constantemente para que não cozinhem. Volte tudo para a panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre com uma espátula de silicone, raspando as laterais e o fundo da panela, até a mistura engrossar e cobrir as costas de uma colher. Passe este creme pela peneira, despejando-o dentro da tigela com o creme de leite. Misture e deixe esfriar colocando a tigela com o creme sobre uma outra cheia de água e cubos de gelo.
Leve à mistura à geladeira por 5-6 horas e então à sua sorveteira, seguindo as instruções do fabricante.
Enquanto isso, derreta o chocolate em banho-maria, mexendo constantemente, e o transfira para uma xícara medidora de vidro. Quando o sorvete terminar de gelar, despeje o chocolate em fio, diretamente para dentro da sorveteira e deixe a máquina funcionar por mais 30 segundos – o chocolate vai endurecer, formando os flocos. Transfira o sorvete para um pote hermético e deixe no freezer até firmar, pelo menos 4 horas.

* o leite ficou pálido demais, por isso acrescentei algumas gotinhas de corante alimentício verde

Rend.: cerca de 1 litro

sexta-feira, abril 02, 2010

Cookies de chocolate amargo e cerejas secas

English version

Cherry chocolate chippers / Cookies de chocolate amargo e cerejas secas

Sempre acho triste uma revista deixar de ser publicada – penso em todas as pessoas que podem não ter mais emprego e isso me parte o coração...

Esta receita vem do site da Gourmet – é uma pena a revista não existir mais, mas pelo menos há um conteúdo online muito bom para matar a saudade.

Cherry chocolate chippers / Cookies de chocolate amargo e cerejas secas

Cookies de chocolate amargo e cerejas secas
daqui

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de sal
¾ xícara (170g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (100g) de açúcar granulado
¾ xícara (132g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
2 ovos grandes
1 colher (chá) de extrato de baunilha
336g de chocolate amargo (70% de cacau) picadinho
1 xícara (145g) de cerejas secas

Pré-aqueça o forno a 190°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Misture a farinha, o fermento em pó, a canela e o sal numa tigelinha. Na tigela grande da batedeira bata a manteiga, o açúcar granulado e o mascavo até incorporar. Adicione os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Junte a baunilha. Em velocidade baixa, acrescente os ingredientes secos, misturando até incorporar; em seguida, junte o chocolate e as cerejas secas e incorpore-os à massa com o auxílio de uma colher de pau.

Coloque porções de 1 colher (sopa) nivelada de massa nas assadeiras preparadas, deixando 4cm de distância entre uma e outra. Asse uma forma por vez até que os cookies dourem nas extremidades, 12 a 15 minutos. Deixe esfriar nas assadeiras por 2 minutos e então transfira para uma gradinha, deixando esfriar completamente.

Rend.: 5 dúzias – fiz metade da receita acima e consegui 28 cookies

Related Posts with Thumbnails