segunda-feira, agosto 31, 2009

Cupcakes de chocolate recheados com marshmallow e Nutella

English version

Rocky road cupcakes / Cupcakes de chocolate com marshmallow e Nutella

Quando vi estes cupcakes na revista DH, achei que fossem de chocolate; mas estava enganada – eram cupcakes rocky road! Com marshmallow e Nutella, hum... :D

Foi como quando ouvi “Crazy” no rádio pela primeira vez – poderia ter jurado ser o Moby...

Rocky road cupcakes / Cupcakes de chocolate com marshmallow e Nutella

Cupcakes de chocolate recheados com marshmallow e Nutella
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

250g de manteiga sem sal, amolecida
1 ¼ xícaras + 2 colheres (sopa) (274g) de açúcar refinado
4 ovos
2 xícaras + 2 colheres (sopa) (300g) de farinha de trigo
¼ xícara de avelãs sem casca, moídas*
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 xícara (240ml) de leite
200g de chocolate amargo, derretido – usei 70% de cacau
12 marshmallows grandes
½ xícara de Nutella

Chantilly de chocolate:
2 xícaras (500ml) de creme de leite fresco
3 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
½ xícara (45g) de cacau em pó + um pouquinho extra para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 160ºC. Coloque a manteiga e o açúcar na tigela grande da batedeira e bata até obter um creme claro. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Peneire a farinha de trigo, as avelãs moídas e o fermento sobre a massa e bata em velocidade baixa (para os ingredientes secos não “voarem”) e em seguida aumente a velocidade, batendo bem. Junte o leite e o chocolate derretido com uma espátula de borracha/silicone, misturando de baixo para cima. Transfira a massa para forminhas de muffin com capacidade para 1 xícara (240ml) cada forradas com forminhas de papel. Leve ao forno por 15-20 minutos ou até que estejam assados por dentro (faça o teste do palito). Deixe esfriar um pouquinho e, com a ajuda de uma faquinha serrilhada, faça pequenos buracos redondos na superfície de cada cupcake e retire a tampinha; encha cada buraquinho com 1 marshmallow e 1 colher (chá) de Nutella. Recoloque as tampinhas em cada cupcake, tampando o recheio.

Para a cobertura, junte o creme de leite, o açúcar e o cacau em uma tigela não-metálica e bata até que picos suaves se formem (não entendi a observação da revista; usei uma tigela de aço inox e funcionou direitinho). Espalhe a cobertura sobre os cucpakes com uma espátula e polvilhe com um pouquinho de cacau.

* usei farinha de amêndoas (amêndoas moídas)

Rend.: 12 unidades – fiz metade da receita acima e consegui 12 cupcakes, usando forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada; como minhas formas eram menores do que as da receita, coloquei 1/3 de marshmallow + ½ colher (chá) de Nutella em cada bolinho

sexta-feira, agosto 28, 2009

Salada com tomate, bacon e queijo assados

English version

Roasted cheese, bacon and tomato salad / Salada com tomate, bacon e queijo assados

Outro dia lhes contei que a sobremesa é a minha parte favorita de uma refeição – e é, mesmo. Mas as receitas salgadas da revista DH são irresistíveis – gosto especialmente das sopas e saladas, como esta aqui.

Dei uma mudadinha na receita, usando rúcula e vinagre balsâmico em vez de espinafre e vinagre de vinho tinto, respectivamente; alterações simples – nada tolo como trocar o Hugh Laurie pelo John Malkovich. :D

Roasted cheese, bacon and tomato salad / Salada com tomate, bacon e queijo assados

Salada com tomate, bacon e queijo assados
ligeiramente adaptada da Donna Hay magazine

250g de queijo coalho, em fatias finas
4 fatias de bacon, grosseiramente picadas
200g de pão Italiano, picado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
250g de tomates cereja
100g de rúcula

Molho:
3 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 dente de alho, amassado*

Pré-aqueça o forno a 220ºC. Prepare o molho juntando os ingredientes numa tigelinha e misturando bem. Reserve.

Coloque o queijo coalho, o bacon, o pão e o azeite numa assadeira e misture. Leve ao forno por 5-6 minutos. Retire, vire as fatias de queijo e acrescente os tomates. Leve ao forno novamente, por mais 6-8 minutos, ou até os tomates amaciarem e os croutons dourarem. Transfira para uma tigela, junte a rúcula, regue com o molho e misture.

* usei azeite aromatizado com alho e omiti o dente de alho

Rend.: 4 porções

terça-feira, agosto 25, 2009

Bolo de baunilha e buttermilk com ganache de maracujá para alguém muito especial

English version

Vanilla buttermilk cake with whipped passion fruit ganache / Bolo de baunilha e buttermilk com ganache de maracujá

Ano passado, foram limões sicilianos e morangos; desta vez, baunilha e maracujá aparecem para comemorar o aniversário da minha irmã.

Não faço bolos de camadas tanto quanto gostaria, mas quando os preparo este livro é o primeiro ao qual recorro – novamente, os resultados foram ótimos. Os bolos ficaram macios e a ganache estava deliciosa e leve, porém fácil de espalhar e firme o suficiente para que “segurar” os bolos (adaptei uma receita de ganache de chocolate branco do mesmo livro).

Ainda incerta de que a Jessica gostara do bolo, perguntei: “quer levar um pouco pra casa?” – quando ela sorriu e disse “sim!” com vontade, todas as minhas dúvidas desapareceram. :D

Vanilla buttermilk cake with whipped passion fruit ganache / Bolo de baunilha e buttermilk com ganache de maracujá

Bolo de baunilha e buttermilk com ganache de maracujá
adaptado do Sky High: Irresistible Triple-Layer Cakes

- xícara medidora de 240ml

Bolo:
4 ovos inteiros
2 gemas
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1 ¼ xícaras (300ml) de buttermilk – uso dividido
3 xícaras (420g) de farinha de trigo especial para bolos, peneirada*
2 xícaras (400g) de açúcar – usei açúcar aromatizado com baunilha
4 ½ colheres (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de sal
1 xícara (226g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente

Ganache de maracujá:
168g (6oz) de chocolate branco, bem picadinho
1/3 xícara + 1 ½ xícaras (440ml) de creme de leite fresco – uso dividido
2 colheres (sopa) de açúcar
½ xícara (120ml) de polpa de maracujá (1 maracujá grande, aprox.)

Pré-aqueça o forno a 180ºC; unte o fundo e as laterais de três formas redondas de 20cm de diâmetro com manteiga ou óleo vegetal. Forre os fundos com um círculo de papel manteiga e unte o papel também.

Coloque os ovos e as gemas numa tigela média, acrescente a baunilha e ¼ xícara (60ml) do buttermilk. Misture bem com um fuê.

Na tigela grande da batedeira – grande mesmo, pois é um volume enorme de massa que se forma – junte a farinha, o açúcar, o fermento e o sal. Misture. Acrescente a manteiga e o buttermilk restante (1 xícara) e bata em velocidade baixa, para incorporar. Aumente para a velocidade média e bata até obter uma massa leve e cremosa, cerca de 2 minutos.

Junte à massa a mistura de ovos, em três adições, batendo até incorporar e raspando as laterais da tigela com uma espátula de silicone/borracha. Divida a massa entre as formas preparadas.
Asse por 28-32 minutos ou até dourarem e os bolos desgrudarem das laterais das formas (faça o teste do palito). Deixe os bolos nas formas por 10 minutos e então inverta sobre uma gradinha. Deixe esfriar completamente.

Prepare a ganache: coloque o chocolate numa tigela refratária pequena. Numa panelinha, leve o creme de leite ao fogo até ferver. Derrame-o sobre o chocolate, espere 1 minuto e então bata bem com um fuê até o chocolate derreter e a mistura ficar homogênea (se preciso for, leve a tigela ao banho-maria por alguns minutos). Deixe chegar à temperatura ambiente.
Bata a polpa do maracujá no processador ou liqüidificador para quebrar bem as sementes. Passe por uma peneira bem fina diretamente sobre a mistura de chocolate e misture bem (optei por deixar uns pontinhos de semente na cobertura para lembrar visualmente o maracujá).

Coloque a tigela e os batedores da batedeira no freezer por alguns minutos até gelarem bem. Bata o creme de leite restante (1 ½ xícaras) e o açúcar até que picos suaves se formem. Junte o ganache de maracujá e bata novamente, até obter picos bem firmes – cuidado para não bater demais ou o creme de leite pode virar manteiga.

Monte o bolo: coloque um dos bolos sobre um suporte para bolos ou prato de servir, com o lado liso para cima. Espalhe cerca de ½ xícara de ganache batido sobre ele e espalhe até as extremidades. Repita o processo com o segundo bolo e mais ½ xícara de ganache. Finalize com o último bolo e cubra o topo e as laterais do bolo com o ganache restante.

* farinha especial para bolos feita em casa: retire 2 colheres (sopa) de 1 xícara (140g) de farinha de trigo comum e adicione 2 colheres (sopa) de amido de milho

Rend.: 12-16 porções

segunda-feira, agosto 24, 2009

Sorvete de morango com calda de caramelo e meu novo email

English version

Strawberry ice cream with caramel sauce / Sorvete de morango com calda de caramelo

Antes da receita de hoje, quero lhes contar algo: tenho tido problemas com a minha conta de email e por isso vou usar o Gmail daqui pra frente. Como não sei quando conseguirei entrar na conta antiga, posso pedir um grande favor? Quem me mandou email nos últimos dois ou três dias, poderia reenviar a mensagem para patricia (ponto) scarpin (@) gmail.com?
Obrigada!

Depois de todo o problema com o email eu precisava esfriar a cabeça e, para isso, nada melhor do que um sorvetinho. Depois de ver os morangos lindos e pra lá de vermelhinhos que o João comprara, soube exatamente que sabor preparar. :D

Este sorvete não é muito doce e por isso combina perfeitamente com a calda de caramelo.

Strawberry ice cream with caramel sauce / Sorvete de morango com calda de caramelo

Sorvete de morango com calda de caramelo
ligeiramente adaptado da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (120ml) de leite integral
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco
½ fava de baunilha
3 gemas
¼ xícara + 2 colheres (sopa) - 74g - de açúcar refinado
500g de morangos (cerca de 2 caixinhas), sem as folhas e os cabinhos
¼ xícara (50g) de açúcar refinado

Calda de caramelo:
1/3 xícara (80ml) de água
¾ xícara (150g) de açúcar refinado
2/3 xícara (160ml) de creme de leite fresco

Misture o leite e o creme de leite numa panela de fundo grosso com capacidade para 1-2 litros. Com a ponta de uma faca, abra a fava de baunilha, raspe as sementinhas e adicione-as à panela. Junte a fava também e leve a mistura ao fogo até começar a ferver. Retire do fogo, tampe e reserve por 30 minutos.
Reaqueça a mistura, mexendo, até ficar bem quente. Numa tigela média, bata as gemas e o açúcar (74g) com um fuê até obter um creme parecido com gemada, espesso e claro. Em seguida acrescente o creme quente, em fio, misturando com o fuê continuadamente. Volte a mistura de ovos à panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre com uma colher de pau, até obter uma espécie de mingau – a temperatura do creme deve ser de 76 a 79ºC e ele deve cobrir as costas da colher de pau. Não deixe ferver. Coe a mistura numa peneira fina direto para uma tigela de metal, coloque a fava de baunilha no creme novamente, cubra e leve à geladeira por 3-4 horas.
Coloque os morangos e o açúcar extra (50g) no processador de alimentos e processe até obter um purê homogêneo. Junte-o à mistura refrigerada, mexendo bem, e então leve à sua sorveteira, seguindo as instruções do fabricante (remova a fava de baunilha).
Transfira o sorvete para um pote hermético e deixe no freezer até firmar, pelo menos 4 horas.

Agora, prepare a calda: junte a água e o açúcar numa panelinha e leve ao fogo baixo, mexendo até dissolver o açúcar. Aumente para o fogo alto e deixe ferver por 7 minutos ou até caramelizar e ficar dourado – não mexa durante este tempo, apenas gire a panela algumas vezes.
Retire do fogo e espere as bolhas cessarem. Com bastante cuidado, adicione o creme de leite, mexendo bem – a mistura ainda vai borbulhar bastante. Deixe esfriar.

Rend.: 6-8 porções

Strawberry ice cream with caramel sauce / Sorvete de morango com calda de caramelo

quinta-feira, agosto 20, 2009

Pirulitos de lavanda

English version

Lavender lollipops / Pirulitos de lavanda

Eu planejara uma salada para o post de hoje – deliciosa, por sinal – mas estou precisando desesperadamente de um docinho, nem que seja virtualmente. :D

Estes pirulitos foram uma delícia de preparar e ficaram melhores do que os primeiros que fiz – quero testar outros sabores. Alguma sugestão? :D

Lavender lollipops / Pirulitos de lavanda

Pirulitos de lavanda
adaptei esta receita

- xícara medidora de 240ml

½ xícara (120ml) de água
2 colheres (chá) de lavanda comestível
1 xícara (200g) de açúcar refinado
1/3 xícara de glucose de milho de cor clara
gotinhas de corante comestível líquido roxo/lilás – usei corante em pasta e apliquei com um palito de dente

Comece preparando a infusão de lavanda: coloque a água e a lavanda numa panelinha e leve ao fogo médio até ferver. Abaixe o fogo e ferva por mais 2-3 minutos. Retire do fogo, cubra e deixe esfriar completamente – fiz a infusão no dia anterior e deixei coberta em temperatura ambiente. Passe por uma peneira.

Pincele uma placa de mármore ou uma assadeira grande, de beiradas baixas, com óleo. Separe pelo menos 1 dúzia de palitinhos de madeira para pirulito.

Numa panela pesada, de fundo grosso, com capacidade para 2 litros, misture o açúcar, a glucose e 1/3 xícara (80ml) da infusão de lavanda. Mexa bem para incorporar. Leve ao fogo médio, mexendo ocasionalmente, até ferver. Tampe a panela e ferva por 2-3 minutos. Destampe e acople um termômetro para doces na panela. Aumente o fogo para médio-alto e cozinhe, mexendo de vez em quando, até a temperatura chegar a 143ºC. Se aparecerem cristais de açúcar nas laterais da panela remova-os com um pincel mergulhado em água morna.

Retire a panela do fogo e imediatamente mergulhe o fundo dela numa tigela com água fria para interromper o cozimento, removendo rapidamente para evitar que a mistura esfrie demais. Coloque sobre um pano de prato seco e misture o corante. Logo em seguida, usando uma colher grande de metal, derrame porções de doce sobre a assadeira/pedra preparada, formando círculos de pouco menos de 4cm de diâmetro*. Coloque um palitinho na mistura, girando-o levemente para fixar. Derrame uma gotinha de doce sobre o palito na extremidade dentro do círculo, para prendê-lo firmemente. Deixe os pirulitos em temperatura ambiente até firmarem completamente, cerca de 2 horas.

Embrulhe cada pirulito em celofane ou papel vegetal/encerado. Guarde num recipiente hermético, em temperatura ambiente, por até 1 mês.

* quando a mistura esfriou e ficou difícil de moldar, voltei a panela ao fogo médio, mexendo, até que o doce ficasse macio novamente (30 segundos, mais ou menos).

Rend.: cerca de 12 pirulitos

Lavender lollipops / Pirulitos de lavanda

terça-feira, agosto 18, 2009

Barrinhas de maçã

English version

Apple slice / Barrinhas de maçã

Gente! O TK apareceu no blog da revista Elle! :D

A Patricia Oyama me entrevistou por telefone e me senti super à vontade falando com ela - minha timidez desapareceu; foi como papear com uma amiga tomando um chazinho com biscoitos – ou estas deliciosas barrinhas de maçã. :D

Obrigada, Patricia, pelo post tão bacana!

Apple slice / Barrinhas de maçã

Barrinhas de maçã
da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

Recheio de maçã:
5 maçãs do tipo Gala, descascadas e picadas (remova o cabinho e as sementes)
1 ½ colheres (sopa) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
½ colher (chá) de canela em pó

Cobertura:
1¼ xícaras + 1 colher (sopa) - 185g - de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
½ xícara + 1 colher (sopa) - 127g - de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
¾ xícara + 1 colher (sopa) - 162g - de açúcar refinado

Base:
100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
½ xícara + 1 colher (sopa) - 112g - de açúcar refinado
1 ovo
1 xícara + 1 colher (sopa) - 150g - de farinha de trigo peneirada
1 colher (chá) de fermento em pó peneirado
1 colher (sopa) de leite
açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 160ºC; unte com manteiga uma forma retangular de 20x30cm, forre com papel manteiga ou papel alumínio deixando sobrar para fora da forma, formando “alças”. Unte o papel com manteiga e reserve.

Comece pelo recheio: junte as maçãs, manteiga e canela numa panela média e leve ao fogo baixo, mexendo algumas vezes, por 5 minutos ou até as maçãs ficarem macias. Deixe esfriar completamente.

Agora, a cobertura: coloque a farinha, o fermento, a manteiga e o açúcar numa tigela média e misture usando as pontas dos dedos, até formar uma farofa. Reserve.

Para a base, bata a manteiga e o açúcar com a batedeira até obter um creme claro. Junte o ovo e bata bem. Com a ajuda de uma espátula de borracha/silicone, misture a farinha, o fermento e o leite. Espalhe a massa na assadeira preparada – a camada ficará fina – cubra com o recheio frio e em seguida com a farofinha. Asse por 40 minutos ou até dourar.
Deixe esfriar, remova da forma com a ajuda das “alças” de papel alumínio e corte em quadradinhos. Polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva.

Rend.: 6-8 porções – fiz ¾ da receita acima, usei uma forma quadrada de 20cm e consegui 16 barrinhas

segunda-feira, agosto 17, 2009

Sorvete de torta de limão siciliano

English version

Lemon tart ice cream / Sorvete de torta de limão siciliano

O clima aqui anda meio doido – dias de 29ºC no meio do inverno. Gosto do frio e das comidinhas aconchegantes que vêm com ele, porém confesso estar curtindo os dias de sol - a desculpa perfeita para fazer sorvete. :D

Escolhi este sabor por causa da minha irmã e sua adoração por limão – de onde será que ela puxou isso? :D

Usei esta receita aqui, mas a idéia de adicionar pedacinhos de biscoito ao sorvete veio da querida Luna.

Lemon tart ice cream / Sorvete de torta de limão siciliano

Sorvete de torta de limão siciliano

- xícara medidora de 240ml

Curd de limão siciliano:
50g de manteiga sem sal, em cubinhos e em temperatura ambiente
2 ovos, ligeiramente batidos com um garfo
¼ xícara (60ml) de suco de limão siciliano
raspas da casca de 2 limões sicilianos
1 xícara + ½ colher (sopa) (106g) de açúcar refinado

Creme:
1 xícara + ½ colher (sopa) (106g) de açúcar refinado
1 ¼ xícaras (300ml) de creme de leite fresco
1 xícara (240ml) de leite integral
4 gemas
100g de biscoitos maisena/Maria, em pedacinhos

Comece preparando a curd: misture a manteiga, os ovos, o suco, as raspas de limão e o açúcar numa panela média. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, por cerca de 5 minutos ou até que engrosse um pouquinho. Retire do fogo e passe por uma peneira diretamente para uma tigela refratária média*. Cubra com filme PVC colocando-o diretamente em contato com a curd, para evitar que uma película se forme na superfície. Leve à geladeira por 30 minutos ou até esfriar.

Junte o creme de leite e o leite numa panela média. Leve ao fogo médio até ferver, desligue o fogo e deixe esfriar por alguns minutos.
Numa tigela refratária média, bata as gemas e o açúcar até obter um creme espesso e claro, parecido com uma gemada. Aos poucos, vá acrescentando a mistura de leite e creme de leite, mexendo sempre. Volte tudo à panela e leve ao fogo baixo, novamente mexendo sempre, até o creme engrossar e, ao passar o dedo nas costas da colher, o rastro de creme fique firme, sem escorrer imediatamente. Não deixe o creme ferver. Transfira para uma tigela refratária média e deixe esfriar por 10 minutos.
Gradualmente, misture o creme à curd de limão, cubra e leve à geladeira por 2-3 horas. Leve o creme à sua sorveteira, seguindo as instruções do fabricante. Transfira o sorvete para um pote hermético, misture os pedacinhos de bolacha e deixe no freezer até firmar, pelo menos 4 horas.

* da próxima vez vou adicionar as raspas de casca de limão após passar a curd pela peneira, pois as raspinhas ficaram presas nela

Rend.: 6-8 porções

sexta-feira, agosto 14, 2009

Muffins de pêra com cobertura crocante

English version

Crunchy-top pear muffins / Muffins de pêra com cobertura crocante

Recebi vários comentários e emails sobre os cookies melhores do que brownies que postei há um tempo – a receita deu certo para alguns de vocês, mas não para outros... Fiquei chateada com isso e acrescentei informações à receita, como o chocolate que usei e também sobre esfriar ligeiramente a mistura de chocolate e manteiga antes de adicionar os demais ingredientes. Espero que sejam úteis!

Se vocês tiveram problemas preparando os cookies, posso sugerir estes muffins? Uma receita fácil e sem estresse para animá-los. E se ainda não prepararam os cookies, façam os muffins assim mesmo – eles são muito gostosos! :D

Crunchy-top pear muffins / Muffins de pêra com cobertura crocante

Muffins de pêra com cobertura crocante
adaptados do Holiday

- xícara medidora de 240ml

1 ¼ xícara + 1 colher (sopa) (185g) de farinha de trigo
3 colheres (chá) de fermento em pó
2 colheres (chá) de canela em pó
100g de aveia em flocos
½ xícara + ½ colher (sopa) (94g) de açúcar mascavo – aperte-o tanto na xícara quanto na colher na hora de medir
2 ovos
1 xícara (240ml) de iogurte natural
½ xícara (120ml) de óleo vegetal (use um que não tenha sabor marcante)
1 pêra, descascada, sem o cabinho e sementes e picada em cubinhos

Cobertura:
¼ xícara (44g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir
1/3 xícara (50g) de amêndoas com casca, em cubinhos

Pré-aqueça o forno a 180ºC; forre seis formas de muffin com capacidade para 1 xícara de massa (240ml) casa com forminhas de papel ou unte-as muito bem.

Peneire a farinha, o fermento e a canela numa tigela grande, junte a aveia e o açúcar mascavo e misture. Faça um buraco no centro dos ingredientes secos.
Numa tigela ou jarrinha medidora, misture bem os ovos, o iogurte e o óleo. Despeje-os no centro dos ingredientes secos e misture com um garfo apenas até incorporar. Junte a pêra e mexa levemente – a massa não fica homogênea; não misture demais ou os muffins ficarão duros. Divida a massa entre as forminhas preparadas.
Prepare a cobertura: junte o açúcar mascavo e as amêndoas numa tigelinha e salpique-os por cima da massa crua. Asse por 20-25 minutos ou até dourar (faça o teste do palito).

Rend.: 6 unidades – fiz meia receita, usei forminhas com capacidade para 1/3 xícara (80ml) cada e consegui 7 muffins

quarta-feira, agosto 12, 2009

Cookies de laranja e sementes de papoula

English version

Orange poppy seed sugar cookies / Cookies de laranja e sementes de papoula

Eu tenho tentado, gente. Juro que tenho. Preparei receitas com morango e banana, para variar um pouco as coisas por aqui. Mas daí vou ao lindíssimo blog da Joy e lá há esta coluna maravilhosa, do lado direito da tela, chamada “citrus bits”, cheia de fotos de dar água na boca... Não resisti. :D

Estes cookies são bem fáceis de fazer e você pode congelar um dos tronquinhos de massa crua para assar num outro momento, mas duvido que isso vá acontecer. Sinceramente.

Orange poppy seed sugar cookies / Cookies de laranja e sementes de papoula

Cookies de laranja e sementes de papoula

- xícara medidora de 240ml

2 xícaras (280g) de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
½ colher (chá) de fermento em pó
½ xícara + 2 colheres (sopa) - 140g - de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
1 xícara (200g) de açúcar
1 ovo
1 gema
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 ½ colheres (sopa) de sementes de papoula
raspas da casca de 2 laranjas grandes

Peneire a farinha, o sal e o fermento numa tigela média e junte as sementes de papoula.
Coloque o açúcar numa outra tigela média, acrescente as raspas de casca de laranja e esfregue-os usando as pontas dos dedos até o açúcar ficar úmido e perfumado.
Na batedeira, de preferência com o batedor em formato de pá, bata a manteiga em velocidade média por aproximadamente 1 minuto, até amolecer. Junte o açúcar com raspas de laranja e bata por mais 2 minutos ou até obter um creme leve e esbranquiçado. Acrescente o ovo e a gema e bata por mais 1 ou 2 minutos. Junte a baunilha e bata.

Com a batedeira em velocidade baixa, junte os ingredientes secos de maneira constante, batendo apenas até incorporá-los – não se deve bater demais a massa, por isso pode-se terminar de incorporar a farinha usando uma espátula de borracha/silicone (foi o que fiz).
A massa deve ficar macia porém firme o suficiente para ser manuseada sem grudar.

Transfira a massa para uma superfície e divida em duas partes iguais. Forme um tronquinho/canudo com cada metade da massa e embrulhe em papel manteiga – é mais fácil moldar a massa colocando-a sobre uma folha grande de papel manteiga, dobrando uma parte dele por cima da massa e usando uma régua para ir apertando, formando um tronquinho de cerca de 5cm de diâmetro*. Depois é só torcer as pontas do papel.
A massa deve ficar na geladeira por no mínimo 2 horas; pode ser guardada assim por até 3 dias ou no freezer por até 2 meses.

Pré-aqueça o forno a 180ºC – você vai usar a parte central para assar os cookies. Forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Com a ajuda de uma faca fina e afiada, corte os tronquinhos de massa em fatias de 6mm de espessura e coloque-as nas assadeiras preparadas, deixando pouco mais de 3,5cm de distância entre uma e outra.

Asse os cookies, uma assadeira por vez, por 9-11 minutos, virando a assadeira no meio do tempo, para que os cookies da frente assem da mesma forma que os cookies do fundo.
Os cookies deverão estar firmes, mas não vou dourar demais, ou nada. Retire do forno, deixe-os na assadeira por 1 minuto e então, cuidadosamente, transfira-os para uma gradinha.
Repita o processo com a massa restante e deixe as assadeiras esfriarem entre uma fornada e outra.

* meus tronquinhos tinham 4cm de diâmetro e os cookies assados tinham 5cm

Rend.: cerca de 45 cookies

segunda-feira, agosto 10, 2009

Kugelhopf com maçãs ao mel

English version

Kugelhopf with honeyed apples / Kugelhopf com maçãs ao mel

Uma das coisas que mais odeio é me sentir de mãos atadas - quero mudar certas coisas, mas não posso, pois não dependem de mim. Essa sensação de impotência me deixa louca e não lido bem com a ansiedade gerada por ela. :S

Por outro lado, com as receitas tomo uma atitude: esse kugelhopf parecia lindo, mas eu não tinha todos os ingredientes em casa; pelo menos na minha cozinha posso fazer tudo do meu jeito.

Kugelhopf with honeyed apples / Kugelhopf com maçãs ao mel

Kugelhopf com maçãs ao mel
da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

Kugelhopf:
1 ovo
100ml de leite morno
50g de passas claras
60ml (¼ xícara) de conhaque
1 ¾ xícaras + ½ colher (sopa) - 250g - de farinha de trigo
¼ xícara (50g) de açúcar refinado
1 colher (chá) de fermento biológico seco
½ colher (chá) de sal
75g de manteiga sem sal, amolecida
50g de chocolate amargo (70% de cacau), em pedaços

Maçãs ao mel:
1 xícara + 2 colheres (sopa) – 224g – de açúcar refinado
1 colher (sopa) de mel
1 xícara (240ml) de água
2 maçãs do tipo Gala, cortadas ao meio, e cada metade dividida em 4 fatias
2 paus de canela
3 colheres (sopa) de conhaque

Comece preparando o pão: misture o ovo e o leite numa tigelinha, usando um garfo, e reserve. Em outra tigelinha, misture as passas e o conhaque e reserve também.
No processador de alimentos, junte a farinha, o açúcar, o fermento e o sal e processe ligeiramente. Acrescente a manteiga, processe por mais 2 minutos, junte a mistura de ovo e processe novamente para misturar. Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada e sove por 5 minutos, acrescentando mais farinha se necessário – fiz tudo na Kitchen Aid usando o batedor de gancho e adicionei 1 colher (sopa) de farinha apenas.
Coloque a massa numa tigela grande, polvilhada com um pouquinho só de farinha, cubra com plástico/filme PVC e deixe crescer num lugar morninho por 1 hora e meia ou até dobrar de volume.
Sove a massa novamente, acrescentando o chocolate e as passas já escorridas (não adicionei o conhaque à massa porque esta já estava bem molinha).

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma de kugelhopf* com capacidade para 5 xícaras de massa (16cm de diâmetro). Faça um tronquinho com a massa, comprido o suficiente para caber na forma, e junte as extremidades, formando um anel. Transfira com cuidado para a forma preparada e pressione para baixo. Cubra com um pano de prato limpo e seco e deixe crescer por 1 hora ou até a massa chegar à beirada da forma.
Asse por 30 minutos ou até dourar e imediatamente desenforme sobre uma gradinha. Deixe esfriar completamente.

Prepare agora as maçãs: junte o açúcar, o mel e a água numa panela e leve ao fogo médio por 5-7 minutos ou até começar a ferver. Reduza o fogo, acrescente as maçãs, a canela e 1 ½ colher (sopa) de conhaque e deixe cozinhando, em fogo baixinho, por 15-20 minutos ou até as maçãs ficarem macias e caramelizadas. Retire do fogo, junte o conhaque restante e deixe esfriar.

Na hora de servir, transfira o kugelhopf para um prato de servir, coloque as maçãs ao lado dele e regue com a calda - achei o pão um pouco seco sozinho, mas a caldinha resolve esse problema.

* a forma para kugelhopf tem o formado de um turbante; caso não possua uma, use uma forma canelada; usei uma forma de furo central comum, com capacidade para 5 xícaras de massa

Rend.: 6 porções

Kugelhopf with honeyed apples / Kugelhopf com maçãs ao mel

sexta-feira, agosto 07, 2009

Sopa de brócolis e limão siciliano

English version

Lemon and broccolini soup / Sopa de brócolis e limão siciliano

Meninas, obrigada por todas as sugestões de cortes de cabelo – adorei saber a opinião de vocês! Conto aqui quando decidir o que fazer.

E por vocês serem tão doces e queridas, lhes ofereço esta sopinha: poderia oferecer cookies ou algo com chocolate – eu gostaria muito mais – mas quero vê-las saudáveis e fortes. Sopa, então. :D

Lemon and broccolini soup / Sopa de brócolis e limão siciliano

Sopa de brócolis e limão siciliano
ligeiramente adaptada da Donna Hay magazine

- xícara medidora de 240ml

2 colheres (sopa) - 28g – de manteiga sem sal
½ colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola picadinha
2 dentes de alho amassados*
400g de brócolis em pedaços graúdos
4 xícaras (960ml) de caldo de legumes
100g de folhas de espinafre
1 xícara (240ml) de creme de leite fresco
1 colher (sopa) de suco de limão siciliano
sal e pimenta do reino moída na hora
creme azedo ou crème fraîche, para servir

Aqueça uma panela funda e grande em fogo alto. Adicione a manteiga, o azeite, a cebola e o alho e refogue, mexendo, por cerca de 5 minutos ou até a cebola ficar macia. Junte os brócolis e refogue por mais 1 minuto. Acrescente o caldo de legumes, deixe ferver e cozinhe por 8-10 minutos ou até que os brócolis estejam macios. Acrescente o espinafre e cozinhe por mais 1-2 minutos. Cuidadosamente, bata a mistura do liquidificador (sem tampar totalmente ou o copo pode estourar) ou use um mixer diretamente na panela, certificando-se de que a extremidade com a lâmina esteja totalmente imersa na mistura, para que esta não espirre. Cuidado para não se queimar.
Junte o creme de leite, o suco de limão siciliano, o sal e a pimenta.
Transfira a sopa para 4 tigelas, cubra com 1 colher (sopa) de sour cream ou crème fraîche e polvilhe um pouquinho de pimenta do reino. Sirva.

* optei por azeite aromatizado com alho e não usei os dentes de alho na sopa

Rend.: 4 porções

quarta-feira, agosto 05, 2009

Cupcakes de chocolate branco com cobertura de morango

English version

White chocolate cupcakes with strawberry frosting / Cupcakes de chocolate branco com cobertura de morango

Devo ter uma deficiência para tomar decisões. :S

Há meses venho pensando em um novo corte de cabelo, mas não consigo escolher meu preferido – o horror, o horror. Às vezes penso em algo bem curto, outras fico imaginando como ficaria se deixasse o cabelo crescer (não uso cabelo comprido há uns 8-9 anos).

O mesmo acontece na cozinha: quero preparar uma receitinha nova, mas não consigo escolher uma entre tantas que tenho marcadas. Por sorte desta vez os morangos na minha geladeira serviram como fonte de inspiração - são os cupcakes mais fofinhos que já fiz/comi.

Ah, aceito sugestões pro meu dilema capilar. :D

White chocolate cupcakes with strawberry frosting / Cupcakes de chocolate branco com cobertura de morango

Cupcakes de chocolate branco com cobertura de morango
um nadinha adaptado da Australian Gourmet Traveller

- xícara medidora de 240ml

½ xícara + 1 colher (sopa) (127g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (100g) de açúcar refinado
3 ovos
80g de chocolate branco, derretido - deixe esfriar um pouquinho antes de usar
¾ xícara + 1 colher (sopa) (115g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó

Cobertura de morango*:
½ xícara + 1 colher (sopa) (127g) de manteiga sem sal, amolecida
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
75g de morangos, sem os cabinhos, processados e passados pela peneira

Comece preparando os bolinhos: pré-aqueça o forno a 180ºC.

Com a batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro. Junte os ovos, um a um, batendo bem a cada adição (raspe as laterais da tigela com uma espátula de borracha/silicone); a massa vai parecer talhada, mas não se preocupe – continue normalmente. Adicione o chocolate branco e bata para incorporá-lo. Peneire a farinha e o fermento sobre a massa e misture com uma espátula de borracha/silicone.
Forre 8 forminhas para muffin - com capacidade para 1/3 de xícara cada – com forminhas de papel e divida a massa entre elas. Asse por 20 minutos (faça o teste do palito).
Deixe esfriar completamente antes de aplicar a cobertura.

Agora, faça a cobertura: na batedeira, bata a manteiga até ficar clara e cremosa. Junte o açúcar de confeiteiro e bata novamente, até a mistura formar picos suaves. Acrescente o purê de morango e bata novamente para incorporar.
Com a ajuda de uma espátula, espalhe a cobertura sobre os cupcakes.

Os cupcakes podem ser guardados em um recipiente hermético por até 3 dias.

* publiquei meia receita da cobertura aqui pois foi suficiente para cobrir todos os bolinhos

Rend.: 8 cupcakes – consegui 9, mesmo usando forminhas com capacidade para 1/3 de xícara de massa; alguns cupcakes quase derramaram no forno, deveria ter enchido menos as forminhas

segunda-feira, agosto 03, 2009

Tortinhas de limão

English version

Lime tartlets / Tortinhas de limão

Sou tão banana – não consigo dizer “não” à minha irmã.

Ela finalmente veio me visitar e passamos o sábado juntas. Quando lhe disse que prepararia esfihas – porque ela adora – ouvi a seguinte resposta “nossa, faz tanto tempo que não como torta de limão...” :D

Eu queria algo diferente da última torta de limão siciliano que fiz e por isso combinei a massa de torta fantástica da Deb (não encolhe dentro do forno!) com o recheio fresquinho de limão da Nigella. Se a opinião da minha irmã for levada em conta – ela pediu para levar tortinhas para casa – esta receita é para guardar. :D

Lime tartlets / Tortinhas de limão

Tortinhas de limão

- xícara medidora de 240ml

Massa:
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro
¼ colher (chá) de sal
½ xícara + 1 colher (sopa) - 126g – de manteiga sem sal, bem gelada (ou congelada), em pedaços pequenos
1 ovo grande

Recheio de limão:
raspas da casca + o suco de 2 limões
¾ lata (295g) de leite condensado
2/3 xícara (160ml) de creme de leite fresco

Comece pela massa: no processador, pulse a farinha, o açúcar e o sal juntos. Espalhe os pedacinhos de manteiga sobre os ingredientes secos e pulse até misturar (alguns pedacinhos de manteiga ficarão do tamanho de flocos de aveia, outros ficarão do tamanho de ervilhas). Quebre o ovo numa tigelinha e bata ligeiramente com um garfo, apenas para misturar a gema e a clara. Adicione o ovo à massa, um pouquinho a cada vez, pulsando a cada adição. Depois de acrescentar todo o ovo, dê longas pulsadas – 10 segundos cada – até a massa, que vai parecer granulada após a adição do ovo, formar montinhos; antes de atingir este estágio, o som do processador vai mudar – usei a Kitchen Aid, com o batedor em forma de pá, em todo o processo.
Transfira a massa para uma superfície e sove-a rapidamente, somente para incorporar porções pequenas de ingredientes secos que possam estar soltas. Forme uma bola, embrulhe com filme PVC e leve à geladeira por pelo menos 2 horas.

Abra a massa: unte doze forminhas para torta, de fundo removível, com 9cm de diâmetro cada (ou use uma forma para tortas grande, de 22cm). Abra pequenas porções de massa gelada sobre um pedaço de papel manteiga enfarinhado até obter círculos rústicos de aproximadamente 11,5cm – vá levantando e girando a massa para evitar que ela grude no papel, ou abra-a entre dois pedaços de plástico igualmente enfarinhados. Transfira os pedaços de massa para as forminhas preparadas e preencha-as, usando as pontas dos dedos para selar qualquer rachadura que apareça. Dobre a massa sobressalente para dentro, apertando com as pontas dos dedos e formando laterais duplas, mais espessas – se sobrar muita massa, empurre-a para baixo com os dedos, em direção ao fundo das forminhas. Fure a massa toda com um garfo.

Leve as forminhas ao freezer por pelo menos 30 minutos, preferivelmente mais tempo, antes de assar.

Pré-aqueça o forno a 190ºC. Unte o lado brilhante de um pedaço grande de papel alumínio e corte aproximadamente em doze quadrados; coloque cada quadrado, com o lado untado para baixo, sobre a massa, deixando-o diretamente em contato com ela. Agora, a melhor parte: já que você congelou a massa, não vai precisar usar pesinhos ou feijões secos sobre o papel alumínio para assar. Leve as forminhas ao forno por 20 a 25 minutos ou até que dourem levemente.
Retire do forno e remova cuidadosamente os pedaços de papel alumínio – se houver bolhas na massa, aperte-as com as costas de uma colher. Asse por mais 10 minutos ou até que firmem e dourem bem – a cor é importante, pois massas muito brancas não têm tanto sabor. Transfira as forminhas para uma grade e deixe esfriar completamente.

Prepare com antecedência: a massa crua, embrulhada em filme PVC, pode ser conservada em geladeira por até 5 dias ou congelada por até 2 meses; a massa já assada pode ser guardada em recipiente hermético por até 2 meses, mas o sabor se manterá mais fresco se ela for assada diretamente retirada do freezer (já aberta e dentro da forma).

Recheio: usando a batedeira, bata todos os ingredientes numa tigela grande até obter um creme espesso. Despeje o recheio nas bases de torta assadas e frias e leve à geladeira por 30 minutos ou até firmar.

Rend.: 12 tortinhas

Lime tartlets / Tortinhas de limão

Related Posts with Thumbnails